logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 8 dez 2015 às 14:23
DeMarcus Cousins se culpa por atual fase do Kings: “Eu sou o problema”

Jogador teve um aproveitamento de 29% nos arremessos nas últimas quatro partidas

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

Após Rajon Rondo externar para a imprensa sua vontade de ser líder do atual elenco do Sacramento Kings, foi a vez do pivô DeMarcus Cousins chamar a responsabilidade para si, depois de três derrotas seguidas da equipe na temporada 2015-16.

“Tenho jogado como lixo, esse é o nosso problema”, afirmou o jogador após a derrota do Kings por 98 a 95 para o Oklahoma City Thunder. “Não quero dar nenhuma desculpa [referindo-se a lesão nas costas], eu sou o problema, estou jogando como lixo”.

No início da atual campanha, Cousins foi uma das maiores surpresas da NBA, principalmente pela adição de arremessos de longa distância ao seu jogo. Nos primeiros três jogos, o jogador de 25 anos alcançou médias de 22 pontos, 11 rebotes e aproveitamento de 42% nos arremessos de quadra. Porém, o pivô ainda não conseguiu embalar uma sequência de jogos na temporada. Dos 22 jogos do Kings, Cousins participou de apenas 14, sendo que o maior número de partidas alcançadas de forma consecutiva foram cinco. Até aqui, o jogador já perdeu partidas por suspensão, lesão no tendão de Aquiles e uma contusão nas costas.

Leia mais
Cousins revela problemas de vestiário no Kings
Com lesão no tendão de Aquiles, Cousins deve perder pelo menos dois jogos
Prevendo nova função, Cousins crava: “Não me considero um pivô”

Cousins voltou às quadras sem se recuperar 100% da lesão nas costas, e parece que o problema continua afetando seu jogo. Nos últimos quatro jogos desde que retornou ao quinteto titular, o Kings venceu apenas uma partida, e o jogador teve números bem abaixo dos alcançados no início da temporada. 18.5 pontos e 8.8 rebotes até podem ser considerados números acima da média geral da NBA, assim como se espera de Cousins, porém, o pivô acertou apenas 29% de seus arremessos tentados, e converteu três bolas de longa distância em 19 tentativas.

Na partida que antecedeu a forte autocrítica, Cousins acertou cinco de 20 arremessos, e três de nove lances livres, erros que se evidenciaram com a derrota por três pontos. Segundo informações do jornalista Brian Windhorst, da ESPN, Cousins não está com a mesma movimentação de tempos atrás, e especula-se que o jogador também pode estar fora de forma, fato que o pivô preferiu não responder.

“Eu nunca estive em uma sequência como essa”, respondeu Cousins. “É difícil conseguir ritmo quando você não vê a bola cair com a frequência que você está acostumado. É uma questão mental agora. Preciso me manter positivo, continuar treinando e entender o que está acontecendo”.

Nas 14 partidas disputadas, Cousins alcançou médias de 25.2 pontos, 10.5 rebotes e 40% de aproveitamento de quadra, números semelhantes aos primeiros 14 jogos da temporada passada, quanto teve médias de 23.1 pontos, 12.3 rebotes e aproveitamento de 51% nos arremessos com dois minutos a mais em quadra. Na noite desta terça-feira, Cousins e o Sacramento Kings receberão o Utah Jazz.

  • Rodrigo Morais

    Bom jogador, mas pra min nunca vai chegar ao “próximo” nível como alguém que é determinante pra times ganharem anéis.

  • Alisson-Bulls

    Vem pro Bulls, bota o Noah do lado dele, só precisa se preocupar em atacar.

  • MarcoLakers

    Lakão te espera, Cousins.

  • Guilherme Prates

    Caraca, o Cousins é muito desequilibrado! PQP! E muita gente pira nele.
    Esporte não é só físico + técnica, não. Tem muito de psicológico no lance.

    • MDias

      Concordo colega! Esporte não é só físico e nem só técnica. O aspecto psicoemocional conta muito também.

  • Matheus Oliveira

    Mais bipolar da liga.. Ele e o Howard se tivessem cabeça e noção do talento que possui, seriam monstros. Espero que o Okafor não vá por esse caminho, que consiga conduzir a carreira de maneira correta

    • Esteferson Matos

      Howard e talento na mesma frase não combinam, Howard foi simplesmente dominante, devido seu imenso potencial físico…

      • dn

        mas o howard com a cabeça no lugar e saudavel eh um puta de um jogador,dominante e excelente na defesa

        • Esteferson Matos

          Estamos falando de talento, quanto ao domínio, para mim quando jogou no Magic principalmente foi um pivô dominante, hoje vive de lampejos..

      • Guilherme Prates

        CONCORDO TOTALMENTE!
        O Howard não seria selecionado pra NENHUM All Star se tivesse o físico do Olajuwon, por exemplo (que não tinha lesões, mas era franzino perto do Howard).

    • Dubnation

      howard nao é mais dominante pelo problema q teve nas costas , nao tem nada ver comparar ele com o temperamento do cousins

      • Matheus Oliveira

        E no Lakers foi o que, mano ?
        Howard é problema no vestiário por todas as equipes que passou. Agora não é mais dominante, realmente. Howard perde a cabeça em muitos jogos

        • Dubnation

          q eu saiba a briga msmo foi com o kobe , e todos nos sabemos como funciona o ego do kobe nao é ?

  • Esse cara tinha tudo para ser dominante, até talvez criar uma dinastia com uma equipe minimamente talentosa ao seu lado, mas não…tem uma cabeça de vento que não permitirá jamais atingir o próximo nível. Pena.

  • Pierry Silva

    Ele parece estar começando a amadurecer. Talvez o fato do Rondo ter chego e assumido a responsa de ser o líder tenha feito com que ele se tocasse.

  • Rafael Victor

    Admitir que é o problema já pode começar a ajudar alguma coisa!

  • Augusto

    Vem pro Magic, meu fio.

    Mandamos Vucevic + Oladipo pro cês.

    • Diego

      Tá zoando, né?!

    • Renato

      Ainda bem que o Magic não pensa igual a você rsrsrs, trocar 2 caras com potencial All Star e bons de relacionamento, por 1 cara All Star que só gera problemas dentro da equipe??? Loucura total.

      • Augusto

        Vocês precisam ver o que os gringos fanáticos pelo Magic já colocaram num pacote pra oferecer pelo Cousins.

        Eu coloquei um bom Center que não sabe defender e um ótimo defensor de perímetro que não sabe arremessar por um cara que já é provado, que treinado pelo Skiles pode desenvolver disciplina técnica e pessoal.

        Só pra dar mais embasamento: Oladipo e Payton não é um bom combo, eles não sabem arremessar, e é exatamente por isso que o Oladipo vai ser 6th man essa temporada. Vucevic é muito soft para tomar conta de um garrafão que não tem um PF que proteja aro.
        Se o Magic não trouxer nenhum protetor de aro para a posição 4 e se a ideia da franquia for manter o Elfrid como um dos pilares, infelizmente Oladipo e/ou Vucevic vão ter que ser trocados.

        • ThiagoMagic

          Cara para de falar besteira, oladipo vem melhorando muito seus arremessos e tanto ele como vucevic são bons de grupo, isso é muito importante, é só comparar as campanhas de kings e magic… É verdade que precisamos de um PF p proteger o aro, mas entregar os dois é voltar no processo.

          • Augusto

            Oladipo finalizou a temporada passada com .436 de FG% e .339 de 3FG%. Até agora ele está com .395 e .270. Eu sinceramente acho que isso não significa melhora, inclusive significa que ele está tentando assumir um papel que não é para ele.

            Ano que vem ele entra no último ano de contrato de rookie. No final desta temporada o Fournier vai ser RFA. E aí, vai deixar o nosso melhor scorer ir embora para poder ter cap para absorver o Oladipo, que possivelmente vai querer alguma coisa ali perto do MAX ?

            Não vai ter como manter dois alas-armadores com salários altos. E neste momento, se for pra envolver alguem em uma troca, pensando no valor de mercado e no entrosamento com os outros jogadores, eu prefiro que seja o Oladipo, por mais que eu goste muito da energia que ele trás pro jogo.

            Infelizmente não é NBA 2k.

          • Doug

            Que isso, cara…eu não trocaria o Oladipo nunca pelo Fournier…Oladipo é potencial FP e ainda é o jogador mais completo do time…uma quedinha de rendimento e já pensam em largar o cara…que isso…tem certeza que está pensando no time?

          • Esteferson Matos

            Oladipo é muito bom, entretanto precisa se firmar como o jogador que esperamos que ele seja, acho que já estamos passando da hora, nesta temporada já o esperava sendo o FP do time, mas acabou virando sexto homem…

          • Doug

            Concordo com vc, mas daí a optar em manter o Fournier ao invés do Mr. 360, eu optaria por este último sem pestanejar, caso não pudesse manter os dois. Ele veio do Draft (de 2013, que convenhamos, no geral não era muito interessante, embora tivesse seus valores) com pressão de segunda escolha e muito esperança e até então, nas duas primeiras temporadas, não havia desapontado. Claro que se esperava uma evolução maior e etc…porém, não creio que haja motivo para se desfazerem dele, até porque o projeto do Orlando está se encaminhando. Além do mais, ambos ainda não atingiram o seu limite e creio que o teto do Oladipo seja maior…o ideal era que se mantivessem ambos, porém, caso seja necessária a opção, eu ficaria com o Oladipo…

    • ThiagoMagic

      Vtnc p la

  • Renato

    Cousins em uma equipe competitiva, talvez coloque sua cabeça no lugar, de qq forma tá longe de ser o Franchise Player que muda o rumo de uma franquia, agora talento nele existe de sobra, só depende dele.

    Hoje a franquia mais adequada para ele seria o Celtics, por ter uma carência no garrafão, ter um grande técnico e um elenco unido e trabalhador, ou seja, ele teria um ambiente favorável para verdadeiramente mostrar seu potencial.

    Uma proposta justa seria SMART + LEE + Pick NETS 2016

  • Lord Cuban

    O rei das estatísticas vazias… Kevin Love 3.0

    • Esteferson Matos

      Não o queria em Dallas?

      • 76

        Rapaz, prefiro o Okafor. Anote aí: Okafor será um dos jogadores mais dominantes da liga.

        • Bruno Hornets

          Okafor = Big Al com hype.

        • Esteferson Matos

          Tem um potencial ofensivo legal, tem que trabalhar muito defensivamente, tendo em vista que este é o seu ponto fraco, precisa também tomar menos blocks, mas ele é um jovem promissor em seu primeiro ano de liga.
          Hoje vejo Towns, KP e Okafor em um mesmo nível, sendo que na minha opinião o mais talentoso é o Towns, mas nem sempre o mais talentoso, se torna o melhor…

      • 76

        Rondo deixa ele livre pra arremessar e ele faz merda. Incrível

      • Guilherme Prates

        Pra queê? Pra arrumar briga no elenco, brigar com o treinador e ficar de biquinho pq Dallas considera o Dirk (MUITO) mais que ele? Tipo Rondo?
        Não mesmo, obrigado… rs

  • Doug

    Esse aí parece que não lida bem com a pressão…é um grande jogador, mas precisa trabalhar e muito o lado psicológico de ser um astro e âncora do time…enquanto os Kings dependerem de caras assim, fica difícil se esperar alguma consistência, pois no conjunto, podem arrebentar em alguns jogos, no entanto, quando se espera algo mais perene deles, de fato, é aí que o time não vai para a frente…têm um elenco muito interessante, mas um tanto quanto problemático e errante…ele precisa, de fato, ter com quem dividir os holofotes, mas alguém mais centrado e equilibrado, não Rajon Rondo e Rudy Gay (que são ótimos jogadores)…o pior é que essa cultura do time já vem perpetrando há anos…

  • Daniel Azevedo

    Não sei vocês, mas senti uma certa cavada nessa declaração do Cousins.
    No estilo, não estou sendo capaz de guiá-los, logo seria melhor se vocês me trocassem enquanto tenho valor.
    Cousins é um baita jogador, mas o tempo está passando e ele está amarrado numa franquia sem futuro. Celtics seria um bom destino pra ele.

  • Danilo Veroneze

    o bad boy cousins monstrando humildade. oq seria isso , o fim do mundo?

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados