logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 25 jul 2013 às 14:59
LeBron James deve abandonar a seleção dos Estados Unidos

Quatro vezes eleito MVP da NBA nos últimos cinco anos, o astro LeBron James não deverá atuar mais pela seleção dos Estados Unidos, de acordo com o jornalista Marc J. Spears, do site Yahoo! Sports. Segundo ele, James está fora do Mundial de 2014 e das Olimpíadas do Rio, em 2016. LeBron, de 28 anos, […]

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

Quatro vezes eleito MVP da NBA nos últimos cinco anos, o astro LeBron James não deverá atuar mais pela seleção dos Estados Unidos, de acordo com o jornalista Marc J. Spears, do site Yahoo! Sports. Segundo ele, James está fora do Mundial de 2014 e das Olimpíadas do Rio, em 2016.

LeBron, de 28 anos, esteve presente nos títulos de 2008, em Pequim, e em 2012, em Londres, e só retornaria ao time norte-americano caso fosse realmente necessário. 

“LeBron estará três anos mais velho nas próximas Olimpíadas. Ele terá dois filhos mais velhos. Ele deverá ficar com a sua família”, disse uma fonte a Spears. “A única forma de ele jogar é se o time precisar muito mesmo dele. Mas ele já não fez o bastante? Ele já jogou em três Olimpíadas. Todos sabem que ele gosta de tomar decisões do momento, mas agora eu diria que ele não vai”.

Recentemente, Jerry Colangelo, diretor excecutivo do USA Basketball, afirmou que James não disputará o Mundial do ano que vem e que também não planeja chamá-lo. Colangelo sabe que LeBron esteve nas últimas três finais de NBA e em Pequim. Só na última temporada, ele atuou em 99 partidas, incluindo os playoffs.

“Esses caras estão ficando mais velhos. O tempo deles é precioso”, afirmou Kevin Durant, que citou Kobe Bryant, Dwyane Wade, Chris Bosh, e Chris Paul, como possíveis ausências nas próximas edições de Mundial e Olimpíadas.

Entretanto, Colangelo pensa em convidar alguns desses jogadores, especialmente James, para a tentativa de mais uma medalha de ouro. “Ele não estará tão velho. Ele pode ter 40 anos e ainda terá condições de jogar. Penso que ele poderá buscar mais uma medalha para o seu legado”, disse.

LeBron já atuou em 765 partidas na carreira, obtendo médias de 27.6 pontos, 7.3 rebotes, 6.9 assistências, 1.6 roubada, convertendo 49% de seus arremessos.

  • RafaelRox

    Ate um 3ºtime americano conquistaria o mundial e as olimpiadas.

    • Bruno Bilheiro

      Já foi comprovado que não é assim.

      • Não tá tão fácil assim!

      • Raphael Mascarenhas

        Irving, Harden, Iguodala, Davis e Chandler. Ja levava!!

  • iuri_OKC

    se montar uma seleão americana só com jogadores que nao foram pro all star desse ano, ainda ganhariam as olimpiadas e mundial com facilidade

  • Luiz Henrique Santos

    A gente sofre pra montar um time e os Estados Unidos, dispensam LeBron, Kobe, Wade, e Paul.

  • Ramiro

    Com Kobe e Wade machucados, Lebron volta a ser Lebronze. Quem vai salvar o traseiro do james?

    Sábia decisão.

    • Bruno#L.A.Lakers16

      Pior Kobe anuncia q quer jogar em Londres 2012 ai passa uma semana Lebronha anuncia q tambem quer , KObe depois de Londres 2012 anuncia q não vai mais jogar pelos EUA e agora lebronha parece q tb não vai mais ….. , lebronha tenta imitar KObe em tudo , se KObe resolver voltar a jogar pelos EUA lebronha deve querer voltar tb …… !!!

  • Só eu acho ridículo isso? E o histórico recente tá melhorando mas os EUA não são a unanimidade que já foram, galera daqui menosprezando pacas as outras seleções, especialmente as européias que tem muita tradição no esporte… A intenção da seleções que vão pros Mundiais não é tentar montar a melhor equipe possível? As vezes parece que els cagam pra Olimpíadas e Mundias e só jogam pra fazer número…

  • Maicon

    Acredito que até um quinto time americano teria totais condições de vencer.

  • Pedrinhooo

    Esta nova juventudo não me convence que ganharão com facilidade. A espanha ameaçou no ano passado e é sempre um time sempre perigoso…

  • VictorNYK

    Coloca o Melo e o time ta fechado

  • Everton

    Faz um time só com a piazada que ganha tudo com facilidade. Nem precisa de super-estrelas.
    ex:

    CURRY – JENNINGS
    DEROZAN – MONTA ELLIS
    JEFF GREEN – SHUMPERT
    FARIED – A.DAVIS
    MONROE – HIBBERT

    pra que seleção esse time ia perder?
    e desses ai que citei se tem um ou dois que fazem parte do grupo atual é muito

    • Harley

      Cara, os mundiais de 2002 e 2006 e a olimpíada de 2004 são provas que não é bem assim.

    • Zack Batista

      Na boa cara… Esse time iria pegar porrada de Espanha, Lituânia, Rússia, França, Argentina, Turquia… Coloca esses caras em um campeonato da FIBA e enfrentando seleções com marcações disciplinadas e em zona, os americanos penam muito. Os técnicos internacionais de ponta tem um esquema tático bem aplicado e com intensidade nos jogos(magnano é um deles). Tirem de suas cabeças, o basquete fora dos E.U.A, NÃO é fraco.

      • Gabriel

        Zack a questão não é ser fraco, e sim o nível avançado da nba, os caras não aguentam o jogo de transição americano, no máximo a Espanha faz jogo duro, formando uma seleção aceitável já atropela, é so ver o ultimo mundial, tinha o Durant beleza, mas o Odom era o C cara, os Eua não precisam nem levar cara de garrafão q ja atropela na força, Kleiza é Deus na lituânia, o Scola e o Prigioni de bengala ainda são os caras da Argentina,a França no papel a seleção é linda, mas a ultima olimpiads foi patética, e não fale q as pessoas não assistem pq vc não conhece as pessoas, apenas dê a sua opinião e não fique tentando diminuir a opinião dos outros, pra vc colocar a seleção de 04 em um argumento mostra q vc nao assistiu aquela olimpiada, pq a seleção americana foi a passeio….

      • Zack Batista

        Olha Gabriel… Falar q a seleção americana foi pra olímpiadas de 2004 à passeio, é um tanto quanto insensato. Qual é o problema dos caras ficarem rindo em quadra?? Isso mostra q eles não estão nem aí? Vi o Nenê, Varejão e Leandrinho rindo tbém nos jogos do Brasil em 2012, e os caras estavam a passeio tbém amigo?? É mania dos jogadores da NBA mesmo e quase todos fazem isso… Talvez seja pra aliviar as tensões e a ansiedade. Tem um episódio q o Jermaine O’Neal pegou um toco de Nocioni e depois ao cair pisou na costa do argentino propositalmente, com raiva é claro(e olha q os caras só brincam não é…). Agora existe o jogo inteiro de Argentina e E.U.A no youtube, e veja todo pra vê se estavam brincando… pode ser?? Ahh… Eu assisti o jogo ao vivo em 2004…

        Acompanho basquete desde o início da década de 90 e no início de 2001 comecei a dar ênfase ao europeu. Eu entrava diariamente em um site da europa completo por quase 2 anos, acompanhando jogadores e campeonatos. Gosto muito de torneios com seleções e aprendi a respeitar o basquete internacional.

        É claro q na NBA os atletas são bem exigidos fisicamente e trabalham o jogo tático muitas das vzs individualmente. É o melhor basquete do planeta, sem dúvidas, mas não sei se vc sabe, existem algumas diferenças do jogo da NBA com a FIBA. Os americanos jogam muito e marcam individualmente(está mudando isso) e o basquete internacional são especialista em marcar zona, coisa q os americanos se perdiam e mostram dificuldades em enfrentar algumas seleções de ponta. Esse jogo de transição q vc tanto fala já não é tão mortal como imagina. Jogo de contato, faltas cometidas, bloqueios tem REGRAS diferentes entre a FIBA e NBA, e muitas vzs os americanos se complicam nisso.

        E outra, não retiro nada do q falei, e se vc fala q outras pessoas acompanham o basquete internacional e continuam tendo essas opiniões equivocadas, só mostram q acompanham superficialmente. Pq se acompanhasse de fato, não falariam tanto besteira, começando por ti…

      • Harley

        Em 2010 os EUA tinham Durant, Love, Rose, Westbrook, Iguodala, Gordon, Chandler, Billups, Curry, Lamar Odon e outros.

        Só pra ter noção, na temporada pós mundial da NBA, Durant foi cestinha, Love reboteiro, Chandler campeão, Rose MPV e Odom foi melhor sexto homem.

        Vale lembrar que os fracassos foram em dois mundiais e uma olimpiada. Por isso que eles começaram a chamar os melhores, ou os quase melhores, pq sabem que eles são necessários. Não é colocar qualquer um.

  • Zack Batista

    Como tem muita gente q fala besteira aqui, desprezando completamente o basquete internacional. Deve ser tudo garoto q só ver NBA. Bom, eu fui assim tbém no passado…

    Refrescando a memórias de vcs, o time americano de 2004 na olimpíadas: LeBron, Wade, Carmelo, Tim Duncan, Iverson, Stoudemire… Com grandes nomes e promessas perderam para os argentinos qdo todos diziam q tava ganho… Começaram a perceber q não era bem assim…

    http://www.youtube.com/watch?v=LtopNCH5-qY

    Na última olimpíadas em Londres, o Dream Team americano suou muito para vencer a seleção espanhola. Liderados por LeBron, Kobe, Carmelo, CP3, Durant, Deron, Westbrook…

    http://www.youtube.com/watch?v=3JLGAgM9Jm8

    Poderia citar aqui outras derrotas americanas e declarações da direção americana q afirmam q precisam do time principal para vencer os campeonatos. “Venceriam facilmente com os times 3, 4, 5″… Hahahaha… Nem queria rir dessa bobagem… Precisam ver mais basquete internacional para tirar conclusões…

    • Finalmente alguém com um mínimo de coerência. Gurizada tá alucinada endeusando a Seleção Americana… Tá doido…

  • diogoheat

    A questão é que as outras seleções quando enfrentam os EUA dão a vida na quadra e a seleção americana é uma panelinha do caralho,sinceramente se colocasse os times da nba mais fortes como uma seleção venceriam sim com facilidade eu acho,heat,spurs,pacers,grizzlers,knics,thunder e por aí vai

  • Gabriel

    hahahah, a olimpiada de 2004 os caras nem corriam, o melo só ria durante o jogo, entendam o ultimo mundial na Turquia mostra q não precisa nem de suas principais estrelas q leva facil… Lowry(K.Walker),K.Martin(B.Beal),Parsons(Leonard),D.West(Faried), Cousins(D.Jordan), esse time ganharia fácil

    • quirlherme

      ganharia facil kkkkkkkkkkkkkkkkkkk . esses garotos que so vem nba e acha que os eua ganharia com 3,4 ou 5 time . a espanha , argentina , frança e ate mesmo o brasil ganharia ( brasil completo e uma otima seleção )

      • Gabriel

        ainda bem que o adulto quilherme é um ser superior, viciado em fiba basket e tbm um apreciador da lingua portuguesa, vc viu o mundial u-19, pq se vc viu ali já é o começo da realidade, os caras atropelam, ngm no mundo segura o jogo de transição americano, mas ainda bem que o senhor sabe que eu nao gosto de euroliga pq logicamente vc convive comigo, e faz um belo comentário como esse, mas compare jogador por jogador a seleção D no mínimo q eu coloquei aí em cima com qualquer seleção citada por vc, o Linas Kleiza foi o cestinha da lituâni no ultimo classificatório para a olimpiada, os melhores jogadores da Argentina andam de bengala, e a seleção Brasileira não gganha dos Eua….

  • Roger

    Isso tem cheiro de doping. A NBA não tem um controle rigoroso para anabolizantes, mas a FIBA e o COI tem. Quando o atleta depende do físico após os 26 anos pode começar a fazer uso regular de esteróides, a saída para não ser pego no antidoping é se retirar das competições.

    • Jay

      Mas o Lebron tinha 27 ano passado quando disputou as Olimpíadas, pq a FIBA e o COI não fizeram anti-doping e expulsaram ele do esporte?

      • Roger

        o uso de esteroides não começa necessariamente aos 26, mas após isso é comum atletas das grandes ligas americanas fazerem uso. Geralmente quando é detectado algum declínio físico, pode ser que tenha chegado esse momento pra ele.

  • Zack Batista

    Esse confronto aconteceu entre o campeão todo poderoso da NBA, Los Angeles Lakers vs o campeão europeu Barcelona. O time espanhol por sinal com um monte de jogadores renegados q não foram aproveitados na NBA/ou não quiseram pagar um salário maior pedido. jogadores como: Terrence Morris, P.Mickeal, Perovic, Fran Vazquez, Roger Grimau, Navarro, Lakovic, o projeto de jogador Ricky Rubio, dentre outros…

    Eu vi esse jogo ao vivo na ESPN e os caras do Lakers jogaram duro e queriam ganhar, mais não conseguiram. Isso mostra q os americanos não são mais invencíveis e q é possível sim uma equipe ou seleção de ponta vencer os americanos. Esse termo tanto mencionado neste post nos comentários “facilmente” precisa ser deletado. OS NORTE-AMERICANOS SÃO FAVORITOS, SEMPRE, MAS NÃO IMBATÍVEIS…

    Quem quiser dar uma conferida nesses melhores momentos e analise como uma equipe fora da NBA consegue neutralizar e vencer uma superpotência q é os americanos…

    http://www.youtube.com/watch?v=z5WwOvpvFgg

    Queria saber dos garotos q falaram contra, pq o Lakers não deram uma surra no Barcelona? Não são tão poderosos?? Não tinham(2010) o elenco mais caro do planeta?? Pq os renegados ganharam?? E o jogo mortal de transição, o q aconteceu?? Foram brincar tbém em Barcelona?? Aparece alguém aí pra comentar… “time 3,4 e 5 ganhava facilmente”… Aff… meninos mesmo…

    • Gabriel

      ZAck vc é tipo aqueles caras que tentam se convencer q dá jogo só pra poder falar que é um entendedor de basquete…vc usa amisttoso como exemplo…mesmo em um jogo valendo com a regra da fiba que mata o jogo de garrafão e torna o jogo um campeonato de bola de 3 pode facilmente ser captado pelos jogadores, e ser transformado numa maquina, não sei se vc assistiu o ultimo mundial u-19, passou na Espn inclusive, a final até teve uma emoçãozinha, mas o resto foi um passeio, só os lixo da NCAA já atropelavam, entenda pelo fato de vc acompanhar tanto basquete, compare jogador por jogador, e vc se convencerá sozinho, não podemos falar q um time C americano é imbativel, não…mas é melhor que qualquer seleção, eu gosto tbm de basquete fiba, não tanto quanto NBA é verdade, mas gosto, surra é uma coisa vencer é outra, e venceria sim é a minha opinião, o seu ponto principal é a dificil adaptação dos americanos ao jogo europeu, é verdade cocordo, ai cai naquela coisa da motivação da seleção, qual o real interesse dos jogadores,pq se for pra vencer ngm segura, simples…

      • Maicon

        Fato, toda hora o cara fica afirmando que quem tem opinião contrária a ele não acompanha basquete internacional, como se ele fosse o dono da verdade e o único que acompanha. É claro que um terceiro ou quarto time dos EUA não seria imbátivel, mas teria totais condições de ganhar sim. Não adianta vim mostrar vídeos de derrotas, porque não mostra o video de todas as vitórias dos EUA? Esses caras que ficam falando maravilhas das seleções europeias, eu queria ver se fosse pra apostar dinheiro, daí eu garanto que eles logo corriam para o lado dos EUA, mesmo sem o time principal.

  • Zack Batista

    Hahahaha… Não… Não sou dono da razão, sou apenas um eterno aprendiz como qualquer outro mortal. Falando sobre o mundial u-19 eu não assisti. Eu não tiro referências de times de base, só profissionais de alto rendimento.

    Repito: Fiz questão de inserir minha opinião qdo li alguns comentários(a maioria delas) equivocados. E outra, não adianta analisar jogador por jogador e tirar conclusões, isso não é parâmetro para definições, como eu disse, existem alguns fatores pra isso(no amistoso entre BrasilxUSA, antes da olímpiadas de Londres, o brasileiro Huertas deitou e rolou em cima de Deron Williams e CP3 teve grande dificuldade em marca-lo – Com isso vou falar q o Huertas é melhor q eles?? É lógico q não).

    Existem centenas e centenas de jogadores q estão na Europa q tem totais condições de jogarem na NBA e Marcelinho Huertas é exemplo disso. Pq não estão?? Vou pegar o exemplo do brasileiro q acontece com centenas deles. Os GM’s sabem do grande jogador q Huertas é, inclusive vários especialistas americanos não entendem pq ainda ele não está na NBA, mas uma multa pra tirar do Barça não é menos de US$ 2,5 milhões. Sabemos q a franquia poderá arcar apenas com U$S 575 mil (se não me engano). E outra, os caras não querem pagar acima de U$S 3 milhões ao Huertas e ainda sendo banco no primeiro ano. Os caras preferem recrutar jovens valores universitários e trabalhar intensamente neles e pagando bem menos(afinal de contas, é melhor desenvolver um jovem americano do q um estrangeiro experimentado q vale mais).

    Querem mais uma curiosidade? Vmos lá: Brandon Jennings armador do Bucks chegou a jogar no italiano Lotomatica Roma(já era badalado nos states hein) e teve médias de pouco mais de 5,5 pontos. Deron Williams q recebe salário de pouco mais de US$ 19,2 milhões anual, jogou no Besiktas da Turquia e teve médias de pouco mais de 11 pontos e 8 assistências. Tá vendo como são as coisas… É muito relativo isso de ficar analisando jogador por jogador… Não é bem assim não… esquemas diferentes, regras, visão… não podemos desprezar essas coisas…

    Mais é lógico q os americanos são os melhores do planeta, a NBA é superpotência mundial e influencia milhões ao esporte. É um show a parte.

    Conclusão: Os americanos não são acostumados a jogarem o basquete FIBA, tem diferenças nas regras, encontram um esquema de jogo diferente do q encontram na NBA, truncado. Importante:OS JOGADORES FIBA SABEM CAVAR FALTAS MELHORES Q OS AMERICANOS. Exemplo?? Luís Scola – o argentino é o especialista nisso no basquete FIBA, por isso q ele é REI e TOP no jogo FIBA e não passa de um mediano na NBA). Creio q o time de ponta(os melhores) dificilmente perde, é verdade, mas os times B,C e D aí já não vejo tanta superioridade e o ganhar “facilmente” tiro do dicionário…

  • Não vejo só as seleções europeias fazendo frente a norte americana não…se a seleção brasileira jogar com vontade, dentro do seu país, acho que nós temos grandes chances de levar algo nessa próxima olimpíada. E sério, já vimos que a seleção norte americana não é esse monstro todo que a maioria está falando ai não…calma, eles são bons, mas da para tentar fazer frente contra eles.

    • Zack Batista

      Ah… Sem dúvidas Gustavo… Brasil tem condições tbém…

  • barbulis

    Tem que ser muito ignorante pra achar que um time D ou E dos EUA ganha “facil”, não há nenhuma evidencia mostrando isso. Na verdade, a evidencia que existe é que os EUA perderam 3 campeonatos “graúdos” em 2002,2004,2006 de forma seguida, mudaram a forma de jogar na NBA (sistema baseado em picknroll dos Europeus, o proprio Shaq disse que a posicao classica dele foi extinta pcausa da Europa),

    O Popovic conseguiu 4 campeonatos com draft picks, e ele recentemente disse que copia toda a tatica ofensiva dele do Ivkovic e do Obradovic, e tem inumeras entrevistas dele puxando o saco da Europa

    Alias, os EUA tem 1000x mais estrutura e quantidade de jogador pra escolher.. alem dos biotipos fisicos.. o fato da Espanha, Grecia conseguir competir ate o ultimo quarto com uma população infintamente menor de jogadores e tipo fisico inferior mostra que alguma coisa os tecnicos da Europa devem ta fazendo direito

    Nãão, mas os APAE aqui preferem ver uns gorilas tatuados interrando e olhando pra camera, qnem o Lebron que blockeou o Splitter e ficou fazendo posezinha ao invez de ir pra outra metade da quadra

    O popovic demonstrou por A+B que o sistema de QI alto da Europa caga na cara da NBA, só um cara mt jumento pra simpatizar mais com a NBA doq com a EuroLeague

    • Maicon

      Já respondi pra você mais abaixo, acabei errando e respondi pro Zacj. Eu também não acho certo esse negócio de fazer pose pra câmera. Agora, sinceramente, você prefere Lebron, mesmo fazendo pose, ou um jogador europeu qualquer aí? Por favor né cara, você sabe que esses “gorilas tatuados” que você falou são melhores que os europeus. Ou me diz aí jogadores que são melhores que Kobe, Rose, Lebron, Durant, Howard, sem falar os do passado, MJ, Shaq, enfim…me diz aí jogadores europeus que são melhores do que esses que eu passo a acompanhar tudo de basquete europeu. Até porque se fosse melhor como você está falando, estaria todo mundo assistindo a grande Euroleague e não NBA.

      • Maicon

        Zack*

  • barbulis

    ASSIM NÃO SE ANALISA BASQUETE : uaaau os EUA ganharam, o sistema deles é o melhor então!!

    A população total de jogadores que os EUA podem escolher é, sem exageros, em torno de dez mil vezes maior que o que a Espanha, por exemplo, pode escolher.. Aí a Espanha chega pertíssimo de vence-los 2 olimpiadas seguidas e vc tira suas conclusoes sobre qual o SISTEMA melhor

  • Zack Batista

    Boa barbulis! Acrescentou bem… Essas molecadas ficam completamente encantadas com a NBA e deixam de analisar o basquete por completo(leia-se: falta de conhecimento/ou interesse mesmo).

    Ao menos esse post teve discussões de teor produtivo, q pela troca de opiniões, acrescenta mais conhecimento. Talvez esses meninos tenham agora mais atenção ao basquete internacional, e percebam por eles mesmos, q suas colocações foram equivocadas e sem entendimentos.

    Não sei qdo mas um dia eles vão reconhecer isso. Talvez seja no ano q vem no mundial na Espanha. Os americanos podem ir com um time B(acho improvável – eles devem mesclar A e B) e não ganhar o mundial. Eles ganharam o de 2010 na Turquia, é verdade, mas q poucos sabem, muitas seleções internacionais estavam desfalcadas tbém(acontece sempre isso) inclusive a Espanha, q não tinha Pau Gasol.

    • Maicon

      A questão não é se vai ganhar ou não. Em nenhum momento eu disse que qualquer time americano ganharia fácil, eu disse que teria condições de vencer, por isso não levo essa resposta para mim. Como o cara ali em cima falou, os EUA tem 1000x maior quantidade de jogadores e melhor estrutura. É POR ISSO MESMO QUE SEMPRE SERÁ O FAVORITO!!! E não vai ser por uma vitória ou uma derrota que vou mudar minha opinião não. A Espanha ou qualquer outra seleção pode vencer os EUA, esporte é assim, nem sempre o melhor vence. Do mesmo modo que quando meu Bulls vence o Heat por exemplo, não quer dizer que de fato o Bulls é melhor. Porque se fosse para analisar assim, o próprio Bulls que ganha do Heat é o Bulls que perde pro Bobcats. Esporte é assim, não tem jeito, nem sempre o melhor ganha. Por isso volto a dizer, um terceiro, quarto ou quinto time americano continuaria sendo extremamente competitivo, justamente pelo que o barbulis escreveu. Agora afirmar que vai ganhar, isso não existe, até porque nem a seleção principal dos EUA é imbatível, é a melhor disparada, mas nem sempre vence.

  • Gabriel

    zack é isso aí um debate produtivo, hhahaaha, e eu nao sou tão garoto não, tenho meus 25 anos já, e sempre gostei muito de basquete, talvez o encantamento eterno com a NBA me faça me enganar sobre o real potencial de uma seleção americana, confesso me incomodar com a regra do basquete FIBA, mas as principais seleções são baseadas em jogadores de NBA, ex-França,Espanha,Itália,Argentina,Brasil,etc por isso o meu questionamento, vimos um mundial bem desfalcado em quase todas as seleções, a Turquia q conseguiu convovar o Turkoglu se deu bem, por isso meu questionamento maior não é nem a dificuldade de adaptação e sim a qualidade mesmo, ja q os craques das seleções atuam na NBA. Lógico q existem craques fora da NBA, a seleção Grega por exemplo, não é baseada em NBA e não depende de liberação, por isso sempre demonstra sua força, só q é uma geração q ja vem caindo, e esse é o meu pricipal medo na seleção Brasileira, vemos o garrafão sendo renovado, e o perimetro sem grandes novos nomes… ps-não vejo talento no Raulzinho,inclusive acho o Benite do Flamengo muito mais talentoso que ele,não vejo nenhum SF aparecendo, tanto que o Marquinhos nada de braçada no NBB , e não temos mais pontuadores de 3 como antigamente de SG.

    Zack, meu unico problema em toda a discussão é a imposição de uma opinião, vc com certeza curte mais FIBA basket q eu, por tanto tem mais propriedade em uma discussão, mas não podemos jamais diminuir a capacidade dos atletas americanos, que por nome até uma seleção D é melhor, mas lógico q em quadra o jogo é outro, e nome não ganha jogo e não e tão simples quanto eu falo,rs, e eu realmente torço para q vc esteja certo eu quero equilíbrio, quanto mais qualidade melhor, mas vejo os americanos bem a frente…

    como vc ve esse trabalho de renovação no Brasil te preocupa ou vc tem uma visão diferente da minha?

    • Zack Batista

      Olha cara com a contratação de Rubens Magnano(tenho até foto com ele, mas não estou conseguindo inserir aqui..rsrs..) q é considerado um técnico de ponta, conseguimos voltar a elite do basquete mundial novamente, ao meu ver está no TOP 6 de seleções do mundo(q há pouco tempo atrás estava bem distante disso).

      O Brasil tem um dos melhores garrafões do mundo(Nenê, Varejão, Splitter, Hettsheimeir e Faverani) e possui bons nomes na armação(o ótimo Huertas, as promessas Raulzinho e Scott, o experimentado Larry Taylor e ainda temos o R.Luz q está jogando na Espanha, e a cada ano desenvolvendo seu jogo). Nas alas estamos bem servidos com Marquinhos, Alex Garcia, Giovannoni e Leandrinho.

      Temos o Lucas Nogueira(se Nenê não for para o mundial ano q vem, certamente ele vai no lugar), Augusto Lima e Mineiro(acho q deve testar o mercado europeu para se desenvolver – acho primordial para um jogador) q são nomes para o futuro no garrafão brasileiro. As minhas preocupações são nas alas, nomes como: Lucas Dias(deveriam deixar ele na 3 e não na 4), Cauã Borges e Vítor Benite, deveriam ir pra Europa pegar experiência internacional, pois são nomes para o futuro, nas alas da seleção nacional.

      Enfim… De uma visão geral, posso dizer q estou satisfeito com o futuro da nossa seleção e espero q logo,logo… suba em um pódio e encha de orgulho todos nós q amamos esse esporte…

  • matheus @groovibe

    Informações dão conta q o Lebron irá se naturalizar brasileiro e jogar pela seleção de basquete !!

  • É muita lambeção de saco… O próprio Brasil deu muito trabalho não faz muito tempo atrás, pra uma Seleção Americana B… Mas enfim, fiquem ai deslumbrados achando que os EUA são imbatíveis…

    • Maicon

      Vamos apostar então, eu fico com EUA e você fica com todo o resto das seleções. Tenho certeza absoluta que vou ganhar, se não todas, praticamente todas. Simples assim.

  • barbulis

    NOssa as pessoas são bem ignorantes mesmo.. O Brasil antigamente jogava no sistema NBA.. esquema ofensivo igualzinho, chuta chuta chuta, agente perdia de 30,20 pras selecoes top

    Foi só adotar o sistema Europeu q agente ta no top5..

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados