logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 30 dez 2015 às 11:22
Ele é outro Brandon Jennings

Dois anos depois, Gustavo Freitas volta a escrever sobre o armador do Milwaukee Bucks

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

Há pouco mais de dois anos, escrevi sobre o início carreira do armador Michael Carter-Williams, que fizera uma excelente estreia pelo Philadelphia 76ers. Os comentários não estão lá mais, por conta da migração que fizemos para o Lance!, mas me lembro especificamente de um deles, e dizia que Carter-Williams seria um astro e eu estava errado ao compará-lo com Brandon Jennings.

Não se trata de uma vingança, até porque nem me lembro do nome do sujeito. Mas sim, de uma constatação.

Carter-Williams era a grande promessa do Sixers, tanto que ganhou o prêmio de melhor calouro com um pé nas costas. Porém, a diretoria andou fazendo cada absurdo nos últimos anos, que sua saída para o Milwaukee Bucks foi tida como um erro do time de Philadelphia. Ora, você acaba de negociar o sujeito que acabou de ganhou o ROY. Logo, você está equivocado.

Parece que não é bem assim.

Vamos entender que o atleta é bastante jovem — está com 24 anos — e ainda pode evoluir muito. No entanto, até o momento, isso ainda não aconteceu.

Um dos aspectos que comentei naquele artigo era de sua semelhança com Shaun Livingston. Claro que Livingston penou até conseguir retomar um bom nível em quadra, mas a qualidade do arremesso segue a mesma.

Carter-Williams até hoje não passou de 26.4% de aproveitamento nos tiros de longa distância e está em um time carente exatamente disso. O Bucks precisa desesperadamente de um jogador que saiba arremessar de três e, claramente, não é o caso de seu armador.

A qualidade dos arremessos tentados dá a pinta de que ele está procurando não forçar tanto, até porque em Milwaukee, ele não é a primeira, nem a segunda opção ofensiva. Ou seja, pode buscar um chute mais “na boa”. Tanto que possui aproveitamento de 54.1% perto da cesta, mas “castiga” o aro com 30.3% quando arrisca de cinco metros para trás. O gráfico abaixo, do site Austin Clemens, ajuda a desvendar o que digo.

MCW

Escrevo aqui na mesma noite em que ele beirou um triplo duplo contra o Oklahoma City Thunder, com 19 pontos, nove rebotes e nove assistências. Em algumas noites, ele vai fazer exatamente isso. Em outras, sequer vai distribuir passes decisivos, como ocorrera em duas oportunidades em 2015-16.

O fato é que, mesmo com características diferentes, Carter-Williams lembra a ascensão de Jennings, assim como seus altos e baixos.

Como em 2013, eu ainda torço para que ele tenha uma bela carreira e que seus feitos sejam cada vez maiores. Posso estar enganado, mas hoje ele é um outro Brandon Jennings. Só mais um.

  • Alysson Alberto Elias

    A estréia dele na NBA teve números de um quase quádruplo duplo. Mas depois ele se perdeu mesmo, muito por causa do seu arremesso que não ameaça ninguém

  • Robert Riviera Sacre

    quem sera o nome do sujeito que o gustavo disse kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Robert Riviera Sacre

    solução do bucks: investir no jerryd bayles,trocar oj mayo,miles plumlee,greivis vasquez,e dar um pega no jabari parker que nao esta jogando nada e tbm kris middleton nao esta justificando seu salario,15 pontos de media pelo o que ele ganha e sacanagem

    • Bruno Sullivan

      O Parker tem que ir com calma porque ele veio de uma contusão bem seria, tem que dar tempo a ele..

      • Robert Riviera Sacre

        cara eu ate entendo isso mas ele mesmo depois do afastamento era pra ter voltado melhor pelo menos uma regularidade de 14 ou 15 pontos por jogo mas eu tbm creio que tenha que ter calma

        • André Gomes

          Era pra ter voltado melhor? tem noção da gravidade da lesão que o cara teve?

          • L°R

            muitos jogadores ja passaram pela mesma situação e voltaram bens

          • André Gomes

            A mesma resposta que disse ao Augusto.

          • Augusto Filho

            E o Paul George??? Não voltou voando e jogando de PF???

          • André Gomes

            1º o George não voltou voando. Levou alguns jogos.
            2° Pessoas diferentes, lesões diferentes, corpos diferentes, reabilitação diferentes…
            Não é porque X fez isso que Y vai fazer também.

          • Augusto Filho

            Mano… A lesão do PG é extremamente mais pesada… E voltou voando sim, primeiro jogo meteu mais de 30pts, argumento pífio e outro o leke é bem mais novo que o PG, o organismo dele é pra se recuperar mais rápido…

          • André Gomes

            Nope. Seu argumento é estúpido. Querendo comparar pessoas, corpos e lesões diferentes.
            Lesão no joelho não é cisco no olho como você pensa.
            30 pontos? da onde você tirou isso?
            Paul George em outubro: 17 pts de média, é verdade. No entanto, 34% de FG, e 15% de 3 pontos. 3,3 TO. Levou alguns jogos para ele voltar à velha forma. O primeiro jogo com mais de 30+ pontos na temporada foi na 6ª partida. Teve aproveitamento próximo ou abaixo de 30% nos arremessos em pelo menos 3 das primeiras 6 partidas. Isso não é voar, isso irregularidade.
            Aos poucos, voltando, ele foi adquirindo o seu melhor ritmo e começou a destruir. Não voltou voando coisa nenhuma, portanto limite-se a falar o que sabe se não quiser ser o besteirão ao invés do sabidão.
            Além de que o George precisa arremesso, ele é o FP do Pacers, é o principal scorer do time. Jabari não o é no Bucks. Responsabilidade totalmente dividida com pelo menos outros 3 jogadores. https://uploads.disquscdn.com/images/ceb0b930940fca1c83c73fb6724ad8c1a43432bf524b1f44ef9cb542361845b8.jpg

    • Rodrigo Oliveira

      Mas o Meddleton é isso, acho qesperar mais dele, a diretoria do Bucks sabe que ele não passa disso, o problema esta em que o Monroe não é superstar, e o Grego e o PArker não se concretizaram como all star , armador +-

      • L°R

        legal seu ponto de vista amigo mas acho que middleton pode render um pouquinho mais sim o bucks nao seria loco de pagar 14 milhoes pra ele pra rende so isso,e antetokounmpo podera virar um all star mais pra frente ja o jabari e uma incognita

  • Robert Riviera Sacre

    eu acredito que o carter wiliams vai cala a boca de muitos criticos ainda,ontem bucks perdeu mas ele jogou muito bem 19 pontos,9 assistencias e 9 rebotes ele tem potencial sim so basta mais um pouco de tempo

  • VOLTA D’ANTONI

    Respeitem o Brandon Jennings. Nem ele merece ser comparado com essa porcaria

    • Michel Moral

      Eu também vejo o Brandon Jennings como um jogador muito razoável, principalmente ofensivamente.

      Carter-Williams só jogou no seu ano de novato.

    • Leonardo Augusto N. Dos Santos

      “volta d´antoni”, melhor nick/id por essas plagas!!!!! kkkkkkkkkk!!!!!!!!!

  • Rodrigo Oliveira

    Jennings é muito superior em qualidade ao MCW o problema dele que ele era muito fominha e peladeiro mas em talento esse MCW é muito fraco, pode melhorar e se tornar constante , ele consegue ser pior que o Rúbio arremessando.

  • Thiago

    Problema do Bucks é mesmo a falta de arremessadores de perímetro. No time titular (MCW – Middleton – Giannis – Parker – Monroe), apenas o segundo tem um arremesso confiável o suficiente de fora do garrafão para atrair a marcação.

    Em um ano em que quase todos os times estão preocupados com espaçamento, com muitos jogadores de garrafão que não tem um bom arremesso de fora perdendo espaço, acho muito dificil o time continuar com essa formação titular. Mayo e Bayless devem acabar tomando as vagas de MCW ou Parker (com Giannis jogando na 4 e Middleton na 3) ou ambos os casos, como tinha acontecido no inicio da temporada, até a lesão do Bayless.

    Quem assistiu o jogo contra o Toronto, viu isso bem escancarado. O time canadense deixou só um jogador no perímetro, exatamente o marcador do Middleton, e formou quase que uma barreira dentro do Garrafão, Giannis não conseguiu penetrar e fez só 4 pontos em 4 arremessos e Parker e MCW amassaram o aro em arremessos de fora ou contestados dentro do garrafão.

    Além disso, a defesa também não vem ajudando, Monroe não é um bom defensor e o time ainda é muito jovem, tentam ajudar demais e acabam abandonando quem deveriam estar marcando.

    Provável que a temporada acabe pro time depois do all star game, já que não vejo chances de passarem da primeira rodada dos playoffs, independentemente do cruzamento, e pode ser uma boa oportunidade para desenvolver o giannis e dar mais ritmo de jogo e entrosamento do time com o parker.

    Quanto ao MCW, acho que é caso perdido, diferentemente do Rubio, que alguns mencionaram nos comentários, além de não ter arremesso, ele não tem QI de basquete, faz constantemente a jogada errada, tenta passes que claramente não serão completados, etc, enquanto o Jennings, apesar de não ter se concretizado no jogador que parecia ser, ainda pode ter um papel interessante em uma equipe, que não deve ser o Detroit pq o Jackson ta bem consolidado como titular e o Van Gundy ama o Caldwell-Pope.

  • Maicon Gomes

    O MCW, tem que evoluir MUITO na parte ofensiva.
    Talvez vire um bom reserva no futuro.

  • Lucas Ottoni

    Nunca levei fé. Pode evoluir? Talvez. Mas não creio que passe muito do que já é.

  • Eu não gosto de desvalorizar o Draft de 2013, mas quando a liga classifica como o jogador que gerou mais impacto o atleta de um time sem compromisso não dá pra chamar isso de promissor. Ver MCW de hoje e comparar com o jogador de Syracuse se esbarra nos mesmos defeitos e qualidades, ainda acredito que ele não encontrou o time ideal para aproveitar os seus pontos fortes.

  • Luiz Henrique Santos

    Difícil defender o MCW, o artigo é exato, é claro que ele não evoluiu os aspectos mais carentes do seu jogo, pelo menos ele se adaptou ao time e está selecionando melhor o seu arremesso, mas acho que ele contribui bem vindo do banco, claro que não esperávamos trocar um titular (Brandon Knight) por um role player, no entanto acho que estamos colocando a pressão em um cara que foi a 11ª escolha do draft e acabou sendo o ROY por acaso, por ter ido parar no Sixers onde teve muito espaço (e por nenhum jogador desse draft de 2013 ter rendido de imediato, aliás acho que Antetokounmpo é sem dúvidas o melhor dessa classe, mas isso é outra história…) acho que esse é o verdadeiro MCW, um bom defensor, um jogador alto para a posição, um bom reboteiro, que sabe distribuir o jogo e infiltra bem, o outro que todo mundo aposta esse foi ilusão de uma boa temporada…

    • Leonardo Augusto N. Dos Santos

      Sempre complicado falar “quem é o melhor?”, por isso eu evito, embora respeite sua opinião. mas QUEM TA JOGANDO MELHOR hj do draft de 2013 é o Oladipo e (surpreendentemente) o McCollum ( Cade o Olavo Rip city?)

  • Leonardo Augusto N. Dos Santos

    nunca vi um post sobre ( um jogador) o BUCKS render tanto….

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados