logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 21 fev 2016 às 20:53
Anthony Davis tem noite histórica, e Pelicans vence Pistons

Rodada também contou com vitórias de Cavs, Celtics, Spurs, Pacers, Bulls, Raptors, Blazers, Mavs e Hornets

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Michel Zelazny

(22-33) New Orleans Pelicans 111 x 106 Detroit Pistons (27-29)

No primeiro domingo de ação após a pausa para o All-Star Game, o Detroit Pistons recebeu o New Orleans Pelicans no Palace of Auburn Hills. E quem esperava um jogo morno considerando as campanhas irregulares de ambas franquias, se surpreendeu, e muito, com a partida.

O grande nome do jogo foi Anthony Davis, mas o primeiro quarto do ala-pivô foi o seu mais discreto: “apenas” oito pontos e cinco rebotes. O jogo do Pelicans focava mais no coletivo, uma tendência que foi se apagando ao longo do jogo. Tanto assim que o grande destaque do período inicial estava do outro lado da quadra: Andre Drummond, pivô do Pistons, foi responsável por nove pontos de Detroit no primeiro quarto. Apesar disso, o Pelicans foi superior no geral, vencendo parcialmente por 28 a 25.

No segundo quarto, o Pistons voltou a ficar na frente no marcador, muito devido a Tobias Harris, ala-pivô adquirido pela franquia nos últimos dias da janela de transferências da NBA. A partir do retorno de Anthony Davis ao jogo, o Pelicans voltou a controlar as ações da partida. Só que dessa vez, Davis chamou a responsabilidade para si, marcando 18 pontos em menos de dez minutos em quadra. Para se ter uma ideia do volume de jogo em cima do camisa 23, os demais jogadores de New Orleans marcaram apenas sete pontos nesse mesmo intervalo. Do lado de Detroit, contudo, algo similar ocorreu: o armador da equipe Reggie Jackson, junto com Andre Drummond, infernizaram a vida do Pelicans no ataque, deixando as equipes empatadas em 55 ao final do primeiro tempo.

Na volta dos vestiários, o que se viu foi mais do mesmo: um duelo particular entre Davis e a dupla Jackson e Drummond. Dessa vez, no entanto, quem levou a melhor foi o ala-pivô do Pelicans: foram 12 pontos, incluindo um tiro de longa distância. A dominância de Davis era tanta que apenas o armador Jrue Holiday converteu mais de um arremesso durante o período todo pelo lado de New Orleans, e a equipe foi para o quarto final liderando por 80 a 75.

No último período, quem achou que o tanque de Davis e do Pelicans havia esgotado se enganou. Junto com Jrue Holiday, a dupla continuava a pontuar em montes. Do outro lado, Jackson e Drummond faziam de tudo para manter os anfitriões no jogo, mas o arremesso de longa distância desperdiçado pelo ala-armador Kentavious Caldwell-Pope no fim acabou colocando um ponto final às chances de reação do Pistons. Restou ao Pelicans converter seus lances livres, e vencer por 111 a 106 uma partida memorável, protagonizada por Anthony Davis e seus 59 pontos e 20 rebotes. Para ter-se uma ideia da dominância de Davis no jogo, nas últimas 32 temporadas de NBA, apenas Shaquille O’Neal alcançou os números da jovem estrela do Pelicans. Além disso, os 59 pontos marcam um novo recorde da franquia.

Destaques

New Orleans

Anthony Davis: 59 pontos (maior marca da NBA na temporada atual), 20 rebotes e quatro assistências
Jrue Holiday: 20 pontos, sete rebotes e nove assistências

Detroit

Reggie Jackson: 34 pontos, quatro rebotes e quatro assistências
Andre Drummond: 21 pontos, 14 rebotes e três tocos
Tobias Harris: 16 pontos e cinco rebotes
Kentavious Caldwell-Pope: 14 pontos e quatro roubadas de bola


(40-14) Cleveland Cavaliers 115 x 92 Oklahoma City Thunder (40-16)

Também no começo de noite de domingo, Cleveland Cavaliers e Oklahoma City Thunder, dois dos principais favoritos para o título da NBA na temporada 2015-2016, se enfrentaram na Chesapeake Energy Arena, casa do Thunder.

O jogo começou razoavelmente morno, com as equipes tendo dificuldade para pontuar. Surpreendentemente, o grande destaque inicial em termos ofensivos foi o pivô do Thunder Steven Adams, autor de sete dos dez pontos inicial de Oklahoma City no jogo. No final do primeiro período, o armador de Cleveland Kyrie Irving foi sacado, e não retornou mais à quadra, com supostos sintomas de gripe. Com isso, a responsabilidade pela criação das jogadas ficou majoritariamente por conta de LeBron, que distribuiu quatro assistências no quarto inicial, vencido pelos mandantes por 28 a 27.

O segundo período manteve o equilíbrio do quarto anterior durante sua primeira metade. Nos minutos finais, contudo, foi novamente a vez de James brilhar: foram 12 pontos para o ala do Cavaliers, que se destacava em quadra. Pelo lado do Thunder, Kevin Durant contribuía como sempre, mas Russell Westbrook foi o grande nome da equipe durante a primeira etapa: com 15 pontos e oito assistências, o armador foi fundamental para manter a diferença no placar controlável. As equipes foram para o intervalo com o Cavs liderando por 62 a 53.

O segundo tempo foi marcado por um total e completo domínio de Cleveland: com LeBron James e Kevin Love responsáveis pela pontuação, e Tristan Thompson dominando nos rebotes, o Thunder simplesmente não encontrava respostas para voltar à partida. Com diversos arremessos desperdiçados e inúmeras perdas de posse de bola, o trabalho ficou mais fácil para o líder da conferência Leste, que chegou a abrir 26 pontos e não se viu mais incomodado. No período final, coube ao Cavaliers administrar a vantagem e garantir mais uma vitória, a 40ª da equipe na temporada.

Destaques

Cleveland

Kevin Love: 29 pontos, 11 rebotes e quatro assistências
LeBron James:  25 pontos, sete rebotes e 11 assistências
Richard Jefferson: 15 pontos e seis rebotes
JR Smith: 15 pontos
Tristan Thompson: 14 pontos e 14 rebotes
Timofey Mozgov: 11 pontos e cinco rebotes

Oklahoma City

Kevin Durant: 26 pontos e cinco rebotes
Russell Westbrook: 20 pontos, nove rebotes e 11 assistências
Serge Ibaka: 12 pontos
Steven Adams: nove pontos e nove rebotes


(33-24) Boston Celtics 121 x 101 Denver Nuggets (22-34)

Destaques

Boston

Isaiah Thomas: 22 pontos e 12 assistências
Avery Bradley: 20 pontos
Evan Turner: 17 pontos, nove rebotes e cinco assistências
Jared Sullinger: 16 pontos, 11 rebotes e cinco assistências
Jae Crowder: 13 pontos e quatro rebotes
Marcus Smart: dez pontos e quatro roubadas de bola

Denver

Nikola Jokic: 23 pontos, 13 rebotes e quatro assistências
Emmanuel Mudiay: 18 pontos e cinco rebotes
Danilo Gallinari: 17 pontos
Gary Harris: 14 pontos
D.J. Augustin: 13 pontos e quatro assistências
Will Barton: dez pontos e cinco rebotes


(47-9) San Antonio Spurs 118 x 111 Phoenix Suns (14-42)

Destaques

San Antonio

Tony Parker: 22 pontos e quatro assistências
Patty Mills: 21 pontos e cinco assistências
LaMarcus Aldridge: 19 pontos e dez rebotes
Rasual Butler: 12 pontos e seis rebotes
Danny Green: 11 pontos e sete rebotes

Phoenix

Alex Len: 23 pontos e 13 rebotes
Archie Goodwin: 14 pontos e sete rebotes
Mirza Teletovic: 14 pontos e quatro rebotes
Jon Leuer: 13 pontos e sete rebotes
Ronnie Price: 11 pontos
Devin Booker: dez pontos e seis assistências


(29-26) Charlotte Hornets 104 x 96 Brooklyn Nets (15-41)

Destaques

Charlotte

Kemba Walker: 28 pontos
Al Jefferson: 18 pontos e sete rebotes
Nicolas Batum: 16 pontos, sete rebotes e oito assistências
Jeremy Lin: 11 pontos e cinco rebotes
Cody Zeller: dez pontos

Brooklyn

Joe Johnson: 17 pontos
Brook Lopez: 16 pontos, dez rebotes e seis assistências
Thaddeus Young: 14 pontos, oito rebotes e cinco assistências
Wayne Ellington: 13 pontos
Markel Brown: 12 pontos


(30-25) Indiana Pacers 105 x 102 Orlando Magic (24-30)

Destaques

Indiana

Paul George: 20 pontos, seis assistências, quatro rebotes
Monta Ellis: 21 pontos, quatro rebotes, 5-7 em três pontos
Ian Mahinmi: 14 pontos, nove rebotes
Myles Turner: 12 pontos, oito rebotes, três bloqueios
Jordan Hill: 13 pontos, dez rebotes
C.J. Miles: 14 pontos

Orlando

Nikola Vucevic: 19 pontos, 13 rebotes
Victor Oladipo: 17 pontos, oito assistências, sete rebotes, três roubadas
Evan Fournier: 23 pontos
Brandon Jennings: 12 pontos, sete assistências, quatro rebotes, cinco erros de ataque
Aaron Gordon: dez pontos, 11 rebotes, quatro assistências


(32-23) Memphis Grizzlies 85 x 98 Toronto Raptors (36-18)

Destaques

Memphis

Zach Randolph: 18 pontos, seis rebotes
Vince Carter: 16 pontos, sete rebotes
Mario Chalmers: 17 pontos, quatro rebotes
Lance Stephenson: 16 pontos

Toronto

DeMar DeRozan: 21 pontos, cinco rebotes
Kyle Lowry: 18 pontos, sete assistências, quatro rebotes
Jonas Valanciunas: dez pontos, 12 rebotes
Cory Joseph: 14 pontos, quatro assistências
Patrick Patterson: 11 pontos, oito rebotes


(8-47) Philadelphia 76ers 103 x 129 Dallas Mavericks (30-27)

Destaques

Philadelphia

Jahlil Okafor: 31 pontos, oito rebotes, cinco erros de ataque
Robert Covington: 14 pontos, cinco rebotes
Isaiah Canaan: 15 pontos

Dallas

Dirk Nowitzki: 18 pontos, sete rebotes
Chandler Parsons: 15 pontos, quatro rebotes
Wesley Matthews: 21 pontos
Deron Williams: 15 pontos, oito assistências
J.J. Barea: 12 pontos, cinco assistências
Raymond Felton: dez pontos, quatro assistências, três roubadas


(11-46) Los Angeles Lakers 115 x 126 Chicago Bulls (29-26)

Destaques

Los Angeles

Julius Randle: 22 pontos, 12 rebotes
Kobe Bryant: 22 pontos, quatro rebotes
Jordan Clarkson: 20 pontos, nove rebotes, quatro assistências
D’Angelo Russell: 15 pontos, seis assistências
Brandon Bass: 13 pontos, sete rebotes
Lou Williams: 11 pontos

Chicago

Pau Gasol: 21 pontos, sete rebotes, cinco assistências, cinco bloqueios
Derrick Rose: 24 pontos, sete rebotes, seis assistências
E’Twaun Moore: 24 pontos, quatro rebotes
Bobby Portis: 17 pontos, sete rebotes
Mike Dunleavy: 17 pontos
Doug McDermott: 16 pontos


(27-28) Utah Jazz 111 x 115 Portland Trail Blazers (29-27)

Destaques

Utah

Derrick Favors: 22 pontos, oito rebotes
Gordon Hayward: 21 pontos, cinco rebotes, quatro roubadas
Rodney Hood: 18 pontos
Shelvin Mack: 16 pontos, seis assistências

Portland

Damian Lillard: 30 pontos, cinco assistências, quatro rebotes
C.J. McCollum: 31 pontos
Moe Harkless: 17 pontos, sete rebotes
Ed Davis: 11 pontos, cinco rebotes

  • Gustavo

    Incrível como Mo Willians não tem mais espaço na rotação do Cavs, até mesmo quando Kyrie tá fora…

    • Albert Hornets

      Verdade mano

    • Uncle Drew

      Mo Williams apesar de estar no banco.. estava lesionado. Dor no Joelho, não tinha como jogar.

  • Raphael Melo

    Absurdo o que esse Unibrow jogou,,, E o Pistons… esse time não defende mais (há um bom tempo)

  • DamonHeat

    durant cada vez mais distante de renovar com o OKC…

  • The Wild One

    Davis provando mais uma vez que qualquer semelhança NÃO é mera conhecidência, o cara é realmente um MONSTRO!

    Bom também pra refrescar a memórias de muitos que vivem de momento e já tavam o tratando como um jogador banal. O potencial desse cara é incalculável!

    • DamonHeat

      Só falta saber se o NO vai ser capaz de forma um bom time em volta do davis.

      • The Wild One

        Pois é. Ao mesmo tempo que eles tem o melhor FP possível, tem também umas das direções mais incompetentes. Não vai ser fácil pro menino monstro.

  • Olavo #RipCity #Emerging

    Draft de 2012 foi pouco bom … AD com 59, Dame com 51 …

    • Matheus Sensato

      Esqueceu do melhor, um que destruiu com o jogo em Oklahoma hoje a tarde.

    • Michel Moral

      Realmente teve jogadores que agora estão despontando.

      Além dos dois citados,tivemos Andre Drummond na pick 9, Beal na 3rd pick, Harrison Barnes pick 7 e Draymond Green na 35!

      Claro, teve o Sacre na pick 60 rs rs rs

  • Caio

    que absurdo, e ainda pegou 20 rebotes!!!!!!!

  • vitorhugoj3 ⚡

    O franchise player do Pelicans ainda é o Ryan Anderson?

    • MarceloLRBulls

      Sim, tem que trocar o Davis e recomeçar…

    • Rodrigo Morais

      Vim só pra comentar isso ahahaahahH

  • Rodolfo Perkins

    Só passando aqui pra dizer que sou o novo GM do Thunder.
    Vou conversar com o Durant essa semana pra saber as intenções dele para com a franquia. Caso ele não esteja disposto a continuar eu irei trocá-lo.Pelicans já sinalizou interesse no jogador e estaria disposto a oferecer Anthony Davis.
    Já tenho um acerto apalavrado com DeRozan para a próxima temporada. 90% certo.
    Conversas avançadas com Hassan Whiteside e Rajon Rondo.Muito provavelmente contaremos com eles também.
    Abraços.
    ThunderUP!

  • Viicente Machado

    Excelente partida coletiva dos Celtas pra variar. E AD é monstro, teto do menino concussão é absurdo. E olha esse Rasual Butler… Pop é gênio mesmo.

  • Uncle Drew

    Jogada mais “BOSTONiana”.. impossível! Raça e Coletividade.
    https://vine.co/v/irXjnwL0e33

    • Gustavo

      Resume o Nuggets também… Ninguém acreditou.

  • Paulinho Sérgio

    Brad mito consegue fazer milagres nesse Celtics. Que senso de coletividade do time. Eu sei que podebser muito mas uma melhor de 7 com o Celtão vai ser difícil.

  • Lucas

    Infelizmente ´para mim que gosto do OKC não tem como Durant continuar com esse elenco, não gosto da historia dele no Warriors por motivo competitivo, por isso acho que ele poderia ir para o Celtics com mais um agente livre e este tecnico espetacular poderiam ser fortes candidatos, outra opção e o Raptors.

  • Claudio R.

    rapaz, é como eu disse, hj o Adrian wojnarowski falou que o Durant está entre ficar no thunder ou assinar com o Warriors.. aí ferrou NBA… caraleo, o Cavs tem que ir atras do Carmelo msm…

    • Albert Hornets

      kkkkkkkkkk verdade

      • Alex Alves

        Durant sabe que essa renovação vai ser a mais importante da sua carreira, ela deve pensar em ganhar títulos e montar uma dinastia se for para o Golden State, ou continuar sua carreira e se tornar o grande nome da história do OKC

  • Elber Sampaio

    O melhor PF dessa temporada de longe é o D Green, mas, o Monstro Pelicano é o melhor PF da liga e era meu favorito pra ir pro Spurs no lugar do Lamarcus.

  • vitorhugoj3 ⚡
  • David Silva

    O que acontece com esse time do Pistons?Está completamente diferente dos primeiros 15-20 jogos! se tornou uma equipe previsível no ataque, sem força defensiva e com um arsenal de tiros de mid/long range terrível! A melhor jogada da equipe tem sido um pick and roll com Jackson/Drummond mas que na maioria das vezes Jackson finaliza a jogada, forçando infiltração(pobre demais!!!!).Pode-se dizer que Jackson é um bom slasher, mas não um bom armador!fez uma boa partida, mas já deve cair de produção na próxima.Aliás, esses dois no ataque estão uma maravilha, mas na defesa, se posicionam mal e ainda tem muita dificuldade quando enfretam um PG mais incisivo.KCP, voltou mal demais tbm.Teve a bola pra “botar fogo” no jogo, e errou.Mas OK, se caísse, eu estaria elogiando ele aqui, provavelmente.
    Morris, meu filho, cadê aquele chute fatal de mid-range?cadê sua defesa?

    A torcida, pelo que vejo em sites americanos do Pistons, tem questionado demais as ações de SVG, e pensam se ele é o coach certo para esses garotos.Prefiro esperar mais, ele já provou que pode fazer esse time chegar longe, mas tem que fazer algo pra mudar, tem material humano pra isso e eu sei que esses caras em quadra estão sedentos por resultados.

    Hoje, temos o Cavs pela frente.Um registro -3 é mais do que possível.Já estamos distantes dos 8 primeiros e isso é muito frustrante.A Inconsistencia tá matando essa campanha.Não vi as estatísticas do momento, mas suponho que o Pistons esteja entre 5-6 piores equipes da liga nos últimos 10 jogos.

  • King Cuban
  • Tiago

    Sinceramente, o prêmio de técnico do ano tem de ser dado ao Brad Stevens , o que ele consegue tirar do elenco do Celtics é inacreditável. A diferença entre o elenco do Celtics para TODOS os times que completam a zona de classificação é que o elenco celta é pior que qualquer um pelo menos no papel , mas em quadra o que se vê é um time totalmente coeso , ganhando experiência em jogos cascudos e indo a playoffs , é uma garotada tomando gosto por estar entre as primeiras colocações e dando trabalho a qualquer time da liga. Se existe um time que apostaria para estar figurando entre os favoritos nos próximos anos , esse time é o Boston. Exemplo de reconstrução rápida e eficiente(aprende aí Sixers).

  • Lucas Ottoni

    Precisamos de mais jogos como esse do Davis. O problema é a irregularidade. FP não pode ser irregular. O cara mete 59 pontos hoje. Aí amanhã faz 11 pontos, sai de quadra com outra concussãozinha e o time perde novamente. E o sofrimento, claro, não vai parar assim. Parabéns ao Davis. Mas isso é pouco, muito pouco para uma torcida que vem sofrendo com decepções por anos a fio. E com a grana que ele ganha, REGULARIDADE em suas atuações é o mínimo que ele deve ter. Ponto.

    • Felipe Monteiro

      Lucas, sabemos que você é torcedor, e, como tal, passional. Mas é sério que você acha que KAT tem um teto maior que AD? Acho que KAT vai ser um FP muito em breve, mas AD é certamente um próximo MVP no futuro.

      • luan sousa

        Esse cara é doido.
        Parece que gosta de desmerecer o melhor jogador do time.
        Quando ele vazar daquela franquia de m… ele vai ficar chorando.

        • Denyson

          Também acho que ele desmerece demais. Quando ele sair do Pelicans e mitar em outro lugar, vai ficar chorando.

          • Lucas Ottoni

            Tudo isso por causa de um jogo de 59 pontos? Vc está acompanhando a temporada do Davis? Sério? Nem pro ASG ele deveria ter ido. E eu não desmereço. Apenas sou realista.

        • “ The Real MVP “

          Tambem o Time Dele só Perde quer Que Ele Esteja Pulando de Felicidade

        • Lucas Ottoni

          Não desmereço o Davis. Apenas acho que ele faz uma temporada bem abaixo do que eu esperava. E como o resto do time é ruim (culpa da direção da franquia), se o Davis não jogar como FP, o Pelicans será um saco de pancadas. E é exatamente isso o que está acontecendo: Davis não está jogando como FP (um jogo de 59 pontos não mudará minha opinião), e o Pelicans é um time perdedor. Só isso.

      • Michel Moral

        Fato é que AD não tem conseguido sozinho fazer do seu time competitivo.

        Por outro lado, isso não o torna um Kevin Love, por exemplo, que tinha números expressivos e era regular em Minnesota, mas nunca levou a franquia aos playoffs, algo que Davis já teve como feito na carreira (embora tenha sido num ano em que o OKC esteve desfalcado durante a maior parte da temporada).

        Pra mim, o problema é que o Pelicans tem muito refugo. Holiday, Gordon, Evans… Todos jogadores com um milhão de problemas na carreira. Ainda por cima fecha contratos ruins como o do Asik.

        Além de fechar com mais um all star, NOLA precisa de jogadores de composição de elenco, como o Avery Bradley, que não é nada espetacular, mas faz e muito bem seu papel dentro de quadra, com marcação forte e bom trabalho de transição.

        Se KD realmente for para o Warriors, será um grande indicativo para as saídas de Barnes e Iguodala, por exemplo. Bons nomes no mercado.

        • Mas o “refugo” Jrue Holiday, jogou demais ontem, flertou com um TD e ajudou muito o Davis, esse time precisa dele, se ele não se lesionar é claro, mas considero ele mais importante que o Evans que é muito peladeiro…

        • Lucas Ottoni

          O cara que fechou esse contrato com o Asik não deveria apenas ser banido da NBA, mas sim ser PRESO! Pois o que ele fez foi um crime contra a sua própria franquia. É por essas e outras que o Pelicans nunca terá qualquer sucesso. As pessoas que estão no comando são incompetentes demais. E já deram inúmeras provas disso. É um sofrimento atrás do outro. E não será um joguinho de 59 pontos que me fará enxergar qualquer luz no fim do túnel. O Pelicans continua numa escuridão completa. Tem que mudar o time todo, GM e todos os responsáveis pelas operações de basquete na franquia. Está tudo errado em New Orleans. FATO.

      • Lucas Ottoni

        É só ver o que o Towns está fazendo em sua primeira temporada. A tendência é crescer ainda mais. Vejo sim, ele superior ao Davis em um futuro próximo. Não é um mísero jogo de 59 pontos que mudará a minha opinião.

  • Bruno Macedo

    Disputa pros offs vai começar a apertar agora qualquer jogo bobo q perder já eh um passo pra traz nas duas conferencias vai ser apertado ate o fim

  • – Tiago

    Anthony Davis tem que sair do Pelicans e voltar para sua cidade natal para jogar no Bulls haha

  • Doug

    Rapaz, jogo dos Pacers só tem sido emoção, mas, ainda que sofrida, a vitória veio…AD mostrando do que é capaz e o Jrue, mais uma vez, colaborando bem…e esse Celtics, hein? Que time esforçado…dá gosto de ver…Blazers tb, que backourt habilidoso…Lillard jogando muito…e o Kemba carregando os Hornets, com o Batum muito equilibrado tb…disputa boa no leste…

  • Rodolfo Perkins

    Única parte boa da chacina de ontem.
    Ninguém tem coragem de entrar na frente kkkkkk

    http://youtu.be/7KfyANdNm2U

  • Rafael Victor

    Os próximos MVPs da NBA serão Anthony Davis e o Damian Lillard!

    • “ The Real MVP “

      e George

      • Rafael Victor

        HAHAHA! Porra, ele começa bem a temporada, depois vai caindo… sei lá…

        • “ The Real MVP “

          Está Sé Poupando pros Playoffs Contra o Warriors o Time vai Precisar Muito Dele rsrsrs

          • Fabrica de Vassilo

            Como que um jogador que “vai se poupando” um dia vai ser MVP?

          • Marcio

            Falou tudo!!!

          • “ The Real MVP “

            Por que Ele Esta Cansado Men Ficou Quase 2 anos sem Jogar nem vai vim Para as Olimpiedas ….

          • Fabrica de Vassilo

            pois é, ficou quase dois anos sem jogar e está cansado, imagina quem tá jogando em alto lvl a 2 anos sem parar.

      • Rodolfo Perkins

        Vai pro colégio e para de me fazer rir

  • “ The Real MVP “

    Vamos Lá Pacers Rumo ao TOP 3 …

  • Assisti a Blazers x Jazz, e foi um baita jogo, Raulzinho tem que ter cuidado, o Mack que chegou teve boa atuação e pontuando de forma segura mas faltou acionar mais o Favors no fim do jogo, e o Blazers teve a dupla Lillard – McCollum mais uma vez mandando muito bem e segurando o time com ótima ajuda do Harkless que eu tenho elogiado muito pois está se soltando e jogando muito bem, time difícil de ser batido em seus domínios e esta em 7º e deixou Jazz e Rockets brigando na 8º…

    • Melo

      Alex len foi treinado pelo tim duncan na ultima offseason.Isso explica a melhora dele nessa season

  • São atuações como essa do Anthony Davis que me fazem confirmar que ele realmente é o melhor PF da NBA, atuação épica…

  • Olavo #RipCity #Emerging

    Blazers vs Jazz foi facilmente um dos melhores jogos dessa temporada. Segundo tempo de jogo foi eletrizante, com os dois times jogando com uma raça incrível. E no último quarto criou uma atmosfera de Playoffs que, até agora, eu não tinha visto esse ano. Parabéns ao Jazz por ter feito uma partida tão complicada assim, mas todo o mérito vai ao Blazers por ter conseguido fazer 115 pts em uma das melhores defesas da liga e tee buscado a vitória mesmo depois de ter ficado atrás no placar por um bom tempo.

  • cleberson23

    Depois durant fica com raiva porque não colocam o OKC como favorito ao titulo. Dos contenders só venceu os Spurs (primeiro jogo da temporada regular)

    • Rodolfo Perkins

      E o clippers

    • David Silva

      OKC é hoje o 4º melhor time da liga, mas com o Raptors brigando forte por esse posto(talvez até melhor já).Mas quanto a perder pros contenders, acredito que na temporada regular nem seja um fator tão considerável, já que o próprio Spurs tomou 3 surras(Cavs, GSW, Clips) e é o segundo melhor time da liga, para muitos.

      • Tony parker

        Em 2014, quando fomos campeões, perdemos os 4 jogos da temporada regular pro OKC. Mas na final da conferência, vencemos por 4×2.
        Chega nos playoffs, Tio Pop nos diz: This is your time!!

        • David Silva

          Hahahahahahaha!!! é como dizem : “playoffs são outra história”.rs

        • cleberson23

          Concordo. Contudo nem o mais fanático torcedor do OKC deve acreditar que o time seja capaz de vencer 4 jogos contra Spurs e GSW sem mando de quadra (melhores times da liga, sem nenhuma derrota em casa)

  • David Silva

    A atuação do LeBron foi foda também, hein?Uma das melhores até aqui…

  • Claudio R.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados