logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 20 mar 2016 às 16:31
“Limpo”, Jamal Crawford completa 36 anos sem pensar em aposentadoria

Veterano exalta “vida limpa” que leva e é tratado como exemplo pelo treinador do Clippers

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Um garoto do elenco do Los Angeles Clippers faz aniversário neste domingo. Mas não estamos falando de um garoto comum. O veterano Jamal Crawford completa 36 anos de idade espantando os técnicos e atletas da equipe por sua intensidade e jovialidade a cada dia. O candidato a melhor reserva da liga aposta que ainda pode jogar na NBA por mais cinco temporadas e credita sua longevidade aos hábitos de vida saudáveis que sempre teve.

“Se você não me conhecesse e estivesse me vendo em quadra pela primeira vez, quantos anos diria que tenho? Pois é assim que sinto-me. Eu sou produto de uma vida limpa. Odeio ficar fora de forma e sei que leva apenas uma semana para sair totalmente da linha. É preciso manter-se fisicamente preparado a cada dia, porque estou em uma missão aqui”, afirmou o ala-armador, que garante nunca ter fumado e só ter ingerido bebida alcoólica em seu casamento.

Para o técnico Doc Rivers, o senso de profissionalismo de Crawford é um exemplo para todos os seus companheiros de Clippers e atletas da NBA. Mas a razão de seu sucesso vai além, sempre esteve escrito nas estrelas. “Jamal é único. Não sei como consegue. Ele realmente não parece um cara que levanta peso e faz aquelas coisas de academia. Não parece mesmo. Acho que Jamal só nasceu para jogar basquete”, concluiu o treinador, orgulhoso do “menino” de 16 temporadas na liga.

  • Rafael Correa

    É um grande cestinha. Tem muita facilidade de pontuar e mesmo já veteranaço, ainda causa impacto no seu time;

  • Viicente Machado

    E tinha Nego aqui que dizia que ele tinha que ser trocado, que não teria espaço por causa do Stephenson…

    • Gustavo Francisco

      Eu ia falar exatamente isso, falaram que ele pipocou nos playoffs…
      Mais o Clippers deu mole naquele jogo, estava 20 pontos na frente.
      Falaram que ele tinha de ser trocado, como as pessoas não sabem nada mesmo.

  • Thiago Tecachuk

    JC é o Paulo Bayer da Nba ;D

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados