logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 2 fev 2014 às 23:58
Rapidinhas do fim de semana (02-02-14)

Jerry Sloan é homenageado pelo Jazz com banner em ginásio; Russell Westbrook já pode ter data para retorno e muito mais

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Jerry Sloan recebe homenagem no ginásio do Jazz

Não tivemos como postar no fim de semana, mas aqui está: a homenagem que o Utah Jazz fez ao lendário Jerry Sloan na última sexta-feira. O técnico, que comandou a franquia por 23 anos, recebeu um banner com o número 1.223 – uma referência ao número de vitórias conquistadas pelo veterano para a franquia em temporadas regulares e playoffs.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=A73IBFMFf1E]

A cerimônia contou com a presença dos ídolos Karl Malone e John Stockton, os dois principais comandados de Sloan nas mais de duas décadas a frente do time. “Eu fui abençoado e sinto-me o cara mais sortudo do mundo por ter tido a chance de treinar dois atletas que estavam dispostos a entrar em quadra e pagar o preço por jogar duro todas as noites”, elogiou o ex-técnico.

O presidente dos EUA, Barack Obama, não esteve na cerimônia, mas fez questão de enviar uma carta à mão ao Jazz congratulando o treinador.

Carta Barack

 

 

 

Stockton e Malone fizeram discursos de agradecimento na cerimônia e exaltaram os anos de trabalho com Sloan. “Nós todos sabíamos quem comandava as coisas naquele tempo. Jerry era duro, mas era justo. Ele mereceu isso. Nunca mais haverá alguém como ele”, resumiu Malone.

 

Spurs dispensa Jeffers e acerta com Shannon Brown

O ala-armador Shannon Brown está de volta a NBA. Pelo menos, por dez dias. O San Antonio Spurs confirmou a contratação do ex-atleta do Phoenix Suns no último sábado, com a vaga no elenco aberta pela dispensa do recém-contratado Othyus Jeffers. Ele não perdeu tempo e estreou na noite do mesmo dia pelos texanos, marcando dois pontos e dois rebotes em 14 minutos de ação contra o Sacramento Kings.

 

Liberado pelo Bulls, Cartier Martin retorna ao Hawks

Após passar quase três semanas no Chicago Bulls, o ala-armador Cartier Martin retornou ao time que defendeu nos últimos meses do ano passado. O Atlanta Hawks liberou o ala James Nunnally e fechou um acordo de dez dias com o atleta de 29 anos, que havia sido dispensado em 06 de janeiro. Quem certamente não deve ter gostado da notícia foi o técnico do Bulls, Tom Thibodeau, que recomendou a contratação do jogador até o término da temporada à direção de Illinois e não foi atendido.

 

Stephenson fica enfurecido com “esnobada” de técnicos

Os técnicos da conferência Leste deixaram Lance Stephenson de fora do banco de reservas do Jogo das Estrelas – e ele não aceitou nada bem o fato de ter sido “esnobado”. No sábado, o atleta do Indiana Pacers aproveitou a oportunidade de conversar com a imprensa para mostrar toda a sua insatisfação. “Eu estou bravo. Continuarei trabalhando para provar que as pessoas estão erradas. Já estava com esse sentimento de revanche e isso só ficou pior agora. Agora, eu vou matar quem estiver na minha frente em quadra”, disparou o ala-armador, em fúria.

 

Grizzlies perde Conley por, no mínimo, uma semana

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=kFf6j1olZag]

O armador Mike Conley vai desfalcar o Memphis Grizzlies por mínimo de uma semana. O atleta foi submetido por um exame de ressonância magnética no último sábado e diagnosticado com uma torção de grau 2 no tornozelo direito. A lesão aconteceu no dia anterior, na vitória sobre o Minnesota Timberwolves, e ele precisou ser carregado até os vestiários. Segundo o treinador Dave Joerger, o titular será reavaliado em uma semana para que se conheça o tempo de recuperação necessário.

 

Luke Babbitt é o novo reforço do Pelicans

Outro jogador que está de volta a NBA é Luke Babbitt. O ala de 24 anos conseguiu a rescisão de seu contrato com o BC Nizhny Novgorod (da Rússia) neste fim de semana e chegou a um acordo de duas temporadas com o New Orleans Pelicans. Ele deverá se apresentar ao time e iniciar os trabalhos com os companheiros de time na próxima terça-feira. Em 126 jogos disputados nas últimas três temporadas, o ex-atleta do Blazers registrou médias de 3.8 pontos e 2.1 rebotes em pouco mais de 11 minutos de ação.

 

Russell Westbrook já teria data para retorno às quadras

É provável que o Oklahoma City Thunder receba o Miami Heat no próximo dia 20 com Russell Westbrook em quadra. De acordo com o repórter Adrian Wojnarowski, do site Yahoo! Sports, o armador pretende reforçar o time no primeiro confronto pós-Jogo das Estrelas e tem tudo para ficar à disposição do técnico Scott Brooks. O jogador de 25 anos está em recuperação de uma artroscopia no joelho, que já havia operado duas vezes desde os playoffs do ano passado, realizada em janeiro.

  • elvis

    diretoria do bulls sempre contrariando os desejos do TT UAHSUAHSUA

  • Michel Moral

    Stephenson era um jogador selecionável ao jogo das estrelas, mas não tinha obrigação nenhuma de estar lá. Não foi feita injustiça alguma. Então, melhor ele parar de chororo.

    Já Sloan é uma grande pessoa e um grande profissional. Ele e Pat Riley são os dois maiores da história. Pelo menos essa é minha opinião, já que treinaram times bons e ruins com muita perseverança e personalidade. Depois vem Popovich e depois ainda Phill Jackson.

  • Bruno Ribeiro – DF

    Faltou o discurso do Deron Williams… Hahahahaha… Brincadeiras a parte… Jerry Sloan verdadeiro mito… será q o Jazz voltará o Jazz todo poderoso, aguardar pra ver…

  • Fabio Ponte

    Luke Babbitt,na boa….Não dá….enquanto Pierce Jackson está destruindo na D-League,fica pegando jogador que tem números médios na Liga Russa…e ainda fechar por 2 anos..
    Fora Dell Demps e Monty Willians!!

    • Ricardo Stabolito Jr.

      Pierre Jackson foi escolha de draft do Pelicans, então só o Pelicans pode chamá-lo. É por isso que não está na NBA. Deve ter uns 15 times querendo contratá-lo, mas não podem por causa disso.

  • RafaelRox

    Tempos bons… do Jazz com o melhor PF de todos os tempos e de quebra o melhor armador puro de todos os tempos. Torcedores do Utah devem chorar com as lembranças.

    Shannon Brown se não perdeu seu basquete vai ser um otimo role players pro Spurs.. mas tem que entrar na quimica do time pra isso. Pode fazer o papel que o George Hill fazia antigamente.. quem sabe.

    Cartier Martin é muito bom nas bolas de 3… e pelo que ganha é uma boa.. tanto que o Hawks no meu ponto de vista arrependeu de ter o liberado.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados