logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 28 abr 2011 às 01:12
Novato faz cesta no último segundo e mantém Spurs vivo na série contra o Grizzlies

Cesta no último segundo. Prorrogação. Foi na base do sofrimento que o San Antonio Spurs permaneceu vivo na série playoff contra o Memphis Grizzlies. Pela dramaticidade, o jogo desta quarta-feira ficará marcado na memória daqueles que admiram a NBA, sobretudo, os fãs do time texano. Jogando diante de sua torcida, o Spurs venceu seu algoz […]

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

Cesta no último segundo. Prorrogação. Foi na base do sofrimento que o San Antonio Spurs permaneceu vivo na série playoff contra o Memphis Grizzlies. Pela dramaticidade, o jogo desta quarta-feira ficará marcado na memória daqueles que admiram a NBA, sobretudo, os fãs do time texano.

Jogando diante de sua torcida, o Spurs venceu seu algoz por 110 a 103 e forçou a realização da sexta partida na série. Agora, o Grizzlies vence por 3 a 2, mas continua precisando de apenas uma vitória para chegar a uma das semifinais da Conferência Oeste. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima sexta-feira, dia 29, desta vez, em Memphis.

Os últimos 13 segundos da partida foram de tirar o fôlego. O ala-pivô Zach Randolph acertou um arremesso de média distância e deixou o Grizzlies três pontos à frente no placar. Na comemoração, o jogador mandou a torcida local “calar a boca”. Em seguida, o ala-armador Manu Ginobili fez uma bandeja e Randolph converteu dois lances livres. Quando restavam dois segundos para o fim, o argentino fez uma cesta incrível, desequilibrado, de longa distância. Revendo a jogada no monitor de TV, os árbitros consideraram que a cesta valeu dois pontos, já que Ginobili pisou na linha dos três. Na seqüência, Randolph foi novamente para a linha do lance livre e, demonstrando muita frieza, converteu os dois arremessos.

A um segundo do final, o placar apontava 97 a 94 a favor do Grizzlies. Só um milagre evitaria a eliminação precoce do time que fez a melhor campanha da Conferência Oeste. E o milagre veio, através do arremesso de longa distância do novato Gary Neal, no estouro do cronômetro, para delírio dos torcedores presentes ao AT&T Center. Na prorrogação, o Spurs não deu a menor chance ao time de Memphis e saiu de quadra com um triunfo histórico.

O argentino Manu Ginobili foi o grande nome do time de San Antonio. Ele foi o cestinha da partida, com 33 pontos. O armador francês Tony Parker anotou 24 pontos (seis deles na prorrogação) e distribuiu nove assistências. O veterano pivô Tim Duncan conseguiu o duplo-dígito: 13 pontos e 12 rebotes. Já o herói Gary Neal, que ficou dez minutos em quadra, anotou sete pontos e converteu uma bola de três pontos, justo aquela que levou o jogo para o tempo-extra.

Pelo Grizzlies, há de se destacar o ala-pivô Zach Randolph, que alcançou o double-double ao marcar 26 pontos (14 no último quarto) e pegar 11 rebotes. O pivô espanhol Marc Gasol também conseguiu o duplo-dígito: 11 pontos e 17 rebotes. O armador Mike Conley também fez uma boa partida. Ele marcou 20 pontos, pegou cinco rebotes e distribuiu cinco assistências.

Confira a cesta incrível de Gary Neal, no estouro do cronômetro, que levou o jogo para a prorrogação.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=OcB_jbNw_Ys&feature=feedu]

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados