logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 24 fev 2014 às 03:08
Fora de casa, Clippers derrota Thunder em show de Crawford

Rockets bate Suns longe de seus domínios; Heat, sem LeBron James, passa pelo Bulls; Nenê se machuca em vitória do Wizards sobre o Cavs

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

Los Angeles Clippers 125 x 117 Oklahoma City Thunder

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=2_UsRpDTE_g]

Com 11 de seus 36 pontos no último período, o ala-armador Jamal Crawford liderou o Los Angeles Clippers na vitória sobre o Oklahoma City Thunder, mesmo jogando fora de casa. Chris Paul somou 18 pontos, 12 assistências e oito rebotes, enquanto Matt Barnes contribuiu com 24 pontos e sete rebotes. Pelo Thunder, os 42 pontos do astro Kevin Durant não foram suficientes. Ele ainda distribuiu dez passes decisivos. Serge Ibaka ficou com 20 pontos e seis rebotes.

Depois de um primeiro tempo bastante movimentado, quando os visitantes foram para os vestiários liderando por 72 a 66. O Clippers anotou 27 pontos de contra-ataque até a metade do embate. Na volta do intervalo, a equipe angelina seguiu pressionando e abriu 12 pontos após cesta de três de Blake Griffin. A situação piorou para os anfitriões, que viram o Clippers na frente por 90 a 75. No entanto, o Thunder acordou e a vantagem caiu para seis com cestas de longa distância do veterano Derek Fisher e de Durant. 

Os times estavam empatados em 107 pontos, restando cerca de seis minutos para o fim. Durant fez outra de três e o Thunder liderava por 115 a 112. Então, Crawford tomou conta do jogo. O atleta comandou o Clippers a retomar a liderança e fez cesta para deixar a partida em 121 a 117. Nos lances livres, Paul e Griffin decretaram o placar final.

A batalha dentro do garrafão foi intensa. De um lado, Ibaka com 12 jogos seguidos com pelo menos um bloqueio. Do outro, DeAndre Jordan, com 11. Melhor sorte para o jogador do time californiano, que garantiu 18 pontos e 12 rebotes. O pivô lidera a NBA com média de 14.0 rebotes por partida.

Destaques

Los Angeles

Jamal Crawford: 36 pontos, quatro assistências, 5-8 em três pontos
Chris Paul: 18 pontos, 12 assistências, oito rebotes
Matt Barnes: 24 pontos, sete rebotes, 6-10 em três pontos
Blake Griffin: 20 pontos, sete rebotes, seis assistências
DeAndre Jordan: 18 pontos, 12 rebotes

Oklahoma City

Kevin Durant: 42 pontos, dez assistências
Serge Ibaka: 20 pontos, seis rebotes
Derek Fisher: 15 pontos, quatro rebotes, 5-7 em três pontos
Russell Westbrook: 13 pontos, seis assistências, cinco rebotes
Thabo Sefolosha: dez pontos, três roubadas

 

Chicago Bulls 79 x 93 Miami Heat

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=RlI2e92B5uU]

Destaques

Chicago

Joakim Noah: 20 pontos, 15 rebotes, quatro bloqueios
Taj Gibson: 20 pontos, dez rebotes
Mike Dunleavy: 13 pontos, quatro rebotes
Kirk Hinrich: dez pontos, seis rebotes

Miami

Chris Bosh: 28 pontos, dez rebotes
Dwyane Wade: 23 pontos, dez rebotes, sete assistências
Mario Chalmers: 12 pontos, nove assistências
Ray Allen: dez pontos, cinco rebotes

 

Washington Wizards 96 x 83 Cleveland Cavaliers

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=pDq1Wu0J7zo]

Destaques

Washington

John Wall: 21 pontos, nove assistências
Bradley Beal: 17 pontos, cinco rebotes
Trevor Ariza: 15 pontos, dez rebotes
Marcin Gortat: 13 pontos, 13 rebotes

Cleveland

Spencer Hawes: 16 pontos, 12 rebotes, quatro assistências
Luol Deng: 17 pontos, sete rebotes
Kyrie Irving: 15 pontos, cinco rebotes, cinco assistências
Tristan Thompson: 11 pontos, 12 rebotes

 

Orlando Magic 90 x 105 Toronto Raptors

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=N2OL1uVCTPc]

Destaques

Orlando

Tobias Harris: 28 pontos, seis rebotes
E’Twaun Moore: 16 pontos, quatro rebotes
Victor Oladipo: 11 pontos, quatro rebotes, cinco roubadas
Nikola Vucevic: 11 pontos, quatro rebotes, três roubadas
Kyle O’Quinn: dez pontos, cinco rebotes, quatro assistências

Toronto

Kyle Lowry: 28 pontos, seis assistências, quatro rebotes
DeMar DeRozan: 24 pontos, quatro rebotes
Terrence Ross: 16 pontos, cinco rebotes
Amir Johnson: 12 pontos, oito rebotes
Greivis Vasquez: dez pontos, quatro assistências

 

Sacramento Kings 109 x 95 Denver Nuggets

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=-6yzrC-06EM]

Destaques

Sacramento

DeMarcus Cousins: 27 pontos, nove rebotes, cinco assistências, cinco bloqueios
Rudy Gay: 32 pontos, 11 rebotes, três roubadas
Isaiah Thomas: 33 pontos, seis assistências, quatro rebotes

Denver

Randy Foye: 27 pontos, seis rebotes
Evan Fournier: 27 pontos, cinco assistências, quatro rebotes
Kenneth Faried: dez pontos, seis rebotes

 

Brooklyn Nets 108 x 102 Los Angeles Lakers

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=BiDLU2AzxRk]

Destaques

Brooklyn

Deron Williams: 30 pontos, sete assistências, cinco rebotes, seis roubadas
Paul Pierce: 25 pontos, sete rebotes, quatro assistências
Andrei Kirilenko: dez pontos, dez rebotes, quatro roubadas
Joe Johnson: dez pontos, oito assistências
Andray Blatche: dez pontos

Los Angeles

Pau Gasol: 22 pontos, 11 rebotes
Jodie Meeks: 19 pontos
Kent Bazemore: 17 pontos
Jordan Hill: 11 pontos, oito rebotes
Nick Young: dez pontos

 

Houston Rockets 115 x 112 Phoenix Suns

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=sqJ0NOZDmOE]

Destaques

Houston

Dwight Howard: 25 pontos, nove rebotes
James Harden: 23 pontos, sete assistências, cinco rebotes, três roubadas
Patrick Beverley: 20 pontos, três roubadas
Terrence Jones: 15 pontos, sete rebotes
Chandler Parsons: 13 pontos, sete assistências, seis rebotes

Phoenix

Goran Dragic: 35 pontos, três roubadas
Gerald Green: 23 pontos, quatro rebotes
Markieff Morris: 21 pontos, sete rebotes

 

Minnesota Timberwolves 97 x 108 Portland Trail Blazers

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=DFDZsiaRSWs]

Destaques

Minnesota

Kevin Love: 31 pontos, dez rebotes
J.J. Barea: 21 pontos

Portland

Damian Lillard: 32 pontos, cinco assistências
Nicolas Batum: 22 pontos, dez rebotes, quatro assistências, três bloqueios
Thomas Robinson: 14 pontos, 18 rebotes
Wesley Matthews: 17 pontos

  • DeAndre Jordan sério candidato a MIP junto com o Lance Stephenson;

    Wolves perdeu um jogo que era visto (Portland é fortíssimo jogando em casa), mas ainda o Blazers sem Aldridge poderia conseguido mais. Thomas Robinson seja bem vindo a NBA !!!

    • Jogador Estrela!

      T. Robinson é muito underrated. Ele jogando 40mpg ele era double-double machine.

  • Jogador Estrela!

    J. Wall ontem mostrou o porque de ser melhor que o Irving nesta temporada. O Wizards dominou a segunda parte.

    O Bulls ontem mostrou que vai aos playoffs em vão. O Heat mesmo sem LeBron deitou e rolou em cima do Bulls com uma facilidade incrível. Bosh ainda joga muito basquete pena é ser a terceira opção de ataque do Heat, Wade ainda tem muito QI e ainda joga muito. Bulls com esse banco Zé Tijolada correm sérios riscos de ser eliminado na primeira ronda de playoffs.

    Westbrook ainda não está em forma e a sua ansiedade de marcar pontos é enorme. O processo de recuperação de forma é preciso ter calma. Mesmo assim ontem Thunder vs Clippers foi um jogo de ataque, pouco importou a defesa. Foi um All-Star Game só que sem muitas estrelas kkkk.

    Excelente vitória do Kings. Só afundou o Lakers na tabela do Oeste, agora os Celtics têm urgentemente de ganhar o próximo jogo.

    • Michel Moral

      A principal diferença entre Wall e Irving está no modo de encarar o jogo. Potencial ambos têm. Wall é mais competitivo, assumiu o time do Wizards como se fosse um filho.

      No papel, o Cavs é até um pouco melhor, mas não dá, não vai.

    • Thibs NUNCA deixaria o time tankar, ainda mais com o bom elenco do Bulls…

      • Luan

        Elenco muito bom mas ganhar titulo que é bom…

      • Jogador Estrela!

        É verdade mas ir aos playoffs e não ir lá fazer nada e nem sequer são candidatos ao titulo. Na minha opinião não faz sentido nenhum.

        Depois o time do Bulls esta temporada é fraco em relação aos principais candidatos ao título sem o Rose. Sinceramente o draft era uma via muito boa para o Bulls fortalecer seu elenco para quando Derrick Rose vir se esforçar menos porque já tem um time capaz mesmo sem ele.

        Ae já vai nas diferentes opiniões e visões de jogo aplicadas pela diretoria do Bulls. Eles lá sabem o que estão fazendo.

      • Bem, se for seguir essa linha de pensamento, times como Clippers, Warrior, Suns e até os próprios Blazzers deveriam tankar também, embora os times citados estejam jogando com as suas estrelas, não possuem elenco (embora tenham bons elencos) nem “basquete” o suficiente para ganhar dos Spurs ou do OKC. Mas eles podem surpreender nos Playoffs, onde pode acontecer de tudo, ano passado os Grizzlies não foram para a final de conferência? Não pode ser assim com o Bulls que possuem uma das melhores defesas do campeonato? Tem que arriscar, o time possui em elenco razoavelmente bem, pode surpreender positivamente, se perder, tudo bem, não há motivos reais para o Bulls “tankar”, como disse, tem um bom elenco. Qualquer coisa, é só apostar na agência livre na próxima offseason, que terá bons nomes e será bem movimentada. E outra coisa: O Bulls ainda pode contar com Microtic na próxima temporada.

      • Daniel Serafim, é que o pessoal acha que estão lidando com máquinas, no mundo real tudo pode acontecer, o LeBron pode torcer o pé na quadra e ficar fora da temporada, se fosse assim, deixa só o Indiana e o Pacers irem aos Playoffs, pra que o Raptors ir??? Pra que o Wizards ir?? Pra que o Bobcats ir???

        E outra, não se esqueçam que estávamos sem Jimmy Butler, o nosso principal jogador de perímetro.

      • Jogador Estrela!

        Mas nem compare. O Warriors, Clippers foram times que planejam ir aos playoffs e formaram time para isso, Suns é mera surpresa. Bulls quer trocar todo o mundo após a lesão do Rose para tankar, trocam o Deng é incompreensível. Outros times que fazem playoffs não fazem isso.

        @Alisson-Bulls Wizards vai ao playoffs porque seu rebuild já acabou, Bobcats o seu ”rebuild” (se é que podemos dizer rebuild à situação dos Cats) também acabou, do Raptors é como o Suns mera surpresa estar onde está.

  • Luan

    Ainda falam que o Irving é um dos melhores armadores da liga
    Overrated ao extremo
    Wall >>>> ele

    • Concordo, é difícil uma partida dele em que consegue mesclar os pontos com as assistências, se tem dia que ele está afiado feito Michael Jordan, ele não distribui assistências, se tem dia que ele está crânio como Stockton, ele não consegue individualizar.

      • Vinícius Maia

        Lembre-se que o cara ainda está no seu terceiro ano de NBA, ainda tem muito o que aprender e evoluir

  • Peço uma explicação aos mais informados, tenho uma dúvida relevante.
    Por exemplo, o Boston tem uma campanha pior que a do Lakers, mais está em 12º e o Lakers em 14º.
    Na hora da loteria o que conta preferencialmente, a classificação na tabela, ou o desempenho da equipe no geral, podendo assim o 11º colocado de um lado ter mais chance que o 15º de outro por exemplo. Se alguem poder me explicar isso eu agradeço

    • Luiz

      Olha @viniciusbedra, eu acho que, seguindo teu exemplo, seria o Boston Celtics quem teria mais chances na loteria do draft. Acredito que as equipes com pior desempenho, independente de suas posições em conferências, tenham mais chances na loteria.
      Grande abraço!

    • sebas1606

      É o aproveitamento.As 14 equipes não classificadas para os playoffs concorrem pelas 3 primeiras escolhas em sorteio,com as equipes de pior aproveitamento tendo mais chances.Da escolha 4 até a 14 é definida pelo desempenho(novamente o pior desempenho é privilegiado).Das escolhas 15 até a 30 são as equipes classificadas para os playoffs,com o desempenho mais fraco sendo privilegiado também.

    • Diego Delogu

      Salvo engano nas escolhas top3 a probabilidade vai pelo aproveitamento ai,entao o lakers teria mais chances,agora na escolha 4 a 14 vai pelo colocacao mesmo logo o Celtics estariam na frente. PROJETO JABARI PAKERS PRA AJUDAR O KOBE HAHAHAHAHAHAHAH

  • É bom ver LeBron fora de vez em quando, afinal, assim as outras peças do elenco podem mostrar de maneira mais clara seu valor. O Heat vem em um momento muito bom, pegamos uma sequencia dificílima e passamos por todos exceto Utah Jazz ( gosto nem de lembrar nessa derrota pífia). Muita gente diz q o Heat tem vida mansa jogando no Leste, mas é bom lembrar que geralmente ele aniquila os adversarios do Oeste, o historico é muito favoravel. Se Indiana bobear perde o mando de quadra, apesar de eles terem uma sequencia mole por enquanto.

    • Michel Moral

      O Heat é sempre forte com o elenco de qualidade que tem, principalmente por ter LeBron como o líder do time.

      É óbvio que é candidato ao título, ou melhor ao tri. Ninguém pode questionar que é o time a ser batido.

      Só acho que os torcedores ficam achando que vai ser sempre igual e pode não ser, perfeitamente.

      O único confronto que vai ter nos playoffs de sua conferência vai ser o Pacers, pela lógica. Os times do oeste vão ter desafios.desde a primeira rodada. Devem chegar mais fortalecidos na final.

      Difícil dizer que o Heat vai perder, mas se no ano passado já ganhou por um triz, esse ano tende ser muito pior.

    • sebas1606

      Cara,olhei a sequência das duas equipes e é bem parecida,muitos adversários em comum.

      O que vai definir a parada são os 2 jogos diretos.

  • Caseh

    E quando o Nenê vinha numa sequência de bons jogos, nova contusão no joelho. Uma pena…

    • Michel Moral

      Ele é Varejão… Sempre assim.

  • Heat vencendo do Bulls sem LeBron,isso é muito bom,e o Bosh sempre foi um dos melhores de sua posição,Wade jogando muito bem,agora só continuar com essa boa sequencia de vitórias que a briga com o Pacers vai ser muito boa.

  • pedrokadf

    no James no problem .. Big two 😀
    Lets go Heat !!

  • Hoje tem Milwalkee Bucks X Philadelphia 76ers… Como diria Galvão Bueno: “HAJA CORAÇÃO!”

  • Amigos, como não sou dos mais entendidos do assunto queria perguntar-lhes uma coisa, na última temporada o Rondo liderou a liga em assistencias porém se machucou mas mesmo assim foi considerado o lider em assistencias, já o Varejão também liderou a liga em rebotes e se machucou, porém ele não foi considerado o lider em rebotes, queria entender porque isso

    • Robert

      O jogador tem que jogar um numero x de jogos pra ser considerado elegível. O Rondo jogou mais jogos que o Varejão, e ele alcançou o numero x de jogos que eu não sei quantos são.

  • Joseph

    Uma coisa que ninguém comentou é a barbaridade que o Lilliard vem jogando nestes jogos que o LaMarcus tá fora. Acho que o jogo que ele fez menos pontos foram 28. Acho que agora ele finalmente pode ganhar o prêmio semanal. Spurs, Blazers, Rockets e Clippers prometem uma briga ferrenha até o final pelo mando de quadra. Acredito que estes times, juntamente com os Warriors, podem sim complicar para os favoritos Thunder e Spurs. Aliás, o Oeste tá tão forte que duvido muito que algum time será varrido nos Playoffs (Suns, Mavs e Grizzles, que disputam as 2 últimas vagas, não são bobos também não).

    • O Clippers leva vantagem no confronto pelo mando de quadra uma vez que deve vencer sua divisão!

  • Joseph

    Quanto aos Bulls prevejo o time se classificando em 3º ou 4º e pegando os Nets na primeira rodada com os Nets eliminado eles.

  • caio_l

    Impressionante, o bosh jogando em sua posição destrói no jogo, só que não pode jogar lá por ter o LBJ. O questão do bulls é um time que defende muito, mas pouco talentoso no ataque, por isso a falta do Derrick Rose, ele era o cara diferenciado no ataque, se o bulls querem buscar títulos, terão que buscar jogadores com arsenal ofensivo. Gay e Cousin mereciam jogar em franquias maiores, vide love, é muito talento para times sem ambições. CP3 voltando é outro nivel o Clippers.

    • Verdade caio, com o CP3 no comando é outro nível. E se os rumores, de que o Danny Granger pode pintar no Clippers, se confirmarem fica um time forte.

  • Off-topic: Revelado novo logotipo do Sixers!:
    http://espngrantland.files.wordpress.com/2014/02/sixers.jpg

  • Luiz Henrique Santos

    Jamal Crawford sem dúvidas leva o melhor sexto homem desta temporada…

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados