logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 12 dez 2015 às 17:17
Paul George, a estrela do surpreendente Pacers

Gustavo Lima analisa a excelente temporada do ala do time de Indiana

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

Os números não mentem. Paul George está jogando, em 2015/16, seu melhor basquete da carreira. Eleito com toda a justiça como o melhor jogador do Leste em novembro, o ala de 25 anos vem carregando o Indiana Pacers nas costas e é o principal responsável pela surpreendente campanha da equipe. Com 13 vitórias em 21 partidas, o Pacers ocupa a quarta colocação na conferência, mesmo não tendo sequer uma única peça confiável no garrafão.

Quem começou a acompanhar a NBA nesta temporada não imagina o perrengue que George passou em agosto do ano passado, quando sofreu uma fratura exposta na tíbia e fíbula da perna direita, durante um amistoso da seleção norte-americana. A lesão veio quando o ala vivia uma grande fase. Na ocasião, o receio era de que ele não pudesse mais jogar em alto nível, dada a gravidade do problema. Recém-curado da lesão, George voltou às quadras em abril deste ano. Ele disputou seis jogos (sem brilho) no final da temporada 2014/15 e a incerteza sobre seu futuro pairava no ar. Era nítida a falta de confiança dele em quadra. Só que, nesta temporada, o camisa 13 do Pacers vem mostrando que está totalmente recuperado. Aliás, desde as partidas de pré-temporada, George retomou a confiança e os mesmos movimentos de antes de sofrer a lesão.

Leia mais

Paul George: “Meu objetivo é ser o MVP da liga”
“Estou mais confiante e fazendo os movimentos de antes”, celebra Paul George
“Paul George é o melhor two way player da NBA”, garante Frank Vogel

Em 2015/16, o técnico Frank Vogel mudou o estilo de jogo da equipe. Com as saídas de David West e Roy Hibbert, e a onda crescente na liga de formações mais baixas em quadra, o treinador decidiu utilizar o atleta na posição 4 na maior parte dos jogos. George passou a ter mais a bola nas mãos e a condição de comandar as ações ofensivas do Pacers.

Até agora, a experiência vem dando certo tanto para George quanto para o time. Com médias de 27.7 pontos, 8.1 rebotes e 4.2 assistências, além de um aproveitamento de 44% nos arremessos de longa distância, o camisa 13 vem angariando seus melhores números na carreira. George é o líder da equipe em pontos, rebotes, roubadas (1.7) e bolas de três convertidas (70), e o segundo em assistências. Além disso, ele é o terceiro cestinha da liga, atrás somente de Stephen Curry e James Harden.

Já o Pacers é dono do quinto melhor ataque (média de 104.3 pontos) e o segundo em aproveitamento nas bolas de três pontos (40.2%), perdendo apenas para o imparável Golden State Warriors. Saiu de cena a equipe focada na defesa e que tinha um garrafão forte, e entrou outra com jogadores mais leves, rápidos e que espaçam bem a quadra, sob a liderança de George.

O próprio Vogel não cansa de poupar elogios ao seu comandado. “É difícil quantificar seu impacto e importância para o time em palavras. Paul faz tantas coisas para nós. Ele é capaz de fazer 40 pontos em um jogo, carregar nosso ataque e ser o melhor defensor em quadra ao mesmo tempo. Simplesmente somos uma equipe diferente quando ele atua. É um jogador especial”.

Na última offseason, o ala revelou que tem um objetivo audacioso: ser eleito o jogador mais valioso (MVP) da liga. O problema é que Curry está atuando em um nível absurdo e liderando o Golden State Warriors em uma campanha histórica. Na minha modesta opinião, George é, no momento, o segundo na corrida para o MVP.

Números dos principais concorrentes ao prêmio de MVP da temporada

JogadorPtsRebAssistRoubTocosTOFG%3PT%FT%
Stephen Curry
(Golden State Warriors)
32.55.36.12.30.13.851.846.591.0
Paul George
(Indiana Pacers)
27.78.14.21.70.23.444.744.084.6
Kevin Durant
(Oklahoma City Thunder)
27.38.14.11.11.33.252.845.090.0
LeBron James
(Cleveland Cavaliers)
26.47.76.41.40.73.550.128.071.3
Russell Westbrook
(Oklahoma City Thunder)
26.17.39.82.40.34.947.232.784.4
Kawhi Leonard
(San Antonio Spurs)
20.77.62.61.91.11.450.148.885.9

Graças às atuações de alto nível de George, o Pacers voltou a ser competitivo. Sem poder contar com o ala em praticamente toda a temporada passada, a equipe de Indiana ficou de fora dos playoffs pela primeira vez em cinco anos. Isso mostra o quanto ele é fundamental para o time. George é o grande líder da franquia desde a temporada 2012/13, quando o ala Danny Granger começou a entrar em declínio devido a uma série de lesões. Mas é nesta temporada que o protagonismo dele chama mais a atenção. O jogador amadureceu e se tornou uma grande estrela da NBA.

Como bem disse Vogel, o camisa 13 impacta o Pacers nos dois lados da quadra. Não dá para afirmar que George chegou ao seu auge, afinal ele tem apenas 25 anos. Só que é inegável que ele se tornou um atleta completo, com pouquíssimas lacunas em seu jogo. Tomara mesmo que a lesão horrível tenha sido uma página virada em sua vida e que George continue a nos brindar com atuações de alto nível. Os fãs do basquete agradecem.

  • Michel Moral

    PG no momento, mostrou que a lesão teve menos impacto do que a de Durant. Oo MVP de 2013 tem ótimos números também, mas ao contrário do que muitos dizem, Westbrook tem boa parcela de contribuição para o sucesso do ala de OKC, afinal, agora os adversários não tem mais um preferido para marcar.

    Já PG está carregando o Pacers nas costas. Ele tem feito o sucesso do time.

    • Doug

      Estou contigo também.

    • dougmallmann

      Assino em baixo.

  • Pedro Cortez

    É engraçado ver que temos 2 jogadores nessa temporada fazendo um 50-40-90.

    • dougmallmann

      Pra ver o nível da galera!

  • Pedro

    PG 10 Escolha no Draft Tem Coisas Na Vida Que Não da Para Entender Poderia Está no Clippers ou Warriors Escolhido Depois De Even Tunder e Wesley Johnson ..E Sorte ou Azar ??

  • gabrielnba

    Pra mim, no inicio da temporada eu apostava o Pacers brigando por um 7:Lugar mesmo com PG, é incrivel o quanto ele tá jogando muito, surpresa positiva da temporada por conta da lesão na temporada passada.

  • Paulo OKC

    Eu avisei que o Paul George ainda era foda,só não esperava que ele ficasse melhor ainda.Para mim também é o segundo na corrida para MVP.

  • robertolakers

    “Paul George patrão” hahahahahah, bela matéria PG ta jogando muito

  • – Tiago

    Depois de ter sofrido uma lesão como aquela é tenso ate para o próprio cara acreditar que ele vai poder voltar a jogar em alto nível e fazer todas as coisas que ele fazia antes. Achei que ia demorar um pouquinho para o PG pegar confiança de novo, mas o cara já veio destruindo desde o inicio da temporada, ta jogando o fino e pra min tbm esta em 2° na corrida para o MVP. Se o Pacers souber contratar, vai dar muito trabalho nos próximos anos. Com esse time baleado PG esta conseguindo fazer o Pacers ter uma boa campanha, imagina se tiver um bom time ao seu lado KKKK

    • Doug

      Concordo contigo, se com esse time está fazendo isso no Leste, mantendo o PG e arrumando o time, os Pacers virão forte na próxima temporada…

  • Rafael Victor

    Tá em um nível muito alto mesmo, se tivesse atuando assim desde a primeira partida dessa temporada, já que começou meio devagar, teríamos uma disputa muito acirrada entre ele e o Curry pelo MVP! Não acredito no elenco Pacers, acredito no Paul George (com aquela força do CJ Miles nas bolas de 3) pra levar o time o mais longe possível nessa temporada! Ah, ele com um elenco igual ao do Hornets…

  • Doug

    Sem bairrismo, mas poucos acreditavam no PG antes do começo da temporada…poucos o consideravam top 5…agora fica mais fácil ver isso, mas, para quem o acompanhava, sabe que ele já era top five já faz um tempinho…a lesão colocou sua ascensão em cheque, e mesmo com uma mudança de posição e após fraturar a perna tão horrivelmente, o cara voltou em alto nível e melhor ainda…uma pena o resto do time dos Pacers ser tão limitado…mas, considero Offs com esse time uma vitória grande, ainda mais se com mando de quadra…vida longa e sucesso PG, o basquete agradece.

  • Alisson-Bulls

    Eu acho que Jimmy Butler ainda vai conseguir alcançar o nível em que Paul George está hoje, ele e Leonard.

    • Pedro

      KKKKKKKKKKKK Ta Tirando uma Com Minha Cara Ne ..Butler Não Entra na Mesma Frase Que o PAUL GEORGE ISSO E PECADO !!

      • Renan Domok

        Calma parça.

      • Alisson-Bulls

        Pecado é você existir.

        • Pedro

          Se eu não Existice voce não Teria Pai !

  • Afonso Henrique

    Jogando demais.. Se a temporada acabasse hj, NBA all team: Curry – Harden – KD – PG – Drummond

  • Rodolfo Ribeiro

    Está surpreendendo. Passou o Westbrook no posto de carrapato do Curry. Pra mim, são os 3 principais até agora..

  • Pedro

    EU Tenho Pena do PG o Cara tem um Armador que Aparece Mais Pelo CABELO PATETICO/ RIDICULO jogadores como Mula ELLIS e J.HILL no Time Um Tecnico Fraco Lamentavel um Grande Jogador no Time Desses Merdas …PG Deveria Ganhar 1Milhão Por Minuto por Jogar com Esses FDP !!

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados