Novato do Knicks acredita poder ter média de seis tocos por jogo na NBA

Mitchell Robinson é uma das grandes novidades do New York Knicks na atual temporada, saindo da segunda rodada do último draft para chegar a ser titular da equipe. O pivô de 20 anos registra médias de 6.4 pontos, 5.0 rebotes e (incríveis) 2.3 tocos em apenas 18.4 minutos de ação por noite. A única coisa que mantém o novato sem mais minutos na rotação é o absurdo número de faltas que comete.

“Eu estou trabalhando em manter as minhas mãos mais levantadas na marcação, utilizando a verticalidade e posicionamento. Nunca havia feito isso antes. E tenho uma aposta com o técnico: sempre que fico com excesso de faltas, preciso fazer flexões. Odeio flexões, então tento não fazer mais faltas”, contou o jovem atleta, em entrevista bem-humorada ao jornal New York Daily News.

Robinson comete 3.0 faltas por partida e, no momento, é o único jogador da NBA a fazer tantas infrações em média atuando menos de 20 minutos por noite. Isso nos faz pensar: o que ele conseguiria fazer se não cometesse tantas faltas, com amplo tempo de quadra? “Provavelmente, uns seis tocos por jogo? É, acho que é isso aí. Sinto que posso ter média de seis em uma temporada”, especulou.

O número, sem dúvidas, parece fora de realidade: nenhum jogador na história da liga, desde que os tocos passaram a ser contabilizados, teve tamanha média em uma temporada. Hoje, Robinson acumula 4.4 bloqueios de arremessos a cada 36 minutos de ação.

Ricardo Stabolito Jr.
Ricardo Stabolito Jr.
Jornalista de 27 anos. Natural de São Bernardo do Campo, mas vive em Salvador há mais de uma década.
  • Bruno Da Silva Francisco

    Vish, acho que rolou algum erro na matéria….

    Primeiro diz que ele tem média de 2,3 em 18 minutos por jogo..
    e no final diz que ele tem 4,4 blocks por 36 minutos…

    Não acho que o simples fato de dobrar a minutagem, dobraria também o numero de tocos…
    E o cara faz falta pra cacete… essa historia de 6 tocos por jogo se jogasse mais tempo é complicado de analisar, jogando mais tempo se cansaria mais, por exemplo…

    • Ricardo Stabolito Junior

      Aproximações decimais causam essa distorção.

      E existem as duas estatísticas na NBA: a média por jogo (em que ele atua 18.4 minutos) e a média por 36 minutos de ação (que avalia os números a cada 36 minutos que um jogador atua e serve para equiparar atletas com tempos de quadra muito diferentes).

    • Rodrigo Morais

      36/18,4(media de minutos) = 1,95
      2,3*1,95= 4,4

  • Beto cargnin

    Empolgou o menino M. Blockinson.

  • Mãe Dinah

    Esse moleque é monstro mesmo…

    Tem altura, envergadura, impulsão e um tempo de bola fora do comum. Só precisa aprender a cometer menos faltas desnecessárias.

    PS.: O toco dele no Jerian Grant é impressionante!

  • Maurilei Teodoro

    Se chegar a conseguir 4 tocos de média por 36min na temporada toda já estará de muito bom tamanho. Agora anotar 6 tocos de média, aí já viajou!

  • Alan Um Musashi

    Um CABLOCO DE NY SEM GRIFE

    • Lucas Callado França

      Já temos o Caboclo americano nos Warriors, agora o Caboclo sem grife nos Knicks.
      Já vislumbro um time só de Caboclos!

      • Rodrigo Morais

        Cara, já sei o que vou fazer no 2k19, vou deixar o Caboclo com 99 em tudo e começar um mygm com ele de estrela HGDSAUIHGASUIHGASDUHGA

  • Jefferson Cavalcanti

    O garoto está jogando mto bem. Mas esse tipo de pensando não é positivo, na minha opinião. Ele tem que fazer a jogada defensiva certa, e não ter uma meta de média de tocos.

    Meu receio é que ele se empolgue com o número e se torne um Whiteside. Preferindo a estatística, os highlights do que a melhor jogada.

    Ibaka no Thunder era um monstro nos blocks (3,7 de média), com o tempo os jogadores passaram a enganar o congolês. Ameaçavam um arremesso ou bandeja, esperavam o Ibaka voar por cima e faziam uma cesta fácil. Hoje ele tem média de 1,3 e é um jogador defensivo melhor. Inclusive sendo o protetor de aro principal do Raptors, mas com mobilidade para marcar no perímetro.

  • Cavs&KingJamesaondeestiver

    Tinha que pensar em evoluir no que define os grandes que é o arremesso e passes

  • Dudu Ferrero

    Isso porque ele nao é conhecido, novo, pode apostar q se virar titular os jogadores vao começar a perceber mais ele , tomar mais cuidado essa média tende a cair, entao tem que baixar a bola

  • Rogério Rodrigues

    Se for pra imaginar uma projeção por 36min pega o menino Williams do Celtics,da 5,2block por jogo
    Hoje ele joga 8,8min e tem 1,2block