logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 22 jul 2014 às 21:00
Cavs adquire contratos não garantidos em troca com o Jazz

Movimento facilitaria futura negociação dos dirigentes do Cleveland para ter Kevin Love

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

O Cleveland Cavaliers deu um pequeno passo para facilitar a possível negociação pelo astro Kevin Love nesta terça-feira. Segundo Adrian Wojnarowski, do site Yahoo! Sports, a equipe fechou uma troca com o Utah Jazz e adquiriu três contratos não garantidos que poderão ser utilizados em transações ainda nesta offseason.

Na negociação, o Cavs receberá os alas-pivôs Malcolm Thomas e Erik Murphy, além do veterano armador John Lucas III. O trio soma US$3.3 milhões em salários, mas pode ser dispensado sem custos até o início da temporada. O ala-armador Carrick Felix, uma futura escolha de segunda rodada de draft e US$1 milhão em dinheiro vão ser enviados para Utah.

Wojnarowski apurou que os dirigentes de Cleveland estavam atrás de uma troca por vínculos não garantidos nos últimos dias, com o intuito de facilitar a estruturação financeira de uma transação pelo ala-pivô do Minnesota Timberwolves. A chegada dos três pode colocar o Cavaliers em condições de absorver os contratos de Kevin Martin e J.J. Barea.

Confira como ficou a troca fechada entre Cavaliers e Jazz, com os jogadores, contratos e médias na última temporada:

Cavs recebe
Malcolm Thomas (US$948 mil não garantido): Oito jogos, 7.9 minutos, 1.9 ponto e 2.6 assistências.

Erik Murphy (US$816 mil não garantido): 24 jogos, 2.6 minutos, 0.3 ponto e 0.3 rebote.
John Lucas III (US$1.6 milhão não garantido): 42 jogos, 14.1 minutos, 3.8 pontos e 1.0 assistência.

Jazz recebe
Carrick Felix (US$816 mil garantido na próxima temporada): Sete jogos, 5.4 minutos, 2.7 pontos e 0.9 rebote .

Escolha de segunda rodada em draft futuro
US$1 milhão em dinheiro

  • E parece q agora vai sai a troca !!!

  • diego

    hahaha Defesa é para os fracos

    • Guilherme Martins

      Lebron já provou ser um grande defensor, Varejão tambem não é ruim não.

  • Anônimo

    veem ser feliz em cleveland, love

    let’s go cavs ♡

  • Anônimo

    como é os contratos de martin e barea qt ganham?

  • Olavo #RipCity

    Ricardo , me explica uma coisa …

    A intenção do Cavs é dispensar esses caras pra ter mais espaço no CAP ou enviá-los para Minnesota como parte da negociação e , ai sim , o Wolves decidir se dispensa eles ou não ?

    • Kleber

      Se for em troca, será tipo quando o Celtics mandou um time pelo Garnett. Se eu fosse GM do Wolves, não aceitaria uma troca que não fosse pelo Wiggins. E parte pra mais um rebuild com LaVine. Fora que Rubio e Pekovic tem muito mercado. Principalmente o pivô.

      • Olavo #RipCity

        Então , essa era minha ideia . Mandava Wiggins , Bennett mais esses caras e possíveis picks pro Wolves . Seria só pra aumentar o valor da troca … rs

        Chegando em Minnesota , eles resolvem se mantem esses caras ou dispensam eles …

        Eu acho que caso Love seja trocado , os próximos vão ser Rubio e Pekovic . Pekovic tem mesmo mercado na liga , dá pra conseguir mais alguns jovens talentos por ele , já pensando na renovação . Além do mais tem o Dieng que mostrou ser um bom prospecto essa temporada .

        Já o Rubio eu acho difícil arrumar grande coisa por ele . Ele não tem grandes fãs por lá … rs

        Mas também tem louco pra tudo … rs

      • Dizem q o Cavs fez essa troca para tentar engolir um dos contratos pesados do Wolves, leia-se Barea e Kevin Martin, e tentar ainda pegar o Dieng pq o Cavs precisa de um rim protector.

  • Kleber

    Com Love será um big 3 tão ou mais forte que Miami. Mas continuo achando o Love superestimado.

    • Edu

      mais forte e mais jovem e com um elenco de apoio bem melhor… e ainda tem o Varejão, Thompson, Waiters

      • Kleber

        Pois é. Varejão fará o que Miami precisou algumas vezes, isso se estiver saudável. Um armador excelente pra comandar. Tem tudo pra dar certo.

      • Marcos

        Se o Love vier, o Thompson segue para Minnesota, não?

    • Ricardo Faria

      Não sou um grande fã do Love. Mas ele sendo a primeira opção da equipe. Se o cara for ao CAVS, será a segunda opção. Com isso, creio que seu jogo irá melhorar muito.

  • Felipe

    Se não mandarem o Wiggins vai ser uma boa, muito embora eu acredite que o Bennett e o Waiters seriam de grande utilidade esse ano. Chamar o Bennett de bust é rotular precipitadamente o garoto…

  • Agora vai acontecer. Acho q vai ser muito justo e se encaixar acho q o Cavs é o único com chance de ganhar do Spurs( até mais q o Heat do ano passado)

  • MGunter

    é Andy, pay cut, big one

    • Varejão ñ sai! Esquece. Ele é um dos melhores amigos de LeBron e por isso ele ñ irá sair.

  • Ter o Love em Cleveland seria mto foda, mas para isso acontecer ter q ceder o Wiggins seria triste. Tanto se falou dele

  • Rômulo

    Eu torço pra troca ocorrer,mas por outros motivos. Torço por causa do Andrew Wiggins. O mlk tem um potencial fudido e caso fique em Cleveland, fatalmente será subutilizado.

    O Wiggins precisa ir pra um time no qual ele seja dono do time. Que chute várias bolas, que tenha um time construído ao seu redor e etc, assim como será com o Parker em Milwaukee. Wiggins tem potencial pra ser um jogador de 20ppg já na temporada de calouro, assim como Parker.

    Vamos ver..

  • Foi uma boa troca. Msmo se o Cavs ñ conseguir o Love, Bulls na disputa, vai ter Cap Space para contratar. Agora Utah vai ter um bom jogador, mts comparam o Carrick Felix com o Jimmy Butler pq ele é um grande defensor pena q ele deu azar de ser trabalhado pelo Mike Brown q num sabe desenvolver jogadores.

  • John Lucas…. quando esse nome me vem a cabeça só lembro disso https://www.youtube.com/watch?v=FQ4GA3GB3Wk

  • Só pegou Chicaquista nessa troca em Cavs, kkkkkkkkkk..

    E o Felix no NBA 2k joga muito.

    • CosmeCelta

      joga mesmo! hahahaha nada a ver.

  • Ismael Paiva

    Parece que sai a troca, mas trocar o Wiggins, com Love tendo 1 ano de contrato é complicado de aceitar. O Cavs deveria esperar ate o meio da temporada para fazer a troca e não perder Wiggins, pois perto da data limite o poder de barganha do Wolves será menor.

    • Se Love for para Cleveland ele assina de novo, nem se preocupe.
      Eu concordo com um torcedor do Cavs aqui no blog, disse que está neutro nessa negociação. Se ficar Wiggins, ótimo pro Cavaliers. Se vier Love, vou reclamar de que, meu Deus? O que acontecer é lucro.

      Simbora Cleveland!!!!!

  • Matheus

    Eu particularmente não gosto dessas “panelinhas” que se formam, ao meu ver seria muito mais interessante se cada time tivesse no máximo 2 jogadores all-stars, mais do que isso a superioridade de um time em relação ao outro fica muito grande; Acredito que quanto mais nivelado estiverem o nível dos times melhor pra liga, apesar de isso ser impossível de se acontecer ao meu ver.

    • nandocavs

      concorodo com vc!!!

      mas a diferença da do HEAT é que o CAVS esta fazendo através de trocas, diferente do Heat, que quandos os jogadores nao tinham contratos.

  • Zorg

    Lebron é o jogador mais completo atualmente na NBA. Achei ótimo o retorno dele ao Cavs como retorno as raízes, resgate da forma equivocada como foi sua saída ou seja lá o motivo alegado por ele do seu retorno para Ohio.
    Agora acho lamentável essa mania que ele vem adquirindo de ficar juntado jogadores para ser campeão. Isso me parece que falta a ele capacidade de ser um verdadeiro líder. Ele pode ser, e é o líder técnico do time mas aparentemente ele não tem confiança de que seja capaz de elevar o nível dos seus companheiros, como por exemplo fez Jordan no Bulls. Então volta a essa tática de ficar reunindo jogadores renomado para ser campeão no time em que está jogando. Ai voltamos a formação de um novo Big Three só que não mais em Miami mas agora em Ohio (Irving, Lebron e Love) ou seja, o retorno “para casa” não passou de marketing pois a realidade é que ele percebeu que o trio original de Miami não tinha mais força para lhe dar novos campeonatos. A solução mais adequada … ir para uma das equipes mais promissoras, coincidentemente, uma dessa equipe era o Cavs (o que resgataria parte da sua imagem de bom moço) além de lhe unir a Irving, Wiggins e outros bons jogadores.
    Acho que Lebron não precisa disso, ele tem capacidade e talento de sobra para conduzir uma equipe a um campeonato sem ficar montando “panelinhas”. Se continuar com esse tipo de procedimento será o cara que venceu vários campeonatos mas nunca terá o respeito que por exemplo Timmy e Dirk tem … caras que sempre estiveram com seus times nos momentos de altas e baixas e ele Lebron será o cara que só venceu montado equipes.

    • Big Bull

      É o que sempre digo: liga competitiva atrai mais interesse que liga desequilibrada. Perfeito comentário.

    • Castell79

      O gozado é que o Dirk aceitou uma redução de 63% (SESSENTA E TRÊS POR CENTO) no intuinto de “atrair bons jogadores” (leia-se Melo, Bosh ou outros do mesmo nível) e ninguém falou sobre isso, pq simplesmente nenhum jogador top quis jogar nos Mavs… Com todo o respeito ao Dirk, de quem sou fanzasso, mas ele fez isso com interesse em fortalecer o time dele, assim como o Duncan não ganha mais $$$ com o mesmo interesse. Só que os dois times possuem dois dos 3 melhores técnicos da NBA… O problema é o que eu sempre digo: quando é o LeBron que faz isso, sobram pedradas de tudo quanto é lado, mas ele não tem culpa se quando ele faz isso, acaba atraindo outros grandes jogadores para jogar com ele, ao contrário do Dirk…
      E continuo vendo torcedores de times que foram ignorados por FA tops se voltando contra o LeBron, como se a culpa desses jogadores não quererem jogar nesses times fosse dele… Torcedores esses que aplaudiram a volta dele aos Cavs, mas foi só a offseason esfriar e seus times não contratarem que voltaram ao normal… Haters gonna hate…

      • Zorg

        Castell79 acho que temos dois pontos ai …..
        Dirk e Duncan estão no direito e obrigação deles em reforçarem suas equipes … a redução no salário é uma das formas …. o inverso fez o Kobe, repassou essa obrigação ao Lakers não tendo esse comportamento (não vamos discutir juizo de valor no comportamento dele, apenas o fato, ele não reduziu) consequentemente o LAK tem menos margem de contratação .
        A outra questão é a forma que o Lebron faz isso …. ele não fica em Miami reduzindo salários para reforçar a equipe do Heat, ele sente que a equipe não é mais tão competitiva afim de lhe dar titulo, então ele se transfere para uma das equipes mais promissoras e ai começa a reunião de jogadores qualificados. A questão não é o reforço das equipes mas sim o modo como Lebron faz isso .
        A repercussão ocorre com o Lebron pq ele é o jogador mais completo da atualidade e os desequilíbrios que essa forma de agir provoca na liga.

      • Castello79

        Zorg, respeito seu ponto de vista (muito bem fundamentado), mas acho que o caso é justamente sobre juízo de valor… Se os Mavs contratassem o Bosh e o Melo, ninguém estaria descendo a marreta no Dirk, pq a conduta dele nunca deu margem para as pessoas o odiassem. Já o LeBron, por atitudes como denominar-se “The King”, aquela olhadinha pro Jordan qdo deu uma cravada contra os Bobcats, The Decision etc, pesam muito contra o cara… Primeiro ele voltou por amor a Cleveland, depois ele voltou por ver que o Big 3 de Miami não seria mais confiável (sendo que com esses reforços atuais do Miami o time emparelharia tranquilamente com os Spurs)… Agora com uma provável chegada do Love, fala-se numa nova “panelinha”, só que sem o Love os Cavs já são favoritos a ganhar pelo menos dois títulos nos próximos 5 anos! Enfim, atitudes fora de quadra, a meu ver jogam contra o LeBron e vc pode ter ctza que novos Big 3 se formarão na próxima temporada, só quero ver se vão descer a lenha nas estrelas desses times… Acho que a realidade mudou, os tempos de NBA mudaram, os românticos devem adaptar-se ou então assistir Euroliga, pq eu vi Jordan jogar e compreendo que os tempos mudaram. NBA hj se baseia em bussiness, é só ver os casos de Garnett e Pierce nos Celtics, Nenê nos Nuggets, dentre muitos outros…

  • JJÚNIOR

    Só eu que estou achando ruim Wiggins sair?
    Poderiam dar Bennet, Waiters, escolha de primeira rodada de dois drafts futuros, mas não o Wiggins.. Um dos melhores jogadores draftados dos últimos 10 anos.
    Como torcedor do Bulls acho pior ainda essa troca kkkkkkk

  • eduardo

    para de falar merda, o jordan teve pippen, considerado o melhor defensor de perimetro da historia, e teve mais tarde rodman, para mtos o melhor reboteiro da historia, ngm ganha nada sozinho, um pouco de informaçao faz bem

    • Big Bull

      Merda é o seu comentário. O Pippen cresceu no Bulls, não chegou pronto. Virou All Star com o tempo. Juntos, Jordan e Pippen, de promissores, viraram astros.

      O Rodman quando foi contratado, estava em baixa e a contratação era considerada de risco, devido ao seu jogo na época e também pela rivalidade entre Pistons e Bulls. O Rodman teve que implorar pro Jordan, que era totalmente contra sua contratação, e no final, deu no que deu. Aposta certissima.

      Um pouco de informação faz bem. lol

      Agora vai la torcer pro time da moda.

      • eduardo

        hahahahahahhaa blz campeao, jordan jogava sozinho né? agora pq o lebron quer um time mais forte pra ser campeao ele esta errado, é cada coisa

    • Zorg

      ninguém questiona o fato do Lebron ou qualquer outro jogador querer ser campeão …. a questão não é o desejo mas sim a forma como ele se propõe a chegar isso ……
      acho que vc em vez de chamar a opinião dos outros de merda … deveria ter um pouco mais de educação e de respeito pela liberdade de opinião (se é que vc sabe o que isso significa) … além claro, de procurar ampliar as suas informações …

      • eduardo

        forma como busca? kkkkkk ele simplesmente é o maior atrativo do time e da liga, é obvio q vai usar isso pra atrair outros jogadores, ou tu acha q ele tem q fazer igual no passado e dexiar na mao so do GM? cleveland nao eh atrativa pra ngm e sem lebron continuaria assim

    • Zorg

      Eduardo … acredito que vc deva saber que Cleveland no passado já teve equipes competitivas …. e que o Cavs existia antes de LB e existirá depois que LB parar de jogar … se o GM não faz ou fez um bom trabalho (tanto no período em que LB esteve lá ou depois que ele saiu) é um outro problema … é competência …. não é isso que estava discutindo mas a forma como Lebron faz para se tornar contender ao título …. quem sabe se vc ler com atenção perceberá a diferença e não será prepotente nas suas colocações …. e por essa e por outras que vários participantes estão deixando de interagir

      • eduardo

        teve times competitivos mas nem perto de qdo lebron esteve lá e mto porcausa do lebron pq convenhamos q nao era um timaço. Lebron está masi q certo em buscar jogadores pra lhe ajudar, e sim ngm gosta de cleveland, existe mil mercados q os jogadores preferem antes de cleveland,

  • RafaelRox

    Irving, K.Martin, Lebron, Love, Varejão… seria um time de respeito.. e bem mais completo que o atual.
    E o J.J Barea ainda na minha opinião é um reserva pro Irving melhor que o J.Jack.

    Acho que nessa troca o Cavs pode tranquilamente dar Wiggins, Waiters e Bennet.

    Porque o time ja ficaria completo.

    • RodrighoN

      Time para fazer mais de 120 pontos, todos aí ja tiveram recordes de pontos acima de 20 na carreira (tirando o vareja entre 10-14) para que defesa quero ver show que nem o Suns do Nash – Stout .A trinca de jovens seria para o Wolves trocar de imediato sem barganha.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados