logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 22 mar 2016 às 13:55
Dwight Howard “escapa” de suspensão por uso de substância proibida

NBA refirmou que aderente não é permitido, mas pivô só receberá aviso para não utilizar mais material

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Dwight Howard não vai ser suspenso pela NBA por admitir usar uma substância proibida nas mãos durante jogos há anos. O pivô do Houston Rockets recebeu aviso oficial da liga nesta segunda-feira para não usar mais o material aderente, sob a pena de suspensão ou multas futuras. Todas as franquias receberam, em paralelo, um memorando confirmando a proibição ao spray “Stick-Em”.

Em entrevista ao site USA Today Sports, o titular revelou-se bastante surpreso com a ampla repercussão da notícia. “Já tenho usado esse spray nos últimos cinco anos. Eu nunca escondi isso de ninguém. Nunca sequer tentei esconder o que eu estava fazendo. Era só uma coisa para manter a mão umedecida”, desabafou o jogador de 30 anos, acatando a decisão da liga.

A não punição a Howard teria revelado uma lacuna nas regras e acordo coletivo de trabalho da NBA atual. Segundo o ex-árbitro Ronnie Nunn, não existe uma lei clara que rege o uso de substância aderente na mão e a proibição ao pivô seria um caso sem precedentes. Jonathan Feigen, do jornal Houston Chronicle, apurou que a liga informou aos times que terá uma nova regra, especificamente sobre o assunto, redigida antes dos playoffs.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados