logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 12 fev 2016 às 11:03
Doc Rivers aceita pressão e minimiza críticas ao trabalho como GM

Para técnico e dirigente, reconhecimento só virá com conquista de título pelo Clippers

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Doc Rivers Clippers

Doc Rivers é um dos treinadores mais respeitados da NBA, mas seu trabalho como executivo do Los Angeles Clippers é alvo de incessantes questionamentos. Para cada ótima negociação (como a chegada de J.J. Redick), ele é questionado pelas más sucedidas aquisições de jogadores como Spencer Hawes e Josh Smith. O técnico/gerente-geral sabe que torcida e comentaristas contestam suas decisões, mas já aprendeu a não dar muito ouvidos aos comentários externos.

“Nada que for feito importa se você não vence. O bom trabalho é aquele que ganha e qualquer outro resultado significa que precisa melhorar. Não há tantas diferenças entre ser treinador e GM, sabe? Em Boston, todos queriam títulos sempre. Pressão é algo normal para mim. Eu quero ganhar um título aqui e, para isso, ainda temos trabalho a fazer. Só”, minimizou o ex-técnico do Celtics, em recente entrevista ao jornal Boston Globe.

As habilidades de Rivers como executivo está prestes a ser colocada à prova mais uma vez com a aproximação do fechamento da janela de trocas da temporada. Enquanto a especulada saída do astro Blake Griffin é tida como improvável, atletas como Rudy Gay e Shabazz Muhammad têm seus nomes ligados à franquia. Por enquanto, porém, a tendência é que o time não faça grandes movimentos até a próxima quinta-feira.

  • Russell Westbrook- MVP STYLE

    Proxetoo pipocada está de pé, grande Rivers

  • Uncle Drew

    Mas é ruim sim, como GM. Não adianta nem minizar, é ruim sim. Quando teve oportunidade em escolhas de Draft de 1ª rodada em 2013 e 2014, escolheu 2 jogadores praticamente idênticos (shooters), e o Clippers já estava cheio de jogadores assim. Além disso eles só jogam/jogaram garbage time (Reggie Bullock e C.J. Wilcox, o famoso quem), Rivers tinha a oportunidade de escolher jogadores bem melhores com: Goodwin (hoje no Suns), apostar na incógnita Rudy Gobert (naquele momento o francês era uma incerteza) e tinha o K.J. McDaniels e o Kyle Anderson disponíveis no Draft de 2014.
    Além dos fiascos das contratações citados no inicio do texto, e a ocorrência de nepotismo quando fez uma troca para trazer seu filho para sua equipe e RENOVAR o contrato dele (sendo q nem merecia pois ele é horrível jogando basquete), saiu uma noticia recentemente de q ele ofereceu COLE ALDRICH + Paul Pierce + escolha de 1ª rodada por…. JAE CROWDER! Do Boston Celtics. Vc percebe q o cara é ruim! quando manda uma proposta ridícula dessa! Inclusive tentando apelar para o lado emocional! Já q envolveu o Pierce.

    • Zack Batista

      Incerteza era, embora sendo a grande sensação do basquete francês e até foi jogar no disputado e forte basquete russo. Mas foi naquele jogo contra os espanhóis, q o mundo colocou o olho em Gobert… Ele não se intimidou nem um pouco e foi um dos grandes destaques da vitória francesa sobre a espanhola naquele mundial, mesmo jogando em solo espanhol e com um garrafão poderoso(P.Gasol, Marc e Ibaka) q o oponente possuía. Mitou. 🙂

    • RafaelRox

      Eu como celta aceitaria, adoramos picks e o P.Pierce kkkkk, no mais a pick ajudará a fazer um superpacote ae por algum astro e o Crowder vai ser free agent e não vai querer mais um sálarinho de 7 milhõoes.
      Nós precisamos continuar com essa meta de jogadores Bons e baratos, Thomas, Bradley , pra termos espaço salarial para contratar.

      • Uncle Drew

        Mas o Jae Crowder renovou contrato com o Celtics na FA de 2015. 5 anos por 35 milhões! 7 milhões anuais! Uma verdadeira barganha! Se tudo sair como planejado ele fica no Celtics até 2020. Por isso o absurdo q foi essa proposta do Doc Rivers, além da escolha de 1° rodada e do Pierce, o Crowder vale ainda mais. Eu acho ele um excelente jogador defensivamente e q está desenvolvendo mt bem seu repertório ofensivo fora q, só tem 25 anos.

        • RafaelRox

          Real, lembrei acho que a noticia estava até aqui no jumper, alguns sites nao tinha essa prorrogação no contrato, mas se estiver certa melhor ficar com ele mesmo invés da pick. Mas na real vai ser uma moeda de troca futura.

        • Alex Alves

          Mas temos de lembra que Crowder vestiu o manto e a camisa pegou no cara, ele ficou 3 anos e meio ao relento no Mavs. O cara é vontade e sabe que no Celtics ta ganhando nome. Sem falar que me parece ser um jogador extremamente competitivo.

  • Tudo que esse cara fala parece clichê de palestra motivacional, mas nunca o vi como um bom técnico e que entenda realmente de tática e basquete…

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados