logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 30 jun 2013 às 17:09
Rapidinhas do mercado (30-06) – Parte I

Jerryd Bayless surpreende e decide ficar no Grizzlies O armador Jerryd Bayless vai ficar mais um ano no Memphis Grizzlies. Em uma inesperada decisão, o reserva decidiu exercer a opção de extensão automática existente em seu contrato e abriu mão da chance de testar o mercado como agente livre irrestrito. Ele vai receber salário de […]

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Jerryd Bayless surpreende e decide ficar no Grizzlies

O armador Jerryd Bayless vai ficar mais um ano no Memphis Grizzlies. Em uma inesperada decisão, o reserva decidiu exercer a opção de extensão automática existente em seu contrato e abriu mão da chance de testar o mercado como agente livre irrestrito. Ele vai receber salário de US$3.1 milhões na próxima temporada.

Caso optasse por finalizar o vínculo, Bayless teria chances reais de conseguir um acordo de longa duração e mais lucrativo financeiramente. O ótimo momento que vive no Grizzlies, porém, pesou de forma decisiva na decisão. “Eu quero estar em um lugar onde seja feliz e estou feliz em Memphis”, justificou o armador.

 

Marreese Speights rescinde contrato com o Cavs

O ala-pivô Marreese Speights não faz mais parte do Cleveland Cavaliers. De acordo com Adrian Wojnarowski, do site Yahoo! Sports, o atleta adquirido em troca no início deste ano exerceu sua cláusula de rescisão e será agente livre irrestrito a partir da madrugada desta segunda-feira. Ele abriu mão de um salário de US$4.5 milhões para testar o mercado.

A decisão de Speights veio logo após o Cavs usar a primeira escolha do draft para contratar outro ala-pivô: Anthony Bennett. Com a chegada do jovem talento, ele enfrentaria uma forte concorrência por tempo de quadra com o novo calouro, Tyler Zeller, Tristan Thompson e o brasileiro Anderson Varejão.

 

Boris Diaw segue no Spurs por mais uma temporada

O San Antonio Spurs anunciou na última sexta-feira que Boris Diaw vai permanecer na equipe por mais uma temporada. O ala-pivô francês decidiu estender seu contrato com os texanos por meio de uma cláusula especial. Ele receberá US$4.7 milhões por seus serviços na campanha 2013-14.

“Eu estou feliz por continuar no Spurs por mais um ano e ter outra chance de disputar o título”, comemorou Diaw, que teve participação importante nas finais contra o Miami Heat e ganhou tempo de quadra do brasileiro Tiago Splitter.

 

Raptors anuncia liberação de John Lucas III

A passagem do armador John Lucas III pelo Toronto Raptors chegou ao fim nesta sexta-feira. Após uma temporada de sua contratação, a franquia anunciou que não vai usar o termo de extensão contratual a que tem direito e liberou o atleta de 30 anos. Ele poderá assinar com qualquer equipe a partir desta segunda.

A saída de Lucas III seria uma derrota pessoal do técnico Dwane Casey. Segundo Marc Stein, da ESPN, o armador era um de seus homens de confiança no elenco e exercia uma liderança positiva no vestiário.

 

Pistons desiste de economizar e mantém Stuckey

Diferente do que se imaginava, o ala-armador Rodney Stuckey não será agente livre irrestrito nesta offseason. De acordo com David Aldridge, do site oficial da NBA, o Detroit Pistons optou por não dispensar o atleta antes da reabertura do mercado e cobrir inteiramente seu salário de US$8.5 milhões na próxima temporada.

Caso decidissem pela liberação de Stuckey, a equipe aproveitaria seu contrato parcialmente garantido para economizar mais de US$4 milhões em salários.

 

Como esperado, World Peace continua no Lakers

O ala Metta World Peace está acostumado a surpreender quem acompanha a NBA, mas, com um salário de quase US$8 milhões em jogo, ele fez o que todos esperavam. O veterano não exerceu a cláusula de término prévio que possuía em contrato e recusou a chance de testar o mercado como agente livre irrestrito para seguir mais um ano no Lakers.

No entanto, sua permanência na franquia ainda está em risco. O Lakers não usou o termo de anistia recebido com o novo acordo coletivo da liga e, caso o time decida fazer mudanças drásticas nos próximos meses, World Peace pode ser cortado da folha salarial. Especula-se que sua dispensa possa render economia de até US$30 milhões aos cofres angelinos.

  • Pedrinhooo

    Se realmente o Kurt Rambis vier para os Lakers o Artest vai ser uma peça fundamental na defesa.

  • Kleber Fonseca

    Artest só foi um jogador útil na primeira temporada. Até gostava dele, mas se o Lakers quiser brigar com outro time por vitórias, tem que reformular meio elenco no mínimo, incluindo ele.

  • Cara eu queria aquele troca do Howard com os clippers . Artest si o time time bem ele vai no embalo , não é o problema dos Lakers . Ainda mais depois daquela bola de 3 contra o Celtics no jogo 7 de 2010 , nos segundo finais , tem credito ! 🙂

  • Anônimo

    Eu acho que Artest e Howard por Griffin e Butler seria no minimo interessante.

  • Ganhou o meu respeito o Bayless… Nem tudo gira em torno de dinheiro… Ele se sente bem no Grizzlies, tem melhorado o seu jogo lá e optou por continuar onde se sente bem… Está certíssimo… E ele ainda é novo (acho q tem 24 ou 25 anos): se continuar a melhorar, o dinheiro q virá no futuro é consequência… Parabéns a ele.

  • RafaelRox

    John Lucas III se eu fosse o Nets ja especulava ele pra um dos reservas do Deron e umas das boas e mais baratas opções do mercado. E quanto ao Peace..não compensa anistia-lo ja que a folha esta abarrotada.. ele seria um reforço bom a custo baixo a boas equipes se saísse.

  • betao

    o pistons só dá mancada, o Rodney Stuckey é jogador de pelada, seria muito bom se trocassem ele, mas a culpa disso tudo é do senhor Joe Dumars que pensa que vai montar a equipe campeã de 2004 sendo que mantém jogadores de mentalidade perdedora no elenco. Chega, fora Joe Dumars!!!

  • Pistons continua sua coleção de SGs/combo guards. Trazer um armador de verdade que é bom, nada né? Péssima decisão

    • Ricardo

      assim fica difícil mesmo….decisão esquisita

      • Dede

        BOA BAYLESS ISSO AI, FELICIDADE CONTA AS VEZES MAIS Q GRANA….VALEU!!!!!!!!!!

  • Luiz Henrique Santos

    Olho no Grizzlies de novo e Artest (MWP) nem defensivamente está tão bem, quem sabe não dá para arranjar uma vaga para ele de DJ no Staples Center…

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados