logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 16 jul 2013 às 12:53
Revisão da temporada – Boston Celtics

Boston Celtics (41-40) – 7º na conferência Leste Time Base Rajon Rondo  Avery Bradley  Paul Pierce  Brandon Bass Kevin Garnett Principais reservas Jeff Green  Jason Terry  Courtney Lee  Jordan Crawford  Terrence Williams  Shavlik Randolph  Crhis Wilcox Líderes Pontos: Paul Pierce (18.6) Rebotes: Kevin Garnett (7.8) Assistências: Rajon Rondo (11.1) Roubadas: Rajon Rondo (1.8) Bloqueios: Kevin […]

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Redação Jumper Brasil

Boston Celtics (41-40) – 7º na conferência Leste

Time Base

Rajon Rondo 
Avery Bradley 
Paul Pierce 
Brandon Bass
Kevin Garnett

Principais reservas

Jeff Green 
Jason Terry 
Courtney Lee 
Jordan Crawford 
Terrence Williams 
Shavlik Randolph 
Crhis Wilcox

Líderes

Pontos: Paul Pierce (18.6)
Rebotes: Kevin Garnett (7.8)
Assistências: Rajon Rondo (11.1)
Roubadas: Rajon Rondo (1.8)
Bloqueios: Kevin Garnett (0.9)

Agentes livres irrestritos: Terrence Williams e Chris Wilcox

Com a contusão de Rajon Rondo no dia 25 de janeiro, muitos esperavam que a temporada do Boston Celtics estivesse acabada. Àquela altura a equipe tinha um recorde de 20 vitórias e 23 derrotas e corria riscos de não se classificar para os playoffs, mas o cenário pessimista não se concretizou.

Mesmo sem um dos seus principais atletas, o Celtics conseguiu sete vitórias consecutivas logo após a contusão no joelho do armador. A campanha de 21 vitórias e 17 derrotas sem Rondo foi o suficiente para garantir o sétimo lugar na conferência Leste com alguma tranquilidade. No entanto, nos playoffs a equipe não foi páreo para Carmelo Anthony e o New York Knicks, que eliminou o Celtics em seis jogos.

Antes do início da temporada já não eram grandes as expectativas sobre a equipe, já que Paul Pierce e Kevin Garnett tinham um ano a mais nas costas. No entanto, o fato de terem levado a final da conferência Leste anterior a sete jogos contra o Miami Heat fazia acreditar que a dupla de veteranos mais o armador Rajon Rondo poderiam ainda ter mais uma sequencia vitoriosa.

Em sua última temporada como jogador do Celtics, Paul Pierce seguiu liderando o Boston Celtics em pontuação. O ala teve 18,6 pontos de média, além de um aproveitamento de 43,6% nos arremessos de quadra.

No entanto, o que impressionou mais no jogo de Paul Pierce nesta temporada foi como ele se portou durante a ausência de Rajon Rondo. Sem o armador, era ele quem mais conduzia a bola na equipe, puxando contra-ataques e ajudando a organizar as jogadas na quadra ofensiva, cumprindo um papel importante para garantir a vaga do Celtics nos playoffs.

Kevin Garnett também não decepcionou com médias de 14,8 pontos e 7,8 rebotes, mas foi exatamente no garrafão onde o Celtics encontrou mais dificuldades. Os adversários de Boston pegaram 4.3 rebotes a mais que Boston por jogo, a pior marca da NBA durante a temporada.

No final das contas, apesar da ausência de Rondo ter dado início a uma série de vitórias que garantiu o time nos playoffs, o Celtics precisava de seu principal armador se quisesse ir mais longe. O time mudou um pouco seu estilo de jogo, apostando mais em contra-ataques, mas os passes decisivos de Rondo seriam fundamentais para o jogo de meia-quadra da pós-temporada.

O que deu certo

Após ficar um ano parado por conta de uma cirurgia no coração, Jeff Green também se destacou, especialmente no final da temporada regular, criando a expectativa de que ao menos no futuro próximo ele possa carregar a responsabilidade de ser o principal pontuador do time.

No dia 18 de março, no jogo entre Miami Heat e Boston Celtics, Green alcançou a sua maior pontuação na temporada, com 43 pontos. A partir desta data até o final da temporada regular o ala teve uma média de 19,3 pontos, em 16 jogos disputados.

Apesar das estatísticas, ainda é difícil avaliar por quanto tempo ele consegue cumprir o papel de cestinha da equipe numa consistência diária, no entanto, os seus jogos finais da última campanha, incluindo uma média de 20,3 pontos nos playoffs, podem deixar o torcedor do Celtics com esperanças.

O que deu errado

O banco do Boston Celtics contribuiu pouco durante a temporada e Jason Terry representa bem o problema que a equipe teve nesse quesito. O armador veio do Dallas Mavericks para cumprir o papel de arremessador do perímetro decisivo que ele foi nos anos anteriores, inclusive na campanha do título recente da franquia do Texas.

Terry não correspondeu às expectativas, somando uma média de apenas 10,1 pontos por jogo na temporada regular, marcando a primeira vez desde a sua segunda tmeporada na NBA que ele ficou abaixo dos 15 pontos de média.

As contusões deixaram ainda mais escassas as opções de Doc Rivers no banco, fazendo a equipe ir atrás de jogadores como Jordan Crawford e Terrence Williams, que saiu de um clube na China para aumentar o número de jogadores à disposição em Boston.

Futuro

O que é possível garantir sobre o futuro do Celtics é que ele será muito diferente do que foi o seu passado recente. A franquia perdeu sua cara com a saída de Paul Pierce e agora busca uma nova identidade sob o comando de Brad Stevens. O treinador que teve sucesso na Universidade de Butler agora vê seus desafios crescerem exponencialmente à frente do Boston Cletics.

A tendência é que Rajon Rondo assuma definitivamente o papel principal dentro do elenco. Gerald Wallace, Kris Humphries e Keith Bogans não tem nem de perto o mesmo poder de decisão de Kevin Garnett e Paul Pierce. Sem as duas estrelas ao seu redor, os passes decisivos do armador vão ser ainda mais necessários.

Com a troca realizada com o Brooklyn Nets, o Celtics recebeu escolhas de primeira rodada nos drafts de 2014, 2016 e 2018, deixando ainda mais claro que Danny Ainge visa um futuro a longo prazo para a franquia. Por outro lado, o gerente-geral deve esperar resultados mais imediatos do ala-pivô Kelly Olynyk, selecionado na 13ª escolha do draft e que deve suprir a carência da equipe dentro do garrafão.

Se em 2012-13 as dúvidas em torna a classificação da equipe para os playoffs eram grandes, esse objetivo está ainda mais distante para a próxima temporada. Com um novo time sob o comando de um treinador inexperiente, pode ainda levar mais de um ano até que Boston reencontre o caminho da pós-temporada.

  • Anônimo

    vcs fazem a previsao da temporada passada ou da q vai começar

    • PH

      É revisão…

    • AlexWolves

      das duas já que eles falam do que aconteceu na temporada mais depois falam do Futuro.

  • rodrigohawks

    HA HA HA HA HA HA

    • ta ai um cara que torce para uma equipe que vai longe nessa temporada! Será que passa da primeira rodada? HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA!

    • sebas1606

      HAHA monotítulo.Hawks,o Guarani da NBA.

      • pra o bosta celtics so tenho uma coisa pra falar HA HA HA HA HA HA HA HA HA

      • sebas1606

        E pro Hawks : Mais de 50 anos sem ganhar títulos e contando…2014 mais uma eliminação em primeira rodada.

      • Leonardo Grochoski

        monotitulo hahahahahaha foi o melhor hahaha o time queria todos os free Agent e no final só conseguiu manter Jeff fraco teague

      • Cadu

        Respeitem as galinhas vermelhas!

      • Não torço pra nenhum dos dois times, mas um cara que torce para um time que tem 1 títulos, discutir com um que tem 17 é a mesma coisa de uma formiga querer discutir com um Elefante.

    • Victor Carneiro

      O bosta céltics é melhor q o Atlanta hawks

      • rodrigohawks

        de novo especialmente pra vcs deixo minha risada pra esta piada de time HA HA HA HA HA HA HA HA HA HA

    • OrgulhoCelta

      falou o cara que torce pro time que só tem 1 titulo, hawks é 16 vezes menor que ele

  • Julio Zago

    Tratando da última temporada, a contusão de Rondo minou nossas chances de título, sem nosso principal armador, o jogo de meia quadra do time dos Celtics ficou extremamente prejudicado. Assim, o máximo que poderíamos esperar, era que o time se classificasse aos offs e não fosse varrido e foi exatamente isso que aconteceu.
    Notícias envolvendo contusões foram a tônica da temporada em Boston, a contusão de Rondo e a ausência de um reserva são os principais motivos da equipe chegar aos offs com parcas esperanças, as contusões de Sullinger e Leandrinho e a baixa contribuição de Terry terminaram de compor um cenário nada promissor.
    Não vou citar a decadência de KG e PP, pois este era um fator esperado e que franquia sabia que teria de lidar.
    Para o futuro, primeiro novamente expresso meu repúdio a atitude de Ainge de negociar PP e KG, ainda mais considerando os jogadores envolvidos. Continuo achando que eles poderiam ter continuado, principalmente Pierce, isso já garantiria um time decente para a temporada, ainda que com poucas aspirações.
    Assim, Boston vai jogar essa temporada esperando a próxima, Ainge, ao que parece, visa obter uma escolha alta no próximo draft e depois atacar o mercado de free agents para montar novamente um bom time.
    Por fim, também não concordo com a escolha de Stevens para técnico, apesar de promissor ele é apenas uma aposta, nada mais, poucas vezes a NBA teve tantos bons técnicos disponíveis e Ainge deixou a oportunidade passar, penso que alguém com mais experiência seria mais adequado ao processo de reconstrução do time.

  • Pedrinhooo

    O Celtics era time de Finais de Conferência. A contusão do Rondo estragou a época dos C’s. O time tinha a vinda do Jeff Green e ele e o Pierce ainda conseguir levar o time aos Playoffs e não levar sweep pelos Knicks e foi mesmo o máximo que eles poderiam fazer.

  • Carlos Eduardo

    Na minha opinião essa temporada do Boston vai ser pra cumprir tabela, o único jogador de nível do time é o Rondo, o Green tem muito potencial, mas ainda não aconteceu, quem sabe nessa temporada com mais responsabilidade ele apareça mais, mas não creio em playoffs para os celtas, ainda mais com o fortalecimento de times que vinham mal como o Cavs e o Wizards, tem que ver a coisa a longo prazo, remontagem de time principalmente baseado em draft como é a ideia do Ainge é assim mesmo.

  • Everton

    Essa vai ser a temporada do Avery Bradley, o guri vai deslanchar, e fiquem de olho na dupla Olynik eSullinger, tbm promete muito.

  • Verdade brow!
    Essa dupla de garrafão vai da mto trabalho…
    creio q o green vai crescer mai s nessa temporada

  • matheus @groovibe

    O Eike Batista me falou q o Celtics vai ser Campeão da NBA esse ano, pode apostar, de negócios ele tem entendido ultimamente….

  • Fernando R.

    Boston está fazendo um ótimo trabalho, sério. Pegaram escolhas do primeiro round dos Nets, nesse próximo draft que promete muito e nos outros que virão. Danny Ainge está correndo por fora, está montando um time muito forte e duradouro, investimento de 10 anos, parecido com o Pelicans, esses 2 times PODEM estar formando o futuro da NBA sem muita gente perceber.

    Se é para renovar, não há momento melhor, o draft 2014 muito bom, e os F.A fortes, com esse técnico novo de potencial, montando o time do seu jeito em volta do Rondo.

  • VOU POSTAR O QUE POSTEI NO OUTRO + UM COMPLEMENTO:

    Sully e Olynyk, vão ser muito bons juntos;
    Rondo sem comentários e Green e Bradley vão subir muito de produção! O Celtics tem a faca e o queijo na temporada 2014/2015;
    Só não monta o melhor time da NBA se não quiser!

    Vale a aposta, bom jogador;

    Ele fez um contrato de 3 anos, esse ano ele não vai ter um bom espaço..

    Porém, ano que vem, com a vinda de um PF que o Celtics com certeza irá trazer, sobrará o Sully e ele, que pode jogar na C;

    Vai depender do primeiro ano do Olynyk, se duvidar, o Celtics nem vá atrás de um C, joga o Olynyk na C e com uma das picks do ano que vem busca outro C.

    Ano que vem.. o Celtics terá tanto calouro, tanta gente nova, e tanto dinheiro que eu estou até com medo de torcer pra esse time, rs

    Vai ser estrondoso!

    Se Gwall sair (irá sair, porque o reserva com mais minutos será Sully) , O Celtics terá 51mi de cap disponíveis, 35mi normais de contrato e 16 de acumulo, que não pagará multa de exceder.

    Me diz agora, um time que terá a base tão forte e com 51mi?

    Rondo, Bradley, Green, Sully, Olynyk (Lee, Brooks, Melo);

    Humphries, Bass e Gwall tão fora, não tem nem como cogitar. Humphires não será renovado, Bass vai entrar em algum pacotão de pick + Bass, ou Lee + Bass e Gwall se não for trocado, será anistiado;

    Celtics também terá 3 picks round 1 ano que vem e com certeza vai fazer algum modo de subir a first pick deles, ou com algum tipo de troca dos jogadores acima que citei, ou 2 picks por uma superior, e etc;

    Vou repetir e quero que gravem o que estou citando, gostaria até que o Jumper fizesse uma máteria sobre o Celtics e times que esse ano não irão render, porém ano que vem…

    Lá vai:

    51mi de cap disponível;
    3 pick’s first round;
    Time base: Rondo, Bradley, Green, Sully, Olynyk (Lee, Brooks, Melo);

    O Celtics montará outro bigthree, porém.. com tanto, mas tanto jogador reserva bom e de qualidade, que vai ficar até chato não ganhar nada ano que vem, rs

    • Fernando R.

      Danny Ainge trocou uma possível semifinal de Conferência desta temporada, por um sólido projeto de dinastia. Torcedor do Boston que não enxergou isso, não tem visão.

      Tomara que dê certo esse projeto do D. Ainge, assim mudar o rumo que a NBA vem tomando, na questão, “imediatismo” em relação ao elenco de atletas nos times. San Antonio Spurs já ensinaram umas coisas, mas parece que não foi o suficiente.

      • Marco

        No começo a maioria reclamou do trade, hoje em dia a maioria entende a trade e vê um ótimo futuro para franquia, que como dito pelo Bill tem tudo para formar um elenco para ser campeão na temporada 2014/2015

  • Rafael Galeoti

    Sua expextativa para o Celtics esse ano varia de acordo com o que você achou da mega-troca Nets/Celtics. Eu pessoalmente achei boa! É fato que o time perde MUITO em vestiário com a saída dos eternos líderes, mas em elenco ganha bastante. O raciocínio é simples: o Celtics pegou várias peças do Nets do ano passado, que classificou MAIS EM CIMA que o Celtics. Não tem como dar errado.

    • Rafael Galeoti

      A única chance de isso dar errado é o vestiário. Rondo é um líder nato DENTRO da quadra, e um garoto mimado FORA da quadra. Jogar a responsa da liderança no garoto pode espanar a rosca, e se o clima ficar pesado, todos já sabem o que pode acontecer…

  • sebas1606

    A temporada foi um pouco abaixo do que o esperado até por causa das lesões.Pra próxima temporada fica a expectativa do Rondo Voltar saudável e dos jovens Bradley,Green,Sullynger e Olynyk desenvolverem seu jogo.Acho que com esse time dá pra lutar por uma 7ª ou 8ª vaga,o que não foi muito diferente dessa última temporada.Ai em 2014 com bastante Cap e as ecolhas de primeira rodada em drafts futuros dá pra montar um time bastante sólido pra bastante tempo.

    • Warrior N°1

      é vc barba do kpeta???

  • Geovanni

    Celtics ainda tem um time bom, pelo menos titular, se for analisar com calma vai ver que um lineup formado por:

    Rondo, Bradley, Green, Sullinger, Olynyk.

    E ainda ter caras como G-Wall, Humphries, Brooks do banco, é time pra ir aos offs com certeza, mas não para título. Já ano que vem, a maioria aí desses roles que vão ajudar nessa temporada serão agentes livres, e sairão do time pra jogadores mais qualificados chegarem, o Celtics só tem a ganhar daqui pra frente, e o que os torcedores tem de fazer é assistir a um time sendo montado taticamente nessa temporada, se empolgar com o TD Garden nos offs, mesmo que seja só na primeira ou talvez segunda rodada, e aguardar um futuro brilhante daqui uma ou duas temporadas

  • Luiz Henrique Santos

    Comparando time por time o Celtics 13-14 é mais fraco, pois não tem o mesmo entrosamento e poder de decisão do Celtics 12-13, além da troca no comando de Doc Rivers para Brad Stevens mas concordo que Sullinger e Green devem ganhar mais espaço (e corresponder) acho que Olynyk ainda está meio cru, porém pode e deve ganhar alguns minutos na rotação e quem sabe o Faverini não surpreende no garrafão do Boston… Além da volta triunfal de Rondo, a longo prazo o Boston pode ser um time muito forte e jovem, não que não possam surpreender e fazer uma grande temporada, contudo a minha previsão para esta temporada é que façam uma campanha entre o nono e o décimo terceiro lugar…

  • Muita gente dizendo que o Ainge fez certo em abrir espaço no CAP e talz, o problema é alguem TOP chegar. No máximo do nivel do Josh Smith, e olhe lá.. E convenhamos, Rondo é bom, se depender dele ser a principal estrela vai apanhar de Miami, Bulls, Pacers, isso pra falar do Leste só. Futuro sombrio pros celtas..

    • Leonardo Grochoski

      cara quem não quer ir pro maior campeão da nba e outra o time vai ta voltando a ter chances por exemplo o Carmelo se acha que ele não aceitaria ir pro celtics pra jogar do lado de um dos melhores armadores puro e que ele já falou admirar e ter uma grande chance de ganhar um anel fora que os outros jogadores serão bem jovens o que faria dele um líder já pela sua idade, muito pode acontecer ainda e nem falei do draft 14 que o Boston pode tirar grandes valores dele, não consigo ver esse seu futuro sombrio

    • Thiago Reis

      Taí um cara que entende bem de NBA. #SQN

      • Anônimo

        Sei da grandiosidade do Celtics, só que torcedores gostando ou não o cenário é esse.. Não digo que virá a ser um Sacramento de hoje, mas sinceramente não o vejo como um dos favoritos ao título nos próximos anos. Sinto muito se os torcedores se doeram, mas vai ser franquia pra brigar por semifinal de conferência, e olhe lá.. Isso pq eu dúvido que atraia algum TOP, e quando eu digo TOP ,eu me refiro a jogadores como Melo, D12, Lebron, Rose, Kobe.. Quanto ao Carmelo nem em mil anos ele larga NY pra jogar em Boston. Vc acha que alguém o perguntando o que acha de determinada franquia ele iria menosprezar? O kra jamais faria isso. Só com drafts muuuuuuuuito bem peneirados poderia mudar isso. Mas admiro o otimismo dos torcedores celtas, pois se fosse a franquia que torço, eu estaria desesperado..

      • Marco

        Cara Danny Ainge tirou o Celtics de uma temporada horrível para um título com muito menos recursos que a próxima oportunidade.
        Carmelo já falou em entrevistas que gostaria de jogar com Rondo, na próxima offseason Boston terá um CAP enorme ou seja poderá vir jogar em massachusetts, nada impede que ele venha com uma franquia prometendo montar um grande time.
        Rose, Kobe? Boston nem quer..
        LeBron não quer jogar por essas bandas, já D12 seria útil mas já negou o Boston esse ano e agora duvido que saia de Houston .
        Ninguem realmente sabe se o Boston vai virar um contender na temporada 2014-2015 mas que terá condições de trazer All-star terá .

  • Sander

    Os Celtics, os Cavaliers e o Pelucans, são os times do futuro na NBA.

  • Eric Andrade

    Dependendo do desenvolvimento do Green no ano que vem ( que eu aposto muito) ja pode ser formado um Big Tree logo na proxima FA com a chegada de Carmelo, sem contar que teremos Cap para trazer mais uma estrela, vamos ver como o Olynyk vai se portar na NBA no seu primeiro ano, especialistas nos EUA ja tao enchendo os olhos so do que viram dele na SL.
    Agora imagina se a gente consegue envolver uma trocar pelo Kevin Love. Rondo o organizador, Carmelo o Scorer e Love o garrafão. Cheiro de dinastia se formando dentro de alguns anos.

  • Rodrigo

    Achar que esse time vai pegar playoffs na próxima temporada é fanatismo demais. Se bobear vai ser um dos 5 piores times para tentar pegar um Wiggins. Claro que tem uma molecada promissora no elenco atual e nas futuras picks provavelmente que farão com que o Celtics volte a ser competitivo, mas nessa temporada que virá, esqueçam. Treinador de “fraldas”, as duas referências fora, Rondo não tem perfil de líder, muitos jogadores ainda imaturos, encostos no elenco que vieram dos Nets + B. Bass, etc.

    • Rodrigo

      Resumindo, situação dos Celtics é semelhante a do Orlando na última temporada quando perdeu o Howard. Foi forçado a fazer um rebuild, sacrificou uma temporada, mas de forma inteligente agregou jovens valores no elenco e que devem trazer um bom futuro para a franquia.

      • sebas1606

        Com a diferença que o Celtics tem um time com jovens mais desenvolvidos.Rondo é uma estrela consolidada na liga,Green,Bradley e Sullinger mostraram que tem condições de serem titulares na equipe nessa temporada.Se eles jogarem aquilo que sabem e progredirem como o esperado,acho que dá pra alcançar os offs.

      • Rodrigo

        Tem que contar com muita sorte. Primeiro, o treinador novinho tem que mostrar que é bom mesmo. Segundo, Rondo tem que mostrar que pode ser um líder. Terceiro, jogadores propensos a lesões como Sullinger precisam estar saudáveis na temporada. Quarto, o garrafão mesmo com Garnett já era um dos mais vulneráveis da liga, sem ele então…é improvável achar que o Olynyk terá um efeito imediato e assombroso para resolver esse problema. Quinto, o banco de reservas é fraco, não vejo ninguém pra entrar e incendiar uma partida. O Celtics está fazendo o certo, mas não esperem nada nessa temporada, acho que vai acontecer o que aconteceu com o Magic nessa última, com a vantagem que na próxima, os contratos ruins serão expirados e sobrará CAP para trazer um ou dois medalhões, coisa que o Magic ainda não pode fazer com contratos do Arenas (anistiado, mas é muito gordo), Turkoglu e Al Harrington.

      • Marcio Urawa

        A diferença é que eu considero os jovens do Celtics muito mais talentosos do que os do Magic.

        Rondo é um All Star a algum tempo.
        Green ainda não é, mas quem viu os jogos dele da metade da temporada pra frente, sabe que ele tem potencial pra ser um All Star.
        Sullinger precisou de 1 mês pra encantar todo mundo e virar titular na temporada passada.
        Bradley é segundo time de defesa da liga e não será uma opção ofensiva tão ruim nesa temporada, com Rondo ao seu lado.

        E Olynyk parece que quer chegar chegando na NBA.

        A expectativa pra essa garotada do Celtics é muito boa, e tem que se pensar que na próxima temporada o Celtics Vai ter um BAITA CAP pra contratar, além de 2 picks de primeira rodada e 18 milhões em exceções comerciais, que juntou com as trocas desse ano.

        Esse rebuild do Celtics vai ser MUITO mais rápido do que muitos esperam.

  • Felipe M.

    Celtics tem um time promissor, q terá espaço no cap ano q vem, e não precisará tankear pois mesmo esse time BRIGA por offs, portanto a troca foi boa pros Celtas, e não passará por essa humilhação toda q tao pintando ai, se eu fosse torcedor do Celtics estaria otimista sim, quem me dera essa perspectiva pro meu Suns, apesar de q o time ta se mechendo e melhorando o time…

  • Gabriel

    ROndo, Bradley(Lee), green(G.Wallace)(Brooks) Sullinger(Humpries), Olynik(Bass)(Fab Melo)… definitivamente não é um time ruim, um PG pra complementar o banco, e temos um candidato a play-off sim pelo menos minha opinião

  • Marcos Gordinho

    Os Celtas terão que fazer força para “tankar” esta temporada, Olynik é um monstro que vêm destruindo mesmo jogando minutos a menos na Summer League, comparo ele desde já a Pau Gasol, imaginem isto ao lado de Rondo. Green deverá assumir a titularidade que pertencia a Pierce (ainda acho que poderiam o manter jogando de SF ou mesmo de PF em uma formação baixa em quadra empurrando Olynik para center), Fab Melo pode dá adeus a NBA e ir novamente para D-League. Aprendí a admirar o jogo de Rondo, mas se ele se manter um pé no saco pode levar os celtas a lugar algum.

    • Bruno

      tankar – coisa de time pequeno, Celtics nao precisa disso

      • Rodrigo

        Mas já fizeram na temporada anterior da chegada de Garnett e Allen.

      • Daniel Emiliano

        Não fizeram não.
        Naquele ano o time fez campanha ruim porque o elenco era fraco, cheio de garotos e o Pierce se machucou, ficando fora da maioria da temporada.

        Não foi um Tank

      • Guilherme

        Pior ainda é trocar o seu franchise player, lamentável isso, um cara q sofreu tanto com esse celtics nas épocas de vacas magras, é trocado sendo q esse era o ultimo ano de contrato dele, q ridiculo…

    • Rodrigo

      Situação parecida com o time atual. Tinha muito jovem com potencial, mas ainda imaturos. Sem nenhuma referência no elenco (Rondo pra mim não é, esse é jogador com perfil de “escudeiro” ao invés de Franchsie Player), com garrafão fraco e sem banco de reservas forte, playoffs é quase impossível.

      • Rodrigo

        E vale lembrar, esse time com Doc Rivers treinando, jogadores como Garnett, Pierce e Terry fez campanha de praticamente 50% apesar da lesão do Rondo (com ele, estava até pior). Não sei qual milagre vai fazer esse time fazer campanha melhor sem nenhum deles mais e sem nenhum reforço relevante.

      • Gabriel

        cara o Bucks pegou offs com q franchise player, Jennings? o time não era jovem? pelo amor né, como fala besteira, falar q o garrafão é fraco é piada, o Sullinger já mostrou ser muito bom, e tem varios complementos bons…

      • Rodrigo

        Garrafão excelente mesmo. “Kevin Garnett também não decepcionou com médias de 14,8 pontos e 7,8 rebotes, mas foi exatamente no garrafão onde o Celtics encontrou mais dificuldades. Os adversários de Boston pegaram 4.3 rebotes a mais que Boston por jogo, a pior marca da NBA durante a temporada.”. E o Garnett saiu, e apostam num pivô novato que foi quase a 20ª escolha, pode ser bom mas não será logo de cara um jogador que resolva os problemas.

      • Rodrigo

        E olha a campanha lixo que o Bucks fez mesmo pegando playoffs. Só se esqueceu que nessa temporada atual, tem as 5 franquias que terminaram nas 5 primeiras posições e que obviamente vão pegar playoffs, o Cavs que não tem como fazer campanha negativa com os reforços que vieram, os Wizards que com Wall em quadral, teve campanha de playoffs e acrescentou o Porter no elenco + Hawks, Raptors e Pistons que possuem time para fazer campanha de mais 50%, a mesma do Boston quando tinha Doc Rivers, Pierce, Garnett e Terry.

  • Esse rebuild do Celtics vai ser MUITO mais rápido do que muitos esperam. +1

  • Daniel Emiliano

    Quem viu o Celtics da metade pra frente da temporada sabe que o Pierce estava comprometendo MUITO na marcação e que o time embora tenha ido bem logo após a lesão do Rondo, passou a sofrer muio a falta dele na armação.

    O time foi para os Playoffs porque o Bradley mitou na defesa e o Green meteu esse time nas costas e ganhou um monte de jogos pro Celtics, jogando de mais tanto no ataque quanto na defesa.

    Pra essa temporada o Celtics manteve o Green e o Bradley, e agora deve ter o Rondo e o Sullinger, que eram dois titulares que ficaram pelo caminho.

    Terry só ATRAPALHOU em Boston. Celtics não perde NADA com sua saída, pelo contrário, só ganha.

    Então como disse, embora o Pierce seja um HoF, HOJE o Green tem sido mais jogador que ele e qualquer SG do atual elenco pode ajudar mais que o Terry.

    A perda de qualidade do Celtics em relação ao time passado é a saída do KG, mesmo.

    Mas por outro lado terá Rondo e Sully de volta, Olynyk chegando, e Gwall e Humphries saindo do banco (se não forem trocados).

    Sendo assim, não vejo como esse time possa ficar com as piores colocações.
    Esse time vai brigar por playoff. Pode não conseguir ir, mas vai ficar por alí, na briga.

    Defensivamente, o Celtics quando colocar Rondo, Bradley, Green e Gwall ao mesmo tempo em quadra, vira m tormento pro adversário.

  • DAVIS

    APESAR DE TER Andrew Wiggins, VEJO NO JABARI PAKER UM ALA JA PRONTO PARA ESQUEMA DA PROXIMA DINASTIA DOS C’S
    ASSIM COMO Kelly Olynyk

  • Guilherme

    Lamentável os verdes trocarem o Pierce, o cara da franquia, é o mesmo q o lakers trocar o Kobe, ridicula atitude do celtics…

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados