logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 13 mar 2016 às 09:41
NCAA – Jamal Murray e Tyler Ulis doutrinam e Kentucky chega à final de conferência

North Carolina ganha a ACC, Kansas é campeão da Big 12, Seton Hall leva a Big East e Oregon conquista a Pac-12

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

ACC

(2) Virginia 57 x 61 North Carolina (1)

Destaques

Virginia
Malcolm Brogdon: 15 pontos e quatro assistências
Anthony Gill: 13 pontos e seis rebotes

North Carolina
Joel Berry II: 19 pontos
Marcus Paige: 13 pontos
Brice Johnson: 12 pontos, nove rebotes e cinco assistências


Big 12

(2) West Virginia 71 x 81 Kansas (1)

Destaques

West Virginia
Devin Williams: 31 pontos e dez rebotes

Kansas
Devonte’ Graham: 27 pontos, cinco rebotes, quatro roubadas de bola e cinco bolas de três pontos convertidas
Wayne Selden Jr.: 21 pontos e quatro rebotes
Perry Ellis: 17 pontos e cinco rebotes


Big Ten

(8) Michigan 59 x 76 Purdue (4)

Destaques

Michigan
Ali Abdur-Rahkman: 15 pontos e quatro rebotes
Derrick Walton Jr.: 14 pontos, seis rebotes, cinco assistências e quatro roubadas de bola

Purdue
A.J. Hammons: 27 pontos, 11 rebotes e três tocos
Vince Edwards: 13 pontos e seis rebotes

 

(3) Maryland 61 x 64 Michigan State (2)

Destaques

Maryland
Robert Carter: 18 pontos e oito rebotes
Melo Trimble: 11 pontos

Michigan State
Denzel Valentine: 18 pontos, sete rebotes e nove assistências
Matt Costello: dez pontos e cinco rebotes


SEC

(6) Georgia 80 x 93 Kentucky (2)

Destaques

Georgia
Yante Maten: 20 pontos e cinco rebotes
J.J. Frazier: 19 pontos e cinco assistências
Kenny Gaines: 16 pontos

Kentucky
Jamal Murray: 26 pontos e seis rebotes
Tyler Ulis: 25 pontos, cinco assistências e quatro bolas de três pontos convertidas
Derek Willis: 14 pontos, sete rebotes e quatro tocos
Isaiah Briscoe: 12 pontos e sete rebotes

 

(4) LSU 38 x 71 Texas A&M (1)

Destaques

LSU
Ben Simmons: dez pontos e 12 rebotes

Texas A&M
Tonny Trocha-Morelos: 13 pontos e dois tocos
Jalen Jones: 12 pontos e seis rebotes


Big East

(3) Seton Hall 69 x 67 Villanova (1)

Destaques

Seton Hall
Isaiah Whitehead: 26 pontos e oito desperdícios de bola
Desi Rodriguez: 12 pontos e quatro roubadas de bola

Villanova
Kris Jenkins: 23 pontos, cinco rebotes e cinco bolas de três pontos convertidas
Josh Hart: 17 pontos e cinco rebotes


Pac-12

(2) Utah 57 x 88 Oregon (1)

Destaques

Utah
Jakob Poeltl: 13 pontos, quatro rebotes e três tocos

Oregon
Tyler Dorsey: 23 pontos e nove rebotes
Dillon Brooks: 18 pontos, três roubadas de bola e quatro bolas de três pontos convertidas
Chris Boucher: 15 pontos, sete rebotes e dois tocos
Elgin Cook: 11 pontos, sete rebotes, seis assistências e três roubadas de bola

  • Pedro Cortez

    Esse ja é o march madness?

    • Não, são os torneios conferências. March Madness deve começar na próxima semana!

  • Uncle Drew

    Eu já adoro o Jamal Murray, e o Chad Ford ainda compara ele com o Brandon Roy (outro jogador q eu adorava). Porra ein!
    Murray vem numa sequencia de 12 jogos seguidos com 20 pontos ou mais. Top 5 pra ele já!
    https://twitter.com/chadfordinsider/status/708788346340782080

    • TRUETHIAGO

      Vejo o Valentine tendo características para sustentar melhor essa comparação.
      Ainda não dá para saber qual a real capacidade dele atuando como organizar, pois o Ulis é quem faz isso em UK, deixando Murray basicamente fazer o papel de scorer/pontuador (e nisso de fato vem correspondendo perfeitamente)

      • Thiago, não esqueça que quem é o playmaker do Canadá é Murray. E lá ele se “obriga” a arquitetar as jogadas.

        • TRUETHIAGO

          Mas em qual torneio, André? Seleção de base/High School? Porque mesmo no Panamericano, eu não vi grande poder de criação nele.
          Na semi-final (contra os EUA) até teve um jogo de 6 assists, porém a sua média no campeonato não chegou a 3 (2,4); Enquanto, por outro lado, foi um dos líderes do time na pontuação: 17ppg

          Na Copa América ele não fez parte do elenco, levaram o Cory Joseph de armador.

  • TRUETHIAGO

    Seton Hall levando a Big East sem dúvida é a grande surpresa, a própria vitória contra Xavier já havia sido; mas bater Villanova na final ninguém esperava. Kevin Willard parece ter aprendido bastante em seus anos de assistente do Rick Pitino/Louisville.

    North Carolina e Kansas mantendo o favoritismo, e Oregon atropelando Utah, chegam muito fortes ao MM. Se o Devonte’ Graham manter essa pegada, aí os Jayhawks vão chegar fácil no Final Four, em termos de profundidade do elenco são na minha visão o nº1.

    Quanto a LSU/Simmons, Texas A&M era favorito, que fique registrado. Óbvio que não dessa maneira, esperava um jogo mais parelho. Acredito que a escolha do australiano nem tenha sido ruim pela universidade, mas talvez ele não tenha ponderado bem o fator Head Coach.

    Ademais, daqui a pouco tem a final da SEC (14h) e logo em seguida a da Big Ten > Michigan State vs Purdue

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados