logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 21 nov 2015 às 14:37
Destaque entre novatos, Towns avisa: “Não sou um produto terminado”

Primeira escolha do último draft quebra recordes com só 13 jogos na NBA e garante foco em seguir melhorando

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

O ala-pivô Karl-Anthony Towns precisou de apenas 13 jogos para deixar todos no Minnesota Timberwolves convictos de que escolheram o atleta certo com a primeira escolha do draft de 2015. O calouro tornou-se o primeiro jogador de menos de 20 anos a estrear na NBA com dois duplos-duplos e registrou outros seis nas dez partidas seguintes que disputou. Todos já estão impressionados com seu basquete, mas ele garante que isso é apenas o início.

“Eu não sou um produto terminado”, afirmou Towns, que completou 20 anos nesta semana, em entrevista ao site Basketball Insiders. “Quero continuar progredindo como jogador, tornar-me o melhor atleta que puder para ajudar o Timberwolves e tentar levar nossa equipe a um lugar em que jamais estivemos antes”.

O destaque de Towns não se limita apenas aos estreantes desta temporada. Além de liderar os calouros em rebotes (10.7) e tocos (2.4), o primeiro selecionado do recrutamento está entre os dez melhores da liga nos dois quesitos. As ótimas atuações vieram mesmo enfrentando alguns dos melhores jogadores de garrafão da NBA e, para o jovem, os desafios trazidos por cada um desses adversários só ajudam em sua evolução.

Leia mais
Primeira escolha do draft, Towns quer aprender a ser campeão com Garnett
Primeira escolha, Towns prioriza levar Twolves de volta aos playoffs

“Eu tenho aprendido muito com as partidas que disputei até agora”, contou o ala-pivô. “Você sempre aprende alguma coisa jogando contra grandes pivôs, como Marc Gasol, Zach Randolph e Hassan Whiteside. Isso ajuda bastante porque todos têm alguma coisa especial para ensinar. Poder enfrentá-los contribui muito para meu jogo e também para conhecer-me melhor como jogador”.

Para ser bem sucedido de imediato, Towns desafia a maior rodagem dos adversários na NBA com sua condição atlética e versatilidade. “Eu venho trabalhando duro para ser capaz de contrabalancear a experiência e força deles com minha velocidade, rapidez e habilidades diversificadas”, revelou. “Trabalho para ser o mais versátil que puder. Assim, não importa qual seja a situação, eu sempre poderei me destacar”.

Towns tem média de 15.8 pontos, além dos já citados 10.7 rebotes e 2.4 tocos, atuando como titular nos 13 jogos do Twolves nesta campanha. Nos últimos 30 anos, só sete jogadores registraram 15 pontos e dez rebotes em média nas dez primeiras partidas da carreira: Tim Duncan, Blake Griffin, Chris Webber, Shaquille O’Neal, Dikembe Mutombo, Patrick Ewing e David Robinson.

  • Maicon Gomes

    Com certeza não é um produto terminado
    O teto de evolução desse cara é muito alto, o céu é o limite!

    Ps: Muito bom ver novamente Pivôs com qualidade surgindo na liga.
    Cousins, Drumond, Towns, Okafor ..
    Tomara que continue assim nos próximos drafts.

  • Alisson-Bulls

    No maximo um Al Horford (O que é muito bom), e no mínimo um Taj Gibson.

    • Alex_CFraga

      Potencial do Towns vai muito alem de Al Horford …

      • Doug

        Que isso…acho que o cara vai muito além desses dois…já bota ambos no bolso e ainda é novo demais e vai evoluir muito…novato do ano!

        • Juan Gabriel

          nao, ele não bota o Horford no bolso.

          • Alex_CFraga

            Nao coloca ofensivamente.. Mas em pouco tempo sera melhor… E na defesa, é bem mais eficiente…

  • Wanderlan

    Não sendo um Joaquim noah ta bom

  • BetoMavs

    Essa classe de 2015 é top Towns, Porzings, Okafor e Mudiay já estão fazendo a diferença em seus times e Winslow, Stanley Johnson, D’Angelo Russel e Hezonja estão começando a conquistar espaço em sua equipes. Estão bem melhor que os jogadores da badalada classe de 2014 em seu ano de estreia.

    • Na verdade se olhar o Draft como um todo 2014 é melhor que 2015. A questão é que os jogadores do topo da loteria estão sendo efetivos [jogando realmente e impactando] e isso na classe de 2014 na prática aconteceu com Andrew Wiggins & Jordan Clarkson que é um steal tão forte que nem na classe de 2015 se repetiu tal fenômeno, se olhar nas médias depois que você saí do primeiro round o resto dos jogadores de 2015 fazem apenas figuração ou já estão na D-League.

  • vitorhugoj3

    Ultimamente venho acompanhando alguns jogos do Wolves, e realmente, Towns possui um grande talento. Apesar de ser apenas um rookie, já o vejo como um dos pilares de seu time. Caso continue a evoluir seu jogo, futuramente tem tudo pra tornar-se um dos grandes jogadores da liga. O talento está ali, basta apenas concentrar no basquete, que com certeza colherá bons frutos…

  • Olavo #RipCity #Emerging

    Vai ser do mesmo nível do AD, no mínimo. Dominante nos dois lados da quadra já no primeiro ano de liga.

  • Matheus Oliveira

    Vai ser estrela na Liga.. Ele e o Porzingão

  • Rodrigo Santos

    Towns vai ser aquele tipo de jogador que domina todos os fundamentos. Arremesso, passe, defesa, jogo de costas e Footwork. Tem tudo para ser um bom jogador.

  • Rafael Victor

    É isso aí, mlk!

    Achava até que o Stanley Jonhson ia roubar a cena entre os novatos, mas o Towns tá na frente de qualquer um! Porzingis, Mudiay, Winslow, Okafor e cia. vem depois dele!

  • RennanLAL

    Tá vindo uma boa classe de bigman vindo da NCAA, onde eles são bem completos nos dois lados da quadra. Primeiro foi o Anthony Davis, agora foi o Towns e no ano que vem tem o Skal Labissiere que tem essas mesmas características.

  • João Rafael Barros

    Quem falou em Okafor? Sempre falei bem do Towns e sempre falei que o Okafor nao é o que vcs pensam.

    E agora? É óbvio que o Minnesota escolheu o cara certo.

    O Okafor só ta jogando assim pq o 76ers é fraco. Podem anotar: O Okafor nunca vai ser dominante nem NADA. Exceto First Team do Novato.

  • Fernando

    Vai mais longe que o AD, certeza. Towns tem mais 2 futuros allstars na sua equipe para ajuda-lo, e talvez mais um em futuro draft. AD escolheu ganhar dinheiro, vai virar um Aldridge, ganhar nada por conta do time fraco ao seu redor, quando chegar na casa dos 30 vai correr atrás de título.

    • Juan Gabriel

      Cara, analisar o momento atual e criticar a ação de tempo atrás do jogador é de um anacronismo extremamente sacana. AD não assinou com o Pelicans APENAS por causa da grana. O NOP tinha acabado de terminar uma season onde conseguiram chegar nos offs com um, aparente, bom time e com tudo pra evoluir. Tyreke, Gordon e DAvis terminaram muito bem a temporada passada e tudo levava a crer que o time voltaria com evolução. Porém, as enormes contusões e a falta de um banco fez com que as coisas desandassem. No entanto, não tem nada definido sobre o futuro do NOP. Pode não dar em nada, como pode sim dar em muito…acho preciptado DEMAAAIS fazer uma previsão negativa.

      ps: não acho que Towns tenha um teto maior que o AD.

      • Fernando

        Tyreke e Gordon, 2 preguiçosos, infelizmente essa é a verdade. Eric Gordon vem sugando NewOrleans a muito tempo, fazendo corpo mole, quem acompanha sabe. Sixers deu o chapéu do milênio nos caras passando o Holiday bixado. AD ter mais teto que o Towns pode até ser. Mas como time, o Cidades está muito melhor servido a médio/longo prazo. Não sou mãe Diná, mas tenho convicção que irá existir um basquete antes e outro depois de Porzings, simplesmente esse muleque não tem teto, knicks não escolheu um rookie, mas sim uma dinastia, será engraçado ver o Melo virar coadjuvante, só NY servir esse muleque com um time competitivo, nem vai precisar panelar.

      • Viicente Machado

        Teto do Davis é óbvio que é maior. A questão é ver se o Pelicans vai conseguir trazer alguém pra complementar ele, Tyreke, Gordon e Anderson podem até ajudar em algo, mas o máximo que dá pra fazer com eles é pegar um 7 lugar no oeste, e esse ano pelo começo do time fica difícil reverter, acredito que temos que esperar mais umas 2 temporadas. E esse time do Wolves fez um trabalho perfeito, reuniu jovens com grande potencial, e ainda veteranos como KG e Miller para administrar esses jovens, time tem tudo pra ter um grande futuro.

  • Estava olhando alguns vídeos [até porque era criança na época] e quando eu vejo os traços físicos com a qualidade técnica que KAT possui me vêm a cabeça o nome de Alonzo Mourning… As semelhanças com o rookie Z-MO são absurdas e até acreditava que o teto com Big Horford já estava de bom tamanho, mas Towns tem velocidade superior e com a experiência vai ficar ainda melhor.

  • Rubem Figueira.

    Quem fala que Okafor não é tudo isso….so pontua porque o phila é ruim…nao viu um jogo dele sequer…ele tem um jogo de costa pro aro de um veterano…ta fazendo uns blocks… roubos de bola…Pra mim a estrela do Minnesota é o Winnggs fica facil jogar do lado dele…Rubio sem lesao é um baita jogador…ter Garnet de Mentor é um baita privilegio pro Towns…Essa turma é muito boa Porzings…Mudiay…Russel(mesmo nessa pressao)o muleke vai vingar…Winslow pra mim so me lembra o Leonard do SAS…Stanley johnson…Hezonja…acho que temos que esperar nao podemos desmerecer 1 pra levantar o outro….muitos falavam do Mudiay porq foi pra China e ele ta arrebentando….eu mesmo queria ele no phila pois nao sabia da 2 lesao do Embiid….Na minha opniao o Winggs tem o Maior teto do Minnesota…Towns joga muito mais nao vai chegar no teto do AD…nao to falando de carreira e titulos…e é isso kkk

  • lucas

    E diziam que a classe de 2014 era a melhor desde 2003 e a desse ano era apenas uma classe média, vai entender.

  • TRUETHIAGO

    Esse último parágrafo dá uma demonstração de mais ou menos o nível do qual Towns pode vislumbrar na carreira.

    Bom, como disse antes, até eu que vi a maioria dos jogos de Kentucky na temporada passada e portanto sabia o que estava vindo, estou espantado com tudo que ele já fez nesses jogos iniciais.

    • Doug

      Sem dúvida. Esse é o mais completo da classe. Se o KP não levar os Knicks aos offs, o prêmio de novato do ano do Towns. Tem muita personalidade, joga bem dos dois lados, já impacto o jogo de ambos os lados e possui um arsenal ofensivo bem diversificado. Agora, se o Kristaps mantiver esse nível de ontem, já era para qualquer um.

  • luiz

    O cara com marcas q só grandes jogadores tiveram, não pra menos o Minessota vem surpreendendo, nesse ritmo, daqui a pouco vão estão ponteando no oeste e fazendo sombra pra San Antonio, Clippers(esse se pararem as brigas), mas não ao Golden State q ainda tá bem acima

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados