logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 30 dez 2015 às 15:23
Mudou?

Astro ainda quer dar um título ao Cavs

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

Não há dúvidas que nenhum jogador da NBA teve tanta exploração de sua imagem após a aposentadoria de Michael Jordan que LeBron James. Nem mesmo Kobe Bryant, que seguirá os passos do lendário camisa 23 do Chicago Bulls ao fim desta temporada, apareceu e ganhou tanto o status de o “próximo Michael Jordan”.

Isso fica claro quando a ESPN americana passou a acompanhá-lo de perto ainda na época do colégio. Ao contrário da imensa maioria dos jogadores, LeBron teve o seu primeiro jogo televisionado quando atuava por Saint Vincent-Saint Mary. Ele enfrentou justamente Carmelo Anthony, hoje no New York Knicks.

Entre 2002 e 2003, as principais páginas dos sites que publicavam sobre prospectos, destacavam a eminente chegada de um atleta que ficaria para a história. James já era um All Star antes mesmo de começar sua carreira na maior liga de basquete.

A pressão, claro, era enorme.

LeBron precisava dar uma “satisfação” ao público — ávido por um superastro após a decisão final de Jordan encerrar sua carreira — e ele decidiu pular o basquete universitário direto para a NBA. Naquela época, as regras da liga ainda permitiam tal manobra.

James foi a primeira escolha do draft de 2003 como todos queriam. O Cleveland Cavaliers era o lugar perfeito, afinal de contas, era do estado onde nasceu e começou a jogar basquete. Um time sem muito brilho no passado, mas com fãs que queriam vê-lo mudar sua trajetória.

Dito e feito.

Logo na sua primeira temporada na liga, o “novo camisa 23” fez o Cavs sonhar mais alto ao vencer mais de o dobro de partidas em relação ao ano anterior. Ele ganhou o prêmio de melhor calouro. Não fora suficiente, entretanto, para levar a equipe aos playoffs. Mas isso não demorou muito. Em 2004-05, o Cavaliers obteve a sua primeira campanha vencedora — acima de 50% de aproveitamento — desde 1997-98. Novamente, sem pós-temporada.

Mas em 2005-06, LeBron levou o time de Ohio às semifinais de conferência, quando foi superado pelo forte Detroit Pistons. Era o prenúncio de que algo grande estava para acontecer.

No ano seguinte, o Cavs disputou a sua primeira final da história e, sob o comando de James, encarou o San Antonio Spurs. Não deu. O Spurs varreu a série.

LeBron James aniversário

LeBron tinha apenas 22 anos. Já era um astro, mas muito imaturo. Fazia em quadra o que muito veterano levava dez temporadas para obter.

Sua visão de jogo, aliada a uma defesa impecável, só o fez ganhar ainda mais espaço na mídia.

Os próximos três anos foram mágicos para James. Ele foi o vencedor do prêmio de MVP e já era para muitos o melhor jogador da época. Só que havia um tal de Kobe, no Los Angeles Lakers, que ganhava títulos enquanto ele ficava pelo caminho.

Do céu ao inferno

Embora James trilhava um caminho de sucesso individual, o Cavs batia na trave. A equipe liderou campanhas na conferência Leste e chegou a vencer 66 partidas em 2008-09, ficando próxima do recorde do Bulls de 1995-96, com 72 triunfos. Entretanto, nem assim acontecia.

Em 2009-10, LeBron recebeu de presente a chegada de Shaquille O’Neal no time. Tudo bem. Shaq estava em fim de carreira, mas ainda era uma presença que incomodava seus adversários.

LeBron James aniversário

O Cavs, mais uma vez, falhou. E James, adiou o seu primeiro título.

Isso o incomodava. Era um jogador consagrado, mas sem o anel de campeão e tinha em seu favor o contrato expirante.

Foi aí que ele teve a ideia de procurar esse campeonato a qualquer custo e levou seus talentos para a Flórida, ao se juntar com Chris Bosh e seu amigo Dwyane Wade.

As críticas se juntavam com o otimismo de ver um trio de qualidade inquestionável, vencer e ficar para a história.

O Miami Heat era a bola da vez, exceto para os fãs do Cavs, que queimaram camisas de LeBron em protesto por sua saída. Aquilo marcou para sempre.

Era uma verdadeira festa dentro e fora de quadra. Só que para vencer, o time tinha que ter foco. E não teve em seu primeiro ano.

O Heat foi para a final da NBA quase que de forma automática. O talento estava ali, mas faltava algo. Perdeu para o Dallas Mavericks, que nem era tão qualificado no papel, porém contava com um treinador capacitado, com jogadores que transpiravam sangue e com um sujeito chamado Dirk Nowitzki.

Deu Mavs, com um pé nas costas.

Mas o objetivo ainda era o título e o Heat ainda o cercava de atletas capacitados.

Foi aí que veio.

Em 2011-12, o time da Flórida pegou o Oklahoma City Thunder nas finais. Era LeBron contra Kevin Durant. E Durant era um jovem em ascensão disposto a oferecer resistência até o fim. Porém, o cenário era perfeito para James e seus aliados.

A glória finalmente tinha chegado. Ele era campeão e finalmente podia dizer que tinha o currículo completo.

Na sequência, um duro confronto contra o Spurs. Mais uma vez, era ele contra o time texano, aquele que havia o superado em quatro jogos em 2006-07.

Em uma final eletrizante, e com momentos que marcaram a história da NBA, Ray Allen deu ao Heat mais um título de campeão.

Eram três anos em Miami, com três finais. O que mais poderia se esperar de um time desses? Claro, outra final.

Só que foi mais uma vez diante do Spurs. Só que mais uma vez, deu Spurs.

O sinal laranja estava ligado. James, Wade e Bosh tornaram-se agentes livres irrestritos e poderiam assinar com qualquer outro time.

Quatro temporadas no Heat lhe trouxeram dois títulos e a sensação de dever cumprido. Era a hora de voltar às origens.

O retorno

LeBron James aniversário

No dia 12 de julho de 2014, ele optou por retornar ao Cavs com uma dívida e promessa: vencer um campeonato.

O Cavaliers não era mais o mesmo. Quase todos que estavam lá em 2010 já haviam partido, exceto o brasileiro Anderson Varejão.

Kyrie Irving já mostrava ser um excelente jogador e o Cavs fez uma troca com o Minnesota Timberwolves por Kevin Love. Para isso, envolveu as suas últimas duas escolhas de primeira rodada. E foram logo as primeiras: Anthony Bennett e Andrew Wiggins.

O time demorou a encaixar. Falhas aconteceram na montagem do elenco e a diretoria agiu rápido para suprir algumas carências. Varejão se lesionou e o Cavaliers trouxe Timofey Mozgov. Faltava um arremessador e chegou J.R. Smith. Precisava de um defensor de perímetro e veio Iman Shumpert.

A equipe renasceu na temporada e então, brigou pelos primeiros lugares após ter campanha negativa.

Derrubou todos os adversários no Leste com uma enorme facilidade, mas aí vieram as contusões.

Primeiro, Love deslocou o ombro na primeira rodada, contra o Boston Celtics e ficou fora do restante dos playoffs. Superou o Chicago Bulls sem problemas e atropelou o Atlanta Hawks. Entretanto, Irving estourou o joelho no primeiro jogo das finais contra o Golden State Warriors, quando o time esteve na frente do placar por quase todo o tempo. O Cavs venceu os próximos dois embates, mas Steve Kerr, técnico do Warriors, mudou a série a partir de então ao sacar o pivô Andrew Bogut.

Mozgov jogou como Shaq na primeira oportunidade. Sem Bogut para marcá-lo, o russo foi acionado dentro do garrafão, enquanto Andre Iguodala estava tentando brecar LeBron. Foram três vitórias consecutivas da equipe californiana, que conquistou o seu primeiro título em 40 anos.

A dúvida era quem levantaria o troféu de MVP das finais.

Enquanto era especulado que James ficaria com o prêmio — quase que de forma inédita, pois Jerry West o fez em 1969 — Iguodala, o seu marcador, ganhou.

2015-16 e o futuro

James faz 31 anos nesta quarta-feira. Para alguns, ele já começou o declínio. Alguns números conseguem comprovar isso. Outros, desmentem.

Nesta temporada, LeBron é o jogador que mais pontua no último período, com 8.6 pontos e 48.1% de aproveitamento. Anthony Davis e James Harden ficam em segundo, com 7.3.

A idade chega para todos e, claro, também para ele.

LeBron James aniversário

LeBron não é tão explosivo, já não defende tão bem, e seu arremesso está sendo cada vez mais questionado.

Apesar disso, ele conduziu o Cavs ao primeiro lugar do Leste, mesmo sem Irving ao seu lado. O armador retornou apenas na semana passada.

Ele sabe que o Warriors é o time a ser batido e que o Cavaliers está abaixo também do Spurs. Mas tudo muda até os playoffs. Trocas e contusões acontecem.

Ele pode até não ser campeão por Cleveland neste ano ou nos próximos. Entretanto, é inegável que ele mudou a história do time. Se não é o atual “melhor jogador”, ao menos está no páreo. Todos os anos.

  • L°R

    uma muletinha ja seria adequado pra ele kkk

  • rodrigo

    O melhor jogador do século !!!!

  • PP34

    você disse pipoca?

    • Lucas

      A matéria falou que ligou o sinal amarelo?

      • Gustavo Freitas

        Sim. Sou daltônico.

        Grato.

    • Rafael Victor

      kkkkkkkkkkkkkk

  • Lucas

    Vai chegar a mais uma final, se for contra SPURS ou Warriors perderá se for contra OKC meu time diga-se de passagem ganhara mais um anél.

  • Kaio Hetkowski

    Jogador fantástico, não precisa mais provar nada a ninguém !
    Acho que a unica besteira q ele fez foi fazer aquele ” the decision” ! kk
    Esta no minimo entre os 3 melhores na sua posição na história do basquete..
    Quem não gosta de ve-lo jogar não desfruta o basquete de qualidade ..

    GOSPURSGO!

  • Bruno – Los Angeles Lakers

    Acho que sua cota de titulos acabou , pode ate chegar nas finais mais sera vice novamente !

    • PP34

      De vice tua franquia entende né?

      • pedrokadf

        exato kkk

      • Leonardo – New York

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      • Felipe Monteiro

        Xi Verdinho, tomou sua porradinha ontem, né? Daquela draga de time que é o Lakers. cuen cuen cuen cuen

  • DamonHeat

    Lebron o maior pós jordan.
    Espero que ganhe pelo menos mais um anél de campeão.

    • Fernando

      Já ouviu falar de uns certos Tim Duncan e Kobe Bryant, sabe, uns caras que jogaram um pouquinho só kkkkkk

      • Igor Palm

        Tim Duncan.

    • MarcoLakers

      Kobe e Duncan mandam um abraço e lembranças!

  • Bruno – Los Angeles Lakers

    Pode ate ser o jogador mais midiatico , mais nunca sera amado e respeitado pela grande maioria do publico em geral … Como kobe e jordan sao !

    • MarceloLRBulls

      Só hater não respeita um jogador como Lebron James. E ser amado não quer dizer nada, é basquete, não concurso de miss simpatia.

    • Lucas Ottoni

      Jordan >>>>>>>>>>>>> anos-luz! >>>>>>>>>>>>>>>> Kobe.

      • Michel Moral

        Eu diria que as comparações param na questão de Kobe fazer o mesmo tipo de jogada de Jordan.

        MJ foi mesmo infinitamente superior a Kobe.

        • MarcoLakers

          Mas o MJ também “copiava” jogadas, não é como se ele tivessem inventado as jogadas.

          Não estou falando que o Kobe é melhor, é claro que o Jordan é o Goat incontestável, mas se tem um jogador que pode ser comparado a ele é o Kobe….. diria que ele é o mais próximo de ver o que o Jordan fazia em quadra.

          • Leonardo – New York

            kobe não copiava, ele tinha um jogo parecido com o de Jordan

    • rodrigo

      Vai se fuder otário!!!

    • rodrigo

      Só sabe falar merda do lebron

    • Bruno Sullivan

      Jordan na epoca do q jogava nem era tao amado assim nao.. mas depois q ele se aposentou mudou tudo… o Kobe era odiado por muitos pelos episodios com o shaaq, mas o tempo muda tudo

      • pedrokadf

        verdadee

    • pedrokadf

      kobe é um dos jogadores mais odiados da liga, ele está se aposentando agora não tira toda sua arrogância durante anos… as torcidas rivais hoje o aplaudem pelo oq ele fez em quadra, tirando isso, ngm gosta dele como pessoas ser humano, sem contar o encandolo que se envolveu… LBJ até onde eu sei é um cara integro, alegre, companheiro etc…
      Jordan não era tão amado assim, depois que se aposentam todos viram santos, é igual quando morrem…

      • Dubnation

        kobe odiado ? aonde? vc so pode estar de brincadeira , esse cargo é do lebron a anos

        • pedrokadf

          Não ? Acho q vc q está… posso escrever um livro aqui… rs

          • Dubnation

            uma coisa é ser odiado por n ser bom companheiro de equipe e outra e ser odiado pela liga , é diferente . pegue o exemplo do lebron qdo fez a primeira decisao dele e veja o q é ser odiado pela liga toda . ele mesmo abraçou e assumiu o papel de vilão q a midia deu pra ele

          • pedrokadf

            odiado por ter trocado de franquia ? Kobe forçou a barra para ser trocado quando foi selecionado pelo Hornets…
            sem contar q são ódios diferentes, Ngm da ESPN americana gosta de kobe, nenhum companheiro de equipe (claro que há exceções), outros jogadores da liga, teve seu nome especulado em estupro… ao contrario de james, que por uma acaso já voltou para sua cidade natal, logo não existe rancor algum mais…

    • Rondonildo

      Kobe Kobe Kobe Kobe, so sabem falar isso mds kkkkkkk
      A NBA tem q arrumar uma expansão e dar uma franquia pro Kobe, assim esses caras vão ter pra quem torcer quando ele se aposentar

    • MarcoLakers

      Isso ai é relativo. Nem Kobe e nem Jordan eram tão amados assim, isso só veio acontecer quando o Jordan parou e agora que o Kobe está parando. Mas por estilo de jogo é bem mais fácil gostar dos dois que o Lebron, de fato.

      • Leonardo – New York

        Perfeito! Concordo com tudo.

  • MarceloLRBulls

    Acho que da pra tentar ser campeão e o principal jogar do time nessa temporada e nas próximas duas, depois disso só vejo ele sendo campeão como coadjuvante

  • Lucas Ottoni

    31 anos é uma ótima idade. Tem muita lenha pra queimar ainda. Tecnicamente, não chega aos pés de Jordan e até de Kobe. Mas ele é o melhor do mundo na atualidade pq alia uma ótima técnica e um alto QI de basquete a um físico privilegiado. E sabe unir todas essas qualidades como ninguém. Aí é difícil de parar mesmo… rs.

    • Viicente Machado

      Ninguém chega aos pés do MJ rs.

  • Uncle Drew – Ky(R/E) Ef²E(ct)

    Tirando o momento q ele não vencia títulos.. esse é o q ele vive mais pressão. Cleveland detém um record nesse momento de 21-9! O terceiro melhor da liga no geral, atrás de Warriors e Spurs, mas mesmo assim sofre mt pressão pelo fato de as vezes não jogar bem. Basta uma derrota, como a do Blazers por exemplo, ou uma sequencia negativa… para vir um caminhão de críticas.
    Este é o lado ruim de ser bastante midiático, e segundo o Brian Windhorst (colega dele na faculdade, deve ser uma das razões pela qual conseguiu emprego na ESPN, é o jornalista q só segue o LeBron) “LeBron sempre gostou de chamar atenção e procurou sempre maneiras de fazer isso”, a entrevista q a ESPN Brasil fez com ele está nesse link (http://espn.uol.com.br/noticia/446673_jornalista-que-viu-lebron-crescer-conta-como-ele-e-e-era-queria-atencao-desde-14-anos).
    Isto tem o lado ruim (q já falei) e o lado bom, sempre ganha dinheiro de qualquer forma, e tem poder de decisão sobre qualquer coisa no Cleveland.
    Acho q ele ainda tem uns 5 anos de basquete em alto nível, já q ele se cuida bastante na parte física, e o título deve vir uma hora ou outra. Com o declínio dele, q já acontece levemente, o Irving começará a amadurecer e ajudar cada vez mais.

  • vitorhugoj3

    Declínio? Os números podem até fazer com que tiremos essa conclusão. Mas LeBron, indiscutivelmente, continua a ser o jogador mais valiosos da liga. Este consegue manter o Cleveland Cavaliers (um time com J.R. Smith, Mozgov, James Jones, etc… tirando o big three) em primeiro na Conferencia Leste. Se tirássemos James dessa equipe, dificilmente seria o primeiro colocado em sua conferencia. Sua capacidade de fazer seus companheiros de equipe tornarem-se melhores, é algo incrível. Quando se aposentar, fará tanta falta a liga quanto Kobe…

    • Uncle Drew – Ky(R/E) Ef²E(ct)

      É um declínio porque ele não está mais no seu auge, o auge dele foi no Cleveland de 2007 até o Miami do título contra o Spurs. É um declínio ainda leve, mas o LeBron ainda é um jogador espetacular!

      • vitorhugoj3

        Sim, analisando pelos números e também pelo seu físico há um declínio. O que quis dizer, é que mesmo com os números e o físico indicando uma queda, LeBron ainda assim consegue ser um jogador incrível. Consegue ser talvez o cara mais valioso da liga, com essa capacidade absurda de fazer seus companheiros de equipe tornarem-se melhores… O que ele fez com o Cavaliers nas finais da temporada passada, foi sensacional. Jogaram, vamos dizer, de igual para igual contra o adversário. Agora como disse no acima, tire James dessa equipe… Creio que até iria aos Playoffs, mas com certeza, as chances de conquistar um título diminuiria drasticamente…

      • Michel Moral

        Nem sempre o auge do jogador é o momento de maior virtude.

        Claro que nos stats, nos “40 mpg” e nas enterradas quase que imparáveis ele apresentará um “declínio”.

        Mas por outro lado, agora é o melhor momento para ele liderar o time e para ele trazer mais resultados do que scouts.

        Acho que James chegou numa fase perigosa da carreira. É bom que os adversários abram o olho.

        Espero que Kyrie e Love voltem a jogar o que sabem e cresçam ainda mais. O que ele passou no Cavs nas finais passadas foi insalubre!

    • LakersFan

      Vou te apresentar um tal de Curry depois

      😂😂😂

    • MarcoLakers

      Se vc tirar o Curry o GSW não será primeiro da liga. Se vc tirar o Kawai o Spurs não seria segundo do Oeste. Esse argumento tá meio deturpado, mas o fato é que ele ainda é um dos que mais faz diferença.

      • vitorhugoj3

        Não. Mas não dá para comparar os conjuntos. Warriors sem Curry ainda possuiu Thompson, Green, Barnes… Cavs sem LeBron, Love (que já não é o mesmo dos tempos do Wolves), Irving, J.R. Smith, Mozgov… Há uma diferença significativa do elencos.

        • MarcoLakers

          Teoricamente o o Irving seria melhor que qualquer um dos Warriors, excetuando o Curry. Entendo o que vc diz, mas acho meio deturpado, em qualquer caso que vc tira o melhor jogador do time é mt provável a equipe não chegar nas mesmas condições que com o FP.

      • Dubnation

        qm é Kawai ?

        • MarcoLakers

          Leonard!

  • Fernando

    O traveling continua o mesmo!

  • VICE

    O rei dos vices , maior pipoca da historia

  • Bruno Sullivan

    Eu não acho que ele esta em declinio, a % de arremesso dele é de quase 50|% o que é otimo, eu acho que o Lebron se poupa mais durante o jogo e deixa pra explodir mais no final,. e sendo assim é o jogador que mais pontua no ultimo quarto, mas o arremesso de 3 dele deu uma caida mesmo, mas eu acho natural ter esses altos e baixos.. a 2 anos atras no Heat ele teve % acima de 40% de 3

    • Augusto Filho

      O problema é que o Lebron já teve mais de 60% de aproveitamento quando jogou no Heat, é desse declínio que está se falando…

  • Esteferson Matos

    Lebron, um dos maiores de todos os tempos, é um prazer vê-lo jogar, assim como Duncan, Kobe, dentre outros…

    • L°R

      KOBE > lebron never forget this 😉

      • Rafael Victor

        hahaha! Boa!

        • L°R

          o cara e lakers mas admite lebron que que isso e a mesma coisa dos torcedores do sao paulo apoia o curinthians pode nao kkk :O

      • Esteferson Matos

        Respeito sua opinião..

        • L°R

          nao e opiniao cara nao se contamine,so precisamos do kobe lebron fora ja,que lakers voce e desse jeito

  • Michel Moral

    Batendo pra dentro, LeBron é o melhor da história.

    O fato de ele ter um aproveitamento bom nos arremessos longos não o faz um grande arremessador. Os números muitas vezes enganam. Ele é somente um jogador razoável arremessando, ou seja, o suficiente para torná-lo “completo”.

    Na minha visão, ele é o jogador mais difícil de ser marcado na sua posição na história. Principalmente pela explosão e agressividade do seu jogo. Isso não o torna melhor que Jordan, afinal, o 23 do Bulls foi e dificilmente deixará de ser o melhor de todos os tempos. Apenas a título comparativo, entendo que Shaq foi o jogador mais difícil de ser marcado no garrafão da história, pela imponência do seu jogo e pelo aspecto físico. Entretanto, isso não o torna melhor e mais técnico que Ojauwon nunca.

    Por isso, entendo que LeBron revolucionou o basquete. Ele conseguiu ser tão bom no ataque quanto na defesa. Acho que nenhum jogador conseguiu tanto marcar quanto atacar no garrafão e fora dele com a mesma eficiência. James foi capaz disso… Joga em qualquer lugar e em praticamente qualquer posição.

    Percebe-se uma mudança de postura no seu jogo. Ao meu ver, hoje ele está muito mais perigoso do que antes. Essa faixa dos 30 aos 33 é cruel para os adversários. É o ponto mais maduro e que torna o jogador o mais preparado possível para jogar basquete.

    • Rafael Victor

      “Batendo pra dentro”, acho que o melhor é o Jordan, não? O cara que ia pra cima, fechava dois em cima, mesmo assim ele conseguia driblar com todo aquele malabarismo fazendo aquelas cestas mágicas! Insuperavel!

      • Michel Moral

        Eu prefiro o LeBron. Acho que o Jordan tinha muito mais recursos do que o LeBron tem, mas nessa jogada específica, ou melhor, quando o assunto é jogar próximo à cesta, eu acho que LeBron é muito diferenciado… E a passada dele, a forma com que ele ataca o aro, eu acho impressionante.

        Mas o que dava o retoque na genialidade do MJ era a imprevisibilidade. Era o tipo de jogador que fazia qualquer coisa, inclusive aquilo que ninguém imaginava que pudesse fazer, o que inclui a dunk na cabeça de Ewing e Oakley (salvo engano) rs rs rs

      • Leonardo – New York

        É claro que é o Jordan

  • Caio

    massa essas imagens

  • LakersFan

    Atualmente é o segundo melhor jogador do mundo, atras somente do Curry, e isso se deve por causa da ascensao do curry e nao tanto do declinio de Lebron, portanto ainda é muito mito.

    • Michel Moral

      Curry é o melhor jogador de basquete NO MOMENTO.

      LeBron ainda é o melhor jogador de basquete em atividade.

      • LakersFan

        Ja nao considero mais momento. Curry ja demostrou por 1 temporada e 1/2 jogando nesse nivel. Pessoal comenta muito aqui que ele se beneficia muito do sistema do Golden State, mas é totalmente o inverso, o GSW so joga da forma que joga pois possui o Curry, ele é um Steve Nash com a defesa melhorada e o melhor chute de todos os tempos, ele e o lebron na minha opiniao sao os unicos jogadores que conseguem elevar o nivel de seus companheiros ao maximo, porem discordo de voce na parte do momento, Curry ja superou Lebron.

        • Michel Moral

          A única coisa em que concordo com você é que Curry é o melhor chutador da história. Aliás, ele ainda não o é, mas será. Primeiro porque Reggie Miller e Ray Allen, embora não tivessem a mesma intensidade dos arremessos do Curry, jogaram muito e arremessaram muito bem desde o seu primeiro ano de NBA até o último. Acho que Steph demorou um pouco a engrenar, mas quando engrenou foi o mais surpreendente de todos. Logro deve se sagrar como o melhor até nos números.

          Steve Nash? Defesa? Desculpa, amigão, mas o jogo do Curry não é muito parecido com o de Nash. O canadense era first pass. Ele sim era um organizador de jogadas. Como armador em si, foi muito melhor do que Curry é. A diferença é que Curry é o melhor definidor da linha dos 3. Isso facilita, inclusive, as suas infiltrações, uma vez que se o cara pula na finta dele, um abraço… Ele bate pra dentro e larga na bandeja.

          Eu acho que a chance de Curry ser melhor do que LeBron como um todo é nula ou quase zero. Não tem chances!

          • LakersFan

            O comparei com o Steve Nash na questao de ser um chutador letal e ao mesmo tempo armar o time, nao possui o mesmo numero de ass do Nash pois o GSW meche muito a bola.
            Agora voce falar que o curry tem chance nula de ser melhor do que o Lebron é simplemente desrespeito, porque alem da defesa e dos atributos fisicos, lebron nao é melhor que o curry em nada, alem de ser um chutador ruim.
            Considero o curry o mlehor de todos os tempos pois nenhum jogardor atingiu esse nivel chutando a bola que ele tem, em toda a historia, nem ray allen nem reggie miller.

          • Michel Moral

            Melhor de todos os tempos?! HAHAHAHAHAHAHAHA

            Curry tem um MVP e um título e é melhor de todos os tempos?!

            Só hoje, considerando jogadores que ainda jogam tem 3 que com certeza são melhores do que Curry: Duncan, LeBron e Kobe. Esses três são/foram melhores do que Curry e muito dificilmente o armador do Warriors irá superá-los.

            Aí você pode pegar jogadores como Wade, Nowitzki e Garnett que também hoje TODOS ainda estão na frente de Curry em uma lista de “melhores”.

            Se for pegar os caras do passado e que já pararam de jogar é covardia. Curry hoje ainda estaria no chinelo.

            Um dia ele poderá figurar em um seleto grupo de melhores, mas as chances são remotíssimas de ser melhor do que um LBJ… E do que Jordan então… Nem se fala! É uma ofensa, desculpa…

          • Matheus Oliveira

            Mas é até covardia também comparar LeBron e Curry um com 31 outro 27 apenas com caras que terminaram a carreira kkkkk
            Tem muito chão, também acho que não chegue tão longe (LeBron ainda pode se sagrar melhor pós Jordan) mas calma.. Sem comparação antes da hora

          • Michel Moral

            Claro, concordo.

            Apenas coloquei como uma situação complicada a do Curry (de superar essas lendas).

            Quem sabe se o Warriors emplacar uma dinastia de umas 6 temporadas, um tricampeonato, ou algo assim. Difícil é, mas não impossível.

            Aliás, ao meu ver, Curry vai estar inevitavelmente no HOF e vai ser reconhecido (se já não for) como o melhor arremessador de 3 da história.

          • Doug

            Pois é. Muita precipitação. O Curry explodiu faz duas temporadas, embora já viesse jogando bem nas outras. Tem muito o que percorrer ainda. O lebron tem carreira consolidada e eficiência em todos os fundamentos. Acho simplesmente, que não é necessária a comparação, mas a fizeram. Curry é fantástico, mas não vejo o porque de fazerem toda essa comparação e especulação, que acho que é coisa de mídia. Deixa o cara o jogar e no futuro veremos.

          • Mauro

            O comentário desse cara é tipico de quem começou a acompanhar a liga faz 2 anos.

            Assisto NBA desde 2001 , e ja vi o meu idolo D-Wade jogar nesse nivel que o Curry está hoje umas 3 temporadas , por exemplo.

            Ressalto que são estilos de jogo COMPLETAMENTE diferentes , antes que apareça um cidadão falando coisas sem fundamento.

          • Doug

            Lebron não é melhor do que o Curry em nada? Curry melhor de todos os tempos? Há quanto tempo você acompanha NBA? Acho que isso não é nem uma questão de opinião…

          • Michel Moral

            Imagina o Popovich lendo um comentário desse?! rs rs rs

            É nessas horas em que a gente entende o que o Mark Jackson quis dizer que o “Curry é uma má influência” rs rs rs

            Tudo brincadeira, claro!!

          • Matheus Oliveira

            Ele disse que ele é o melhor chutador de todos, Michel.
            Não melhor JOGADOR de todos os tempos kkkkk

          • Doug

            Ele disse ali que considera o Curry o melhor de todos os tempos e justificou isso pelo seu chute, mas não se restringiu a melhor chutador.

          • Mauro

            “Lebron é simplemente desrespeito, porque alem da defesa e dos atributos fisicos, lebron nao é melhor que o curry em nada, alem de ser um chutador ruim.”

            Curry é melhor passador que Bronha ?
            Curry envolve seus companheiros melhor que Bronha ?
            Curry tem Q.I de basquete melhor que Bronha ?

            Acho que não é só defesa e atributos fisicos que ele é superado.

            Curry tem sido um monstro , mas não tem como discordar do Michel.

            A chance do Steph um dia ser comparado se quer , ao nivel que Lebron atingiu com essa constancia é ZERO !

          • Viicente Machado

            Nem tem o que falar disso.

          • Augusto Filho

            Mano… Se você acha o Curry impressionante, vai ver 30 minutos do Larry Bird chutando… Curry é o melhor arremessador da linha dos 3 pontos… Bird é o melhor All-Round All-Time, e isso em uma época bem mais complicada pra arremessadores…

          • Doug

            Concordo. Ótimas considerações. O momento é do Curry, mas Lebron continua sendo o melhor.

        • Matheus Oliveira

          Se o Curry tivesse a visão de jogo do Nash, quem dera… Ele demorou pra engrenar, por culpa das lesões e falta de maturidade
          É lógico que o banco do GSW é ótimo, mas concordo com você, a boa fase do Curry e claro, a chegada do Kerr fez o time chegar a esse nível

        • Não querendo parecer fanboy mas comparar carreira do LeBron com o Curry é desleal. Reforço as palavras do Michel:

          “Eu acho que a chance de Curry ser melhor do que LeBron como um todo é nula ou quase zero. Não tem chances!”

          O LeBron desde os 20 anos finaliza a temporada entre os top 5 do MVP. Apenas o Jabbar está a frente dele, e olha que LeBron tem “apenas” 31 anos. Esse ano inclusive ele deve aumentar a sequência para 11 temporadas seguidas.

          http://national.suntimes.com/nba/7/72/1053247/lebron-james-nba-mvp-voting

          As chances do Curry atingir esse nível de consistência são basicamente nulas.

  • Bruno – Los Angeles Lakers

    Mimimimi , nao pode falar um a do bandeja que nego vem chora e soltar seu odio , recomendo uma bela namorada e fazer uma bela viagem , tem nego que ta com a pá virada msm ,,, haha , abraços !

    • L°R

      kk

    • pedrokadf

      vc só aparece quando é post sobre LBJ, nem quando o lakers ganha vc aparece kk
      que amor é esse pelo James ein ? kkkkk

      • Leonardo – New York

        Ele sonha com o Lebron toda noite, aí acorda com dores e vem descontar a fúria no jumper.

    • Leonardo – New York

      Fala vice

      • Bruno – Los Angeles Lakers

        Fala torcedor de time pequeno !

        • Leonardo – New York

          Tbm te amo, lindo

  • Doug

    Mais uma vez vai gerar aquele problema dos que torcem para determinados atletas e times, acima de tudo. Aqueles que plantam o discurso barato do ódio gratuito. Na verdade, para quem aprecia o basquete, de verdade, é um prazer ver os grandes, como o Lebron, jogarem. Quem gosta do basquete, e não apenas torce por um time para se sentir vencedor ou o que quer que seja, sabe valorizar o bom jogador, ainda que não goste dele, por qualquer razão que seja. O cara é o melhor, o mais completo. Isso é fato. Durant e Curry (apesar de ser o MVP do momento), dentre outros, estão abaixo dele e quiçá poderão atingi-lo, já que são mais jovens. E outra, não é porque um ascendeu que precisamos rebaixar o outro, pois há lugar para todos.

    • Mauro

      Perfeito seu comentário.
      Tem muitos “torcedores” de jogador A e B por aqui.
      Gostar e apreciar o bom basquete é outra coisa totalmente diferente.

      Lógico que não sou Mãe Dinah , mas discordo da parte que Curry um dia poderá atingir o que Lebron ja fez na liga.
      Pra isso Curry precisaria manter esse nivel de hoje por umas 8 temporadas , pra forçar uma barra e botar o nivel dos dois numa conversa justa.

    • Michel Moral

      Cara, ainda bem que comecei a gostar de basquete por conta própria, sem influências e sem interferências.

      Sinto que é um sentimento puro, saca?

      Por exemplo, no futebol eu torço para um time porque meu pai desde sempre me influenciou e, obviamente, minhas preferências tendem a ser sempre ao time que torço. Estou tentando mudar isso porque está na nossa cultura rs rs rs

      Que bom que no basquete é diferente.

      Claro que tenho meus gostos. E devo estar errado em muitas das coisas que penso e escrevo. Mas é bom ter a paixão pelo esporte em si e, acima de tudo, o respeito que o basquete proporciona.

      • Mauro

        Sou Miami Heat desde muito tempo e fanboy fervoroso do D-Wade , mas sei separar as coisas.
        Não cometeria a imbecilidade de por exemplo , falar que o Patrão de Miami foi mais jogador que o Kobe.

        É só questão de saber separar seus gostos pessoais da realidade.
        Tem pessoas que é um pouco mais complicado explicar isso , rs.

        • Doug

          D-Wade é um jogador fantástico e de pura identidade com o seu time. Hall da fama merecido. Tem coisas que só ele faz até hoje…

      • Doug

        Exatamente…é como aconteceu comigo com o futebol americano, que sempre jogava no video game quando moleque (e por isso até hoje torço pelos 49niners). Tenho acompanhado mais, há cerca de uns quatro anos, e mesmo não torcendo pelos seus times, gosto demais de ver caras como Aaron Rodgers, Tom Brady, Drew Brees, Marshawn Lynch, Larry Fitzgerald, Jamal Charles, Rob Gronkowsky, dentre outros. Gosto do esporte. Tenho um time de coração, mas não há como não admirar a habilidade desses caras…Basquete acompanho desde a década de 90…vi caras como Jordan, Bird, Magic, Pippen, Drexler, Olajuwon, Barkley, Miller, dentre outros jogarem..jogava Lakers X Celtics no mega drive…tem alguém aqui nessa comigo? Não me considero melhor do que ninguém, mas chega a ser um exercício de humildade reverenciar quem pratica o bom basquete.

        • Michel Moral

          Estou nessa com vc.

          Na verdade eu comecei a acompanhar nas finais entre Bulls e Jazz, em 98.

          Mas depois disso eu virei fanático e comecei a pesquisar e assistir jogos antigos, fitas e outras coisas.

          • Doug

            Bacana, meu velho. Hoje, com o youtube, dá para a gente resgatar e conhecer muita coisa. Pois é, era duro bater de frente com o Chicago…uma lástima também Stockton e Malone não terem um título…aliás, isso daria uma grande matéria, hein pessoal do Jumper? “Os sem título”…rs…

      • Doug

        Pois é, meu velho. Bacana isso. Todos temos nossos gostos e cometemos erros. Humildade acima de tudo. Apenas gosto de colocar o esporte acima das outras coisas que o envolvem. Se o cara é bom, gosto de vê-lo jogar. Simples assim.

  • Matheus Oliveira

    Não tive oportunidade de acompanhar Jordan e etc, mas LeBron com certeza é um dos melhores da história. É um cara que foi abençoado mesmo por conseguir unir tudo que um jogador precisa, reúne visão de jogo, agilidade isso com mais de 2 metros e sendo muito pesado.. Mas a melhor habilidade nesse cara é sem dúvida tornar seus companheiros ao redor melhores, é o que faz diferente ainda mais de todos os outros.. Creio que o LeBron ainda tenha muitos anos de carreira se nenhuma lesão comprometa sua capacidade física, podendo se tornar o melhor pós Jordan. LeBron não é o mesmo fisicamente, mas ele está em seu auge mental ciente das suas condições e de como pode carregar seu time as vitórias.. Vai ser muito legal ver fazer o time que o revelou pra Liga campeão, depois de tudo que aconteceu em sua saída. Pelo menos uma vez..

    • Doug

      Lebron foi muito abençoado. Um jogador muito versátil e completo. E como amadureceu o seu jogo foi espantoso. Acredito que está no seu auge e não na sua decadência, podendo jogar em alto nível ainda por alguns anos.Torço para que ele consiga um título com os Cavs, pois ia ser uma história fantástica…acredito que o basquete seria reverenciado…

  • Viicente Machado

    Não existe declínio nenhum. O que existe é apenas uma maneira dele se poupar, o cara é um monstro fisicamente, mas ele também tem que saber dosar as coisas, entrou na liga muito cedo, já são temporadas e temporadas nas costas e chega uma hora que tem que ir mais devagar mesmo, ainda mais que sua principal arma é o físico, então a meta é sem dúvidas chegar um pouco mais descansado nos playoffs. E óbvio que ele é explosivo ainda, quando quer ser ninguém para, só ver o jogo contra o Warriors no lance que o jogador adversário rouba a bola e o LeBron vai caminhando lentamente e no final da o pique e o toco de forma espetacular. E é verdade que ele nunca foi um grande arremessador, mas com o tempo se tornou ok nesse quesito, com seu auge nos 3 primeiros anos de Miami, o suficiente pra virar um jogador completo e fatal, fora que Armando o time deixa muita gente no bolso, além do seu QI gigante de basquete. As partes a se lamentar em sua carreira são o modo como deixou o Cavs, e as finais de 2011 contra Dallas, mas quem nunca errou que atire a primeira pedra. Parabéns The King!

  • Viicente Machado

    É desleal a comparação do Curry com o LeBron, claro que ele vive um momento melhor do que todos e vai ser MVP denovo e tal, mas ainda sim o LeBron é mais jogador. Infelizmente estão exagerando quanto a ele e aos Warriors, o que vem rendendo algumas críticas e já uma certa implicância. Mas é compreensível até certo ponto, fazia tempo que ninguém fazia frente ao LeBron na liga, a expectativa era alta por isso. E vale lembrar que o. Curry foi destruir mesmo só na temporada passada, e esse elenco do Warriors é infinitamente melhor do que Qualquer elenco que o LeBron teve na vida dele no Cavaliers até temporada passada, e mesmo assim o Kevin Love vem decepcionando, e o Irving só vive machucado. Desse jeito vai ser difícil conseguir algo, ainda mais tendo jogadores de qualidade questionável como Mozgov, TT milionário…E ainda tem Jr Smith que faz 1 jogo bom e some em 5, Shumpert.. Complicado.

    • Esteferson Matos

      Para mim não existe comparação, Curry não pode está na mesma frase que Lebron…

  • MarcoLakers

    Acho que Lebron mudou sim, ele está mais maduro, embora ainda faça alguns papelões como já marcados nesta temporada.

    Particularmente eu não curto mt o estilo de jogo do Lebron, mas não há como negar que ele é um dos melhores jogadores do século, o considero em quarto por enquanto.

    No que tange a carreira dele: acho que a mudança para Miami pega mal para o legado dele, como alguns grande astros disseram: não iam para franquias de outras estrelas para ser campeão….. mas ai é opção de carreira dele, infeliz ou não é escolha dele.

    No que tange a nível de jogo: não acho que está em seu auge, mas o declive é mt pequeno, até pq as lesões não o atacaram.

  • Luiz Rizzo

    Quem nasceu Manga Larga jamais será Pé de Pano

    • Luiz Henrique Santos

      Rizzo garantido ein Xará?!

      • Luiz Rizzo

        Garantido. Haha

    • Dubnation

      MANNNNNNNGA LARGAAAAAAAAAA

  • Se comparado com a trajetória do LeBron eu não noto mudança em seu jogo neste estágio da sua carreira. Mas em relação a temporada passada existe sim uma mudança, ”o velho LeBron” metido a arremessador como nos primeiros anos que era inconstante nos chutes do perímetro parece que tinha voltado.

    Essa temporada parece que LBJ já começou forçando o jogo desde a primeira partida, mas como ele é acima da média em consistência e sua porcentagem é sempre na casa 60% ou mais próximo à cesta isso não afeta nos números. E a maturidade chegou pra ele, não a toa que tem várias situações na temporada 2015/2016 que ele força as jogadas no interior do garrafão porque pra isso ainda não há defesa que o anule.

  • PabloPierce34

    Queria ver ele ganhando um ou ate mais titulos em Cleveland, Mais com esse time acho que nao da nao

  • Rafael Victor

    Gostei muito desse texto! Principalmente, das referências ao Spurs, Kobe Bryant, Dirk Nowitzki e Ray Allen! Assim como a relação ESPN-Lebron citada no inicio do texto! Bem Legal!

  • Odeio o Lebron por causa que ele sempre destrói meu time nos offs só por isso msm mas o cara joga mto o físico dele lembra mto o do K. Malone uma besta fisicamente, junta o físico+inteligência devido a isso pra mim ele vai manter o nível até uns 36 anos.

  • – Tiago

    Não tem o que discutir LeBron é um dos melhores jogadores da historia da liga, não sou muito seu fã por ele destruir sempre o meu time nos offs KKKK Mas não tem como negar, o cara joga o fino.

  • RennanLAL

    O auge do LeBron foi no Heat, ele não volta mais aquele basquete, era um dos melhores defensores de perímetro, tinha uma eficiência absurda, ainda levava vantagem no físico e era um arremessador até consistente, apesar que ele continua sendo um grande jogador na liga, mas hoje perdeu o posto de melhor.

    Eu gostava mais de ver o LeBron da primeira fase do Cavs, lá pra 2007/2008, era um jogador explosivo demais.

  • MDias

    Matéria muito boa, mas o Gustavo foi sacana ao escrever que Ray Ray deu o título contra o Spurs né? Faça-me o favor…
    Parabéns ao LeBron e torço para que consiga trazer títulos ao seu estado natal!

    Agora, em relação aos comentários, tem haters aqui que não se cansam de escrever merdas hein kkkkkk.
    Quer queira quer não, James continua sendo o melhor e antes que alguém começe com asneiras, o garoto da linha dos 3 ainda tem que passar KD para começar alguma conversa mais séria.

    • chris

      “Garoto da linha dos 3″… . Steph Curry eh o MVP da liga e o atual lider em pontuacao. amigo hater. O time dele ta quebrando recordes essa temporada.

    • chris Dub Nation

      “o garoto da linha dos 3 ainda tem que passar KD para começar alguma conversa mais séria.”
      KKK…
      Com todo o respeito: Dois jogadores incriveis, mas o Steph Curry tem um titulo da liga aonde ele eh o melhor do time e de quebra foi eleito o MVP. KD mesmo com Russell Westbrook dolado nunca levou o OKC pra uma final da NBA. #FATO

      • Leonard

        Cara, engraçado é ver os caras desinformados tentando corrigir os outros kkkkkk

      • Edílson

        Kkkk. Começou a assistir na temporada passada, ou sofre de amnésia e o pior de tudo tenta corrigir os outros sem nem se dá ao trabalho de pesquisar no Google.

      • Felipe Monteiro

        kkkkkk… Nunca levou numa final de NBA??? kkkkk
        ta sabendo legal, hein amigão?

      • Daniel

        Levou sim a uma final contra os Heat 2012 amigao, melhor informar-se antes de deixar a sua opinião

      • Rodolfo Ribeiro

        Tá sabendo pra caramba Hein..

    • Gustavo Freitas

      Não, não. O Ray Allen foi o responsável pelo arremesso que deu o título. Esse foi o objetivo no texto.

      Abraço.

    • Fabrica de Vassilo

      KD essa temporada não ta conseguindo ser melhor nem que o Westbrook, ja passou o KD nessa temporada assombrosa que ele vem fazendo.

  • Chris Dub Nation

    Lebron James eh o cara “the king” sem duvidas, porem na comparacao dele com o MVP Steph Curry, eu vejo de outra maneira: Steph Curry nao tem apenas o melhor arremesso de 3 pontos e jump shots da liga, oque torna ele tao especial eh que ele faz o time render muito mais, sempre com marcacao dupla ou as vezes tripla em cima dele (afinal, se deixar ele acerta de qualquer lugar da quadra), ele sempre consegue espaco pra assistencia pra companheiros. Isso torna o GS Warriors o melhor time da liga (29-2)

  • JLino

    se é o mesmo ou não, isso não importa, o que importa é que ele ainda é o melhor jogador do mundo!

  • Dubnation

    acho mto exagero , lebron ainda joga mais uns 4 anos facilmente nesse nivel

    • Gustavo Freitas

      Só para registrar, eu ainda o acho o melhor jogador da NBA. Apenas constatei isso com o tempo, como a defesa. Ele é outro. Antes, era considerado para o prêmio de defensor do ano. Hoje, tem uma certa preguiça. É nítido para quem o acompanha desde o início.

      Mas…

      O que ele fez nas finais foi coisa de outro mundo. A pergunta do texto refere-se sobre a sua condição de melhor. É um questionamento para os fãs de basquete, não só dele.

      Será que ele ainda é o mesmo? Citei números em que ele melhorou, inclusive. Está se tornando mais inteligente, forçando menos. O sentido é o contraponto.

      • Dubnation

        vc acha entao q a ´preguiça vem com a idade avançada? se fosse assim entao o duncan ein

        • Gustavo Freitas

          Não tem a ver uma coisa com a outra. Ele apenas passou a ter mais “preguiça” com o tempo. Só isso. Não é porque ficou mais velho, que tornou-se preguiçoso.

      • S.E.P MV

        Não entendo toda essa badalação em cima das atuações dele nas finais da temporada passada,o cara fazia 40 pontos chutando 35 bolas por jogo (não se esqueça dos pontos de FT)

  • Mateus Rodrigues

    Amigo e astro Dwyane Wade que já tinha feito história na liga, diga-se de passagem

  • Alysson Alberto Elias

    Bom o texto, mas não diria que o Mavs ganhou do Heat em 2011 com um pé nas costas. Na verdade a grande virada foi aquele jogo do Dirk gripado, q ele jogou demais.

  • THEBULLS23

    Belo texto. Lebron está mudando, mas acho que terá condições de adaptar seu jogo quando deixar de ser um touro, assim como fez PP34 e Kobe.

  • Lucas

    Ótimo texto 🙂

  • Thiago Tecachuk

    Lebron James esta usando a cabeça, não adianta se matar no campeonato inteiro, chegar na final destruído. Quanto a defesa, acho que acontece com todo jogador de perímetro, ter que correr o tempo inteiro na defesa e ainda levar o ataque, ficaria muito difícil. Kobe fez a mesma coisa que ele, 31 anos ainda não é muita coisa, mas adaptar o jogo será necessário.

  • Daniel

    Lebron não está num mau estado não mais sim ta tentando dar espaço aos colegas para evitar dependência na decisão e isso é positivo, o enxemplo d playoffs ele tem carregou a equipe já que irving e love não estavam em condições ele jogou quase sozinho e pra evitar isso ta dando espaço aos colegas.

  • Melissa

    Galera, Lebron é o melhor jogador da atualidade e tem chances de passar MJ como melhor de todos os tempos. Sempre foi muito forte e teve o talento muitas vezes questionado, porém, quando se fala de lebron ao longo dos anos, se ele esta melhorando ou piorando, é notório que ele esta melhorando. Mais assistencias, mais liderança, mais técnica e parece que consegue até se poupar de certa forma. Muitas estrelas do passado se consagraram apenas com rebotes ou com os lances decisivos, como Reggie Miller, que adorava uma partida empatada e poucos segundos com a bola em suas maos, no ultimo período. Rodman, que só defendia e pegava rebote. Só que lebron mudou muita coisa no esporte. Ele pega muito rebote, faz muita cesta, rouba, assistencia, toco, enfim, talvez já seja o jogador mais completo da história. Recentemente, conseguiu a marca de o jogador mais jovem a fazer 25.000 pontos. Está no caminho para ser o melhor de todos os tempos.

    • Luiz lakers

      Caro amigo números e estatísticas não dizem muita coisa Lebron Nunca vai superar Jordan até pq é outra época e ele joga numa liga e em uma conferência bem mais fácil doq a época de jordan

      • carlos.z

        Numeros dizem tudo! concordo com o comentário da pessoa, o próprio reggie miller falado já pode ser considerado de igual pra igual com jordan em relaçao a decidir partida. Voce deve ser fa do kobe bryant, o próprio kobe teve que errar muuuuuita cesta pra ter o montante total de cestas. errou muito, porém com o que acertou fez história, decidiu muitas partidas, outras ele ferrou com o time…. enfim, já o lebron é o cara que faz realmente tudo. Se continuar assim ou talvez nem tanto, por mais umas 4 temporadas, vai superar todo mundo! curto muito jordan, e tal, eu vi ele decidindo partidas, foi o cara que fez o basquete virar um sonho, mas nao dá pra negar que lebron tá mesmo no caminho de supera-lo.

  • cesar c

    sou fã da época kobe/Shaq e sou fã de jordan. É claro que essa galera mudou o basquete, concordo com os comentários, jordan mudou tudo, nao só pelo jogo, a imagem dele mudou a cabeça das pessoas, colocou mais basquete no mundo. já o lebron é um cara mais “infeliz” nas palavras, é um lider para o seu time, mas fala muita bobeira mas, aceitem, é o melhor.

    Concordo com a galera, talvez esteja só atras de jordan, por enquanto.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados