logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 4 nov 2015 às 16:16
Uma semana, nenhuma vitória

Lakers, Sixers, Nets e Pelicans seguem sem ganhar

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

Apenas quatro times ainda não venceram na atual temporada, iniciada na terça-feira passada. Brooklyn Nets, Los Angeles Lakers, New Orleans Pelicans e Philadelphia 76ers não conheceram o caminho dos triunfos até o momento. Em contrapartida, Golden State Warriors, Los Angeles Clippers e Toronto Raptors seguem com 100% de aproveitamento.

Primeiro, vamos falar sobre o Pelicans, classificado para os playoffs em 2014-15. A equipe parece não ter encontrado um padrão de jogo após a mudança de treinador, o que é natural no início. Apesar de todo o talento de Anthony Davis, o grupo sente a falta de outras peças importantes no elenco, como o ala-armador Tyreke Evans, lesionado, e que só deve voltar dentro de sete semanas. Já o armador Jrue Holiday está com limitação física e de tempo de quadra. Isso sem contar com o garrafão: Kendrick Perkins está fora de ação por tempo indeterminado, e o pivô titular Omer Asik ainda sente dores na panturrilha.

O Pelicans também teve uma tabela um tanto ingrata. Dos quatro primeiros jogos de 2015-16, dois foram contra o atual campeão, o Warriors. E Stephen Curry abusou da pouca mobilidade de seus marcadores, especialmente Holiday, ainda em recuperação e fez aqueles 53 pontos. Davis, coitado, não sabe mais com quem reclamar. Talvez, com o destino. O Pelicans é um dos times mais azarados e vive perdendo jogadores importantes por contusões. Vai voltar a vencer em breve e pode lutar por uma vaga nos playoffs, mas o início é pouco promissor. O elenco é quase o mesmo do ano passado, então talento não é uma desculpa. A falta de profundidade, possivelmente, é um problema. O time possui várias lacunas e o banco deixa muito a desejar, exceção feita a Ryan Anderson.

Ainda na conferência Oeste, o Lakers decepciona. E em vários aspectos. Não que eu esperasse o time vencendo tudo e empolgando, mas achei que fosse um pouco mais competitivo. Kobe Bryant, um dos maiores ídolos de todos os tempos da liga, está em uma péssima fase. Acertou apenas 32.3% dos arremessos tentados e, infelizmente, demonstra uma enorme falta de confiança no elenco e em si próprio. Tem talento suficiente para dar a volta por cima e conseguir ser ao menos sombra do Kobe que todos conhecem. Hoje, não é.

E o que dizer sobre D’Angelo Russell, segunda escolha do draft? Seu caso passa longe de ser alarmante, pois foram apenas quatro embates. Mas a pouca produção nas Ligas de Verão e na pré-temporada ligam um sinal de alerta. Pode ser um problema físico, como alegou no início do período de treinamentos. Aos poucos, ele vai conseguir evoluir. Seu grande problema, porém, parece ser a pressão por jogar em um time tão badalado quanto é o Lakers.

O brasileiro Marcelinho Huertas sofre com a falta de tempo de quadra em uma rotação apertada por vários jogadores para as posições de perímetro. Como o Lakers não joga hoje por uma vaga aos playoffs, seria interessante o técnico Byron Scott dar a ele mais chances de aparecer, enquanto acontece o desenvolvimento de outros atletas. E se ele entrar e o time crescer de produção, melhor ainda.

No Leste, o Nets sofre com um elenco ruim. Muitos jogadores abaixo da média fazem parte do plantel e depende em demasia de Brook Lopez e Joe Johnson. Já falei bastante sobre Johnson, inclusive na previsão para a temporada. Mesmo com o seu talento, ele dá a pinta de que a gasolina no tanque está acabando. O técnico Lionel Hollins não tem muito a fazer, a não ser desenvolver seus atletas para os próximos anos. Isso se ficar. Seu trabalho já é contestado (acreditem!), mesmo após levar a equipe aos playoffs no ano passado. Bizarro.

Mas também, como fazer sem um armador titular? Jarrett Jack passou a vida toda vindo do banco e, ainda que seja um jogador útil a qualquer equipe, não pode carregar o Nets na posição. O Nets não tem para onde ir em 2015-16 e deve amargar uma de suas piores campanhas.

O Sixers, por pior que esteja nos últimos anos, vê uma luz no fim do túnel. Na verdade, várias. Nerlens Noel é um brilhante defensor e quer se desenvolver cada vez mais do outro lado da quadra. Tem espaço para isso. Terceira escolha do draft, Jahlil Okafor é uma grande promessa. Precisa evoluir nos rebotes defensivos e já trabalha nisso. No ataque, é melhor hoje do que diversos titulares de sua posição em toda a NBA. Com alguns ajustes, vai se tornar uma peça fundamental para as pretensões do time. Enquanto isso, Joel Embiid se prepara fisicamente para estar pronto para, finalmente, entrar em quadra. Quando estiver é bom que fiquem de olho neste garrafão. Noel, Okafor e Embiid podem formar o melhor time na área pintada no futuro.

O que eu gostei de ver em uma semana foi o armador T.J. McConnell. Inicialmente, ele seria a terceira opção da equipe. Como Tony Wroten ainda não está preparado para estrear, virou o primeiro reserva de Isaiah Canaan. Mas ao contrário do atual titular, McConnell tem uma ótima visão de quadra e busca antes o passe ao seu próprio arremesso. Um estilo cada vez mais clássico na NBA.

A equipe de Philadelphia ainda deve figurar entre as últimas na tabela de classificação, mas o futuro é promissor.

Na parte de cima

Era esperado que o Raptors tivesse uma boa temporada. Aliás, ainda é. Só de ver o envolvimento e o comprometimento de Kyle Lowry com o time já era o suficiente para apostar nisso. Lowry perdeu muito peso e foi um dos destaques da pré-temporada. A aquisição de DeMarre Carroll, um excelente defensor, também ajuda.

Jonas Valanciunas está tendo o espaço que precisa para ser um pivô de elite. É muito jovem, mas a diretoria acredita em seu potencial. Precisa manter o ritmo e, assim, pode ser uma surpresa na votação para o Jogo das Estrelas. Não que ele garanta o seu lugar lá neste ano, porém as chances aumentam a cada ano.

No Oeste, o Los Angeles Clippers foi o time que mais contratou. E bem. É cedo para afirmar, mas Blake Griffin demonstra estar disposto para brigar pelo MVP. Era a minha aposta no ano passado. O time possui várias armas ofensivas e adicionou Lance Stephenson e Josh Smith ao elenco, dois especialistas de defesa. Embora Stephenson tenha mostrado uma demasiada preguiça na hora de marcar, ele tem talento para ser melhor. E dos dois lados da quadra. Chris Paul segue como um dos melhores de sua posição na liga e é incrível o quanto é constante. Doc Rivers só parece ter trabalho com duas coisas: os lances livres de DeAndre Jordan e Smith, além de administrar o tempo de quadra de seus principais reservas. Nesta, eu incluo Paul Pierce e Jamal Crawford.

É impossível ignorar o que o Warriors está fazendo. Campeão em 2014-15, o time está literalmente passando o carro em cima de seus adversários. Brilha porque ali tem o atual MVP em excelente fase e um grupo que sabe muito bem o que fazer com ou sem a bola nas mãos.

Muita gente reclamou nos últimos dias por conta da previsão dos prêmios que o Jumper Brasil divulgou na segunda-feira. Curry não recebeu nenhum dos 31 votos para o MVP. Mas antes de qualquer coisa, é bom lembrar alguns detalhes:

1- A previsão foi feita antes do início da temporada. Fosse ela após seu início, ele teria vários votos.
2- Eu também estranhei o fato de ele não receber nenhum voto, mas é compreensível a partir do momento em que raramente um jogador consegue o prêmio duas vezes seguidas.
3- Curry sequer foi eleito o MVP das finais. A última impressão foi a que ficou. Não jogou bem no início da disputa contra o Cleveland Cavaliers e Andre Iguodala garantiu o prêmio ao “segurar” LeBron James.

Na minha opinião, Curry sobra neste momento. Seu arremesso é perfeito. Até comentei com alguns membros de nossa equipe outro dia: ele parece entrar em uma zona só dele. Dá a impressão de que não tem mais ninguém no ginásio. Só a bola e ele.

Quanto a Cleveland Cavaliers, San Antonio Spurs e Oklahoma City Thunder, que perderam uma e venceram três, são os times que podem, de fato, brigar pelo título. Mas esse papo fica para uma outra hora.

  • RennanLAL

    Essa sexta vai ter Nets x Lakers, um dos dois vai conseguir uma vitória e eu aposto que é o time do Brooklyn.

    Pelicans ainda acho que briga por playoffs, perdeu 2 pro Warriors que não é demério, mas esse time tava sendo muito superestimado no início da temporada, lembro que até aqui no Jumper saiu uma matéria que a ESPN tava rankeando como o 8º melhor da NBA.

    • TiagoCeltics

      Vai dar empate por 0x0.

      • phelip

        Vai ter overtimes pra sempre

    • RaphaeLA

      Como eu falei lá: Perder para os 4 piores da NBA é pra demitir todo mundo.

      Nuggets – Derrota em Casa
      Wolves – Derrota em Casa
      Nets – Pendente
      76ers – Pendente

  • Dubnation

    D’Angelo Russell vai ganhar o premio BOY , Bust of the year !

    • Bruno – Los Angeles Lakers

      Brazuca e foda… 4 jogos e já chama o cara de bust , se jogar 4 bons jogos já pedi all-star pro mlk !

      • Killer Crossover

        É o mesmo caso do Wiggins, ano passado ganhou o ROY, essa season já ta mais discreto e geral falando que o moleque não tem futuro, que é farsa, etc. Andrew Wiggins tem muito potencial e vai queimar a língua de alguns. Quanto ao Russell, jogando na mesma rotação que o Kobe e Clarkson só tende a sofrer pra demonstrar seu basquete (o que não o define como bust).

        • Bruno – Los Angeles Lakers

          A galera não tem paciência e já tiram conclusões precipitadas !

          • Pedro

            Dá para ver que essa opinião é comum entre os recém fãs de NBA, torcedores dos Warriors! hahahah

    • cleberson23

      Acho um bom jogador com potencial. O problema é que joga em um time bagunçado ( ninguém faz milagre) e acho que está muito inibido jogando ao lado do Kobe.

      • phelip

        Entrou cedo demais na nba, devia ter esperado mais 1 ou 2 anos porque a inexperiência tá batendo forte

    • Rubem Figueira.

      ele ainda poderia ter ido pra phila…Deusolivre….enquanto isso o Mudiay ta mostrando otimo potencial.

  • Erick

    Dá até tristeza em ler sobre o meu philly :/

    • Rubem Figueira.

      Acho q se a gente fizer um tank de vdd….pra ficar em 1 nao em 3 no draft ja tem uma luz …Ano que vem tem otimos SF….se pergamos um PG bom na Free Agency ja temos um time pra comecar.

  • Leo R.

    Colocaria, hoje, o Clippers junto na disputa pela briga do título. Nets e 76ers por enquanto os favoritos pra pior campanha, mas vejo outros times nessa barca. Lakers e Pelicans ainda vão melhorar, mas em um disputado Oeste, se demorar muito os Playoffs ficam bem distante.. Falando em offs, no momento, não arrisco times p/ 7ª e 8ª posição do Oeste, até porque não vejo favoritos pra isso..

    • TiagoCeltics

      Parece que Memphis vai dar uma caída esse ano.Essas duas ultimas vagas ficam entre Mavs,Jazz,Kings e Pelicans,mas,como vc disse,se NO continuar desse jeito nesse início vai ser difícil recuperar.

      • Leo R.

        Exato, concordo. Hoje eu colocaria o Mavs como favorito dos 4, pela experiência do grupo e pelo técnico. Mas só o tempo dirá

  • Lucas

    Eu já esperava isso de Sixers/Nets .Mas o Pelicans é uma surpresa ,com a pior defesa ainda por cima.

    • Nilton Junior

      Pior defesa é a do chicago só por ter tomado 130 pontos dos HORNETS!!
      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • ThiagoMagic

    Se os garotos de Orlando continuarem jogando assim, vamos brigar por playoffs!

  • Rafael Victor

    “É impossível ignorar o que o Warriors está fazendo. […] UM GRUPO que sabe muito bem o que fazer com ou sem a bola nas mãos.”

    É isso aí!

    • phelip

      Fala isso pros GM’s

  • gabrielnba

    Não vou dizer decepção, mas o pior de todos ai é o Pelicans, a maioria apostando em um 6, 7:lugar no Oeste( incluindo eu), é obvio que tem MUITOS jogos ainda, mas sei não, esse inicio o Pelicans tá sem defesa, e o Anthony Davis não começou bem a temporada, é monstro, mas ainda espero mais dele, a maioria lá colocou ele como principal candidato a MVP, mas ninguem lembra que o Pelicans nem fica entre os 4.

    • Lucas Ottoni

      Davis não será MVP de jeito nenhum. Não no Pelicans.

    • phelip

      Decepção mesmo é o Lakers, elenco melhor e nenhum padrão tático. Pelicans tá sofrendo com lesões e o treinador mudou, vai melhorar ainda.

  • Eu como muitos estava descendo a lenha no Kobe e no D’angelo, até que comecei a analisar o jogo dos Lakers como um todo, e foquei no padrão tático da equipe, ai notei que não existe um padrão tático. Por incrível que pareça o time é mais desorganizado do que na época do Mike D’antoni. Kobe tem forçado jogadas sim, mas a culpa maior é da ausência de um playbook, um rookie cru e um veterano no fim da carreira jogando naquela zona dificilmente renderiam algo.

    Clarkson e Randle por outro lado são muito mais jovens que o Kobe, e mais experientes que o Russell, o que lhes permite ligar o dane-se para o que o Scott tenta fazer, e é ai que eles se destacam e pontuam bastante.

  • phelip

    raptors

  • Julio Zago

    O Lakers está colhendo os frutos de seus erros administrativos. Kobe não precisava de mais uma temporada, ainda mais considerando que com o cap investido nele o time pouco poderia se reforçar, sem falar que talvez sua presença seja uma fator negativo para a aquisição de alguma estrela.
    O técnico escolhido também está longe de ser uma unanimidade, muito pelo contrário, acredito que os torcedores do Lakers possuem sérias restrições a seu trabalho, principalmente na parte defensiva.
    Por fim, parece que o time fez uma opção absolutamente equivocada no draft, considerando a bola que joga o Okafor e o fato de já contar com Clarkson em seu plantel não se justifica a opção por Russel. Okafor inclusive já mostra condição de ser um franchise player, Russel ainda está muito longe disso.

    • Tássio Marcel Hoffmann Coelho

      Falou tudo. Eu imagino que deve ser dificil o cara tomar a decisão de encerrar a carreira. Mas o Kobe deveria ter parado por cima. Ta se arrastando agora, cheio de problemas e o Lakers de maos atadas por causa disso.

    • Pedro

      É inegavel que o front office do Lakers vem cometendo vários erros. Mas não podemos nos esquecer que a origem de tudo foi quando a liga negou a troca por CP3. O time poderia muito bem ter brigado por titulos nos últimos anos, e seria um destino muito mais atrativo para FA’s.

      Mas virando a pagina, ainda acho muito cedo para dizer que o Okafor será um jogador melhor que o Russell. Ainda é começo da primeira temporada dos dois, e ambos terão que melhorar muito para se tornarem estrelas na liga. Ainda acho muito pouco um cara com 7ft pegar tão poucos rebotes e proteger pouco o aro.
      Para quem não sabe o Russell não era tão conhecido quanto outros saindo do high school, mas foi campeão nacional duas vezes e foi recrutado como 5 estrelas (inclusive foi um Mc Donald’s all american). Também acho que ele está devendo, mas acho ainda muito cedo para falar que foi uma escolha errada.

      • Julio Zago

        Você tem razão Pedro, não dá para cravar que Okafor será melhor que Russell, mas até esse momento parece ser, mas não acredito que a escolha foi equivocada só considerando a capacidade dos jogadores, como eu já disse, o LA tem Clarkson em seu plantel, portanto para mim parecia mais lógico que a escolha fosse por uma jogador de garrafão para atuar junto com Randle. Sou também ciente que minha opinião não é unânime, mas penso que Randle e Okafor poderiam formar uma excelente dupla de garrafão e ser a base da renovação da equipe.
        Abraço

        • Felipe Rodrigues

          Com Randle, Okafor e Clarkson o Lakers poderia ter o seu BIG3 pós Kobe, acho que vacilaram em escolher Russel.
          Não estou dizendo que Okafor tera uma carreira melhor que Russel, nada disso, o que digo é que na minha opinião Jahlil seria uma opção melhor tendo em vista a escassez de pivos ao redor da liga, Russel tem tudo pra ser um grande atleta, mas convenhamos bom armador é o que não falta na NBA.

    • Concordo com tudo

    • RaphaeLA

      Agora pense em uma defesa de garrafão de Okafor e Randle.

  • A grande surpresa está sendo Toronto. Bateram no OKC ontem jogando o fino, com muita segurança.

    Lowry está tendo uma temporada que beira a perfeição e Demar Derozan FINALMENTE parou de forçar arremessos. Está muito promissora a temporada dos canadenses.

    Sobre o Lakers, é difícil esperar muito mais. O time é fraco e seu melhor jogador está em má fase. O novato tem potencial, mas é importante lembrar que no High School ele não era ninguém e só jogou 1 temporada universitária. Tem tanto potencial para ser um sólido jogador quanto para um Bust magnânimo.

  • Felipe Rodrigues

    Essa galera de Orlando ta querendo jogo heim. Olho neles.

    • Murilo Moore

      Acredito que o Orlando vai brigar por vaga nos Playoffs!

  • THE BULLS23

    Kobe fez maior bobagem da vida retornando para esta temporada.

    • Lucas

      Ganhando o salario que ele ta ganhando?

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados