logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 12 jan 2016 às 19:22
Sixers prepara homenagem póstuma para lenda Dolph Schayes

Falecido em dezembro, ex-pivô campeão da NBA terá camisa aposentada pela franquia

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

O Philadelphia 76ers vai aposentar a nona camisa de sua história ainda neste mês. A franquia anunciou que homenageará o lendário ex-pivô Dolph Schayes, falecido em dezembro, elevando o uniforme #4 ao ponto mais alto do ginásio Wells Fargo Center no próximo dia 23, no intervalo da partida contra o Boston Celtics. No entanto, a família do ídolo permitirá que o pivô Nerlens Noel siga usando o número enquanto atuar pelo time.

“Dolph é uma lenda do basquete e estamos orgulhosos de colocar seu número ao lado de outros ídolos do Sixers. É emocionante saber que, ainda antes de morrer, ele estava agradecido e empolgado com os planos que tínhamos de aposentar sua camisa nesta temporada. Sua ausência será sentida na cerimônia, mas estamos ansiosos para honrar a vida e carreira de um dos pioneiros de nossa organização”, declarou o executivo Scott O’Neal, por meio de nota oficial.

O filho de Donny, o também ex-jogador Danny Schayes, agradeceu a oportunidade que o 76ers oferece de todos lembrarem do legado do seu pai. “A camisa do meu pai simboliza muito mais do que sua grande carreira no basquete, mas também a sua dedicação e amor à família, colegas de elenco e amigos que teve em sua feliz vida. Além disso, Nerlens é uma estrela em ascensão na NBA e nossa família está honrada em deixá-lo continuar usando a camisa #4”, afirmou.

Primeira escolha do draft de 1948, Schayes atuou suas 16 temporadas na NBA pelo então Syracuse Nationals e comandou o time na conquista do título de 1955. Ele é o terceiro maior pontuador da história da franquia (18.438), foi convocado para 12 Jogos das Estrelas e integrou 12 quintetos ideais da temporada. O ex-pivô ainda é uma das apenas quatro lendas a integrar as listas comemorativas de 25 (1971), 35 (1980) e 50 (1996) melhores atletas da história da NBA.

O primeiro atleta a anotar 15.000 pontos na história da liga vai se unir a Allen Iverson (#3), Julius Erving (#6), Maurice Cheeks (#10), Wilt Chamberlain (#13), Hal Greer (#15), Bobby Jones (#24), Billy Cunningham (#32) e Charles Barkley (#34).

  • Luiz Henrique Santos

    Esse Sixers da zueira, quer aposentar uma camisa que está em uso… Nem isso eles conseguem acertar.

  • Rubem Figueira.

    Acho maior burrice aposentar numero de camisa.

  • Lucas Ottoni

    O Sixers deveria preparar homenagem póstuma para o próprio Sixers.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados