logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 16 dez 2015 às 17:00
Sam Mitchell promoverá mudanças no Wolves após três derrotas seguidas

Time está a duas vitórias do oitavo lugar na conferência Oeste

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

O Minnesota Timberwolves começou a temporada 2015-16 surpreendendo o mundo da NBA ao vencer quatro dos primeiros seis jogos da campanha, incluindo triunfos contra Atlanta Hawks (117 a 107) e Chicago Bulls (102 a 93). A franquia de Minnesota superou o falecimento do técnico e lenda Flip Saunders e já conseguiu mais da metade das vitórias alcançadas em 2014-15. Porém, as sete derrotas nos últimos oito jogos devem render mudanças no time titular da equipe.

“Não estamos defendendo nem atacando, então, temos que fazer alguma coisa”, esbravejou o técnico Sam Mitchell após a derrota do Wolves para o Denver Nuggets por 112 a 100. “Nós faremos alguns ajustes e mexer no quinteto titular”.

Na partida da última terça-feira (15), o Timberwolves liderou o placar apenas nas primeiras quatro posses de bola do jogo, e chegou a ficar 16 pontos atrás na metade do último quarto. Mitchell preferiu não divulgar quais alterações fará no time titular que enfrentará o New York Knicks na noite desta quarta-feira (16), mas Zach LaVine, Tayshaun Prince e Gorgui Dieng são os principais candidatos a sair do banco de reservas para o quinteto principal.

Dieng é atualmente o quinto jogador do Timberwolves com mais minutos da temporada 2015-16, e deve entrar no lugar de Kevin Garnett no time titular. Mesmo saindo no quinteto inicial, Garnett figura entre os cinco jogadores com menor média de minutos como titulares por pelo menos dez jogos com apenas 15.5 minutos por partida, e ainda não conseguiu ser um grande fator defensivo para a equipe.

Considerando Ricky Rubio, Andrew Wiggins e Karl-Anthony Towns titulares incontestáveis, o ala-armador Kevin Martin aparece como outra possível mudança de Mitchell. O jogador de 32 pontos foi titular nos últimos onze jogos, quando o Wolves venceu apenas quatro vezes. Com 27 minutos de média nesse período, Martin tem 12.2 pontos por confronto, mas não alcança duas assistências nem dois rebotes por noite.

Sam Mitchell apostou em Tayshaun Prince como titular nos primeiros 13 jogos da temporada, mas o armador Zach LaVine está em melhor momento nos últimos jogos, e sua entrada na equipe titular não afetaria o posicionamento de Wiggins, que mudaria de ala para ala-armador com Prince.

Décimo melhor ataque (102.2) e sétima pior defesa (103.8), o Minnesota TImberwolves está a sete vitórias de igualar a marca da última campanha, e está a duas vitórias de entrar na zona de classificação para os playoffs da conferência Oeste.

  • Acho que é quase certo que o K-Martin será sacado do time…

  • AlexS.F.

    Tem que começar com ele, pior rotação da NBA variod jogos com Prince e Martin jogando mais de 30 min kkkkkk time sem jogada e sem espaçamento . Wiggins, LaVine e Towns fazem magica e o LaVine ser reserva do bosta do Martin e do Rubio é a maior loucura da NBA, eu no lugar dele ja teria perdido a paciência

  • David Ribeiro

    Zach LaVine já está mostrando há um tempo que merece essa titularidade, it’s time!

  • Killer Crossover

    Já acabou o Rubio “bom” ??? hue, LaVine tem futuro, pode investir ali !

    Wiggins apesar de ainda não ta mostrando o melhor do que ele tem (e ele tem) pra mostrar já é um bom jogador, se no seu +/- ele já é bom, imagina quando pegar realmente o gosto da coisa… Ai de vez os haters do moleque some ! Pra quem chamou ele de bust no início da season… Só o começo.

  • Essa alteração no time tem prazo de validade, Garnett saí apenas por não atuar em noites consecutivas e Martin tanto faz se for titular ou reserva a sua contribuição é muito pouca pro coletivo. A questão é que ele e Rubio não funcionam juntos e isso tira do Wolves a possibilidade de ter um sistema de jogo.

    Eu gostaria muito de ver Andrew Wiggins jogando de PF, para que Shabazz Muhammad tenha minutos [um treinador precisa ser criativo]. Mas lá vai Sam Mitchell colocar LaVine & Wiggins (extremamente inconsistente) no perímetro com a ”participação especial” do Prince (atualmente nulo ofensivamente/defensivamente). Qualquer coisa diferente que uma atuação de elite de LaVine — Wiggins — Towns [os três combinando pra + de 45 pontos] é derrota na certa!

  • JoaoFJ

    Wigings ta decepcionando muito , pelo menos eu. Não pega nenhum rebote e não da nenhuma assistência

  • Lucas Ramos

    Pra mim entrava Rubio – LaVine – _ Wiggins – Towns e Dieng com isso a defess pelo menos melhorava

  • Acho que já está na hora do Wiggins mostrar mais para o que se espera dele. A produção é quase nula na armação (tudo bem, não é sua função) e nos rebotes (aí sim sua função). Está parecendo o próprio K. Martin.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados