logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 14 dez 2015 às 22:54
Pressionado, Joerger promove mudanças no time titular do Grizzlies

Técnico colocou veteranos Zach Randolph e Tony Allen no banco de reservas neste domingo

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

O início de temporada abaixo das expectativas do Memphis Grizzlies forçou uma postura ativa do treinador Dave Joerger neste domingo. Sob pressão no cargo, o técnico surpreendeu ao realizar duas mudanças no quinteto titular para a partida contra o Miami Heat: colocou os veteranos Zach Randolph e Tony Allen no banco de reservas para apostar em uma formação mais baixa, com a entrada de Matt Barnes e Courtney Lee.

“Nosso time está mudando e vai ficar assim por um tempo. O que está acontecendo não é culpa de ninguém. Não há ninguém sendo culpado pelo momento da equipe. Essa é somente uma oportunidade de fazer as coisas de forma diferente”, explicou Joerger, defendendo as alterações promovidas no time depois da derrota por 100 a 97.

Randolph e Allen foram duas das referências do elenco do Tennessee nos últimos anos, que teve sucesso a partir da forte defesa e mantendo-se firme na estratégia (cada vez mais rara) de atuar com dois jogadores de garrafão tradicionais. O ala-pivô, que não iniciava uma partida no banco há mais de três anos, também ficou surpreso com a decisão, mas assegurou não ter problemas com a reserva.

“Eu faço o que for preciso para ajudar o time. Sou um cara que pensa primeiro na equipe e podem contar comigo, qualquer que seja a situação. Dave me disse que essa é uma liga em que todos se imitam e, hoje, todo mundo está apostando em formações mais baixas. Isso é o que vamos fazer também e estou de acordo”, garantiu Randolph, que atuou 26 minutos contra o Heat anotando 12 pontos, seis rebotes e quatro assistências.

A entrada de Lee e Barnes no quinteto inicial pode ser a última cartada de Joerger para manter-se no comando técnico do Grizzlies. Com só 13 vitórias em 25 jogos nesta temporada – incluindo três derrotas por 30 ou mais pontos de diferença –, especula-se que o treinador esteja muito próximo de ser demitido pela direção de Memphis. Além dos resultados ruins, a relação do comandante com os dirigentes da franquia teria piorado bastante desde o fim da última campanha.

  • Felipe Monteiro

    Z-BO não pode ficar no banco para Matt Barnes nem aqui, nem nos EUA, nem na China. Pelo amor de Deus!

    • Na verdade ele ficou no banco do Green, que foi deslocado pra jogar na 4 e ta indo muito bem, tendo feito 26 pontos no primeiro jogo e 15 no segundo, com FG de 50% bas duas ocasiões.

  • Eu gosto desse treinador. A realidade é que Memphis não é tão forte assim, o sucesso tem muito a ver com o bom trabalho dele.

  • paulo

    se demitirem ele, é bom a diretoria do lakers ficar de olho.. mas muito improvavel uma troca de comando agora, infelizmente o byron é querido ali.

  • Um treinador bom que ficará dando sopa no mercado

  • Bruno Grotta

    Ótimo treinador!
    Se existirem GMs bons de verdade aí, esses estarão torcendo pela demissão do Joerger.

  • Alisson-Bulls

    Cambada de time otário um fica querendo copiar o outro, o pior é o Wizards com Dudley e Porter de pivô, chega doer o olho, o Hoiberg é outro maldito que não deixa o Noah de titular pq gosta de formação baixa.

    Formação baixa é meu saco.

    • Bruno Grotta

      Nego faz isso porque o atual campeão ganhou assim. Mas esquecem que só deu certo porque tem os jogadores perfeitos pra isso, em especial o Green.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados