Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 7 jul 2012 às 17:33
Contratação de ala é prioridade do Atlanta Hawks

O Atlanta Hawks iniciou uma remodelação de elenco nos últimos dias, com o acerto de trocas envolvendo Joe Johnson e Marvin Williams. A franquia continua interessada na possibilidade de trazer o astro Dwight Howard para a Georgia, mas o treinador Larry Drew tem outras prioridades em mente. Segundo o técnico, a lista de contratações do […]

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

O Atlanta Hawks iniciou uma remodelação de elenco nos últimos dias, com o acerto de trocas envolvendo Joe Johnson e Marvin Williams. A franquia continua interessada na possibilidade de trazer o astro Dwight Howard para a Georgia, mas o treinador Larry Drew tem outras prioridades em mente. Segundo o técnico, a lista de contratações do time é encabeçada por um ala, para repor os atletas negociados.

“Nós temos que olhar os alas disponíveis para trazer alguém que possa nos ajudar. Hoje, isso é mais importante do que a contratação de um pivô. Nós até podemos adicionar mais um pivô, mas, neste momento, a prioridade é certamente reforçar as alas”, explicou Drew, que acaba de ter o contrato estendido por mais uma temporada com o Hawks.

Atualmente, a equipe não tem sequer um ala de ofício sob contrato, mas possui a mid-level exception completa (US$5 milhões) para oferecer a agentes livres. Por isso, a direção de Atlanta observa ativamente opções no mercado. Dois jogadores sondados pelo time seriam Rashard Lewis e (o, na verdade, ala-armador) Courtney Lee.

De acordo com o treinador, a intenção é contratar atletas capazes de contribuir de imediato. “Nossa postura é apenas seguir procurando quem possa nos ajudar. Ainda há alguns nomes interessantes por aí. Entramos em contato com uma série de agentes livres e queremos caras que cheguem jogando – seja como titulares, seja saindo do banco”, resumiu.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2015 - Todos os direitos reservados