logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 3 jan 2016 às 14:22
Tyson Chandler pede Suns mais focado para retomar vitórias

Time do Arizona vive crise interna, com série de derrotas e mudanças na comissão técnica

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Caos. Esta parece ser a palavra mais adequada para descrever o ambiente atual do Phoenix Suns, que vive uma profunda crise interna com mudanças na comissão técnica e declarada relação ruim entre parte do elenco e o treinador Jeff Hornacek. O veterano Tyson Chandler foi contratado na offseason para ajudar a estabilizar a crescente tensão no vestiário e seu conselho para o time superar a sequência de oito derrotas seguidas que enfrenta é simples: deixar os problemas fora de quadra.

“Há muita coisa acontecendo aqui e precisamos fazer um melhor trabalho limitando as distrações. Não é um incômodo para mim porque já passei por muitas situações na NBA, mas, para os mais jovens, as lesões e constantes tiram o foco das quatro linhas. Nós temos que largar esse turbilhão lá fora e concentrarmos no basquete”, explicou o pivô, referindo-se também à notícia de que o titular Eric Bledsoe está fora da temporada por conta de uma lesão no joelho.

Chandler também deveria assumir a titularidade do Suns desde que chegou, mas, entre contusões e a utilização de formações mais baixas, sua presença na rotação de Hornacek foi menor do que o esperado. O experiente atleta vem praticamente revezando no quinteto inicial com o jovem Alex Len. Ele não era reserva na NBA há quase sete anos. Isso o incomoda menos, porém, do que a situação atual da equipe.

“Não tem sido nada divertido. Eu realmente não esperava que fosse ser assim. Mas, independentemente disso, você ainda precisa encontrar formas de crescer e fazer seu trabalho. Estou tentando ensinar algo aos garotos todos os dias e tenho que ajudar a darmos a volta por cima. Eu vou lutar, competir e tentarei achar um jeito de contribuir para nossa recuperação”, garantiu o veterano, sem deixar-se abater pelos resultados recentes.

O Suns é o sexto time de Chandler em uma carreira de 15 anos na NBA. O atleta de 33 anos esteve presente em 27 partidas da equipe nesta campanha, acumulando médias de 5.4 pontos e 7.4 rebotes em pouco mais de 22 minutos de ação por noite. A produção é bastante modesta perto do contrato de US$52 milhões por quatro temporadas assinado pelo pivô em julho passado.

  • Renato

    Contrato horroroso, se levar em conta o histórico de lesões e a idade do atleta, apesar de ser um jogador muito útil em um time pronto para brigar por títulos. Suns tem que resolver seus problemas internos, pq a equipe até é razoável, mas sem estrutura isso irá acontecer sempre.

  • Dubnation

    52 milhoes …

  • Viicente Machado

    Se livrou de uma bomba o Dallas.

    • Daniel Serafim

      Ah! Não tenha dúvidas. Zaza é mais barato e mais efetivo que Chandler. Agora o Dallas precisa de livrar do outro Chandler.

  • Daniel Serafim

    Falou o cara que foi expulso de forma idiota da recente partida do Suns (vs. Kings – 02/01/16)

  • Wadson Pinheiro

    Lamentável. O time não vem rendendo e ainda tem batido recordes negativos na franquia. Em relação a algumas decisões no Suns, parece não haver pessoas com muito conhecimento do basquete.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados