logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 18 dez 2015 às 20:05
Danny Ainge aponta pontuador como grande carência do Celtics

Em busca de reforços, gerente-geral também descarta contratação de “atletas desagregadores”

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Danny Ainge

O Boston Celtics não costuma esperar a proximidade do fechamento da janela de transferências da liga para realizar trocas: nas três últimas temporadas, a franquia fechou nove transações e somente duas foram acertadas em fevereiro. Com várias escolhas de draft e atletas jovens no elenco, o time segue no centro das atenções do mercado neste ano e o gerente-geral Danny Ainge não quer perder tempo mais uma vez. Ele está ativo e com um tipo de jogador consolidado como alvo.

“Eu acho que uma coisa que realmente poderíamos utilizar neste momento é um pontuador. Um scorer de garrafão, de preferência. Nós temos jogadores que nos carregaram em momentos específicos, mas seria bom encontrar outro atleta que possa pontuar consistentemente no final dos jogos, todas as noites”, explicou o executivo, em entrevista à rádio SportsHub, meio especializado em esportes de Boston.

Se Ainge tenta ser rápido, os rumores conseguem correr ainda mais. Nomes como Dwight Howard, DeMarcus Cousins e Hassan Whiteside já começaram a surgir como possíveis interesses para suprir a lacuna apontada pelo dirigente. Mas, pelo discurso do GM, os pivôs especulados podem não ser tão bem quistos pelo Celtics por conta dos diferentes problemas que protagonizam dentro e fora das quatro linhas.

“Eu acho que jogadores problemáticos são um problema em qualquer vestiário. Nós temos atletas de caráter e jovens muito maduros em nosso elenco, mesmo que não tenhamos um grupo tão velho. Não acredito que seja uma boa ideia, em nenhuma circunstância, trazer personalidades desagregadoras – dentro e longe das quadras – para o time”, contou Ainge, recusando-se a comentar a oportunidade de adquirir qualquer um dos nomes comentados.

A ausência do pontuador de garrafão não parece abalar a campanha do Celtics, que venceu 14 das primeiras 26 partidas disputados e aparece virtualmente empatado com o oitavo colocado da conferência Leste (Detroit Pistons). E, se não há um pivô marcando pontos, o “baixinho” Isaiah Thomas é quem comanda o ataque de Boston: lidera a equipe nesta temporada em pontuação (21.2) e assistências (6.6).

  • jorge

    tenta o kevin love, scorer de garrafão. de quebra ajuda o cavaliers

  • vitorhugoj3

    um scorer de garrafão? O Thunder tem o Enes Kanter Danny Ainge… Não quer liberar, sei lá, o Marcus Smart,… por ele? …rs

  • jorge

    kanter, david lee e kevin love

    rsrsrs

  • Danilo Veroneze

    KEVIN DURANT!!

  • Rafael Victor

    Por essa palavras, então, nada de Cousins e Howard no Celtics!

  • LP

    K.Love+Vareja pelo q Smart+Ollynik+ todas as picks deste draft +D.Lee?

    • Felipe Rodrigues

      Ta brincando né?

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados