logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 29 abr 2013 às 12:51
Jason Collins é o primeiro jogador da NBA a assumir sua homossexualidade

O pivô Jason Collins quebrou uma barreira: ele se tornou o primeiro jogador da NBA assumir que é homossexual. A história é a capa da revista Sports Illustrated do próximo mês, que traz a manchete: “Eu não tive a intenção de ser o primeiro atleta assumidamente gay em uma grande liga norte-americana. Mas já que eu […]

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Luiz Fernando Teixeira

O pivô Jason Collins quebrou uma barreira: ele se tornou o primeiro jogador da NBA assumir que é homossexual. A história é a capa da revista Sports Illustrated do próximo mês, que traz a manchete: “Eu não tive a intenção de ser o primeiro atleta assumidamente gay em uma grande liga norte-americana. Mas já que eu sou, sou feliz para conversar”.

252225_10151346482321536_1546706036_n

A reportagem traz outras declarações do jogador, que defendeu Boston Celtics e Washington Wizards na última temporada:  Não queria ser o garoto na sala de aula levantando a mão e dizendo: ‘eu sou diferente’. Mas ninguém fez, e é por isso que eu estou levantando minha mão”, disse ele na entrevista.

“Agora eu sou um agente livre, literal e figurativamente. Cheguei a esse estado invejável na vida em que eu posso fazer praticamente o que eu quero. E o que eu quero é continuar a jogar basquete. Eu ainda amo o jogo, e eu ainda tenho algo a oferecer. Meus treinadores e companheiros de equipe reconhecem isso. Ao mesmo tempo, eu quero ser genuíno e autêntico e verdadeiro”. Collins está na NBA há 12 temporadas, e disputou duas Finais quando defendia o New Jersey Nets.

“Quando eu era mais jovem eu namorei mulheres, até fiquei noivo. Eu pensei que eu tinha que viver ‘do jeito certo’. Eu pensei que eu precisava me casar com uma mulher e criar filhos com ela. Eu continuei dizendo a mim mesmo que o céu estava vermelho, mas eu sempre soube que era azul.”

“A recente bomba na Maratona de Boston reforçou a noção de que eu não deveria esperar que as circunstâncias de revelação fossem perfeitas. As coisas podem mudar em um instante, então por que não viver a verdade?”. Ele revela que só disse ao seu irmão gêmeo, Jarron Collins (também jogador profissional de basquete), que era gay no ano passado.

Conhecido pela marcação dura, Collins diz que isso não tem nada a ver com sua opção sexual. “Eu vou contra o estereótipo gay, e é por isso que eu acho que um monte de jogadores ficarão chocados: Esse cara é gay? Mas eu sempre fui um jogador agressivo, mesmo no ensino médio.”

Ele disse que agora é uma boa época para assumir a verdade, pois antes o preconceito ainda era muito grande. “Tenho 34 anos de idade. Sou negro. Sou gay”.

Ele já recebeu  apoio no twitter:

  • RONDO09

    Q Fasee

  • Anônimo

    continua sendo um jogador horrivel… gay ou nao, sempre foi fraco.

    • Daniel Ferreira

      Assunto impertinente a NBA…

  • Marcos

    ”Tenho 34 anos de idade. Sou negro. Sou gay” – e Marcos Feliciano não me representa.

    • AlexWolves

      kkkkkkkkk

    • RafaelRox

      kkkkkkkkk boa. Esse cara nunca jogou bem mesmo, agora vai querer entrar nas franquias por meto de cota homossexual srsrsr.

  • Iuri_OKC

    hmmmmmmmmm frajola

    • oshiro

      DUAHSUDSAHUDHUDSDSUD CAGUEI DE RIR

  • Ricardo Stabolito Jr.

    Bom pra ele. Bom pra liga também. É uma barreira que precisava ser quebrada.

  • Que eu saiba John Amaechi foi o primeiro atleta a fazer isso

    • Ricardo Stabolito Jr.

      Amaechi já estava aposentado quando revelou ser homossexual. Era um ex-jogador.

      • Acioly Sanches Costa Filho

        Ricardo para constar Jason Collins esta jogando aonde hj? Como ele eh free agent logo ele pode não voltar para NBA e seu anuncio será de um ex-jogador da NBA assim como Ameachi, não quero entrar em no méritos da SI ou esmo com vc só estou ponderando, outra situação e de Bison Dele SAIU da NBA no final da temporada de 99 porém tinha contrato até temporada de 2000 com os Pistons, logo ele ainda era um jogador da NBA.

    • Carlos Eduardo

      Ameachi só se assumiu quatro anos depois de sair da NBA.

      • Ricardo Stabolito Jr.

        Collins pode não ter contrato, mas ainda está na NBA. Jogou as últimas 12 temporadas em sequência. Ainda não anunciou aposentadoria. Ele é um jogador em atividade. Acredito que Collins seja mesmo, no fim das contas, o primeiro em atividade a revelar com todas as palavras ser homossexual. Pelo menos, é como todos estão tratando.

    • Daniel Emiliano

      Pra mim o Collins tmb é um jogador aposentado.
      E faz tempo ! rs

  • Acioly Sanches Costa Filho

    John Ameachi e Bison Dele/Brian Williams já foram jogadores da NBA e eram gays, Bison Dele inclusive deixou a NBA por causa de sua opção sexual.

    • Carlos Eduardo

      Ele nunca assumiu ser gay.

      • Acioly Sanches Costa Filho

        Verdade, igual o Richarlyson e o Agnaldo Timoteo.

  • Pra mim é indiferente, independente da opção sexual, tem que jogar em alto nivel pra se manter na NBA, coisa que acho que ele não faz. Por isso é fundo de rotação. Obs: Pra come um negão desse tamanho, tem que acha um cara bem servido né, se não é tenso!

    • Zorg

      hahahaha …. essa segunda coloçao valeu o ano …. muito punk

  • Vai ser banido jaja. Que nem o moleque do futebol…

  • agora só falta o Dennis Rodman

  • Zack Batista

    Q absurdo! Um monte de pessoas dando apoio a isso ainda. As pessoas estão ficando cegas e tolas, e engolindo o q a mídia impõe. Um pequeno grupo de magnatas multibilionários, q inclusive, controlam a mídia mundial, estão favorecendo as imposições do ativismo gay, é ´por isso q está ficando corriqueiro esses assuntos, e de apoio ainda por cima. Espero q o JUMPER não entre nessa, pois isso é uma palhaçada. Apoiar o homossexualismo, é o mesmo q apoiar a pedofília, ou seja, se queres apoiar o gosto do homossexual(senti atração pela pessoa do mesmo sexo), terão de apoiar e respeitar o gosto do pedofilo(senti desejo de transar com crianças)????? É isso??? E não me venha os ativistas, dizer q é diferente, é o mesmo princípio bíblico para ambos. Meus caros e blasfemadores da bíblia, o q rege desde o príncípio, querendo vc ou não, é a bíblia sagrada.

    • Carlos Eduardo

      Você é um ignorante.

    • Victor

      Seu ignorante de merda vai se fuder

    • Querido, para início, absurdo é esse seu comentário! Não sei qual bíblia você lê ou quem manipula a leitura que dela você fez/faz. Dizem por aí que Deus é amor. Amar alguém do mesmo sexo, quando as duas pessoas estão de acordo e isso não fere a ninguém, não é errado. Muito pelo contrário, é lindo!
      O Jumper Brasil está certíssimo em noticiar um fato desses. Em tempos outros, talvez, você viesse aqui reclamar por um negro ser jogador, por um judeu ser jogador… O tempo muda, e, parece-me, infelizmente, o preconceito permanece. Mudando somente de vítima.
      Quer uma comparação plausível? Compare o estuprador ao pedófilo. Compare também as pessoas violentadas. Pronto, essa é a situação. Gays não são estupradores em potêncial. Pessoas são estupradoras. Gays, héteros, bissexuais…
      Engula o seu preconceito e, seguindo Jesus, ame e respeite a todos.

      • zakbatista

        Meu caro Alexandre Galvão! Eu até entendo perfeitamente, em suas colocações e de sua ideologia. Agora, vc sabe o q é amar alguém?? De onde vc aprendeu isso?? Novelas, filmes, seriados, livros românticos…? Meu querido amar é escolha, . Amar, não é aceitar todas as práticas de alguém, q ferem teus conceitos, amar, não é dizer aquilo que vc quer ouvir, amar é decisão. A bíblia pede para vc amar teu inimigo! Vc conseguiria amar alguém q matou o teu filho?? É bem difícil mesmo, não é!? Mas, conseguiria, sabias?? Pois amar é servir, é esforço direcionado e atribuição benéfica a alguém.
        Paixão são desejos ardentes carnais q todo ser humano possui, é aí q muitas pessoas se perdem, muitas confundem com o amor. O q eu quero dizer com isso?? Q não aceito a prática homossexual, mas sim as pessoas. Vc pode tbém condenar alguma coisa de mim, sem me odiar, entendeu?? Não tenho raiva da pessoa em si, mas das práticas q desvirtuam no q acredito, pois qdo tenho oportunidades, falo das minhas convicções, sem problemas, pois creio em DEUS, e acredito q todos possam ter um encontro verdadeiro com Ele.
        Esse assunto é bem polêmico e precisaria de um dia inteiro para uma discussão, mas de um modo construtivo, é claro. Não sei se vc é, mas peço a vc q não me interprete, de um ponto de vista, equivocada. Apesar de vc achar q não, eu entendo bem no que vc quiz salientar.

    • Roberto Alexandre

      Caro Zack Batista, assim como você também não concordo com a prática homossexual, mas isso não me dá o direito de desrespeitar as pessoas. O cara assumiu ser gay? E daí? Esse é um direito que ele tem e merece respeito por ter coragem de assumir o que é! Pior é quem faz escondido!
      O texto bíblico condena a prática homossexual, sem dúvida alguma, tanto no Antigo, como no Novo Testamento. Os cristãos a tem como Palavra de Deus (me incluo entre esses), mas ela também condena muitas outras práticas como mentir, invejar, difamar, desejar a mulher do próximo e por ai vai…
      E ai, meu amigo, cabe uma pergunta: Por que não condenamos essas práticas com tanto vigor?
      Temos o direito de discordar de uma pessoa e de manifestar nossa opinião com respeito (amor cristão), mas não podemos ser intolerantes com quem age de forma contrária à nossa.
      Um abraço!

    • Uirá Beirão

      Triste por testemunhar tamanha ignorância.
      Uma pena.

    • vveiga1

      A prática de sexo com crianças é completamente diferente. Elas, muitas vezes, são manipuladas para fazer o ato sexual não tendo noção dele. Eles não sabem sobre aquilo e o adulto o convence a fazer e muitas vezes a força. No caso do gay são duas pessoas que sabem muito bem o que estão fazendo. Não causam prejuízo a ninguém e principalmente NASCEM ASSIM. Eles gostam de outro cara e pronto. Não tem essa de bíblia. Tem pontos da bíblia que estão em desuso e esse deve estar também.

      • Roberto Alexandre

        Caro amigo de vveiga1, só para constar a Bíblia é o livro mais lido e publicado na história da humanidade. Tem muita gente que não a leva em consideração, mas tem muita gente que crê nas escrituras. Isso é uma questão de fórum íntimo de cada um, questão de fé!

      • vveiga1

        Quer dizer o fato de defender certos pontos de escravidão no antigo testamento é correto? Tem trechos sobre no antigo testamento. Tem coisas que são absurdas para nossa sociedade atual meu caro. Não tem essa de levar em conta ou não. Lá até diz que comer camarão é abominação e é no mesmo livro que comenta sobre o homem deitar com outro homem também é. O problema é que muitos desconsideram algumas partes e se pegam em trechos. Não deve se levar em conta trechos do livro para defender seu ponto de vista. Se você quiser usá-lo terá usá-lo completo. E lá tem absurdos Desculpe meu caro, mas acho sem sentido isso. Respeito a pessoa acreditar, mas ao ponto que o fato dela acreditar a faz expressar algo que não concordo como fosse verdade absoluta é óbvio que irei discordar. Não sou obrigado a ter o mesmo pensamento do que ele por justamente já ter visto coisas contraditórias lá e pronto. Não acho o homossexual uma abominação. Acho que a pessoa nasceu daquele jeito.

      • vveiga1

        Por isso acho que tem que existir respeito. Eu disse por eu achar que vejo passagens na bíblia contraditórias. Não saio expressando isso. Compartilhando ou algo assim. Eu nem me meto em situações como essa, mas essa de comparar homossexualismo com pedofilia. Uma pessoa que alicia menores? Não consegui aguentar. Achei absurdo. Uma pessoa que se aproveita da inocência infantil ser comparado com um homossexual que tem suas práticas conscientes com um outro adulto consciente? ME DESCULPE, não consigo respeitar.

      • Zack Batista

        Eu poderia ter usado vários exemplos q desvirtuam o princípio bíblico. Eu usei o “exemplo pedofilia”, pois seria o parâmetro certo como comparação, pois constitui desejo sexual condenável a luz da bíblia, como poderia ser tbém zoofilia… Enfim, qdo eu digo ” Apoiar o homossexualismo, é o mesmo q apoiar a pedofília, ou seja, se queres apoiar o gosto do homossexual(senti atração pela pessoa do mesmo sexo), terão de apoiar e respeitar o gosto do pedofilo(senti desejo de transar com crianças)????? É isso???” Estava querendo dizer q são desejos sexuais proibidos e condenáveis a luz bíblica, tanto um como o outro. Mas é claro q são situações diferentes, e, eu poderia tbém ter detalhado mais, qdo inserir a minha opinião no blog. É por isso, q esse tipo de assunto, ficar debatendo via blog, não é nem um pouco viável.

      • vveiga1

        Mas uma coisa é está errado no ponto de vista bíblico e outro no legal. Acho que tem que o desejo sexual por crianças envolve o ato uma pessoa que não tem noção do que faz. Ela é aliciada. Isso é algo condenável com certeza. O fato de existirem desejos carnais dos dois lados não implica realmente que são coisas parecidas. Pecou feio na sua comparação.

      • Roberto Alexandre

        Caro amigo vveiga, vc afirmou que a Bíblia está cheia de contradições e aparentemente vc tá certo amigo. Mas quero te afirmar que é só aparentemente. Ela foi escrita há muito tempo atrás e te faço um desafio: procure textos antigos e compare com os texto mais antigos da Bíblia (os cinco primeiros livros) e veja qual deles garantia direitos, revolucionários à época, para escravos e mulheres. Outra coisa, vá aos evangelhos e descubra o Cristo dos evangelhos. Te garanto uma coisa, hoje Ele estaria na defesa da causa dos injustiçados, fossem eles quem fossem. O problema é que as pessoas falam e ensinam sobre a Bíblia sem realmente conhecê-la. Algumas coisas são estranhas pra nossa sociedade, mas para aquele povo antigo significavam avanços e como vc disse algumas coisas estão em desuso, o próprio Jesus reinterpretou a Lei. Não se esqueça, a Lei de Deus é amor!

      • vveiga1

        Você percebeu o ponto claro que você usou? “”””para época”””” justamente isso. Para época muitas coisas eram aplicáveis e hoje não são mais. Justamente o que eu disse. Tem pontos em desuso. Que não podem mais ser utilizados em nossa sociedade atual. São ultrapassados. A sociedade grega tinha uma democracia onde a pequena parcela da população tirando uma PORRADA DE GENTE podia votar sabe? Escravo não podia votar, mulher não podia votar e um bando de gente não podia votar. Absurdo agora? Sim, para a época isso era algo revolucionário. Dizendo novamente, para a época. Não tirei nenhum momento, e se tirei me equivoquei, a importância histórica da bíblia e sim estou dizendo que termos delas estão sim antiquados. Tem coisas sim que não são mais utilizadas. E que não faz sentido usar isso em defesa para abominar uma prática usando trechos que de um livro que é antigo. Já citei o novo testamento e disse que eu tenho a minha interpretação que se jesus é amor ele não teria distinção de amor e não antagonizaria uma pessoa por simplesmente deitar com uma do mesmo sexo. E, na minha visão, não consideraria pecado de forma alguma. Já disse que todos os pecados são justificáveis ser pecados como: trair, roubar, desrespeitar os pais, beber fora do controle, maldizer e afins. Qual é a coisa abominável de ser homossexual se você olhar? Ele está amando a pessoa do mesmo sexo e pronto. Ele não está traindo a confiança de alguém, ele não tá tirando nada de alguém, não está desrespeitando ninguém, não está saindo do controle simplesmente por diversão, ele está amando outra pessoa. Está vivendo a vida dele com alguém. Quer dizer que ele irá pro inferno mesmo que ele seja uma pessoa respeitosa, que não visa o mal de ninguém, mas ele fez o pecado de amar diferente dos outros? Eu acho isso um termo antiquado sim da bíblia. As outras coisas poderiam ser avanços, e você foi equivocado ao dizer que não conheço a bíblia simplesmente por não concordar com seu ponto, mas foram avanços em OUTRA ÉPOCA. Estamos em 2013 depois de cristo. Não estamos naquela época mais. Não coloco toda a bíblia ai. Bíblia é um livro que mostra coisas boas para você absorver, mas você levar em conta um livro de tanto tempo para ser um código moral exato e imutável para a sociedade enquanto o mesmo aceitava coisas que consideramos absurdas? Não. Ele é um livro para você tirar o aprendizado e pronto. Para você tirar, como você disse, o amor de deus e não antagonizar outro humano por ser diferente.

      • vveiga1

        Aprendizado não, as coisas boas para você absorver. Textos com morais boas. Se você está tirando o amor de deus do livro ótimo. Sério, é a melhor coisa que tem, mas se você está usando desse livro para antagonizar alguém, me desculpe, mas eu vou descordar de você totalmente. Não acho que o livro por ter pontos de desuso seja algo para ser jogado fora. Não insinuei isso em canto algum. Enfim, respeite para ser respeitado. Acho que isso tem que ser pregado até para ambos lados. Ninguém tem direito de julgar alguém, pois não tem ninguém perfeito. Já falei isso. Já dei minha visão de tudo e falei um bando de coisa. Enfim, espero que tenha deixado bem claro dessa vez o que acho, porque acho que não há sentido da antagonização ao homossexual e a razão de ter respondido ao post do zak.

    • Deividy

      Alguém tem que te ensinar urgentemente argumentação lógica. Você vem com várias premissas idiota e embasadas em porra nenhuma; lógicamente sua conclusão vai ser falsa.
      “Apoiar o homossexualismo, é o mesmo q apoiar a pedofília, ou seja, se queres apoiar o gosto do homossexual(senti atração pela pessoa do mesmo sexo), terão de apoiar e respeitar o gosto do pedofilo(senti desejo de transar com crianças)????? ”
      WTFFFFFFFFFFF????

      • zakbatista

        Meu querido! Qdo eu usei a afirmação “é o mesmo q apoiar”, não queria dizer q o grupo q apoia o homossexualismo, apoie tbém o pedofilismo, MAS SIM Q SÃO DESEJOS SEXUAIS PROIBIDOS A LUZ DA BÌBLIA, eu usei esse exemplo da pedofilia, como tbém poderia ter usado vários, ENTENDEU AGORA??

    • 1° – O Jumper é um site/blog, livre de preconceitos e estereótipos.
      2° – Livre arbítrio, OK?
      3° – Não dou a mínima para o que o jogador faz fora das quadras, exceto quando ele usa isso para darmos risadas, como vídeos do Steve Nash ou aqueles do Uncle Drew, coisas assim.
      4° – Homossexualismo não é uma doença. É uma opção.
      5° – Aqui vai uma opinião pessoal: a bíblia, aquela mesma que foi escrita pelo homem, é cheia de contradições. Você segue se quiser, como quiser. Não dou a mínima para quem segue ou deixa de seguir.
      6° – O Jumper não é lugar para preconceituosos. Não está satisfeito, procure outros sites/blogs brasileiros. Existem vários de excelente qualidade por aí. Talvez você encontre o seu lugar.
      7° – Não generalize e não crie hipóteses, como no caso da pedofilia. Ninguém falou disso.

      • zakbatista

        Queria deixar bem claro as seguintes questões:
        Desde o tempo antigo, o homem precisava de leis q estabelecesse suas atitudes, é por isso q Sodoma e Gomorra foram destruidos naquela época, pois a contaminação do caráter do homem estava deplorável, filhos tinham relações com seus pais, irmãs, tias e com animais. O homossexualismo imperando, e matança das pessoas como algo normal, matavam as pessoas, como q matavam insetos. Então surgiu o plano de DEUS ao homem, para inserir regras na sociedade, e antigamente amigo, era olho por olho, e dente por dente(durou apenas na antiga aliança), para começar a dar entendimento do certo e do errado ao homem. Então, hj qdo um ser humano nasce, ele já começa a aprender as regras q existem na sociedade, desde cedo, isso pelo legado da bíblia sagrada, não tem como negar isso. E os ateus de plantão, acham q a sociedade chegou aonde se encontra, por causa dos homens, somente,rsrsrs… Isso sim é ser bastante ignorante.
        Então, qdo eu me referi das práticas dos homossexuais e dos pedofilos, queria dizer o seguinte:
        Se hj os amados homossexuais, estão querendo q seu desejo ardente pela pessoa do mesmo sexo(anti-bíblica), seja respeitada e aceita, daqui a pouco(os pedofilos), estarão querendo reivindicar, q seus desejos ardentes, tbém seja respeitada e aceita. Agora, param pra pensar um pouco, vcs q me criticam, não precisa ser inteligente, pq vc então não aceita a pedofilia?? RESPOSTA: É pq desde criança, nós aprendemos isso, q é um absurdo, inaceitável. Agora, imaginem q esse desejo fossem algo normal na sociedade, e vc crescendo e aprendendo isso, não seria normal pra vc?? Com essa aceitação da sociedade?? RESPOSTA: É claro q seria. ENTENDERAM AGORA, NO QUE EU QUIZ DIZER?? Param pra pensar um pouco, somente isso…

        • Luiz Fernando Teixeira

          A sociedade achava anormal que mulheres tivessem direitos. A sociedade achava normal a escravidão. Durante um período da história, os alemães achavam normal que judeus fossem mortos. O que eu entendo da sua argumentação é que você não aceita as mudanças e usa um exemplo que todos podem rejeitar (a pedofilia) totalmente fora de contexto para embasar a sua concepção da verdade. E, por favor, pare de usar esse Caps Lock no meio de um argumentação, denota descontrole sobre o que está sendo tratado.

      • Roberto Alexandre

        Caro Gustavo Freitas e toda equipe do Jumper. Respeito muito vocês, mas no que diz respeito a essa matéria e ao comentários, parei por aqui. Por um simples motivo: a discussão não vale a pena.
        Resumo minha opinião da seguinte forma: não concordo com a prática da homossexualidade, mas também não concordo com muita coisa que faço e não acho que o erro de outros seja mais graves do que os meus. Por isso busco a graça de Deus para minha vida e espero que todos também a encontrem.
        Agora só peço uma coisa, esse debate é muito caloroso, há preconceito por parte de cristãos para com os homossexuais e também por parte de outras pessoas para com os cristãos. Marco Feliciano não representa todos os cristãos do Brasil, temos outros exemplos. Vou usar dois internacionais: Luter King e Madre Tereza.
        Do mais, um abraço.
        Há! Respeito muito Jason Colins pela coragem que teve de assumir!

    • Vascobgs

      Esse Jaison cara tá querendo se promover com sua opção sexual, já que não tem conseguido contrato nem tem basquete pra se estabelecer na NBA. Seu David Stern é um fanfarrão atras de dinheiro e popularidade cada vez maior para seu esporte. É do interesse dele, que gays do mundo todo se sintam motivados a acompanhar um esporte que os recebe e os aceita. Midia, nada mais que isso, os gays tem que parar de pensar que são mais importantes que as outras pessoas e ainda querer ter mais direitos que os outros. Como disse o comapanheiro acima: Será que vão instituir cotas gay na NBA?

      • Vascobgs

        Ah, e o Marcos Feliciano me representa muito bem e tenho orgulho dele.

    • Gustavo Lima

      Você é desprezível. Homofóbicos não são bem vindos aqui. Ignorância também tem limite. Você é um asno, rapaz. Esse comentário seu foi o pior disparado da história do Jumper.

  • Carlos Eduardo

    “Q absurdo!” – Ser feliz?
    “Um monte de pessoas dando apoio a isso ainda. As pessoas estão ficando cegas e tolas, e engolindo o q a mídia impõe.” – O quê? Mídia?
    “Um pequeno grupo de magnatas multibilionários, q inclusive, controlam a mídia mundial” – você acredita nos Illuminattis também?
    “estão favorecendo as imposições do ativismo gay, é ´por isso q está ficando corriqueiro esses assuntos, e de apoio ainda por cima.” – Imposições do ativismo gay? Na década de 50, você seria contra as imposições do movimento negro?
    “Apoiar o homossexualismo, é o mesmo q apoiar a pedofília, ou seja, se queres apoiar o gosto do homossexual(senti atração pela pessoa do mesmo sexo), terão de apoiar e respeitar o gosto do pedofilo(senti desejo de transar com crianças)????? É isso???” – Meu Deus, quanta ignorância.
    “E não me venha os ativistas, dizer q é diferente, é o mesmo princípio bíblico para ambos. Meus caros e blasfemadores da bíblia, o q rege desde o príncípio, querendo vc ou não, é a bíblia sagrada.” – Cara, se você seguir a bíblia ao pé da letra, vá ser hamish ou coisa do tipo. Sua ignorância me dá pena.

  • RafaelRox

    Sabem quem mais assumiu ser Gay na Nba? o Rudy.

    • Vinícius Maia

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Ri alto kkkkk

    • AlexWolves

      KKKKKKKKKKKKKKK

    • pedrokadf

      melhor comentário kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Boa (Y)

    • vveiga1

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Deividy

    Kobe e seu exagero nas hashtags:
    #mambaarmystandup?????? kkkkkkkk

  • Esse assunto é polêmico e essa matéria vai render uns 100 posts. Ele assumiu sua homossexualidade, os jogadores o estão apoiando pelo fato de que provavelmente ele possa até encerrar a carreira devido ao preconceito de alguma franquia em relação a sua opção sexual. Eu sou contra tudo isso! Sou católico apostólico PRATICANTE mas o que o Zack falou acima é de tamanha ignorância.

    Mas a minha opinião é de que o movimento gay é sim uma atividade que visa destruir famílias, alienar os jovens, mudar a Legislação Brasileira e dentre outros absurdos. Quero entender como o homossexual quer ser tratado, de que maneira ele acha que deve ser tratado pois ele sempre será tratado igual a todo cidadão, com seus devidos direitos políticos e pagando seus impostos.

    Eu não acho isso a coisa mais normal do mundo, se tem uma influência muito grande em cima disso e da mídia PRINCIPALMENTE!

    Mas não significa que eu sou Homofóbico, que eu vá desrespeitar qualquer pessoa com a sua devida orientação sexual e/ou olhar de forma diferente para ela. Apenas não considero a coisa mais normal do mundo como muitas pessoas também tem a mesma visão que eu.

    Trabalho em um local em que lido com todos os tipos de pessoas, trato-as com devido respeito seja de qualquer classe econômica, social e sexual.

  • Carlos Eduardo

    Homossexuais NÃO SÃO tratados do mesmo jeito. Isso que você disse é hipocrisia. Leia aqui: http://super.abril.com.br/cotidiano/brasil-homossexuais-sim-444558.shtml

    Se não quiser ler tudo, só leia os 37 direitos que os homossexuais não tem.

    Ah, você é homofóbico sim. Sabe por quê? Tá aqui a definição de homofobia: “Homofobia é uma série de atitudes e sentimentos negativos em relação a lésbicas, gays e bissexuais. As definições referem-se variavelmente a antipatia, desprezo, preconceito, aversão e medo irracional. A homofobia é observada como um comportamento crítico e hostil, assim como a discriminação e a violência com base em uma percepção de orientação não heterossexual.”

    Vá estudar, o que separa você do Zack, na minha opinião, é que ele não tenta dourar o que pensa. Mas ambos são homofóbicos.

  • Cara, você colocou como exemplo de que não tratados do mesmo jeito o CASAMENTO GAY! Isso é uma outra vertente, o assunto aqui veiculado não é esse!

    Qual Igreja Católica ou Protestante que irá aceitar o casamento Gay?! A intenção deles é até de enviar um mandado de prisão ao Padre e ao Pastor que se recusar a realizar a cerimônia. Quer dizer que se deve impor um comportamento as pessoas?!

    Quem tipo de pessoa é você por acaso para tirar esse tipo de conclusão de que eu sou homofóbico?! Quer dizer que porquê eu não aceito eu sou homofóbico?! PARABÉNS! Eu tenho mestrado em Direito e com o mínimo conhecimento que aprendi da Constituição Brasileira, sei que os Homoafetivos são iguais a todo mundo, perante a lei e perante a Deus! Agora se você for Homossexual e Ateu, JAMAIS entenderá o que eu digo.

    Não acho nada disso normal, tenho livre-arbítrio para decidir isso por mim e tenho os meus estudos bíblicos para me fazer a entender a tudo isso.Tratarei sempre a todos com devido respeito, com a devida educação e isso NUNCA irá significar que serei Homofóbico.

    • Carlos Eduardo

      Quem falou em Igreja? Por que um direito civil tem que incluir a Igreja? Me explique isso, sou ignorante.

      Outra coisa… comportamento imposto? Por quem? Ele ser gay vai mudar alguma coisa na sua vida?

      Eu acabei de trazer um link que diz claramente que gays não são tratados de forma igual perante a lei. É hipocrisia dizer que eles são tratados como iguais perante a Deus.

      Eu sou religioso e tenho nojo de quem usa a Bíblia como argumento pra seu próprio preconceito. Se você teve tanto esforço pra ser doutor em direito (o que eu acho difícil, já que no seu perfil do facebook tem escrito que você se formou no colégio em 2010), vá estudar mais sobre o que você tá falando.

      =

  • Esses homofóbicos se baseiam em um livro de contos de fadas chamado biblia. Primeiro, o Estado é laico. Segundo, por que as pessoas se incomodam tanto com a orientação sexual do outro. A família não vai acabar se der os direitos que o grupo lgbt lutam.

  • Não tenho nada contra homossexuais (desde q eles tbm não mexam comigo. O respeito deve ser recíproco). No mais, problema algum em o cara admitir isso. É a vida dele e ponto. O q importa pra mim é se o cara joga ou não. E nada mais.

  • Doutor em Direito sendo formado em 2010?! Me explique só como eu conseguir isso?! Você me dá uma matéria a respeito do casamento gay, separação de bens e adoção. Isso tudo está vinculado com a igreja e por isso eu citei.

    Esses são direitos que não vão conseguir, pela Legislação Brasileira imutável e rígida e por um país extremamente cristão onde diversas comunidades sejam Protestantes ou Católicas vão intervir. CAPISCE?!

    Os cristãos não vão aceitar as mudanças, a sociedade virá com esse Pensamento e não preconceito, INFELIZMENTE!

    É claro que existem pessoas que os tratam com violência verbal e física mas você não poder generalizar, o Brasileiro e o mundo ainda não estão totalmente acostumados com tudo isso atualmente.

    Tem de vir de cada um o respeito e a compaixão. O que não pode são os protestos desnecessários, a violência generalizada da comunidade gay no plenário. Se querem isso, isso deve ser feito ou tentado da forma amistosa.

    O comportamento atual deles faz com que o Brasileiro venha a repudiar tudo a respeito deles.

    SERÁ QUE ME ENTENDEU AGORA, QUER QUE EU DESENHE?!

    • Luiz Fernando Teixeira

      Eu não entendi. Pode desenhar, por favor.

      https://www.facebook.com/Rodrigosanpi/info é só o que tem escrito no perfil que você usou para comentar aqui. Use o seu perfil de verdade então, já que esse não o seu.

      Casamento Gay, Adoção e separação de bens não tem nada a ver com a Igreja, me desculpe. A não ser que você viva no século XVI.

      Os cristão também achavam que negros fossem escravizados e que as mulheres não tivessem direito.

      “É claro que existem pessoas que os tratam com violência verbal e física mas você não poder generalizar, o Brasileiro e o mundo ainda não estão totalmente acostumados com tudo isso atualmente.” O QUÊ???

      Realmente, o que não pode são os protestos desnecessários, a violência generalizada da comunidade evangélica no plenário. Essa é a verdade, a não ser que não vivamos no mesmo país. Me dê um exemplo de que gays fazem violência. Um só.

      “O comportamento atual deles faz com que o Brasileiro venha a repudiar tudo a respeito deles.” No momento eu estou repudiando o seu pensamento. Por favor, desenhe para que eu possa entender o que você disse.

      • Vinícius Maia

        “o que não pode são os protestos desnecessários, a violência generalizada da comunidade evangélica no plenário.” E as manifestações dos gays na comissão de direitos humanos, foi super respeitosa né?! os gays que perturbaram a ordem do culto na igreja do Marco Feliciano e ainda ameaçaram a integridade física de sua família após esse mesmo culto também foram totalmente pacifistas e educados em sua manifestação né?! ah me poupe mano, estou cansado dessa imagem distorcida que a mídia empurra e a população compra onde TODOS os cristãos são colocados como vilões e os gays como vítimas. Aééé…já que estamos falando de respeito, o que dizer então das paradas gays onde os costumes e crenças católicas são ironizadas e a liderança católica (padres, bispos, papa, etc) são desrespeitados e debochados? meu pai sempre me ensinou uma coisa: respeite para ser respeitado.

  • Will-Bulls

    A materia é comum… nao existe motivo pra tanto. Parece que o cara bateu um record. Nada a ver com basket. Gay ou nao ele continuara sendo um jogador nota 2.

  • Cada comentário lamentável aqui, tem gente presa na Idade Média ainda…..

    A propósito, sou cristão e os comentários homofóbicos acima não me representam! rs

  • deixa o cara assumir q é gay poh!!! o loló é dele!! Deus não vai deixar de amar ele por isso!!

  • Você disse que não está vendo nenhuma bagunça por parte dos homossexuais?!

    Durante todo o mês de março e início de Abril, as manifestações e a violência tomaram conta do noticiário Brasileiro. É legal o que o Jean Wyllys fala com tamanha intolerância religiosa?!

    Quer citar o período da Idade Média mesmo?!

    Um período de extrema ignorância política e social do clero e da população, a população pagava altas indulgências para ”saldar” o seu pecado, o escravo era ”dono” de apenas uma parcela de terra, produzia uma parte minúscula para seu consumo e a maior parte tinha de dar para o seu senhor e era ridicularizado por todos. Comparar uma era atrasada em quase todos os aspectos é outra história.

    Você fala parecendo que APENAS a Comunidade Cristã Brasileira que faz os bombardeios, esses bombardeios saem de todo lado. Isso não deveria ser feito de nenhum lado, deveria ser de forma amistosa como eu falei anteriormente. É ser ignorante pensar que os homossexuais estão fazendo isso da forma mais correta possível, com paz e amor. Ele não querem conversar, não querem debater e isso o Brasileiro repudia. Isso não é bom, isso é prejudicial demais! Acaba por desestabilizar mais a situação política do país.

    A comunidade cristã não quer banir, excluir, julgar ou excomungar a parcela por causa de sua opção sexual, ENTENDAM ISSO! Ninguém quer fazer isto!

    Para finalizar, não coloquei nada disso aqui para desrespeitar, manipular e nem criar bagunça no JUMPER. Coloquei minha opinião acerca do que eu penso e é opção lerem, concordarem ou discordarem. Não sou dono da verdade ou da opinião de ninguém e ela pode estar completamente errada ou certissíma. Todo mundo aqui tem uma visão à respeito, a minha é para o bem! O bem da coletividade.

    Quem é homofóbico desrespeita, usa a violência física e é capaz de matar por isso. Homofobia é crime!

    Foi um erro de interpretação quem entendeu meus comentários terem o caratér homofóbico. Homofobia é muito mais grave e complexo que tudo isso!

    • Luiz Fernando Teixeira

      Ainda espero um exemplo da violência homossexual, e me diga se estou errado ao afirmar que não se dirigem a eles de forma amistosa, assim como a maioria de que os que fazem isso é evangélica.

      Homofobia realmente é mais grave do que isso. Por isso eu estudo.

      Você deveria fazer o mesmo.

      • Luiz Fernando Teixeira

        Usar uma fatia para tradar como o todo é genial. clap clap clap

        Você deve ser dos que acham isso normal.

        https://www.youtube.com/watch?v=bPHPVYfKeWU

      • Vinícius Maia

        Genial é você, que nem me conhece, dizer que eu acho normal ver um bando de playboyzinhos mimados espancando um homem. Será que sou eu mesmo o preconceituoso aqui?

        E não, esse não é um caso isolado, já cansei de ver imagens de paradas gays onde os costumes católicos foram desrespeitados, já vi um vídeo onde cristãos norte-americanos foram agredidos por ativistas gays e tiveram que ser escoltados pela policia durante um evento evangélico, já vi os gays impedirem a realização de uma seção na comissão de direitos humanos, já vi gays ameaçando o Marco Feliciano, já vi gay desrespeitando um cristão dentro de um ônibus mandando cantadas e tenho certeza que seu pesquisar com calma na internet, acharei outras coisas do gênero. E não, eu não caio na burrice de dizer que todos os gays são intolerantes mas não dá para negar que existe uma parcela considerável deles que não tem o mínimo de respeito com aqueles que são contrários as suas práticas.

  • Bem, os exemplos foram citados. Cabe você achar se não foram suficientes. É seu critério escolher se fui assim nos meus comentários. Eu em minha conduta, não quero NUNCA agir com desrespeito seja com quem for.

    Bons Estudos! Recomendo hoje você intensificar com aulas de interpretação de texto.

    • Luiz Fernando Teixeira

      Você não citou nenhum exemplo, cara.

  • Citei a intolerância religiosa do Jean Wyllys, coloquei a violência no plenário durante a comissão de direitos humanos, houveram brigas no plenário e na Av. Paulista. Não coloquei assim, mas de forma resumida. O texto ficaria grande demais.

    • Vinícius Maia

      Além disso, vale citar os gays que atrapalharam o culto na igreja liderada por Marco Feliciano e que após o término do culto, ameaçaram sua família

    • Júlia

      Rodrigo, eu vi pelo seu Facebook que você tem uma namorada. Eu imagino que você e ela se gostem, senão não estariam namorando. Quando duas pessoas se gostam ~como namorados~, às vezes o desejo vai crescendo, né verdade? Mesmo que você seja extremamente religioso e segure seus instintos, imagino que queira casar e finalmente poder aproveitar tudo o que a vida a dois oferece. Vamos imaginar um cenário?

      1) Você se casa novinho, porque né, hormônios existem e é bom adiantar o lado pra evitar o pecado.

      2) Sua esposa engravida! Por quê? Porque vocês não podem usar camisinha, nem pílula, nem DIU, nem diafragma, já que a Igreja (no caso, a católica e umas evangélicas por aí) não deixa. Se você for católico fervorosamente praticante, se prepare pra ter um filho por ano.

      3) Vamos preparar o bolso, já que a Bíblia diz que a mulher tem que ficar em casa parindo e cuidando dos guris. Você vai sustentar a casa, a mulher e os filhos.

      4) Se a situação estiver complicada financeiramente e a coitada engravidar de novo, se vire. Nada de abortar, diz a Bíblia.

      5) Quando sua mulher finalmente entrar na menopausa e vocês conseguirem alguma paz, nada de curtir o momento. Sexo, só pra ter bebê. Se ela não pode mais, já era. Ou espera ela morrer e arranja uma nova ou busca outros meios de desviar a atenção, porque se você se divorciar, tá pecando, se trair a mulher, tá pecando, e se – Deus que me perdoe – resolver brincar sozinho, tá pecando horrores.

      Enfim, isso não tem nada a ver com basquete, mas seus comentários também não tiveram. Só quero deixar claro que, a não ser que você tenha uma paciência de Jó (o que eu realmente duvido por causa do capslock), é bom ir mudando um pouco a sua cabeça.

      Por favor, chega de interpretar a Bíblia ao seu bel-prazer. Se você não gosta de alguma coisa, assuma, seja homem. Agora botar a culpa nos pobres dos apóstolos que nem estão aqui pra se defender, não rola.

      • Vinícius Maia

        Que comentário ridículo. Para começo de conversa a bíblia nem diz que o sexo deve ser feito apenas visando a reprodução. Além disso, sobre o papel da mulher, olhe a sociedade da época que a bíblia foi escrita véi, a sociedade de um modo geral, era machista, a mulher não tinha um papel significativo. Se você levar em conta o machismo da época, a bíblia pode ser interpretada até como um livro feminista, pois numa sociedade completamente machista, os homens cristãos foram ensinados a amarem suas mulheres como Jesus Cristou amou sua igreja a ponto de dar sua vida por ela, a cuidarem e alimentarem elas da mesma forma que Cristo fez com sua igreja. Além disso, do ponto de vista bíblico, a mulher foi criada por Deus para ser auxiliadora do homem. Será na sociedade da época aqueles que não eram cristãos ou judeus, viam suas mulheres como auxiliadoras? duvido muito que a maioria era assim.

        Quanto a questão da homossexualidade, não há nenhum erro de interpretação, a bíblia condena essa prática de forma clara, tanto no antigo testamento quanto no novo. O próprio apóstolo Paulo escreveu sobre isso e se não me engano, ele escreveu sobre isso mais de uma vez em cartas distintas

  • vveiga1

    Sinceramente você compara esses fatos com a agressões que alguns fazem gratuitas até matando homossexuais. Alguns grupos neonazista fazendo algumas dessas. Violência física e verbal recebida por uma pessoa por ter essa opção por pessoas próximas. Declarações constantes das igrejas que não aceitam o homossexualismo. Que é abominação bombardeando a população como fosse algo sujo e que a pessoa é ridícula simplesmente por ter outra opção? Vendo comentários como o daqui em comparação de um pedófilo com um homossexual. Como eles estivesse aliciando alguém? Eu não acho que seja comparável um problema ou outro que você citou com toda a intolerância que os homossexuais já passaram.

    • vveiga1

      Deixar claro, não apoio o que esses gays fizeram de modo algum. Não acho bonito. Não aplaudo. Só não acho que sejam 2 situações parecidas. Não acho que um “preconceito cristão” seja maior do que um preconceito contra os homossexuais. Claro que tem os gays sem noções e tal, mas vocês estão generalizando. Algumas pessoas passam por sofrimento pelos gays? Sim. Só que contem quanto os gays já sofreram pelas outras pessoas. Acho que tem que botar a mão na consciência com isso.

  • Obrigado pelo auxílio Vinícius Maia, eu não fui tão a fundo pesquisar algo. Citei o básico, APENAS.

  • Vinícius Maia

    Eu, apesar de ser cristão, tenho evitado me envolver nesse tipo de debate que envolva homossexualismo, homofobia e coisas do gênero, mas há uma coisa que me irrita profundamente sempre que vejo essas discussões: pessoas preconceituosas falando sobre o preconceito dos cristãos. Existem “cristãos” homofóbicos? sim, e não são poucos. Não foi por acaso que eu coloquei a palavra “cristãos” entre aspas. Na minha visão, cristão é aquele que busca imitar a Jesus Cristo e seguir os seus mandamentos. Logo um cristão homofóbico, ao meu ver não é cristão pois Cristo não era homofóbico. O problema é que, na maioria das vezes que eu vejo esses debates, eu vejo pessoas sendo preconceituosas ao utilizarem a burrice da generalização dizendo que todo cristão é preconceituoso e homofóbico, ato que mostra o preconceito de tais pessoas. Sinceramente, eu não estou aqui criticando o homossexualismo, eu estou criticando a “cristofobia”, estou criticando o preconceito e o desrespeito com os quais os cristãos tem sido tratados atualmente e que tem passado como algo tolerável, como se todos os cristãos merecessem desprezo, desrespeito e discriminação por causa dos erros de algum.

    • vveiga1

      Como eu disse, eles não merecem desprezo, mas não acho que seja algo comparável o que eles passaram com os que os gays passaram. Eu penso que tem pessoas religiosas, eu acredito em uma entidade maior, mas não regida pela religião, que não tem essa aversão extrema ao homossexual. Como você diz, cristo pregava o amor e não de forma separada. Ele pregava o amor universal. O amor por todos e não por um grupo apenas. Judeus não acreditam em cristo justamente por ele ter tornado o amor de deus tão universal. Então, na minha concepção, ele não consideraria pecado uma pessoa boa, que trata bem os outros, que vive sua vida seguindo códigos morais, mas vive com outra do mesmo sexo. Eu acho que o maior erro disso tudo é querer rotular pessoas e certos cristãos fazem sim isso. Sei que não é sua maioria, mas uma grande parcela sim faz.

      • Vinícius Maia

        Cara do ponto de vista bíblico, eu concordo em algumas coisas com você mas discordo em outras. Jesus Cristo pregava o amor ao próximo, isso é fato e a bíblia fala em Romanos que para Deus não há acepção de pessoas. Mas o fato de Jesus amar, não faz com que ele deixe de condenar práticas e atitudes. Te dou um exemplo na própria bíblia em João capítulo oito, a partir do versículo quatro, onde uma mulher foi pega em adultério e foi levada a Jesus para que ele determinasse sua sentença que, de acordo com a lei dos judeus, era o apedrejamento. Resumindo a história, Jesus dá uma palavra que fez com que todos os que desejavam apedrejá-la largassem as pedras e se retirassem. Depois ele se dirigiu a mulher dizendo que ele não a condenaria, mas que deixou uma exortação para que ela não pecasse mais. O que isso quer dizer? quer dizer que Jesus amou essa mulher e a perdoou mas nem por isso deixou de exortá-la para que ela mudasse de atitude. E eu te digo, baseado na bíblia, que Jesus olha para os homossexuais da mesma forma: Ele os ama, está disposto a perdoá-los, mas não deixará de exortá-los para que mudem de vida

      • vveiga1

        Não, eu sei, mas o segundo ponto já é minha opinião pessoal.
        Eu não acredito que ele condenaria isso. Como eu disse eu sou crente em uma força superior, sou agnóstico que tem crença em uma força divina, não cristão. Eu estou supondo algo que eu considero que não muda o caráter da pessoa entende? Tipo, uma mulher adúltera trai a confiança de alguém. Faz com que alguém que confia nela não mereça tal
        confiança. Isso é pecado no meu ver. Um cara que desrespeita o pai e mãe não apresenta respeito muitas vezes pelas pessoas que mais o amam e o representam. Isso é sim errado. Só que um homossexual não apresenta erro nenhum de conduta no simples fato de ele ser homossexual. Ele não tá desrespeitando ninguém com isso, traindo a confiança de alguém com isso. Eu acho que quem sofre mais com o homossexualismo é ele. Muitos tem dificuldade de se aceitar. Muitos pensam coisas horríveis e quando se soltam passam por falta de aceitação de parentes e se for jovens ofensas, amigos deixando de lado e tudo mais. O pecado do homossexualismo está muito mais das outras pessoas que deixam o filho de lado, deixam a amizade, xingam e destratam a pessoa do que em um rapaz ou a a moça que tem a atração pelo mesmo sexo. Minha opinião é essa.

      • vveiga1

        E como já disse. Uma parcela dos cristãos que condenam o homossexualismo são os mesmo que fazem fora do casamento. São os mesmos que faltam o respeito com os pais. São os mesmo de “n” outros pecados e se acham no direito de julgar outro pecador. A citação mais marcante, na minha opinião, de jesus foi: Quem nunca pecou atire a primeira pedra. E vejo VÁRIOS pecadores atirando. É uma contradição que bate muitas vezes entende? Tem coisas na bíblia que são contraditórias. Coisas como comer camarão era considerado abominação na época entende? E isso não é considerado mais. Isso entrou em “desuso” pela época que estamos ou até pelo maior conhecimento que fomos adquirindo. Paulo fez uma lista que citou os efeminados e tem coisas na lista que é pessoal não se toca. Bêbados não vão, maldizentes, idólatras não vão para o céu. Eu acho que tem coisas que os cristãos ignoram regra e se seguem muitas vezes esquecem de lutar contra a quebra dela. E tem coisas que eu considero sim absurdo que tá lá. Só que aqui é basquete e prefiro não estender mais do que já foi estendida a discussão.

  • Caramba, meteram até minha namorada no meio. Como pode isso?! Você não tem argumento e quer vir a colocar essas indagações sem pé nem cabeça?!

    Caramba onde você viu isso?! Pode me mostrar e me provar?! Deve ser por isso que o país tem tantos analfabetos funcionais, pessoas que lêem um texto e não sabem interpretar.

    Eu faço das minhas palavras a do Vinícius Maia pois nunca pensei que minhas opiniões fossem fazer tanta importância para essas pessoas.

    • vveiga1

      Você está falando em relação aos meus comentários? Sinceramente você não vê os fatos que mostrei? Que se não foi direcionado a minha pessoa esse comentário você não deixou claro para que foi.

    • Rodrigo, só usei sua namorada como um exemplo, não quis ofender. A Bíblia condenava sim o trabalho e o estudo da mulher, o uso de contraceptivos, o aborto, a relação homoafetiva e o sexo que não servia para fazer bebês.

      Te juro, não me importo com sua opinião. O Brasil é um país livre e você pode pensar o que quiser. Laico, inclusive, pra você poder acreditar na entidade que você bem entender. Mas vamos lembrar de uma coisa chamada respeito, e isso falta sim nos seus comentários. Se você não gosta de (ou não liga para) os homossexuais, por que achar errado que eles se casem? A Igreja não quer, e isso não impede, casamento só no civil taí pra isso. Se você não acha certo ou estranha o fato de alguém gostar de outra pessoa do mesmo sexo, não faça, é simples. Agora sair por aí pregando que é estranho, é errado, é ruim, é pecado? As pessoas que atacam (verbal e fisicamente) outras nas ruas, qualquer que seja o motivo, têm uma opinião. Acho que você é sensato o suficiente pra não sair batendo nos outros, raspando a cabeça e se dizendo skinhead, mas a única coisa (uma coisa bem grande, mas só uma coisa) que separa a sua falta de respeito da deles é que eles batem, você “apenas” despreza.

      Você não está errado em expressar sua opinião. Até acho ótimo que você possa dizer o que pensa, rebater e tudo o mais com liberdade de expressão. A ideia não é instaurar uma ditadura. Os gays não têm e nem buscam mais direitos do que os héteros, longe disso. Se batem em você porque você torce pra um time, isso é crime. Se batem em você porque você é católico/evangélico/muçulmano, isso é crime. Se batem em você porque você é nordestino, isso é crime. O que diferencia são as motivações. Usando o exemplo da própria Justiça, há uma “hierarquização” dos tipos de crimes. Qual a motivação de alguém que comete racismo? É mais ou menos relevante que a de alguém que te xinga porque você xingou antes? A diferença entre você fazer alguma coisa e você fazer essa mesma coisa em legítima defesa é bem fácil de entender. O negócio é: o que os gays (negros, nordestinos, mulheres, religiosos, ateus…) fizeram para serem reprimidos desta forma?

      Os gays (como classe, não vou analisar um por um) não fizeram nada além de nascerem gostando de pessoas do mesmo sexo. Os negros não fizeram nada além de nascerem com pele escura e cabelo crespo. As mulheres não fizeram nada além de nascerem mulheres. Por que temos que ter legislações especiais pra caracterizar esse tipo de crime? Porque a sociedade não considerava crime antes. Era “justificável”. Você sabia que até 1988 aqui no Brasil o marido podia matar a esposa se ela o traísse que ele não ia pra cadeia? Isso era lei até pouquíssimos anos atrás. Por que os gays precisam de uma lei pra poderem casar em paz, adotar uma criança, colocar o parceiro como dependente num simples plano de saúde ou abrir uma conta conjunta? Eles não são respeitados, não são tratados igualmente e têm todo o direito do mundo de exigir isso pra eles. Do mesmo jeito que os negros exigiram que pudessem se casar com quem eles quisessem, que as mulheres exigiram que pudessem estudar, trabalhar e casar com quem quisessem. Essas “”””minorias”””” têm que lutar para ter o mesmo direito de homens-brancos-heterossexuais-acima-de-21-anos-de-classe-média.

      De novo: não estou dizendo que você seja um criminoso, ou tenha tendências racistas/nazistas/xenofóbicas/homicidas. Não me entenda mal. Mas você não está respeitando ninguém se você trata normalmente pela frente mas julga as atitudes pelo simples fato de ir de encontro ao que você acredita. Lembre que a gente devia estar num país livre.

  • Julia o que você quis dizer agora é que agora eu tenho que aguentar calado?! Aguentar as ofensas de vocês em qualquer âmbito em que possamos estar, dizer que somos homofóbicos, que desrespeitamos e que uma determinada parcela que nos repudia porquê APENAS expressamos nossa opinião?!

    Vocês querem igualdade mas estão se comportando como ditadores! Ninguém pode expressar uma posição contrária que a revolta é em massa! A liberdade de expressão só funciona do lado daí?!

    Pra finalizar, eu digito em caixa alta para enfatizar um ponto-chave do meu raciocínio e não para ”ganhar voz” com a minha opinião. Nós cristãos, não precisamos disso. Mais uma vez, estou pedindo desculpa se ocorrer desorganização no site.

  • vveiga 1

    Já deve ter visto para quem for o comentário. Desculpe-me!

    • vveiga1

      Tudo bem, é que não tinha ficado claro. Por isso não me alterei, pois enfim. Tá tranquilo (:

  • Fábio Ribeiro

    poohha, se o cara assumiu ser gay, foda-se, a gnt não tem haver com isso, e tem gnt se doendo ae no site por causa disso, discute pedofilia e os karai td. eu to pouco me fudendo se ele é viado ou não, é um direito q ele tem e a gnt tem q respeitar. e tbm não tenho nada contra os gays, desde q haja respeito em ambas as partes, fora isso, dane-se.

    • vveiga1

      Sucinto, porém correto. Perfeita colocação aoshoiashisahoisaoihas

      • Fábio Ribeiro

        kkk, mas é cara, daq ha pouco alguém vai fazer promessas de políticos tbm, poow, o cara é gay e acabou, mas não, a galera tem q debater sobre pedofilia, namorados, etc. poow, chega, e olhando os caras q são contra o homossexualismo, se tiver um policial lendo isso, da cadeia.

      • vveiga1

        kkkkkkkkkkk é verdade viu mano. Eu acho que deveria ser no máximo em questão sobre a “barreira” que ele quebrou admitindo do que o fato de ser gay é certo ou errado. Enfim, ele fez o que quer asoihiohsahisa

      • Fábio Ribeiro

        mas a galera extrapola td, e eu não duvido nada a discussão Lebron x Kobe entrar em pauta daq ha pouco. ae esse artigo vai ter de 500 comentários pra cima.

      • vveiga1

        “Kobe postou no twitter apoiando que ele era gay e lebron não, por isso kobe é melhor que o lebron” hahahahaha é só o que falta mesmo. Aparece em toda notícia.

      • Fábio Ribeiro

        kkkk, to te falando, ja começou a putaria da discussão tbm. ja q o artigo foi estragado, PRA MIM LEBRON É MELHOR QUE KOBE. kkk, discussão em 5,4,3…

      • vveiga1

        KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK NÃO KOBE É MELHOR! Para botar lenha kkkkk

      • Scalabrine > all

      • Fábio Ribeiro

        scalabrine? prefiro o kwame brown, esse sim é craque, kkkkk

      • vveiga1

        Não acabe a discussão. Scalabrine é o melhor, isso já é claro kkkkkkkkkkk

      • vveiga1

        Miličić é mais pivo que o KB. Digo mesmo.

      • Fábio Ribeiro

        Kobe é amarelão, Lebron é 1000 vezes melhor.

      • vveiga1

        Nesse ponto é. Lebron é mais decisivo que o clutch asohioshiaohisa

      • Fábio Ribeiro

        kkkk, Kobe tbm não sabe defender. kkk, melhor parar pq ja estamos parecendo crianças cara, apesar do post está passando essa impressão de criancice aq.

      • vveiga1

        OASHIHSAHIOIAS é já deu mesmo.

      • Fábio Ribeiro

        vou capotar na cama cara, abraço ae. parece até q estamos no chat do face, kk

      • vveiga1

        kkkkk pior que é mesmo kkkkkkkk vai lá, abraço rapaz. Boa noite ai

  • Isso aqui virou debate religioso. Povinho intolerante do kct. Tá louco.

    Algumas pessoas querem que todo mundo aceite suas opiniões e essa não é a ideia aqui. Cada um que tenha a sua, sem imposição alguma. Você pode ser ateu, cristão, hétero, ou homossexual. Tanto faz. Só não tente impôr suas ideias. Isso não é só uma falta de educação. É babaquice.

    Quem não sabe respeitar isso, que procure outro lugar para postar suas baboseiras. Me poupe aí, vai.

    • Fábio Ribeiro

      apoiado Gustavo, isso ja encheu o saco mesmo, por isso q nem discuto, é perda de tempo.

  • Raul

    Agora na NBA jogador que tem cú tem medo!!!

    Tirando a brincadeira, homossexualismo tem que ser tratado como ele é, exceção a regra. Não é a regra geral porém tem que ser respeitado, assim como alguém que não concorda também tem que ser respeitado, cada um dentro do seu limite. Não sou contra homossexualismo, na verdade acredito que somos livres para tomar nossas decisões desde que nossas decisões não interfiram de forma negativa na coletividade. Os gays não interferem na minha vida e nem eu na deles, acho que convivemos da melhor forma, assim é saber viver em sociedade, cada um respeitando o espaço alheio. Não somos obrigados a gostar nem a odiar mas somente respeito e isso devemos pelo fato de sermos todos cidadãos. Agora existem princípios que deveriam ser respeitados e não são. Aprender a viver em comunidade.

  • andrade

    Esse assunto todo é tão polêmico quanto mamilos

  • Jefferson Spurs

    Amigos ontem passei o dia viajando e nao deu tempo de abrir o jumper,agora quando abro vejo o debatepor um jogador assumir q e gay,respeito toda opção sexual nao m interessa o q ele faz ou deixa de fazer com tanto q nao me prejudique,agora falando de basquete um ex jogador em atividade q no meio já sabiam agora ele admitiu pro mundo.

  • Zorg

    Desculpem mas não deu para ler todas ….. ficou muito cansativo …. o assunto começou com um fato normal na atual sociedade, um homem ou mulher assumir sua homosexualidade, e descambou para religão, biblia, pedofilia, namorada dum dos participantes e terminou com Kobe X Lebron ….
    Valeu pessoal …. ainda não tinha visto dessas

    • Fábio Ribeiro

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, cara, foi o post MAIS ENGRAÇADO que eu vi no jumper, discutiram quase td veey, opção sexual, pedofilia, religião, biblia, os karai td, kkkkkk

  • Tiago Criscio

    Cada uma viu!
    Aposto que lá nos EUA ngm tá falando todas essas merdas que tem nego falando aqui.
    Não dizendo que os outros países são melhores, mas no Brasil é onde mais as pessoas se ‘doem’ por assuntos assim. Gay é igual ladrão, gay é igual pedofilo, gay isso, gay aquilo.
    O que acontece com o respeito ao próximo?
    Ou então com o mandamento que diz ‘Não dirás em vão o nome do Senhor, o teu D’us’… Gente justifica na bíblia tanta coisa, mas não olha pro próprio umbigo.

    Mas enfim, voltemos ao basquete 😉

  • Acho que esse assunto já deu! O que eu cheguei a iniciar não foi uma manipulação acerca de minhas opiniões para os outros, mas sim do que estou convicto a acreditar e levar em frente e quis debater com todos e saber suas opiniões. O problema é que um assunto polêmico, com várias vertentes e no meu caso, acabei sendo totalmente mal-interpretado, desrespeitado e até minha namorada entrou na história sabe se lá como! Em momento algum eu citei o Jason Collins, pois o assunto acabou vindo para o cenário Brasileiro.

    Em momento algum se deve ser manipulador de opiniões e se caracterizar como ”dono da verdade” por ter uma determinada posição e nem desrespeitar a opinião de quem for. O respeito e a Reciprocidade devem permanecer sempre.

    Enfim, voltemos ao Jumper e aos Playoffs da NBA.

    #LET’S GO CELTICS!

  • zakbatista

    Esse é um assunto tão polêmico e vasto, q eu nem gosto de debater, de uma forma construtiva, via textos. Pois qdo é mal interpretado, tens q responder, e ficar tc por hrs, por isso q prefiro face a face, é como eu faço c várias pessoas, de todos os tipos. Agora, gostaria de ressaltar os comentários de Vinícius Maia, q por sinal, são boas e sensatas. Ele teve a atitude de responder a todos qdo solicitado, e fez de maneira sábia, redigindo vários textos ao assunto de maneira coerente e pacífica. Parabéns cara, muito bom.
    Voltemos ao basquete, com certeza…

  • borges

    Nossa, tinha que ter um religioso hipócrita vim falar sobre a contraditória Bíblia. Volta pra Igreja filhão.

  • Michel Moral

    Eu sinceramente sou contra a luta por direitos isolados como gays, negros, mulheres. Para mim, a sociedade é um todo e, qualquer forma de discriminação é reprovável. Somos todos seres humanos.

    Por isso, acredito que as opiniões contrárias devem ser respeitadas. Não concordo com o que o Zack Batista escreveu, mas vocês do Jumper não podem desprezar a opinião dele, porque estão sendo ainda mais preconceituosos se o fizerem.

    Uma coisa é você querer a morte dos gays e acharem que eles não têm direitos como seres humanos, isso sim se trata de homofobia. Ninguém negou a um gay ter um nome, de ir à escola, de comer e beber, etc. Ser contra um movimento gay e achar que isso é imoral, não está nem perto de ser preconceito.

    Eu conheço mulheres que só vão em ginecologistas mulheres porque se sentem mais a vontade. E aí? Elas são preconceituosas contra os homens?

    Eu não fico me pegando com a minha namorada no meio da rua, fazendo coisas que são da minha intimidade e da dela. Por que um gay quer fazer isso, só porque ele é gay? Tem que mostrar isso?

    Na sua casa e da sua intimidade você cuida. Querer ter direito de se mostrar perante a sociedade é outra. Religião faz parte da intimidade e tem de ser respeitada. Se uma religião não te aceita como gay, então que vá para aquela que aceite, não tem que fazer escândalo.

  • Sou totalmente contra a prática do homossexualismo (assim como contra a homofobia, racismo e etc), porém não tenho nada contra o homossexual. Tenho alguns amigos gays e todos sabem do meu posicionamento quanto a isso e assim como respeito suas escolhas, eles respeitam meu posicionamento.
    Sou um adepto bíblico e por isso sou contra a essa e outras práticas que para Deus é condenável. Porém, quanto a essas discussões cito um verso bíblico do porque não vale a pena ficar “brigando”, ainda mais aqui, sobre essas coisas: “Evita discussões insensatas, genealogias, contendas e debates sobre a lei; porque não tem utilidade e são fúteis.” (Tito 3:9) 😉

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados