logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 25 jan 2016 às 10:59
Garnett se surpreende com evolução de Towns: “Muito esperto”

Para veterano, novato do Twolves está muito à frente do que projetava a esta altura da temporada

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Kevin Garnett chegou ao Minnesota Timberwolves com a missão de ensinar o caminho das vitórias a um jovem elenco e ser o mentor do calouro Karl-Anthony Towns. Mas, às vezes, o veterano se assusta com o conhecimento acumulado e a velocidade com que o primeiro escolhido do último draft incorpora seus conselhos. Acostumado com novatos que precisam quase reaprender o jogo na NBA, ele vê o “protegido” em estágio muito superior do que projetava após 40 partidas.

“Karl é muito esperto e atua com alta inteligência em quadra, compreende como se joga basquete. Às vezes, chega a ser até um pouco difícil ensinar-lhe algo por ele ser tão inteligente. Acho que é uma coisa da juventude de hoje em dia, mas Karl ‘pega’ várias coisas que mostro assustadoramente rápido”, elogiou o ídolo da franquia, apostando que o jovem vai atingir as expectativas do time e deverá ser um astro da NBA em breve.

Para azar da torcida, as grandes atuações de Towns e outros jovens do elenco não têm se convertido em vitórias. Garnett entende a ansiedade da torcida, que não vê um jogo de playoffs há uma década, mas acredita que a paciência neste momento é a chave do sucesso. “Vencer é um processo. Você não acorda um dia, veste suas roupas e os triunfos acontecem. É preciso treinar, trabalhar todos os dias, entender os companheiros, aprender o sistema. Não acontece do dia para a noite”, explicou o líder do único Timberwolves a chegar a uma final de conferência na história.

  • André Lima

    Me perdoe Wiggins, mas o Towns vai ser o cara da franquia…

  • David Silva

    Espero que tudo o que tem se falado sobre o KAT e também sobre o Wolves, de ser o time do futuro, realmente se concretize.Essa é uma das minhas fraquias favoritas hoje justamente por causa desse menino cidades e do Wiggins, realmente quero ver a construção desse time e seu possível sucesso.

  • Realmente joga muito esse garoto, tem um futuro brilhante pela frente. Hoje já me parece mais o FP da franquia que o Wiggins.

  • O que me impressiona neste primeiro ano de Karl-Anthony Towns é a consistência. É difícil falar de regularidade quando o Mitchell, ora o tira dos jogos nos momentos importantes e em outras partidas o deixa atuar 30 minutos ou mais (não entendo essa didática). Mas enfim, o teto de evolução é gigantesco e apesar do custo [8 milhas pra um mentor] Garnett tá ajudando muito a acelerar o processo de evolução dos garotos.

    Só de pensar que LaVine tem apenas 21 anos, Wiggins idem e Towns acabou de completar 20, é possível projetar alguma coisa promissora pra daqui 3 anos.

    • luiz

      Talvez dos mais promissores esse elenco do twolves, mto mais q por exemplo o sixers tanker

  • Fabrica de Vassilo

    Tomara, de todo o coração, que nem Towns, nem Wiggins, nem LaVine, Dieng abandonem a franquia, pra ir pra uma outra. Pra mim é a maior chance do time de minnesota finalmente se tornar relevante, e por várias temporadas.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados