logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 5 mar 2016 às 14:14
O dia em que Curry quase foi para o Suns

Atual MVP iria jogar ao lado de Steve Nash

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

Não faz tanto tempo assim, mas nem todos vão lembrar do draft de 2009. Foi o ano em que o Los Angeles Clippers selecionou Blake Griffin como a primeira escolha. Só que Griffin se machucou e ficou fora da temporada de estreia. A segunda, talvez seja melhor nem lembrar, mas eu te ajudo. Foi ele: Hasheem Thabeet, carinhosamente chamado de Thaboost.

Como James Harden demorou um pouco a engrenar e era reserva no Oklahoma City Thunder, o prêmio de Calouro do Ano caiu no colo de Tyreke Evans, quarta pick. Pudera! O então moleque, atingiu marcas que só três grandes astros da história da NBA haviam conseguido. Evans obteve médias acima de 20 pontos, cinco rebotes e cinco assistências em seu debute. Os outros três foram Oscar Robertson, Michael Jordan e LeBron James.

O Minnesota Timberwolves tinha as duas próximas escolhas. Ricky Rubio foi o quinto e o inexpressivo Jonny Flynn, o sexto.

Quem tinha a sétima seleção? O Golden State Warriors.

Acontece que o time californiano tinha um acordo com o Phoenix Suns por esta escolha. O Suns queria selecionar Stephen Curry de todas as formas e enviou uma proposta ao Warriors envolvendo a 14ª pick e Amare Stoudemire. Ele jogaria ao lado de Steve Nash, duas vezes eleito o melhor jogador da temporada.

Estava tudo certo.

Steve Kerr, hoje técnico do Warriors, era o GM do Suns na época. Ele conversou com Dell Curry, pai de Stephen e foi informado que o Timberwolves estava fora da jogada. Curry não queria jogar pela equipe de Minneapolis e tinha acordo para ir para o Suns ou Warriors.

Só que de última hora, a direção do Warriors tirou o seu time de campo e rejeitou a oferta.

Ao Suns, sobrou o talento de Griffin, mas do irmão de Blake, o Taylor. Oito jogos na NBA e hoje disputa a segunda divisão do basquete italiano.

Mas nem tudo foi ruim para a equipe do Arizona. O Suns ainda teve uma temporada surpreendente em 2009-10 e foi aos playoffs em um dos últimos suspiros da dupla Nash e Stoudemire.

O então veterano armador depois foi para o Los Angeles Lakers, onde mal conseguiu jogar, enquanto Stoudemire foi trocado para o New York Knicks e teve mais uma boa temporada antes de praticamente encerrar a carreira por conta de problemas no joelho.

Já Curry, você já sabe.

MVP e campeão em 2014-15, é o franco favorito para ficar com os dois troféus novamente.

Mas que seria legal vê-lo com Nash, seria.

  • LP

    Não acredito muito nisso, o Suns ia mandar uma estrela como Amare e uma pick de 1st round por uma sétima escolha?

    • Marcio

      tmb acho muito estranho!!

    • Luiz Funchal

      Cara, a ideia era não perde-lo de graça ao final de seu contrato, fato que acabou ocorrendo (conseguiu uma TE e uma pick de segunda rodada apenas)

  • Bacana isso, mostra que o Warriors teve competência e sorte na formação e seleção de jogadores do seu elenco atual, quem diria que o Steve Kerr quase conseguiu influenciar a levar o Curry para o Suns hein

  • Galvão – EL HEAT #305 🔥

    Em 2009 qualquer time ficaria maluco para receber Armare Stoudemire. Não deve ter dado certo pelas peças que o Suns queriam para compensar o salário dele. Devem ter pedido o Monta.

    • Doug

      Pode ser…

    • Gustavo Freitas

      Aconteceu assim:

      Stoudemire assinou extensão com o Suns em 2005 até 2010, no valor de US$ 73 milhões. Só que rumor era o que não faltava. Amare seria trocado porque em 2010, sairia de graça. E foi quase isso que rolou.

      Ele foi para o Knicks por uma escolha de segunda rodada de 2012 e uma trade exception. Como essa escolha era protegida (até 55), nada aconteceu e o Knicks a manteve.

      No fim, Amare iria sair de qualquer forma. A proposta era para antecipar essa troca para receber algum valor. No caso, a sétima escolha de 2009 seria um belo upgrade em relação ao que recebeu um ano depois. E quando você descobre hoje que renderia Curry, aí é que o torcedor do Suns chora.

      • Gustavo Freitas

        Faltou dizer…

        Stoudemire era melhor amigo de Robert Sarver, dono do Suns. Só que quando o ala-pivô passou a se machucar com frequência, eles conversaram e trataram de preparar uma troca antes do contrato não valer nada.

        • Galvão – EL HEAT #305 🔥

          Agora fez sentido rs

          Por que pra mim naquela época o Stoudemire tinha muito valor de mercado dentro da liga. Por isso achei estranho que o GSW não tivesse aceito uma troca que envolvesse ele como principal atrativo. E como parecia que o Golden State montaria um time ao redor do Monta e o salário dele e do Jamal eram os mais altos na época, achei que alguma desses jogadores foram exigidos na negociação por isso ela não deu certo. E uma pena que não deu certo, pq um chutador do lado do Nash faria estragos enormes rs

      • Quem chora junto é a torcida dos Knicks, ele era o favorito para ser selecionado na 8° escolha dos Knicks hahaha

  • Doug

    Parece que já vislumbravam o talento do garoto e tiveram azar…

  • Rodrigo An

    achei a história bem estranha! acho que o warriors por MUITO MENOS teria aceito o stoudemire naquela epoca! ele jogava demais.. acho que o problema deve ter sido em relação a salários, ou alguma outra coisa.

  • Maicon Gomes

    Tyreke merecia uma equipe melhor.
    É excelente jogador.

    • Quando não era bichado né kkkkkk

      • Maicon Gomes

        O grande problema é esse.
        Mas ainda continua um jogador que contribui bastante.
        Tem 15.2 ppg – 5.2 RPG – 6.6 apg, jogando 30 mpg.
        O Lebron dos pobres, só tem que parar de se contundir.

        • Lucas Ottoni

          kkkk… LeBron dos pobres foi genial… rs.

  • Tárcio

    Foi uma boa turma. E O wolves vai ser pequeno pra sempre.

  • E se fosse para os Suns hoje em dia poderia estar em qualquer outra equipe, ou talvez não tivesse alcançado todo seu potencial. Curry no início sofreu 11 lesões no tornozelo, e muitas vezes que esteve em quadra não estava 100% isso explica sua acensão um tanto tardia (ele tem praticamente 28 anos) em outro cenário a forma de lidar com essas lesões poderiam ter sido diferentes, e mudado totalmente o rumo da carreira dele.

    • Ronaldo Ferreira

      só ñ dá pra esquecer q o DP dos Suns era pica. Basta ver o q fizeram com o Nash,

  • Maximus oliver

    teria sido campeao de qualquer jeito

  • Lucas Ottoni

    O Wolves então escolheu Rubio e Flynn pq o Curry não quis ir pra Minnesota? Dessa eu não sabia. Eu estranhei o Curry ter saído apenas na sétima escolha, mas agora tá explicado.

    O que não conseguirão me explicar até hoje é pq o Grizzlies perdeu Harden, Curry e até o Tyreke para ficar com o Thabeet. Essa não tem explicação… rs.

    • Ronaldo Ferreira

      Já pensou q, OKC poderia ter hoje Durant, Westbrook e Curry???? mas aí foram no harden… 😛

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados