logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 22 mar 2016 às 11:53
Rumo ao Rio – Alas-armadores

Lucas Colisse dá sequência à lista dos jogadores para as Olimpíadas

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Lucas Colisse

Dando sequência em nossa série “Rumo ao Rio”, vamos falar dos alas-armadores. Para muitos, essa é a posição mais simples de se convocar, mas se formos analisar o futuro da seleção, a situação fica meio complicada.

Leandrinho veste a amarelinha desde 2002. Alex, 2001. Leandrinho tem 33 anos, Alex 36. A dupla defende o Brasil há 14 anos. Vitor Benite, do Murcia, da Espanha, deve ser o terceiro convocado, mais uma vez. Aos 25 anos, é o herdeiro natural da posição, mas e depois dele? Quem vem? Surgem muitos alas, muitos pivôs, muitos armadores. Alas-armadores, pouquíssimos. Alô, renovação! Alô, molecada! Alô, papais! Alô, federações! Alô, técnicos ! Alô, professores!

Sobre o trio, começamos com o atual campeão da NBA. Leandrinho é um jogador perigoso. Muito veloz, quase imparável num contra-ataque bem armado. Ainda tem uma boa consistência da linha dos três pontos e tem mostrado uma defesa melhor ultimamente. Os números na atual temporada não são bons, mas, na reserva do Golden State Warriors, o brasileiro cumpre com excelência o papel que lhe foi dado. Pontuador experiente do banco, membro importante da segunda unidade do Warriors ao lado de Andre Iguodala e Shaun Livingston. No time de Magnano, pode ser titular e pode ser sexto homem, cedendo a vaga a Alex.

Alex é um defensor fenomenal. Considerado velho por muitos, ele sempre dá 100% em todos os jogos. O atleta traz raça à equipe e coloca mais um par de mãos calibradas da linha dos três pontos. Apesar de já não mostrar o mesmo vigor dos últimos anos, Alex tem se destacado no Bauru e, com a experiência que tem, não deve ter sua convocação questionada.

Vitor Benite trocou recentemente o Flamengo pelo Murcia, da Liga ACB, na Espanha. O estilo de jogo é diferente, claro, o nível dos jogadores é diferente, claro, a cultura é diferente, claro. Benite tem média de apenas sete pontos por partida, mas tem a confiança da comissão técnica. Rubén Magnano até já foi visitar o atleta em sua casa para tratar das Olimpíadas.

No momento, estamos bem representados nesta posição. Mas e depois deles? Quem vem? Se você leitor achar que tem alguém pronto para assumir a vaga seja neste ano, ou nos próximos anos, comente, discuta, grite, mas nos informe, por favor! Semana que vem trataremos dos alas! Até lá!

  • Acho que nessa posição não deveremos ter nada diferente de Alex Garcia, Benite e Leandrinho a não ser que algum se lesionasse, talvez seja a posição que mais carece do surgimento de novos talentos, a não ser que o garoto George de Paula que é armador também passe a atuar como SG nos próximos anos

    • Zack Batista

      Aliás, o Georginho já jogou muitas vzs de ala-armador, acho q seria um nome interessante pro futuro se mantiver o foco. E vejo q Magnano nem se preocupa tanto c isso, haja visto q usará dois armadores em vários momentos dos jogos.

      Temos Barbosa, Garcia e Benite na posição, mas, se precisar de alguém de SG sem contar c os três de ofício, pode usar um outro armador na posição sem problemas. Raulzinho e Huertas podem jogar juntos em alguns momentos, eu usaria isso e acho q pode acontecer na olimpíadas.

      • Nilton Junior

        Zack me parece que o Magnano não se preocupa muito com a renovação da equipe, pode ser que pelas olimpíadas serem no Brasil ele deve estar pressionado a ganhar medalha, mas eu nunca vi (apesar de acompanhar pouco) nenhuma notícia dele acompanhando os jovens do Brasil como o Georginho, Fuzaro ou até o Caboclo e o Bebe!!

        • Rodrigo Oliveira

          Essa Olimpiada é meio que a despedida dessa geração com isso acho correto que ele está fazendo até porque os velinhos ainda não capengaram totalmente.Esses 4 poderiam ser testados pós Olimpíada no momento não são profissionais ainda para ser jogado em uma olimpíada.

    • Igor

      Verdade, ele é bem físico e tem tamanho para ser pelo menos improvisado, não duvido que ele acabe virando ala-armador com o passar do tempo, já que sua capacidade de criar o jogo e envolver os companheiros é bem baixa, no momento.

    • Rômulo Franco Cardozo

      Por sinal caras como robert day e shamell bem que podiam ser naturalizados! rsrs

      • Pois é, o Shamell já poderia ter se naturalizado tranquilamente, pelo tempo que ele joga no Brasil, e pela identificação que ele tem com o Brasil

  • Igor

    O futuro dessa posição está em Wesley Alves, conhecido por Mogi, do Paulistano. Wesley já foi chamado para diversos camps e eventos, como o Adidas Nations, além de ter sido destaque (junto com o Georginho) da Copa América sub-18 que ocorreu nos Estados Unidos em 2014, que classificava para o mundial sub19 do ano passado, o Brasil não classificou, mas Wesley teve boas médias de 13,4 pontos e 6,8 rebotes. Altura boa pra posição, 1,96, mas é franzino e não vem recebendo oportunidades no time, apesar de ter boa atuações na Liga de Desenvolvimento.

    Outro jogador para se observar é o Danilo Fuzaro, do Minas. Scouts americanos acreditam que ele tenha um teto de evolução maior que o do Georginho, apesar dos especialistas brasileiros acharem o contrário. Danilo tem uma vantagem sobre o Wesley, pois no seu clube ele é uma peça-chave devido à fase de reestruturação do Minas Tênis Clube. Com frequência vai treinar nos EUA, e não é raro ver o nome dele em mock drafts. Muito agressivo dos dois lados da quadra, um cão defendendo e muito intenso. Arremesso não muito consistente mas decente. Tem 1,95m de altura.

    Tem também o Léo Meindl, que apesar de ser ala, e não ter jogo de ala-armador, pode ser improvisado na posição.

  • Gabriel Andrade

    Fuzaro já foi chamado por Magnano e certamente fará parte de uma lista prévia. Alguns mocks o colocam como segunda rodada. Ala-armador explosivo com alguma capacidade como playmaker.

  • matheus

    Mas e cade nossa estrela Marcelinho Machado nisso ? Não aceitavel ir pra uma Olimpiada sem ele! hehehe

    • Rodrigo Oliveira

      Deve ir como Ala

  • magaiver51

    marcelinho huertas , vareja e nene ( estao velhos mas tem experiencia ) , cabloco , bebe nogueira tb seria bom pra pegar experiencia

  • Julio Zago

    Com todo o respeito aos convocados, mas os amigos acreditam sinceramente que esta base pode brigar por medalha? Eu vejo um time onde muitos jogadores já passaram do auge de suas carreiras, casos de Leandrinho, Varejão e Nenê, e onde a renovação não acontece.
    Na minha opinião se o Brasil passar da primeira fase será uma surpresa.

  • Thiago Tecachuk

    Eu ainda não entendo como o Magnano consegue ficar no cargo do Técnico, nunca conseguiu realmente levar um excelente time que o Brasil tinha para frente, não acompanha os novos nomes que vão surgindo, só conseguiu uma Copa América com um nível baixíssimo.

    Já deveria ter saído a uns 4 anos.

    • Rodrigo Oliveira

      Porque os outros principalmente os técnicos brasileiros teriam resultados piores(não sei se voce acompanha a seleção antes dele e os resultados eram tenebrosos nem Olimpíadas a equipe ia, querendo ou não o trabalho dele ajudou a juntar os NBA, e deu um certo resultado sim, no Mundial até que foi bem até aquela humilhada da Servia.

    • Anderson Tomás

      Cara , Magnano elevou muito o nível do Brasil. Antes esses caras sequer queriam vir devido a bagunça que era, fora que ninguém pagava o seguro das franquias. Todo mundo opinava, Federação falida, o começo da gestão Grego lamentável etc…
      O Brasil não tem uma geração espetacular , mas é competitiva. Países que “destruíamos” no passado ( Argentina, Austrália, Turquia dentre outros), começaram a nos surrar recentemente, mas voltaram a respeitar o Brasil, claro que esses países tbm contaram com boas gerações.
      Mas é uma honra pro Brasil ter um técnico Campeão Olímpico. Chega de ficar chutando bolas da linha dos 3 de forma irresponsável. Melhoramos muito.

  • Anderson Tomás

    One Question: Por onde anda Scott Machado???

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados