logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 8 nov 2015 às 15:02
Agente livre em 2016, Beal assegura: “Não quero sair do Wizards”

Ala-armador vive ótima fase após não fechar extensão prévia de contrato com Wizards

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Se o Washington Wizards ainda não empolga, Bradley Beal vive seu inquestionável melhor início de temporada na NBA. O ala-armador de 22 anos esteve presente nos cinco jogos da equipe, registrando 25.0 pontos em média com quase 50% de conversão nos arremessos de quadra. No entanto, diferente do que muitos imaginam, as atuações não são uma resposta para a franquia por não ter estendido seu contrato previamente na última offseason.

“Eu esperava que fôssemos chegar a um acordo. Não aconteceu. Foi frustrante no início, mas entendo a situação. Não podia ser egoísta ou pensar que sou descartável, pois esse não é o caso. A equipe só está sendo inteligente com seus investimentos e respeito isso. No fim das contas, acho que esperar o ano que vem fez sentido para os dois lados”, contou o titular, em entrevista ao site Yahoo! Sports na semana passada.

Para o Wizards, adiar as negociações de extensão com Beal significou não comprometer sua folha salarial e manter condições de contratar Kevin Durant na próxima offseason. O atleta, por sua vez, poderá fechar um contrato mais longo esperando até julho de 2016. Ele já disse que quer um contrato máximo – que deve atingir US$120 milhões em cinco temporadas no ano que vem –, mas, acima de valores, está a vontade de ficar em Washington.

“É aqui que eu quero ficar. Não estou procurando outras franquias porque não quero sair do Wizards. Acredito em nosso time e sou uma peça importante do elenco. Sei que a NBA é um negócio e não posso deixar-me abalar por isso. Preciso apenas entrar em quadra e esforçar-me para ganhar o que mereço, não importa se será o máximo ou não”, afirmou o jogador, que teria recusado proposta de US$64 milhões por quatro anos na offseason.

Leia mais
Depois de derrota, Popovich elogia John Wall e Bradley Beal
“Wall e eu formamos a melhor dupla de armação da NBA”, crava Beal

O ala-armador não quer sair, mas será que os dirigentes de Washington ainda vão querer sua presença por um alto salário se trouxerem um grande reforço? Ele acha que sim e não perde noites de sono pensando na hipótese. “Eu não me preocupo com isso. Só estou preocupado com a temporada e em tudo o que posso controlar. Entro em quadra e deixou que meu jogo fale por mim. Sei que estou no Wizards e, aqui, torço para continuar”, encerrou.

Sem a extensão contratual, Beal será agente livre restrito ao fim desta campanha e poderá negociar com qualquer equipe na offseason. O Wizards ainda tem a chance de cobrir as propostas que chegarem ao jogador para garantir sua permanência no elenco. Terceira escolha do draft de 2012, o jovem registra médias de 15.8 pontos, 3.8 rebotes e 3.0 assistências em 197 partidas como profissional.

  • E ótimo pontuador e só, no resto é bastante limitado. De jeito nenhum vale contrato máximo.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados