logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 13 jan 2016 às 18:00
Tour de despedida de Kobe

Gustavo Freitas lista as últimas partidas do astro fora de casa

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

O Los Angeles Lakers terá 18 partidas fora de casa até o final da temporada, quando o astro Kobe Bryant vai encerrar sua brilhante carreira. Destas, 14 serão as últimas diante de seus adversários, já que vai encontrar com outras equipes longe de seu domínio mais de uma vez, além do Los Angeles Clippers, que atua no mesmo ginásio.

O Jumper Brasil destaca as principais datas quando o camisa 24 vai enfrentar seus oponentes como visitante.

Janeiro

14/1 – Golden State Warriors

Nenhum time na NBA sofreu tantos pontos de Kobe Bryant quanto o Golden State Warriors. Foram 65 partidas até aqui diante do vizinho californiano e nada menos que 1.792 pontos (média de 27.6).

Amanhã, o Los Angeles Lakers encara o atual campeão pela última vez em Oakland. Kobe é dúvida, por conta de dores no ombro e no tendão de Aquiles, justamente duas das suas últimas mais graves lesões. Na terça-feira, ele atuou apenas no primeiro tempo na vitória sobre o New Orleans Pelicans. Em 2015-16, Bryant enfrentou o Warriors em uma ocasião e não foi nada bem. Apenas quatro pontos para o astro e um acerto em 14 tentativas.

23/1 – Portland Trail Blazers

A rivalidade contra o Portland Trail Blazers ficou marcada pelos encontros nos playoffs dos anos 2000. O Los Angeles Lakers sempre levou a melhor e foi “castigado” por Kobe Bryant, com 1.681 pontos (média de 27.6) em 61 jogos.

Fevereiro

6/2 – San Antonio Spurs

Foram 58 embates contra o San Antonio Spurs durante a sua carreira. O mais marcante, porém, aconteceu nos playoffs, quando o Los Angeles Lakers superou o Spurs na quinta partida da semifinal de conferência de 2004. Tim Duncan, outro ídolo de gerações que pode se despedir ao fim de 2015-16, acertou um arremesso que parecia dar a vitória ao time texano, restando apenas 0.4 segundo. Bryant estava muito marcado e a bola foi para Derek Fisher. O atual técnico do New York Knicks converteu sua tentativa, que deu a vitória ao Lakers.

8/2 – Indiana Pacers

Em 33 partidas, o Indiana Pacers sempre dificultou a vida de Kobe Bryant. Com 42.1% diante do Pacers, apenas o Boston Celtics permitiu um aproveitamento menor do atleta do Los Angeles Lakers.

O SporTV vai transmitir o jogo.

10/2 – Cleveland Cavaliers

A rivalidade entre Kobe Bryant e LeBron James fica apenas por conta dos torcedores mais fanáticos. Os dois se respeitam e sabem de suas importâncias na história da liga. Mas no Jogo das Estrelas de 2012, a coisa ficou “pessoal”, especialmente no último período. Bryant era o responsável pela marcação sobre LeBron. Restavam cerca de dois minutos para o fim, quando Kobe bloqueou um arremesso de seu oponente. No último minuto, a situação se repetiu. O Oeste venceu e James fez 19 pontos, sua menor marca desde o primeiro ano em que foi convocado.

A ESPN transmite a partida.

14/2 – All Star Game

Kobe Bryant é o mais votado após duas parciais para o Jogo das Estrelas. Dificilmente, fica de fora. Mesmo que não fosse escolhido pelo público, seria chamado pelos técnicos. E a partida será em Toronto, no Canadá.

No dia 22 de janeiro de 2006, Kobe anotou 81 pontos contra o Toronto Raptors, sua melhor marca da carreira.

21/2 – Chicago Bulls

As comparações entre Kobe Bryant e Michael Jordan são inevitáveis, afinal eles são da mesma posição, possuem a mesma altura (aproximadamente), mesmo estilo de jogo, mesma vontade de vencer. Durante suas carreiras, não houve tanto tempo para se enfrentarem. Jordan aposentou-se em definitivo após a temporada 2002-03, mas Kobe sempre disse que Jordan era uma de suas inspirações. E as jogadas são prova disso.

22/2 – Milwaukee Bucks

Foram tantas as cestas da vitória de Kobe Bryant em sua carreira, que fica difícil analisar qual foi a mais importante. Entretanto, uma contra o Milwaukee Bucks, foi especial. O jogo era fora de casa e foi para a prorrogação após uma tentativa frustrada do camisa 24. O Bucks chegou a estar seis pontos na liderança durante o período-extra, mas Kobe foi sensacional mais uma vez. Ele se redimiu, acertou o arremesso no estouro do cronômetro para garantir a vitória do Los Angeles Lakers e saiu de quadra com nada menos que 39 pontos.

24/2 – Memphis Grizzlies

Você consegue imaginar um jogador fazendo 50 pontos em três partidas consecutivas? Pois Kobe Bryant conseguiu, e foi diante do Memphis Grizzlies, em março de 2007. Bryant anotou 60, algo que se repetiu outras seis vezes na carreira.

Março

2/3 – Denver Nuggets

A carreira de Kobe Bryant teve um arranhão. Em julho de 2003, ele foi acusado de estuprar uma mulher no Colorado. Bryant alegou que houve sexo consensual, informação negada por ela. Ele chegou a ser detido para esclarecimentos e o caso foi arquivado quando a mulher negou-se a testemunhar. Bryant e sua esposa Vanessa, chegaram ao divórcio em 2011, mas reataram dois anos depois.

Em 2015-16, Kobe já enfrentou o Denver Nuggets e anotou 31 pontos, igualando sua melhor marca da temporada.

23/3 – Phoenix Suns

Kobe Bryant já sofreu contra o Phoenix Suns. Em dois anos consecutivos, o Los Angeles Lakers foi eliminado na primeira rodada dos playoffs pelo time do Arizona. Mas na final de conferência de 2009-10, o Lakers deu o troco e Kobe foi fenomenal. Em seis jogos, ele anotou ao menos 30 pontos em cinco deles e garantiu a presença da equipe nas finais da NBA, contra o Boston Celtics. Na ocasião, Bryant obteve o seu quinto e último título da carreira.

28/3 – Utah Jazz

Karl Malone deixou o Utah Jazz ao fim de 2002-03 para atuar pelo Los Angeles Lakers no ano seguinte na tentativa de ganhar seu primeiro título. O time, que ainda contava com Shaquille O’Neal, Gary Payton e Kobe Bryant, foi superado na final pelo Detroit Pistons. A derrota para o Pistons significou um desmanche em Los Angeles. Shaq foi trocado para o Miami Heat. Payton fechou com o Boston Celtics, enquanto Malone parou de jogar sem ser campeão.

O confronto diante do Jazz no fim de março será o penúltimo entre as equipes e o último em Salt Lake City. Duas semanas depois, o jogador vai se despedir contra o mesmo Jazz.

Abril

8/4 – New Orleans Pelicans

Em sua vigésima temporada, Kobe Bryant vai encerrar sua carreira como um dos maiores cestinhas da história da NBA. Mas o New Orleans Pelicans é o único time que Kobe enfrentou todas as vezes como titular. Juntando a história da franquia, foram 39 embates, com médias de 26.9 pontos, 5.2 rebotes e 4.8 assistências.

A ESPN transmite a partida.

10/4 – Houston Rockets

Na penúltima partida de Kobe Bryant fora de casa, ele vai enfrentar James Harden, do Houston Rockets. Harden é o seu sucessor na posição e é aclamado como o melhor ala-armador da atualidade. Criticado por ser preguiçoso na defesa, Harden teve uma de suas melhores apresentações da carreira quando encontrou Kobe, quando ainda atuava pelo Oklahoma City Thunder.

11/4 – Oklahoma City Thunder

A última cidade fora de Los Angeles que terá o prazer de ver Kobe Bryant jogando será Oklahoma City. Será no dia 11 de abril, quase no fim da fase regular. Bryant vai enfrentar Kevin Durant e Russell Westbrook e certamente será ovacionado pela torcida adversária, algo que começou com o Philadelphia 76ers, logo após o anúncio de sua despedida.

O Sportv transmite a partida.

No dia 13, ele encerra a carreira contra o Utah Jazz, em Los Angeles.

  • B૨µɳσ – Lσร Aɳɠεℓεร Lαҡε૨ร

    Muito legal a matéria , ultimo Kobe x lebron terá bastante audiencia e será transmitido pela ESPN , esse jogo não perco por nada , all-star game 2013 Kobe engoliu lebron na marcação … lembro como se fosse hj kkkk !

    • Rafael

      Ja que vc gosta de comparar Kobe e LeBron… O LBJ é superior ao teu Kobe em pontos por jogo, rebotes por jogo, assist por jogo, roubos por jogo e tocos por jogo. E se for colocar as estatísticas de playoffs, que é quando a cobra fuma, aí a diferença aumenta ainda mais em favor do LeBron. Não desmereço o Kobe, pois eu aceito o fantástico jogador que ele foi, mas não aturo viúva do Kobe com ciuminho do LeBron ou qualquer outro jogador pq o Kobe vai perdendo espaço pro LeBron a cada ano que passa. Aceite tbm o inevitável! LeBron em breve vai superar seu Kobe em tudo!

      • Brµɳσ – Lσร Aɳɠεℓεร Lαҡεrร

        Lebron so tem 2 tiulos e com a panela do heat , jogadorzinho frouxo e pipoqueiro , nao vai ganhar mais nada , a era dele q foi curtissima ja passou , ja estamos na era curry e gsw , lebandeja vice

        • Rafael

          LeBron jogardozinho frouxo e pipoqueiro?
          Era curtissima?
          Você entende MUITO de basquete!!
          Até um coala da Austrália sabe mais que vc! ahahahaha

        • Gustavo Freitas

          Nah, Brunão. Aí é feio.

          Não é porque você é fã de Kobe que não pode gostar de LeBron.

          Você, por mais que não goste, sabe que LeBron é um dos melhores jogadores que a NBA já viu. Você pode até não ser fã dele, não gostar de seu estilo de jogo ou de seu modo fora das quadras, mas se ele fosse jogador do Lakers, tenho certeza absoluta que ele seria um ídolo seu.

          • Rafael

            Com certeza. Falou tudo! Isso é aflição pois o LeBron conquistou um espaço que era do Kobe. E isso dói pra quem curte muito o Kobe. É natural do esporte. Em vez de apreciar o bom jogo…

  • Leonardo Augusto N. Dos Santos

    “As comparações entre Kobe Bryant e Michael Jordan são inevitáveis, afinal eles são da mesma posição,(…)Durante suas carreiras, não houve tanto tempo para se enfrentarem.”

    será que eu li isto? quantos jogos inesquecíveis entre os dois aconteceram?

    “Kobe Bryant enfrentou Michael Jordan oito vezes ao longo da carreira em
    partidas válidas pela temporada regular, além de três confrontos em All-Star Games (1998, 2002 e 2003).”

    Fonte: http://layup.com.br/todos-os-confrontos-entre-jordan-e-kobe/

    • Gustavo Freitas

      Eles jogaram, claro. Só disse que não se enfrentaram por muito tempo. Leia de novo. Não houve tanto tempo. Eu mesmo, vi alguns desses jogos na época. Se não ficou claro…

  • THE BULLS23

    Gênio este Kobe, pois conseguiu imitar bem o melhor jogador da história de qualquer esporte.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados