logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 11 dez 2015 às 08:28
Byron Scott confirma intenção de manter Kobe fora de momentos decisivos

Redução de minutos do veterano visa acostumar jovens do elenco com pressão de decidir partidas

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Eduardo Ribeiro

O placar da partida entre Los Angeles Lakers e Minnesota Timberwolves acabou empatado ao fim do último quarto e a equipe angelina precisou de uma cesta nos segundo finais para garantir a igualdade e levar o jogo para a prorrogação. Seria mais um jogo comum caso algo que ninguém está acostumado a ver tivesse ocorrido: Kobe Bryant estava no banco de reservas durante os momentos decisivos. E isso pode se tornar cada vez mais normal.

“Isso vai acabar acontecendo de qualquer jeito”, afirmou o técnico Byron Scott, sobre a ausência do veterano nos momentos finais da partida. “Irá chegar uma hora, provavelmente na segunda metade da temporada, em que Kobe não irá atuar por muito tempo no último quarto, assim os jovens da equipe podem evoluir.”

Para o técnico, os jovens valores da equipe precisam se acostumar com a pressão de decidir uma partida e a presença de Kobe faria com que a responsabilidade caísse sobre ele. “Eles irão jogar e provavelmente vão falhar algumas vezes, mas no fim das contas, eles ficarão mais confortáveis com a situação  e irão melhorar com o tempo”.

A decisão de ficar fora dos últimos momentos do jogo contra o Wolves partiu do próprio jogador, que queria analisar como os novatos iriam se sair e até aconselhou um deles, o armador D’Angelo Russell. “Eu disse ‘ouça, eu já fiz vários arremessos como esse, mas também errei muitos. É a sua primeira chance e não será a última. Está com você’ “, relatou Kobe sobre sua conversa com o novato, que converteu a cesta que empatou a partida.

Em 19 partidas na temporada, Kobe acumula médias de 15.9 pontos, 3.9 rebotes e 3.2 assistências, com um aproveitamento de 30% nos arremessos de quadra.

  • Zorg

    Se realmente essa for a ideia do BS, perfeito ..

  • Renato

    Vergonha o que Sixers e Lakers tem feito nas últimas temporadas. 2 franquias tradicionais e vencedoras se sujeitando a perder jogos por causa de draft, dá até nojo.

    Obrigado Ainge por nos livrar desse fardo, e fazer da nossa reconstrução um modelo de sucesso. Desenvolver uma cultura vencedora é tão importante como ter grandes talentos.

    • Marcio

      Pelo jeito o seu negocio e esculachar o Lakers ne!!! Vai comemorar a construção do seu time e vamos ver quem vai ser campeão primeiro, o modelo de gestão do seu Celtics, ou a vergonha de construção do Lakers, como vc gosta de fala!!

      • Pedro

        Discordo, acho que no caso do lakers a expectativa não era tankar, acho que a franquia só fez más escolhas. E está pagando também por tentar dar mais uma chance de titulo para o Kobe trazendo Nash e Howard. Nesse ponto não podemos condenar a diretoria do Lakers que preferiu sempre reconhecer um de seus maiores ídolos, e não troca-lo para facilitar uma reconstrução por “cima”.Modelo de sucesso? Até o Celtics conseguir conquistar alguma coisa, não podemos considerar um sucesso, o máximo que conseguiu foi ser varrido na primeira rodada dos playoffs.

        • Vitor Martins

          Sim! É impossível comparar as duas “reconstruções”, Lakers foi simplesmente mal administrado, esbarrou em regras da liga, e a agora tá ai, fedendo pq fede mesmo. O Sixers que é rídiculo. Uma pena, amava tanto a franquia, mas eles desmontaram um time de playoff simplesmente para tentarem “achar” uma superstrela.

        • Marcio

          Concordo com vc, porém acredito que no máximo em 2 a 3 anos, estaremos de volta brigando por títulos, e não precisamos trocar nenhum ídolo a troco de picks, como fez o Celtics!! Então deixa o cara tira sarro e acha, que a construção deles e modelo!

          • Pedro

            Também espero que aconteça rápido assim. Mas ainda acho essa projeção bem otimista já que vai depender muito do desenvolvimento dos jovens jogadores, o que é bem imprevisivel. Dificilmente iremos atrair as grandes estrelas só com jogadores jovens. Acho mais provavel a diretoria apostar em algum jogador jovem com bastante potencial na FA. Minha sugestão seria o Harrison Barnes, eu acho que ele tem um potencial enorme, e não precisa da bola nas mãos o tempo todo para impactar o jogo. Ele é bom nos dois lados da quadra, atletico e muito bom nas bolas de 3. Acho que o potencial dele fica escondido nesse time do Warriors com tantas opções. O Golden State não vai ter Cap para manter todo mundo, já renovou com Klay e Draymond Green e vai precisar de espaço para renovar com o Curry.
            Mas enfim, estou tranquilo com essa reconstrução, porque afinal saímos de uma dinastia que conquistou 5 titulos, o que aconteceu poucas vezes na era moderna da NBA. Ainda prefiro ver o Kobe arremessando mal no Lakers do que ve-lo com outra camisa!

          • Viicente Machado

            Sinceramente não vejo o Barnes pra comandar um time. Claro que a evolução dele é clara, mas vejo como segundo ou terceiro de um time. Aquele jogador cirúrgico e regular, como ele e o Green tem sido.

          • Pedro

            Respeito sua opinião, mas não vejo o Lakers conseguindo atrair uma super estrela com a base que tem hoje. Meu medo é a diretoria ficar tentando um “home run” como vem sendo nas últimas FAs e ficar com o que sobra.

            Tentamos Howard, Carmelo, Lamarcus e no final não conseguimos ninguém. Eu tentaria Barnes e Bradley Beal que acredito que tenham muito potencial e sejam mais fáceis de atrair. Também não sei se serão FPs, mas as vezes precisamos arriscar. Só lembrando que a pouco menos de um ano o Klay Thompson não era essa estrela e o Golden State queria envolve-lo em uma troca por Kevin Love, hoje isso é impensavel. Jimmy Butler também não tinha a metade do Hype que tem hoje. Eu tentaria a sorte e se não der certo , ainda teriamos um bom valor e ainda teriamos muito espaço no CAP.

          • Viicente Machado

            Mas eu não disse que o Lakers poderia atrair uma estrela, só respondi ao cara lá em cima que disse que o Lakers deveria apostar no Barnes pra comandar o time.

          • Marcio

            E justamente isso que os caras não entende!!! Preferimos o kobe arremessando mau, que jogando com outra camisa!

          • Renato

            Isso é a visão do torcedor apaixonado, o executivo tem que pensar
            diferente, caso contrário vai perder seu melhor Ativo por nada. Deixa o
            futuro mostrar melhor. Me diz você se fosse o caso de trocar Gasol e
            Kobe por 4 escolhas do NETS e mais exceção comercial não seria
            interessante, ou é melhor ele se aposentar e não ter mais atrativos?

            O
            único jogador que hoje parece interessante no Lakers é o Randle, já o
            Russel parece ter muito talento, mas ainda tem que provar mais.

            Agora
            o Lakers só irá atrair 1 All Star pela FA ou pela localidade ou pela
            História da franquia, de resto não é uma equipe convidativa.

      • Renato

        Muito pelo contrário amigo. A maior parte dos meus amigos torce para o Lakers, sempre foi e sempre será nosso maior rival, e justamente por isso me irrita que as coisas estejam sendo feitas dessa forma.

        Queremos jogos Celtics x Lakers como os de 2008 e 2010, ou na época Bird e Jhonson, não me agrada nem um pouco ver o Lakers nessa condição e estou sendo sincero.

        A graça do esporte é a rivalidade, agora para isso temos que ter os 2 times fortes, hoje o Celtics é mediano e o Lakers é fraco, torço para que em breve as 2 equipes voltem a ser Contenders e a gente consiga se divertir com grandes jogos, mas pelo que to vendo o Lakers vai demorar a chegar nesse patamar pq as coisas estão sendo mal feitas.

        Um exemplo é o Kobe que está encerrando a carreira e o lakers vai perdê-lo sem conseguir nada em troca. Outro exemplo é esse técnico que não dá um padrão tático a equipe. Falta de escolhas draft, falta de exceções comerciais, falta de ativos atraentes, exceto Randle e Russel, etc… o que ainda dá uma certa vantagem é a história da franquia e a localidade, mas será suficiente… Não sei.

        Ontêm me irritei contigo na questão da escolha draft pq você falou “VAMOS VER O QUE VAI SOBRAR PARA O CELTICS”, mas fora isso tá tudo certo sem mágoas blz.

        • Marcio

          Se queria, que o Lakers trocasse o kobe a troco de picks, lamentável né!! Tentamos monta um time forte pra ser campeão e não deu certo não vejo isso como uma incompetência dos GM do Lakers, vamos fazer isso nos próximos 2 anos… Monta um time descente e descer o pau nos Celtics num futuro próximo.

    • Alysson Alberto Elias

      Renato, o Lakers é ruim por incopetência mesmo, não vejo intenção só pra pegar o draft. O Lakers tentou caras alto na agência livre e seu deu mal.
      O Sixers tá tankando mesmo…

      • Renato

        O Lakers está fazendo a mesma coisa só que de forma velada, contratou um monte de veteranos meia boca, e sabia que no OESTE isso seria insuficiente para ter uma campanha digna.

        E outra mesmo com essa equipe vc acredita que o Lakers seja um time de apenas 2 vitórias??? NUNCA. Essa equipe jogando sério tava com 7 ou 8 vitórias no mínimo.

        • Tárcio

          Essa equipe com um técnico bom, teria de 7 a 10 vitórias.
          Então a intenção da diretoria ao manter o Scott parece ser essa mesmo.

    • Tárcio

      Não vejo o Celtics como exemplo de reconstrução.
      Exemplo seria o Spurs que a 20 anos se mantem com time Contender.

      O Celtics trocou os 2 caras que lhe deram seu único titulo pós-Bird por algumas escolhas. Principalmente o Pircie que hoje vaga pelas reservas de outros times, quando deveria está sendo homenageado em Boston. O maior ativo do Boston hoje é uma pick do Nets.

      • Renato

        Tárcio,

        o Spurs não entrou em reconstrução, o fator sorte os beneficiou demais, Leonard foi a 15ª escolha em 2011, e virou 1 all star. Antes disso Ginobilli em 99 foi escolhido na 57ª escolha, ou seja, tudo deu certo.

        Agora vamos ver o Celtics:

        A) Contratamos o Stevens, que hoje é um dos 5 melhores técnicos da NBA

        B) Trocamos Garnett e Pierce em fim de carreira, por 4 first pick, sendo 3 delas previstas para ser de loteria + uma exceção comercial de 10 Milhões, que depois virou 1 first pick do CAVS que virou o Thomas que faz mais de 20 pontos por jogo.

        C) Trocamos o Green por uma first pick do Memphis de 2019

        D) Trocamos o Rondo por uma first pick do Mavs + 1 Second Pick + Crowder (líder em roubos de bola da NBA) + exceção de 10 Milhões

        E) Jovens valores: Smart (Ótimo defensor), Sullinger (tirando o peso, um talento dentro do garrafão), Olynyk (Ótimo Scorer para vim do banco), Bradley ( bom jogador dos 2 lados da quadra com salário de 8 milhões ano). Hunter (Especialista em bolas de 3 pontos) Mickey e Rozier em desenvolvimento.

        F) Contratos expirantes: quase R$ 50 Milhões o que nos dá toda a flexibilidade para contratar quem quiser sem prejudicar o CAP.

        Ou seja, após apenas 3 anos, temos uma equipe considerada pela ESPN a 9ª melhor da NBA, mas ainda nem tocamos no nosso CAP, podemos ainda inserir 2 All Star e teremos até 2018 provavelmente 3 escolhas de loteria.

        Desculpar Tárcio a reconstrução do Celtics é um EXEMPLO a ser seguido por todos na NBA.

        • Tárcio

          Renato,

          Algumas adições como Crowder e exceções foram bem feitas. Outras como do David Lee eu discordo.

          Mas quando se acumula muitas picks vira uma reconstrução arriscada ao ponto que boa parte depende da sorte. Só deus sabe quais posições e o que virá das picks do Memphis, Mavs e até mesmo da do Nets deste ano. Lógico que a sorte aliada ao olho clínico, pessoalmente acho um erro selecionar o Smart e deixar o Randle passar (que bom).

          O que quero dizer é que por exemplo: a bem pensada e calculada reconstrução do Celtics, pode no final ser pior que a reconstrução forçada do Wolves e até que a desastrada do Lakers.
          O Celitcs hoje é um time bem melhor que estes por causa do primeiro ponto que você destacou – Stevens, nisso eu concordo mesmo

        • v10

          não é sorte não.. os caras são bons em encontrar talentos que se adaptem a filosofia dos spurs. Sempre conseguem bons jogadores via draft free agent mesmo quando ja estao com bons times, sempre renovando de forma lenta mesmo nas vitorias.

    • Lord Cuban

      Olhe para o Mavs que muitos dizem que já deveria ter tankado a séculos….

  • Marcio

    Eu duvido que a ideia e do Byron Scott, eu duvido mesmo!!!

  • paulo

    ta na cara que a idéia foi do kobe..

  • Erick

    Esse cara ai não sabe o que quer né? Cada dia fala uma coisa diferente!

  • THE BULLS23

    Kobe abrindo o bico. Eu vivi para ver isto!!!!

  • Rafael

    Bacana do Kobe dar espaço para os novatos. Eles precisam disso. O Lakers precisa aprender a viver sem Kobe, e isso vai levar um tempo para acontecer. Particularmente, creio que tankar para o Lakers seria o ideal essa temporada (o time é uma nhaca, promissor, mas hoje é medonho), mas isso seria ruim como última temporada do Kobe. Não sou torcedor do LAL, mas só vejo o LAL voltando a ser LAL daqui mais duas boas tankadas, ou trazendo algum fenômeno pra carregar o time nas costas, tipo LeBron.

  • E quem tomou essa decisão foi o próprio Kobe. Byron Scott havia dito que a prioridade são as vitórias e não desenvolver os jovens, e ainda disse que o único com lugar garantido no time era o Kobe, que não iria pro banco.

    Kobe por sua vez vem dizendo que os jovens precisam receber mais confiança e autonomia para ir assumindo a liderança do time, no jogo contra os Wolves ele disse para o Byron manter os garotos no final, e provavelmente foi ele que fez pressão para que isso continue acontecendo. Ou seja precisou o Kobe falar o óbvio pra essa anta do Scott fazer isso.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados