logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 11 jan 2016 às 21:54
John Calipari pede US$ 120 milhões para voltar ao Nets

Técnico seria principal opção da franquia após demissão de Lionel Hollins

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

USP NCAA BASKETBALL: DIVISION I CHAMPIONSHIP-KANSAS VS KENTUCKY S BKC USA LA

O técnico John Calipari, da Universidade de Kentucky, é o primeiro nome na lista do Brooklyn Nets para substituir o demitido Lionel Hollins no comando do time. Mas, se quiser tirá-lo de um dos programas mais forte do basquete universitário, Mikhail Prokhorov vai ter que abrir a carteira. Segundo Adrian Wojnarowski, do site Yahoo! Sports, o integrante da classe de 2015 do Hall da Fama estaria pedindo contrato de dez anos e US$120 milhões em salários para treinar qualquer franquia da NBA.

Atualmente, o treinador recebe US$8 milhões anuais para ser o “homem-forte” do basquete de Kentucky e um dos principais recrutadores de talentos colegiais da NCAA. Wojnarowski apurou que o Nets aceitaria pagar o valor exigido por Calipari se ele não só assumir o cargo de técnico, mas também a função de presidente de operações da franquia – como acontece com Doc Rivers (Los Angeles Clippers) e Stan Van Gundy (Detroit Pistons).

Calipari já foi técnico na NBA entre 1996 e 1999, exatamente no Nets, quando teve campanha de 72 vitórias em 184 jogos e conduziu a equipe (então ainda em Nova Jersey) aos playoffs uma vez. Ele chegou ao comando da Universidade de Kentucky em 2009 e, desde então, já teria recebido sondagens de Sacramento Kings, New Orleans Pelicans e Cleveland Cavaliers.

Quatro das últimas oito primeiras escolhas do draft da NBA trabalharam com o treinador no basquete universitário: Derrick Rose (2008, Chicago Bulls), John Wall (2010, Washington Wizards), Anthony Davis (2012, Pelicans) e Karl-Anthony Towns (2015, Minnesota Timberwolves).

  • Michael Bryant

    A vida ta fácil pra muita gente mesmo…

    • Rômulo Franco Cardozo

      Enquanto ele quer 120 mi por 10 anos eu queria 1 mi pra uma vida! rsrs

      • Caseh

        Kkkkkk 2

  • B૨µɳσ – Lσร Aɳɠεℓεร Lαҡε૨ร

    P-Jax e Pat Riley no auge cobrariam quantos hj em dia .. uns 2 bilhões !!

  • King Cuban

    Eu não daria esse contrato a um treinador que nao provou nada na NBA… Ele todos anos tem os melhores jogadores vindos da highschool e mesmo assim somente venceu em 2012.. Melhor ele ficar em Kentucky onde ele é visto como um rei.

    • Marcio

      concordo

    • Zorg

      O Nets quer é comprometer seu futuro … Calipari já passou por lá não
      apresentou resultados além de ter uma série de problemas envolvendo
      questões de recrutamento de jogadores …. vive cercando de legiões de all star mas seus times não possuem padrão de jogo nem títulos

      • King Cuban

        O problema é que o recrutamento na NBA não é o mesmo que na NCCA…. Na NBA existe a cap e mesmo se não existi-se todos tem dinheiro e os free agents só são irrestritos por volta dos 26/27 anos…

        • Zorg

          King o problema nem é o recrutamento, nem os FA … mas sim a postura e a ética dele …. os problemas dele com os procedimentos de recrutamento demonstram bem claro a ética dele …. agora se para vc isso não é um problema, legal.

    • BetoMavs

      Penso da mesma forma…

  • Bruno Grotta

    Dez anos é muita coisa hahahaha

  • Lucas

    Abre o olho pro McHale Nets ,ta no mercado dando sopa.

  • Pedro

    Não vejo a pedida salarial como um absurdo, o cara está pedindo um aumento de 50% para trabalhar em mais do que o dobro dos jogos, a temporada no college começa em Novembro e acaba em Março. Se eu não me engano são entre 30 e 40 jogos, incluindo o torneio. Eu mesmo se receber alguma oferta de emprego, nas mesmas condições, só aceitaria com um bom aumento. Mas acho que ele pegou pesado com a duração, acho dificil qualquer franquia dar um contrato tão longo para quem não se provou na liga. Talvez só o Popovich ganharia um contrato tão longo. Acho que o Nets está se saindo bem em pensar em nomes diferentes. Se não procurar soluções diferentes, não sairá do buraco que se enfiou.

    • Luiz Otavio

      Esta pedindo um aumento de 25% e não 50%.

      • cont

        120 milhões em 10 anos: 12 milhões por ano.
        Recebe atualmente: 8 milhões por ano.

        O aumento seria de 4 milhões por ano, ou seja, 50%.

        Não vejo nada surreal também

  • RAFAEL LIMA

    Com essa GRANA KKKKKKK da pra contratar uns 3 daqui juntos!!!!!
    Tom Thibodeau, Jeff van Gundy, Mark Jackson, Scott Brooks, Kevin McHale,
    Mike D’Antoni, Mike Brown e ainda tem o Luke Walton que está fazendo um excelente trabalho como atual treinador interino do Golden State Warriors!!!!!!!!!!!!!!!!
    Abre o olhão Brooklyn Nets!!!!!!!!!

    • Rodrigo Oliveira

      Ele vai ser técnico e gm a maioria desses sozinho nem para técnico serve (precisa de um staff de qualidade) eles precisam de alguém que conhece a NBA e tenha moral, deveriam oferecer isso ao Coach K que com certeza recusaria. Mas como ele vai fazer as duas funções (Phil Jackson ganha 20 milhões só para ser o Gm) poderia valer o risco mas o tempo enorme de contrato pesa a não ser que não tenha multa a partir do 5 ano.

  • Victor Chittolina

    Eu entendo o Calipari. A pedida é absurda, eu acho, mas ele não tem por que sair de Kentucky se não for um contrato com um valor surreal. Se algum louco quiser pagar, beleza. Se não, melhor ficar na zona de conforto.
    Dizem que ele recebe USD 5.400.000,00 anuais lá. Convenhamos: dá pra viver BEM tranquilo.

    • Luiz Otavio

      Você leu a matéria? Porque esta escrito U$8mi o valor que recebe atualmente.

  • – Tiago

    10 anos de contrato é muita coisa, não vale a pena mesmo. Fora que esse técnico não provou nada na NBA

  • Thiago Reis

    Eu como torcedor dos Celtics estou rezando pra que eles aceitem, não acho que Calipari tenha capacidade pra NBA, NBA e NCAA são coisas totalmente diferentes!!

  • O valor não soa absurdo, numa pesquisa recente lembro que Popovich recebia nesta faixa de preço ou um pouco acima [é claro que aí tem o pacote completo de gerência de grupo incluído], mas Calipari tem muita influência no mercado de atletas e isso com certeza atrae as franquias. Ele foi decisivo na escolha de Towns pelo Minnesota ano passado.

    Agora como filosofia de trabalho, eu considero ele questionável. Tudo bem que trabalha há muito tempo com jovens e sua passagem pela NBA era sob o comando de um time em construção, mas ele não é um treinador especializado no jogo e sim um motivador. Se o Nets quer mudar a cultura não acredito que Calipari seria esse nome [não por 10 anos].

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados