logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 24 jan 2016 às 17:49
Lue não vê Cavs com condicionamento ideal para acelerar ações

Para novo técnico, derrota na estreia passou por cansaço do elenco na tentativa de jogar “mais rápido”

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

A estreia de Tyronn Lue no comando do Cleveland Cavaliers passou longe de ser como o técnico estreante sonhava. Dominado pelo Chicago Bulls, o time de Ohio perdeu a terceira partida como mandante na temporada e não mostrou a postura renovada que muitos esperavam depois da demissão de David Blatt. O treinador acredita que seus comandados sentiram a exigência física trazida pelo modo como quer ver a equipe atuando a partir de agora.

“Eu não acho que estamos em boa forma. Nós quisemos acelerar as ações desde o início do jogo e até conseguimos fazer isso, mas desmoronamos depois de alguns minutos e ficamos para trás. Ficamos cansados mesmo. Não estamos em péssima forma, mas não acredito que temos o condicionamento ideal para jogar da forma como queremos e isso pode levar algumas semanas”, avaliou o ex-armador, que era o principal auxiliar da comissão técnica anterior.

O Cavaliers, de fato, consolidou-se como uma das equipes mais lentas da NBA nos últimos meses. O time comandado por Blatt registrava o terceiro menor número de posses de bola por partida nesta temporada (94.9), a frente apenas de Utah Jazz (94.2) e Miami Heat (93.2). O plano de Lue para que a franquia suba de produção e consiga desafiar os líderes da conferência Oeste passa por aumentar o ritmo das ações.

“Minha visão para esse time é que precisamos jogar com mais rapidez. Penso que temos que usar a habilidade de Kyrie [Irving] e LeBron [James] atacando no um contra um em transição, com a quadra aberta. É algo novo, que não estamos acostumados a fazer, então precisarei trabalhar melhor colocando os atletas em forma”, apontou o treinador de 38 anos, revelando uma das mudanças que quer implementar em relação ao comando anterior.

LeBron concordou com a análise de Lue e acredita que o aprimoramento físico do grupo passa por maior comprometimento individual também. “Tyronn quer que joguemos mais rápido, então temos que trabalhar em dias de descanso, trazer maior esforço nos treinos, correr mais pela quadra. Você precisa estar em uma melhor forma para ir de um lado a outro e atacar antes que a defesa consiga se posicionar”, explicou o craque.

O técnico, porém, não terá muito tempo para trabalhar com o grupo de imediato: a franquia tem quatro compromissos nesta semana e não vai ter mais de um dia sem jogo até a pausa de uma semana do Jogo das Estrelas, entre 11 e 17 de dezembro. O ponto positivo é que sete das dez partidas no período serão em Cleveland e seis delas contra adversários com mais derrotas do que vitórias.

  • Rômulo Franco Cardozo

    Jogar em transição, correria vai exigir uma defesa bem articulada… vamos ver se ele consegue isso com o Love! rsrs

  • Tava vendo esse jogo contra o Bulls hj a tarde pelo LP, Cavs foram afobados demais em quadra, vamos ver como o Lue/LeBron vao acertar isso…

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados