logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 25 jan 2016 às 14:55
Surpreso, LeBron garante não ter influência na saída de Blatt

Treinador foi demitido dias após derrota em casa para atual campeão Warriors

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

A demissão de David Blatt do comando do Cleveland Cavaliers pegou a NBA de surpresa na sexta-feira passada. A decisão do gerente-geral David Griffin foi um choque, inclusive, pelo ala LeBron James. Contrariando rumores circulam na liga, o craque assegurou que não foi consultado pela direção e não teve participação na saída do técnico.

“Eu fiquei surpreso como todo mundo”, disse o astro ao repórter Dave McMenamin, da ESPN. “Soube da notícia no mesmo momento que os outros jogadores. Isso é bem ruim e, como time, temos que ter foco de agora em diante com o técnico que temos. Vamos continuar unidos. David [Griffin] está conosco todos os dias e sentiu que, embora sejamos bons, não estávamos alcançando nosso pleno potencial”

Blatt havia sido contratado pelo Cavs dias antes de LeBron anunciar seu retorno à franquia e, segundo múltiplas fontes, nunca teve a confiança do líder da equipe. Apesar da relação conturbada e começo abaixo do esperado, o treinador levou o time a atropelar oponentes na reta final da última temporada (com a chegada de reforços como Timofey Mozgov e J.R. Smith) para conquistar o título do Leste.

A derrota por mais de 30 pontos de diferença para o Golden State Warriors, no início da semana passada, teria sido o ponto decisivo para a demissão. “David fez uma mudança que sentiu ser apropriada no momento e, por mais que amemos ou odiemos isso, nós temos que respeitá-la”, avaliou o quatro vezes MVP. “Ele sentiu que era o melhor para o time. Não está encobrindo nada nos bastidores”.

O Cavaliers tinha o melhor recorde do Leste com sobras nesta temporada quando a demissão de Blatt foi anunciada. Poucos minutos depois, o auxiliar Tyronn Lue foi anunciado como novo técnico e assinou novo contrato de três temporadas para assumir o cargo. Para Griffin, independentemente da vontade dos jogadores, esse era o momento de ele – e somente ele – realizar mudanças drásticas no time.

“LeBron não foi consultado, não comanda essa franquia e não é justo dizer que foi o responsável pela demissão”, cravou o executivo. “Não é justo com ele e nem comigo. Não preciso perguntar ao elenco. Notei que algo estava errado e acredito que foi a decisão correta. Posso estar errado e tenho uma mente aberta sobre isso, mas os jogadores não têm que gostar do que faço. Só precisam respeitar”.

Na estreia de Lue como treinador, o Cavaliers não deu sinais de melhora ou exibiu postura renovada: a equipe foi derrotada em casa pelo Chicago Bulls. Com 30 vitórias em 42 partidas, os ex-comandados de Blatt seguem na liderança do Leste, mas começam a ver a aproximação de adversários. Segundo colocado, o Toronto Raptors possui 29 triunfos em 44 embates.

  • Sumiu!

    sei

  • pedrokadf

    será msm James ? kkkk
    Eu Gm de uma franquia q tem o maior jogador da atualidade no elenco, não comunicaria este sobre uma possível demissão do seu técnico ? será q este mesmo jogador não sugeriu/impôs a demissão do técnico ? ainda mais se meu time for o cavs rs
    tenho minhas duvidas sobre tal declaração Sr. james

  • Kleber

    Como se alguém fosse acreditar.

  • Viicente Machado

    LeBron é o cara mais completo de todos os tempos. PG, SG, SF, PF, C, GM e Coach.

    • pedrokadf

      kkk

    • Jefferson Jesus

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Melhor comentário do ano.

  • Sei…
    o que o time tem que fazer é acelerar mais o jogo e o Lebron soltar mais a bola, ele carrega a bola toda hora, acho que ele tinha que fazer mais o Post up perto da cesta e usar mais do seu físico, deixando a bola mais nas mãos do Irving, mas como ele é o dono do time… nada vai mudar…

  • Dá nervoso ver jogos do Cavaliers, os caras não rodam a bola por nada no mundo. Parece jogo online de NBA 2K, ninguém quer tocar a bola.

    • Elinho

      kkk ta osso no 2K mesmo

  • DamonHeat

    Conta outra lebron kkkkk

  • Cássio

    Tiroooooooooso

  • Anderson Mendonça

    Talvez diretamente não, mas com certeza teve influencia. Pois o GM não vai fazer nada que o Lebron não aprove !!

  • Carlos Eduardo

    É aquela mentira que se conta falando a verdade… Ele provavelmente nunca falou “demita”, mas só as atitudes nos jogos eram suficientes para GM saber o que ele quer. LeBron Underwood James.

    • MarceloLRBulls

      Underwood foi foda kkkkkkkkkk
      Esse é mito!

  • Aquele curso de teatro que o James fez para atuar no cinema ano passado é bom mesmo. Já está até dissimulando…

  • Rafael Victor

    “LeBron não foi consultado, não comanda essa franquia e não é justo dizer que foi o responsável pela demissão”

    Tá bom! Eu acredito!

    • Zack Batista

      Rsrsrsrs… Eu já iria evidenciar isso. =D

  • gabrielnba

    MENTIRAAA huheuheu

  • Matheus Oliveira

    Esse não vai para o céu rs só falta fazer estágio com o Pop pra virar técnico de vez, além de já ser GM (já foi no Heat)
    Aposto um fardo de cerveja que o LeBron vai ser GM desse time mesmo depois de aposentar

  • Uncle Drew

    LeBron não influenciou a saída do Blatt. E eu sou o Batman! ¬¬

  • – Tiago

    Ta bom LeBron, todos acreditam que vc não teve nada a ver com isso KKKKK

  • Knickerbockers

    Eram pra ter posto o LeBron como Coach tbm, tipo o Romário foi uma vez no Vasco, era jogador e técnico. kk

  • Daniel Serafim

    Acredito que Lebron não deu opinião alguma ou qualquer “palavra final” acerca da inesperada demissão de Blatt. Entretanto, auxiliou indeliberadamente a saída de Blatt através no seu tratamento com o ex-técnico, não só ele mas o time inteiro não ia com a cara do ex-técnico e isso foi cada vez mais se evidenciando ao longo desta temporada. O GM Griffin leu os sinais e decidiu agir, embora devesse tomar tal medida no começo ou no término da temporada. Nada como um dia após o outro em Cleveland.

  • Lucas

    Claro que não LeBron…

  • Fabrica de Vassilo

    Lebron só disse “não vou com a cara desse cara”, e foi o suficiente hauehauehuahe
    assim como postar no twitter que ele gosta de um jogador do draft já é o suficiente pra franquia resolver seleciona-lo.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados