logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 22 dez 2015 às 17:43
Deron Williams pensou em aposentadoria durante passagem pelo Nets

Contratado com status de astro, armador decepcionou em três anos atuando pela equipe

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

O armador Deron Williams chegou ao Brooklyn Nets para formar um forte trio de estrelas com Joe Johnson e Brook Lopez, e capitanear o projeto de transformar a franquia recém-mudada de New Jersey em um time campeão em cinco anos. Williams permaneceu na equipe por quatro temporadas antes de receber US$ 27.5 milhões ao ser dispensado sem qualquer compensação para o Nets, e não esconde as dificuldades encontradas no período.

“Aqueles três anos no Nets exigiram muito de mim. Foram os mais difíceis da minha vida”, afirmou o jogador ao site Yahoo! Sports. “Durante esses anos eu até pensei se eu sequer queria continuar jogando basquete quando o meu contrato acabasse”.

Terceira escolha geral do draft 2005 pelo Utah Jazz, Williams foi o armador titular da franquia de Salt Lake City por seis temporadas, alcançando os playoffs em quatro oportunidades e o Jogo das Estrelas duas vezes, sempre como reserva. No Nets, o jogador conseguiu repetir as classificações para a pós-temporada nos últimos três anos, e foi para o All-Star Game em seu primeiro ano na equipe.

As marcas alcançadas por Williams no Nets em comparação ao tempo no Jazz são parecidas, mas as atuações que levaram o armador ao grupo dos melhores jogadores da posição não se repetiram. Williams teve médias de 16.6 pontos, 7.5 assistências e aproveitamento de 41% nos arremessos gerais em 277 jogos pelo Brooklyn Nets, números que foram de 17.3 pontos, 9.1 assistências e 46% de acerto nos arremessos em Utah.

Leia mais
Ex-médico do Jazz critica atitudes de Deron Williams em sua passagem pela franquia
Dallas arrisca ao apostar em Deron Williams para 2015-16
Animado, Deron Williams busca “recomeço” no Mavericks

Williams também ficou fora de 47 jogos de temporada regular, especialmente por problemas em seus tornozelos que comprometeram sua mobilidade em quadra, e para o jogador, decretaram seu fracasso na equipe.

“Eu desejaria não ter me machucado”, respondeu Williams quando perguntado sobre o que mudaria em sua passagem pelo Nets. “Eu desejaria ter jogado melhor e que as pessoas não sentissem que eu estava roubando a equipe. As coisas teriam sido diferentes se eu não tivesse me machucado. Nós não teríamos contratado quatro treinadores em três anos e meio, e eu não teria que aprender um sistema novo a cada seis meses”.

Deron Williams assinou com um contrato de dois anos no valor de US$ 10 milhões com o Dallas Mavericks, e o encaixe ao lado do antigo companheiro Wesley Matthews no perímetro da nova equipe já faz o armador superar os números da última temporada de Nets.

Williams foi titular em todas as 25 partidas que disputou pelo Mavs na atual temporada, e tem médias de 16.4 pontos, 6.3 assistências e aproveitamento de 42% nos arremessos de quadra. Na próxima quarta-feira (23), Williams enfrentará o Brooklyn Nets pela primeira vez após jogar pela franquia.

  • King Cuban

    No Mavs por enquanto ainda não há motivo para reclamação… Tem ajudado muito tanto na defesa como no ataque principalmente nos momentos decisivos. Só espero que ele não opte por sair desse contrato para ajudar a franquia da sua cidade natal.

  • Caio

    Nossa, 9.1 rebotes em Utah… caramba.

    • Luiz Funchal

      Devem ser assistências rs

  • The Wild One

    Assim como Garnett, Pierce…

    Nets só é bom pra Joe Johnson mesmo! hahah

  • Alysson Alberto Elias

    Engraçado, eu jurava que ele TINHA se aposentado durante a passagem pelo Nets.

  • Era um grande talento sendo desperdiçado. Fico feliz em ver que recuperou parte do seu basquete.

  • Que bom que recuperou um pouco do seu basquete! Grande nome da armação no início dos anos 2000, rivalizando muito com Chris Paul

  • D-Will precisa demonstrar gratidão a Rick Carlisle por permitir que ele faça parte de um sistema ofensivo que lhe beneficia muito. Tirando a questão física é uma união muito boa para ambos, Dallas precisava desse tipo de jogador com especialidade em arremesso e Deron Williams precisava de um time onde ele seria peça importante, mas não o Go-To-Guy.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados