logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 22 mar 2016 às 00:12
Hornets vira sobre Spurs após pior primeiro quarto da NBA na temporada

Rodada contou com mais oito jogos, incluindo o triplo duplo de LeBron James na vitória do Cavaliers

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

(59-11) San Antonio Spurs 88 x 91 Charlotte Hornets (40-30)

O Charlotte Hornets venceu o San Antonio Spurs por 91 a 88 e manteve sua vantagem de três partidas para o Indiana Pacers na briga pelo sexto lugar da conferência Leste.

Embalado pela vitória sobre o Golden State Warriors e com todas as peças principais disponíveis, o Spurs não tomou conhecimento dos mandantes no primeiro quarto, abrindo uma vantagem de 21 pontos no final dos primeiros 12 minutos. O armador Tony Parker foi o grande nome do período com 12 pontos, três assistências e dois tocos, enquanto a dupla Al Jefferson e Kemba Walker desperdiçou os dez arremessos tentados. Os sete pontos anotados pelo Hornets no primeiro quarto representam a pior marca de qualquer equipe no quesito na atual temporada.

O segundo período começou com a vantagem do Spurs subindo para 23 pontos, mas o armador Jeremy Lin deu início ao que seria a sua noite ao anotar 12 pontos em 12 minutos e cortar a diferença para 15. Na volta dos vestiários, foi a vez do ala-armador Courtney Lee comandar os mandantes com mais 13 pontos. A pressão defensiva do Hornets forçou sete erros ofensivos do Spurs, número superior aos seis de todo o primeiro tempo.

O Hornets conseguiu sua primeira liderança após a primeira cesta da partida após uma bola de três pontos de Lin faltando nove minutos para o final. As duas equipes trocaram cestas durante o restante do período, com o armador do Hornets garantindo a liderança no placar toda vez que o Spurs se aproximava. Com um minuto no relógio, Kawhi Leonard colocou o Spurs à frente, mas sua cesta foi seguida de mais quatro pontos de Jeremy Lin e uma vantagem de três pontos para o Hornets. No último ataque da partida, Patty Mills e Danny Green, após rebote ofensivo de LaMarcus Aldridge, perderam as chances de empatar o jogo. O Spurs teria uma última oportunidade faltando apenas quatro décimos para o final, mas o armador australiano errou o passe e selou a derrota da equipe de San Antonio.

A vitória por três pontos foi a primeira da franquia de Charlotte sobre o Spurs nos últimos 11 jogos e ainda colocou o Hornets na casa das 40 vitórias após vencer 33 partidas na última campanha.

Após ver sua sequência de seis triunfos encerrada e a vantagem do Warriors pela 1ª colocação no Oeste subir para quatro jogos, o Spurs receberá o Miami Heat na próxima quarta-feira. Já o Hornets, visitará o Brooklyn Nets amanhã.

Destaques

San Antonio

LaMarcus Aldridge: 18 pontos, 12 rebotes e cinco assistências
Tim Duncan: 16 pontos, dez rebotes, dois roubos de bola e quatro tocos
Kawhi Leonard: 15 pontos, seis rebotes e dois roubos de bola
Tony Parker: 19 pontos, cinco rebotes, sete assistências e dois tocos

Charlotte

Jeremy Lin: 29 pontos e sete rebotes
Nicolas Batum: 15 pontos, seis rebotes, três assistências e cinco erros ofensivos
Cody Zeller: Seis pontos e 14 rebotes
Courtney Lee: 17 pontos e quatro roubos de bola


(29-42) Denver Nuggets 91 x 124 Cleveland Cavaliers (50-20)

Destaques

Denver

Will Barton: 27 pontos, quatro rebotes e dois roubos de bola
Jusuf Nurkic: 11 pontos, sete rebotes, três assistências e três tocos
Nikola Jokic: 11 pontos, quatro rebotes, três assistências e três roubos de bola
Gary Harris: 11 pontos e dois roubos de bola

Cleveland

LeBron James: 33 pontos, 11 rebotes e 11 assistências
J.R. Smith: 15 pontos, cinco assistências, quatro rebotes e quatro roubos de bola
Matthew Dellavedova: Dez pontos, sete assistências e três rebotes
Channing Frye: 14 pontos e três rebotes
Tristan Thompson: Oito pontos, sete rebotes e dois roubos de bola


(9-62) Philadelphia 76ers 75 x 91 Indiana Pacers (37-33)

Destaques

Philadelphia

Hollis Thompson: 15 pontos e seis rebotes
Jerami Grant: 14 pontos e quatro rebotes
Isaiah Canaan: 15 pontos e quatro rebotes
Ish Smith: Quatro pontos, nove rebotes, quatro assistências e três roubos de bola

Indiana

Paul George: 15 pontos, seis rebotes, três assistências e dois roubos de bola
Ian Mahinmi: 12 pontos e dez rebotes
Myles Turner: Dez pontos, seis rebotes, dois roubos de bola e três tocos
Monta Ellis: 13 pontos, cinco assistências, três rebotes e dois roubos de bola
George Hill: 12 pontos, quatro rebotes e quatro assistências


(29-41) Orlando Magic 96 x 107 Boston Celtics (41-30)

Destaques

Orlando

Victor Oladipo: 25 pontos, oito rebotes, cinco roubos de bola e cinco erros ofensivos
Aaron Gordon: 13 pontos e oito rebotes
Evan Fournier: 13 pontos e dois roubos de bola
Andrew Nicholson: 13 pontos e seis rebotes

Boston

Isaiah Thomas: 28 pontos, sete assistências e cinco rebotes
Evan Turner: 16 pontos, cinco rebotes e quatro assistências
Avery Bradley: 22 pontos, nove rebotes e três assistências
Kelly Olynyk: 22 pontos, cinco rebotes e dois roubos de bola
Amir Johnson: 11 pontos, 11 rebotes e dois tocos


(30-41) Milwaukee Bucks 91 x 92 Detroit Pistons (37-34)

Destaques

Milwaukee

Giannis Antetokounmpo: 21 pontos, 12 rebotes, cinco assistências e dois tocos
Greg Monroe: 18 pontos, dez rebotes, dois roubos de bola e dois tocos
Khris Middleton: 27 pontos e quatro assistências
Jabari Parker: Cinco pontos, seis rebotes e dois tocos

Detroit

Andre Drummond: 14 pontos e 16 rebotes
Tobias Harris: 13 pontos e seis rebotes
Marcus Morris: 21 pontos, três rebotes e quatro assistências
Kentavious Caldwell-Pope: 15 pontos, três rebotes e três assistências
Reggie Jackson: Nove pontos, cinco rebotes e cinco assistências


(35-35) Washington Wizards 117 x 102 Atlanta Hawks (41-30)

Destaques

Washington

John Wall: 27 pontos, 14 assistências, três rebotes e dois roubos de bola
Otto Porter Jr.: 16 pontos, dez rebotes e dois roubos de bola
Marcin Gortat: 15 pontos e sete rebotes
Bradley Beal: 25 pontos e três rebotes
Markieff Morris: 14 pontos, sete rebotes e três roubos de bola
Nenê Hilario: Seis pontos, quatro rebotes e três assistências em 18 minutos

Atlanta

Al Horford: 14 pontos, nove rebotes, nove assistências e três roubos de bola
Jeff Teague: 23 pontos, quatro assistências e três rebotes
Tim Hardaway Jr.: 16 pontos e quatro rebotes
Paul Millsap: 13 pontos


(27-43) Sacramento Kings 102 x 109 Chicago Bulls (36-33)

Destaques

Sacramento

DeMarcus Cousins: 19 pontos, 18 rebotes, três assistências, dois tocos e oito erros ofensivos
Rudy Gay: 18 pontos e cinco rebotes
Rajon Rondo: 14 pontos, quatro rebotes, cinco assistências e seis erros ofensivos
Darren Collison: 19 pontos, quatro rebotes e quatro assistências

Chicago

Pau Gasol: 14 pontos, 14 rebotes, três assistências e três tocos
Jimmy Butler: 11 pontos, oito assistências, três rebotes e cinco roubos de bola
Derrick Rose: 18 pontos, cinco rebotes e quatro assistências
Taj Gibson: 18 pontos, três rebotes e quatro roubos de bola
Doug McDermott: 16 pontos


(63-7) Golden State Warriors 109 x 104 Minnesota Timberwolves (22-48)

Destaques

Golden State

Stephen Curry: 19 pontos, sete rebotes, 11 assistências, três roubos de bola e cinco erros ofensivos
Draymond Green: 24 pontos, nove rebotes, seis assistências, três roubos de bola e três tocos
Klay Thompson: 17 pontos e cinco rebotes
Leandro Barbosa: Nove pontos, um rebote e uma assistência em 18 minutos
Anderson Varejão: Cinco pontos e uma assistência em 10 minutos

Minnesota

Karl-Anthony Towns: 24 pontos e 11 rebotes
Ricky Rubio: 20 pontos, 11 assistências, quatro rebotes, quatro roubos de bola e seis erros ofensivos
Andrew Wiggins: 25 pontos, cinco rebotes e quatro assistências
Zach LaVine: 19 pontos e quatro assistências


(41-30) Memphis Grizzlies 103 x 97 Phoenix Suns (19-51)

Destaques

Memphis

Zach Randolph: 14 pontos e 13 rebotes
Matt Barnes: 12 pontos, nove rebotes, três assistências e dois tocos
Tony Allen: 12 pontos, quatro rebotes e dois roubos de bola
Jordan Farmar: 12 pontos e três rebotes
Lance Stephenson: 16 pontos

Phoenix

Brandon Knight: 13 pontos, seis rebotes e sete assistências
Jon Leuer: 13 pontos, 13 rebotes e três tocos
Devin Booker: 18 pontos e quatro rebotes
P.J. Tucker: 15 pontos, quatro rebotes, quatro roubos de bola e dois tocos

  • Rodrigo Soares

    Meu Deus Spurs, pqp! Vi só os numeros do primeiro periodo (Spurs arrasando), ai agora vejo perdeu o jogo, vai se lasca kkk! Isso é pra aprender a nao relaxar no jogo por causa de uma certa vantagem

    • Yan Alves

      Espelo que tenham aplendido a lição hueheuhue

    • Rafael Victor

      Eu vi o jogo, foi bem isso mesmo, o Spurs, com exceção do Duncan, relaxou achando que poderia ganhar quando quisesse, mas não foi o que aconteceu!

      Eles arrebentaram no primeiro quarto, o Hornets começou a reagir no segundo e voltou surpreendendo o Spurs no segundo tempo com a defesa forte e essa atuação do Lin! Tomara que sirva de lição, não pode relaxar, nem subestimar quem quer que seja, senão…

      • Michel Moral

        Por isso é hora do Duncan dar aquela bronqueada básica rs rs. Aliás, o Pop deve ter feito isso de forma bem sutil kkkkkk

        Vai relaxar contra o Warriors para ver o que acontece.

  • Bruno Hornets

    Vou poder contar pros meus descedentes que vi um título de matéria: “Hornets vence Spurs com SHOW DE LIN” hahaha

    • luiz

      Aquele momento q vc pensa q a temporada está valendo a pena kkkkkk

  • – Tiago

    Linsanity KKKKK

  • Linsanity voltou mesmo hein, com Walker discreto coube ao oriental de cabelo estranho chamar a responsabilidade pra si e pontuar, Spurs teve um péssimo segundo tempo, o time realmente relaxou e Kawhi não voltou depois do intervalo e os erros de ataque pesaram, Hornets mostraram muita vontade pra buscar o resultado e em casa estão sendo difíceis de serem batidos, mas ainda acho que falta regularidade de alguns jogadores (Big Al, Walker, Williams) pra esse time surpreender nos playoffs caso a classificação realmente se concretize, mas o poder de reação deles nesse jogo foi de se aplaudir…

  • Ricardo Costa

    Stephen Curry: 19 pontos, sete rebotes, 11 assistências, três roubos de bola e cinco erros ofensivos. 2-9 na linha de 3 pontos

    Tem 6.5 APP… não é aquela media maravilhosa, mas ta entre os 10 na liga e acima do Isaiah Tomas e Kyle Lowry, esse ultimo que muitos dizem ser o melhor armador do Leste.

    ate quando essa historia q o mlk é só bola de 3?

  • Felipe Afonso

    Que treta é essa do LeBron que ta rolando agora hein ?

    • Galvão – EL HEAT #305 🔥

      Não é treta cara, ele só ativou o modo “Zero Dark 23”. É como ele define sua preparação para os playoffs. Ele sempre deu unfollow nas contas relacionadas a basquete para não ter informações, todo ano ele faz isso. Mas alguns sites usaram isso para dizer que ele ter dado unfollow no Cavs significa que ele irá sair e para criar mais polêmica sobre o time de Ohio. Até a preparação para os jogos dele muda quando ele “vira a chave”.

  • Guilherme Rodrigues

    Lin foi aquele que foi superestimado ao extremo e que agora é um cidadão bem subestimado.

    • Juan Gabriel

      Nem acho que o Lin hoje seja under. Ele pra maioria é considerado um bom role e como todo bom role, um dia ou outro pode desencantar brilhantemente

  • Charles Teodista

    E mais uma vez Lebron tendo que jogar muito para o time não perder para uma equipe (que me desculpem os torcedores) mediana, Não duvido que perca a primeira posição;

    Não me conformo Tristan Thompson ganhando o que ganha sendo que não rende (8 pts). Irving (8 pts), Love mais uma vez contundido, J. R. Smith até que mantém uma certa regularidade e o resto do time nunca se sabe.

    Meu Chicago não é nenhuma pérola más, do jeito que Cleveland está não duvido se em um confronto nos offs sair vencedor (isso jogando completo).

    Rose pode não ser mais o que era más depois do All Star Games vem mantendo boas médias, Gibson cresceu ofensivamente graças ao maior tempo de quadra, McDermott jogando bem, Gasol sendo Gasol, Butler meio que perdido depois da lesão más já sabemos do que é capaz, Mirotic me parece que está com algum problema, Brooks é doido más faz seus pontinhos, Moore vinha jogando razoavelmente bem, Portis ainda é verde más não se esconde do jogo, Holiday até que não é ruim e Dunleavy é aquela coisa, num dia bom faz estrago.

    Não estou dizendo que o Bulls vai despachar o Cavaliers (primeiro tem que se classificar), e sim que, sinto que Lebron é que vai ter que segurar a bagaça toda pois a equipe dele não é a mesma da temporada passada (isso em rendimento individual) e o Leste está muito difícil.

    Volto a dizer aqui que para mim Miami vai a final de conferência e Boston vai dar trabalho.

    Indiana ontem teve um bom jogo coletivo más no geral Paul George muitas vezes tem que se virar sozinho.

    Não sei o que acontece com Detroit, tem um bom time más não rende.

    Toronto é outro que não me convence. O banco é fraco e vai fazer falta nos offs.

    Charlote muito bem.

    Tirando Miami, para mim o outro finalista do leste é uma incógnita.

    Abraços à todos.

  • leo barcellos

    Ancioso para a previsao dos classificados para os playoffs , essa conferencia leste ta muito boa . Os times que estao atras tem uma tabela teoricamente mais facil ( pacers – bulls ) e alguns times na frente com uma tabela bem complicada ( celtics , atlanta ).
    Da terceira a oitava posicao tudo pode acontecer .

  • Charles Teodista

    Vendo os lances do jogo Minnesota perdeu mais por conta dele mesmo, não que o Warriors não tenha jogado bem más faltou um pouco de experiência aos Wolves.

    Ainda não tive a oportunidade de assistir um jogo do Minnesota, más pelos lances que já vi Karl-Anthony Towns tem tudo para se tornar um grande jogador.

    Ricky Rubio fazendo o que se espera dele e Wiggins jogando muito bem.

    Warriors é favorito más me parece que depois do jogo em que o Spurs mostrou que com uma marcação forte e bem feita é possível pará-los, prevejo jogos difíceis daqui pra frente.

    Abraços à todos.

    • Rafael Victor

      Towns é um veterano em um corpo de novato, joga muito! E me pareceu que saiu meio puto com o final de partida do Timberwolves, em que o Wiggins se afobou e vacilou, errando tudo!

    • André Lima

      Normal os erros de um time tão jovem, se analisarmos o time titular o mais experiente é o Rubio, esse quinteto titular tem tudo para ser dominante daqui a 3 anos, so precisamos de um treinador melhor…

    • Michel Moral

      Na minha visão, só o Spurs segura o Warriors. Não vejo o Clippers, OKC ou qualquer outro time do oeste em condições de fazer uma marcação aguda e, ao mesmo tempo, ter no ataque uma disciplina tática razoável para se garantir na partida/série. Ainda que uma vitória sobre o rival tenha dado uma moral para o time de Texas, acho que as chances de vencer uma série contra o time de Oakland são mínimas.

      Golden State tem dado indícios de uma dinastia na NBA. Na minha opinião, só há uma possibilidade de interromper eventual sequência vitoriosa: A CRESCENTE DE JOGADORES NOVOS. Pra mim, não acho que Melo, LeBron, Durant, CP3, entre outros que os valham, conseguirão impedir que o Warriors vença vários campeonatos. Claro que, por exemplo, o Durant num Celtics seria uma grande ameaça. Mas não por causa do Durant, somente, e sim porque você vê um time novo com uma proposta diferenciada.

      Anthony Davis, Kawhi Leonard, Lillard, Antetokounmpo… Esses sim podem fazer frente e inovar no basquete.

      Podem ver que o Warriors se complicou ou perdeu, na maioria das vezes, quando jogou contra times jovens. Ontem contra o Wolves foi muito apertado.

      Não acho, por exemplo, que o futuro do Knicks é o Melo e, como muita gente coloca, se vier o Rondo, etc. O futuro é o Porzingis! Os outros “medalhões” contribuirão e produzirão, só que de uma forma diferente.

      • Alex Alves

        Concordo com você, talvez somente CP3 conseguira ser campeão sendo a principal estrela de um time porem esse cara que vai ajudar ele a ser campeão não será certamente Griffin. Howard e Melo só vejo sendo campeões se unindo a uma panela, como coadjuvantes porém é muito provável que Howard siga para o Bucks podendo criar um boa dupla junto com Giannis e o restante do elenco.

        • Michel Moral

          Realmente. E se D12 não jogar em Milwaukee, que é o seu provável destino, pode ter certeza que não jogará mais em lugar nenhum. Não como um super star, que ainda é considerado.

          CP3 é um jogador que deve permanecer em alto nível até o final da carreira. O problema é que cada vez mais eu vejo o time do Clippers como um globetrotters. É o DeAndre e o Griffin toda semana no top ten plays, é o Jamal Crawford e o JJ acertando bola do meio da quadra, é o Austin Rivers tentando seus crossovers…. E o time em si, uma merda. Individualmente os caras têm um potencial gigantesco, mas falta aquela sintonia, uma defesa forte e tal.

          E outra, o CP3 não tem mais 20 anos para ganhar do Curry sozinho. Não mesmo. Ele precisa de uma novidade para alavancar seu time.

  • Juka

    Achei um time mais inconstante que o meu miami! Hornets! ganha do meu time fora de casa, perde para denver, e ganha do spurs! Rs

  • RafaelRox

    Não entendo esse Memphis, se eles ganharem a nba vai ser a coisa mais bizarra da história kkkkk.

  • Michel Moral

    Muito boa a iniciativa da SporTV de mostrar os jogos clássicos. Ainda que hajam documentários e outras séries interessantes mostrando o que ocorria na época, NADA É MELHOR DO QUE O JOGO EM SI PARA ENTENDER COMO FUNCIONAVA.

    Só pelo jogo de ontem do Dream Team deu para notar como as posições 4 e 5 de hoje estão defasadas. Pat Ewing e Malone eram um espetáculo. Era uma junção de força e técnica impressionantes.

    Hoje ou os caras são altamente atléticos ou só servem para botar medo quando saem do ônibus. Tecnicamente as coisas mudaram muito.

    Sinceramente as pessoas ficam citando Anthony Davis e DeMarcus Cousins, mas pra mim ainda são incomparáveis. Nem dá para colocar na conversa jogadores como Draymond Green e Kevin Love, que teoricamente seriam jogadores mais versáteis. Claro que estou falando de agora, pelo que mostraram até hoje. Ainda assim, nada me leva crer nesse momento que um dia atingirão o patamar supremo de um David Robinson.

    É quase inadmissível que Nowitzki, com 37 anos, ainda tenha que se desdobrar e ser o time inteiro sozinho.

    Não me conformo como D12, Drummond, DeAndre Jordan, etc., não sabem sequer BATER LANCE LIVRE. “Ah, mas o Shaq não sabia”… Não mesmo, mas ele metia 40 pontos todo jogo, cansou de definir partidas e ainda era um grande defensor. Fora que nos caras de hoje o Hack serve exclusivamente porque os caras são ruins e com Shaq o rodízio de faltas ocorria porque se não fosse com falta era cravada na cabeça.

    Acho que o Towns vem resgatando a “dignidade” dos homens do garrafão. O primeiro passo para isso é, sem a menor sombra de dúvidas, a personalidade. O garoto do Wolves já provou que mais do que ser capaz ele quer mostrar o que pode fazer.

    Towns é, a princípio, a prova de que não é questão de ser saudosista.

    • Albert Hornets

      Mano concordo ctg, onde assino ?

    • doug

      Sem dúvida, Michel…o garrafão d hj nao chega aos pés daqueles daquela época. ..é bom p quem n viu conhecer e p quem viu relembrar…galera q acha os d hj os melhores, precisam ver…

    • Charles Teodista

      Para quem teve oportunidade e a sorte de ver caras como Hakeem Olajuwon, Patrick Ewing, David Robinson, Tim Duncan, Pau Gasol, Karl Malone, Charles Barkley, Larry Bird, Shaquille O’Neal, Dikembe Mutombo, Dennis Rodman e outros mais, jogando com força e técnica, uns mais outros menos e olhando os caras que se dizem top da liga chega a dar pena deles.

      É ridículo que um jogador de basquete não saiba arremessar lances livres.

      Ewing era um padrão de excelência, dava gosto ver ele jogar.
      Robinson era aquele cara de uma força tremenda e quando você achava que ele era só isso era surpreendido com uma técnica apurada.

      Saudades.

  • Uncle Drew

    Eu vivi para ver Channing Frye, em tão pouco tempo, virar o líder da equipe. Pra se ver a confusão q está o elenco, não foi o LeBron.. foi o Channing Frye que precisou chutar o balde no intervalo (até pq o LeBron não faz isso, não é a dele), depois de ter perdido uma diferença de mais de 15 pontos no 2º quarto (“Eu não estou aqui a muito tempo, mas partidas como esta fazem eu me sentir um perdedor”) para a equipe entrar mais ligada, e assim dominar o Denver no segundo tempo. Já gostei mais ainda do Frye, q ele continue por muito tempo no Cavs!
    Cleveland entra para os Playoffs em um momento complicado, ainda por causa da mudança de técnico. A equipe já era inconsistente, mas convencia mais nos jogos do q atualmente. Teve q mudar a mentalidade ofensiva ( e melhorou), só q a defesa, antes excelente, ficou horrível!
    Muda um técnico atrás do outro.. aí o desempenho dos jogadores tbem mudam e precisam de uma sequencia para se adaptar e no meio da temporada é sempre mais difícil. O timing da demissão do Blatt, em relação a temporada, foi horrível e a equipe está sofrendo as consequências agora. O Irving em algumas partidas não sabe o q faz em quadra quando não consegue pontuar, ontem até ajudou a defender. Não surpreende a inconstância dele na carreira (teve 2 temporadas muito boas, regrediu na 3ª, na 4ª já com o LeBron na equipe foi bem, e nesta temporada está mal de novo). Neste período ele teve 4 técnicos (Byron Scott, Mike Brown, Blatt e Lue).

    PS: Foi legal ontem, o LeBron tentando cavar o Triple Double de qualquer maneira. Em alguns momentos ele estava de frente pra cesta e preferia passar para um jogador no corner para arremessar de 3 pts! rsrsrs

    • Albert Hornets

      Concordo mano …

  • Gabriel Batista

    Queria que o Memphis passasse o Clippers.. mas os confontros direto pra essas ultimas 12 partidas pesa pro lado do Memphis, joga 2 com Spurs agr, e ainda tem Raptors, Bulls, Dallas, Warriors e por ultimo Clippers… Ja o Clippers pega Warriors, Celtics, Thunder e Dallas e o próprio Memphis na ultima rodada.

  • Matematicamente Spurs também tem chances de chegar as 70 vitórias, o problema é que restavam 13 jogos e podia perder apenas 2, e a tabela é bem complicada, ainda tem 2 jogos contra Warriors e 2 com Thunder (ou um só com OKC não lembro). Pelo perfil do time não parecem ligar para isso, mas é uma marca legal para se atingir, mas essa derrota para os Hornets complica muito isso, agora só pode perder mais uma vez, ainda tendo no mínimo 3 confrontos difíceis.

    • Murilo Moore

      Spurs já tem 10 derrotas!!! Não dá mais pra bater…

  • Uncle Drew

    Faltando cerca de 6 jogos, para terminar a temporada regular. O Leste teria confrontos bem interessantes na 1ª rodada.
    Cleveland (Ou Toronto, já q o Lue falou q deixar os jogadores saudáveis é melhor do ter a 1ª colocação) x Chicago /Pacers/ Detroit/ Washington. Toronto com a 2ª colocação tem a mesma chance de pegar os adversários q o Cavs pode pegar na 1ª rodada. E por causa da confusão na tabela, todas as equipes estão emboladas e tem apenas 1 vitória ou “meia vitória” separando elas, vai ter algum confronto perigoso para o Miami Heat na 1ª rodada, ou enfrenta o Hornets, Hawks ou Celtics com mando de quadra ou não.
    Playoffs do Leste vai ser bom! Muitas equipes competitivas e q com boa rivalidade.

    • Elber Sampaio

      Não seriam 12 jogos ainda?

      • Uncle Drew

        É verdade, faltam 12 ou 13 jogos para algumas equipes. Temporada regular termina lá pelo dia 13 de abril. Já irei corrigir. Vlw

  • David Silva

    Pistons não foi bem, mais uma vez, não convence.A inconsistência defensiva dessa equipe nos últimos jogos é evidente, e se isso não mudar rapidamente os playoffs ficam cada vez mais distantes.Apesar de tudo, é o tipo de vitória que passa algo a mais.Acho que estavam precisando disso.

    Obs: Sério que desenharam a jogada pro KCP arremessar?ele vem MUITO mal em 3pts e ontem estava 2-11 da linha de 3.Não entendi.Mas blz, até que, no fim, deu certo. Rsrs.

    O calendário é um dos mais complicados para os times do Leste.E
    Bulls-Pacers-Wizards tem duelos mais tranquilos, pelo menos na teoria.

    É importante ressaltar que, talvez, o processo de reconstrução que vem apenas no seu segundo ano com SVG esteja mais acelerado do que pensávamos(37 W é mais do eu esperava para toda a temporada).Essa disputa com equipes mais experientes já está ajudando de alguma forma.Esse time pode(e deve!) chegar bem mais forte pra temporada 2016-17.

    • Charles Teodista

      Falei isso mais abaixo, tem um bom time más que não convence.

    • Fear The Fro_br

      Concordo com tudo que foi dito, acho que nem o torcedor mais otimista, imaginaria quer o time estivesse nessa altura na briga pelos offs. Agora, pro time vir mais forte em 2016-2017, tem que melhorar seu desempenho defensivo. Em alguns momentos, chega a dar raiva do desinteresse defensivo demonstrado por alguns jogadores, principalmente o Drummond.

      • David Silva

        Sim, já passei raiva com isso também.E só fica pior pq sabemos o pontecial imenso que ele tem.As vezes fico achando que é preguiça e falta de foco.Nossa temporada 2016-17 passa por uma melhora nisso e claro, um banco de reservas mais qualificado especialmente na armação.

  • Uncle Drew
  • Uncle Drew

    Jordan Clarkson e Nick Young supostamente envolvidos em assédio sexual! Rapaz…
    https://twitter.com/SportsCenter/status/712097431069003778

    • Galvão – EL HEAT #305 🔥

      Ah mais isso tem toda hora na com os jogadores da NBA. As minas ficam em cima dos caras nas baladas e quando o cara vai pra cima ela saiu fora e acusa o jogador de assédio só pra tentar pegar uma grana.

      • Edílson

        Esses caras não aprendem. Do jeito eque tem gente oportunista e mau caráter, pagando profissionais sai mais barato!!

        • Galvão – EL HEAT #305 🔥

          Exatamente. Por isso que muitos jogadores frequentam Strip Clubs, para evitar esse tipo de oportunistas pra cima deles.

          • Uncle Drew

            Eles deviam aprender com o menino Iverson.Eu não me lembro do Iverson ter se envolvido nessas coisas de assédio mas, segundo relatos de seu companheiro…Matt Barnes! A. I. gastava 30 mil dólares em uma noite no Strip Club! Huehuehue

          • Galvão – EL HEAT #305 🔥

            Então o menino John Wall pegou essas manhas com o AI3. Por que ele gastou $47.000 Obamas em um club de strip club em Dallas fazendo chuva de dinheiro rs.

    • indian

      O Cara pega a Iggy Azalea e ainda que mais PQP

  • Galvão – EL HEAT #305 🔥

    O D. Green teve problemas com o Towns ontem em! O garoto é um perigo no Pick and Roll, Pick and Pop, Catch and Shoot, Post, fazendo bloqueios, desviando passes! Como é completo esse garoto!

    • cleberson23

      Pensei que o Davis ou Wiggins seriam os caras dessa nova geração, contudo acho que o menino cidades vai atropelar os 2. Melhor calouro que já vi jogar. Extremamente consistente.

    • Zack Batista

      Bruno MITO Caboclo manda um abraço pro Towns…haha =D

      https://www.youtube.com/watch?v=66iSSLuubNI

      Zoeira Never Ends! 🙂

      • Galvão – EL HEAT #305 🔥

        O Deus do basquete canarinho rs

  • Vi o segundo tempo de Grizzlies x Suns, e acho que o McCallum oscila muito ainda com mais minutos não consegue marcar bem, mas o J.Farmar jogou bem ontem, marcou com lucidez e meteu umas bolinhas de 3, o que seriam desses ursos sem o Conley se não tivesse o ordo Randolph no time, o cara é fundamental mesmo, o Suns teve o Booker jogando bem e Leuer particiando bastante mas não bastou pra parar os ursos…

  • DirkMito

    Parsons fora da temporada mais uma vez. Como disse o Osama o cara é feito de vidro. A pra pqp. Nada da certo em Dallas. Pena do Dirk ZzZzZ

  • Rodrigo SMC

    ****CONTAGEM REGRESSIVA*****
    Próximos jogos do Warriors visando bater o record do Bulls.

    Clippers (H)
    Mavericks (H)
    76ers (H)
    Wizards (H)
    Jazz (A)
    Celtics (H)
    Trail Blazers (H)
    Timberwolves (H)
    Spurs (H)
    Grizzlies (A)
    Spurs (A)
    Grizzlies (H)

    Somente 3 jogos fora de casa.
    Campanha de 32-0 em casa.
    Ainda pode perder 2 jogos para superar e 3 para igualar o Bulls.

    • cleberson23

      Provavelmente só perderá 1 desses jogos ai. Quando começõu essa historia de bater o recorde do bulls eu apostei em 74-8 para o Warriors nessa temporada.

    • indian

      Acho que Perde pro Utah e 1 jogo para o Spurs

      • Michel Moral

        Cara, apostar no Utah contra o Warriors é um ótimo palpite.

        Claro que não daria meu dinheiro, mas também acho que o time de Oakland passará dificuldade.

    • DamonHeat

      muito dificilmente warriors vai perder esse recorde.
      aposto em 73-9

      • Zack Batista

        Vai bater o recorde sim. Aposto em 73-9 também.

    • Viicente Machado

      Clippers, Spurs 2x, Blazers, Jazz, Grizz, Celtics.. Sei não hein

  • GeoHornets

    E eu que torço para o Hornets não estava acreditando em vitória(mesmo sendo em casa)contra o Spurs,depois que vi o que fizeram com o GSW…Mais um para a conta do Linsanity!

  • Leonardo Riviera

    TOMA NO CU ESTE NOVO BUCKS,TIME FILHO DA PUTA

  • Leonardo Riviera

    EU QUERO O MEU BUCKS DE VOLTA

  • Faltou pro Atlanta Hawks o que o Washington Wizards tem em dobro com John Wall & Bradley Beal — Influência em jogo. Coletivamente o Hawks não saiu do jogo em nenhum instante, o problema é que Jeff Teague — Paul Millsap — Al Horford são jogadores de regularidade e quando a partida precisou de um ”fato novo”, a criatividade ou o improviso… Os magos tinham John Wall e ainda o Bradley Beal inspirado.

    Sobre o jogo do Wolves, Sam Mitchell disse que tentou copiar a estratégia defensiva do Spurs. Muita força física pra quebrar os bloqueios do Curry — Thompson — Green e um pouco de cadência no ataque, quase deu certo. Wiggins terrível na seleção de arremessos na parte final combinando com uma contribuição do banco que não existe (é hora do Minnesota usar a agência livre e recrutar um peladeiro pontuador porque essa característica está em falta desde que o Mo-Will foi ”embora de graça”).

    Pro Warriors é o perigo de toda dinastia (a previsibilidade), eles precisam se reinventar (no longo prazo) dentro do seu sistema de jogo e com as condições que o mercado oferece (McAdoo, Brandon Rush e Varejão deram outra dinâmica mais lenta pro time).

    • Vítor Hugo ⚡

      Peladeiro pontuador? Que tal Dion Waiters? Creio que seria uma troca excelente para ambas equipes …rs http://espn.go.com/nba/tradeMachine?tradeId=hjwdw3p

      • Se ele volta-se à jogar como calouro seria uma ótima adição. Mas LaVine tornou essa “troca bizarra” (não que ele vale muito, mas está valorizado), gosto de Shabazz por Waiters + compensação (pick ou dinheiro) só que imaginava algo como um Nick Young, C.J Miles, Trey Burke…

        Peladeiro no sentido do compromisso com o objetivo do time, um cara mais individualista seria melhor definição. Martin seria esse jogador, mas ele pensa que é um scorer máximo se tivesse a mentalidade de Jamal Crawford ajudaria muito.

  • Lucas Ottoni

    Só duas coisinhas…

    1 – O cabelo do Jeremy Lin tá escroto demais… rs.

    2 – Milwaukee Bucks: essa é a grande decepção da temporada.

    E por hoje é só, amiguinhos… rs.

  • Uncle Drew

    Se o Dwight Howard tivesse passado mais grude (Stickum), igual a neste jogo ainda na época de Lakers, ele teria pegado aquele passe do Harden apenas com um dedo. Faltou passar mais grude, Howard! rsrs
    https://twitter.com/kickerofficial/status/712316516331593732

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados