logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 25 mar 2016 às 14:51
Para Augusto Lima, Real Madrid seria “degrau” para chegar à NBA

Pivô da seleção brasileira não esconde ainda sonhar em atuar no basquete dos EUA

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Augusto Lima chegou ao topo do basquete europeu no início deste ano, ao assinar contrato de quatro temporadas com uma das grandes potências do continente: o Real Madrid. O tradicional clube espanhol, no entanto, não parece ser um objetivo final na carreira do pivô de 24 anos. Em entrevista ao jornal O Globo, o atleta da seleção brasileira confirmou que ainda sonha em jogar na NBA no futuro. Ele é um agente livre no basquete norte-americano após não ter sido selecionado no draft de 2013.

“Estar no Real Madrid é um degrau para poder ir para a NBA. Aqui na Europa, o jogador adquire mais leitura de jogo. É um basquete mais inteligente do que físico, mas meu estilo de jogo também é físico. Por isso, acho que posso ter espaço no basquete dos EUA”, revelou o reserva madrilenho, que chamou a atenção dos atuais campeões da Euroliga depois de destacar-se com a camisa do UCAM Murcia.

Lima vai ter uma provável vitrine para mostrar seu talento a olheiros da nos Jogos Olímpicos. O técnico da seleção, Rubén Magnano, já sugeriu que o pivô possui boas chances de estar entre os 12 convocados para o Rio-2016. “Augusto está muito bem. Fez um torneio Pan-Americano excelente e uma temporada passada no Murcia que foi muito boa. É um jovem com muitas possibilidades dentro do panorama atual e futuro da seleção”, elogiou o treinador, em entrevista recente também ao O Globo.

  • Zack Batista

    Pois é… Augusto tem pontos com o técnico argentino e possivelmente irá ser chamado pra jogar as olimpíadas. Realmente jogou muito no Pan e teve bons jogos c a camisa do Murcia. Mas no Real não vem jogando muito.

    Não sou contra a convocação do A.Lima, não mesmo, só acho injusto a não convocação de Faverani. Mas aí eu não sei se o mesmo quer comprometimento com a amarelinha, é uma dúvida q paira. Talvez seja essa a razão. Uma pena, Vítor iria nos ajudar muito.

    • Igor

      Cara, o Magnano já chamou o Faverani algumas vezes, e o jogador pediu dispensa em toda, se eu não me engano. Ele nem “crédito” tinha com a comissão da seleção pra não ter se apresentado, nunca vestiu a amarelinha (agora verde limão rs) e nem é um daqueles casos de jogador fora de série. Fora que o Magnano leva muito em conta o comprometimento do atleta com a instituição, certo ele. Sobre o Faverani ajudar ou não, de fato ele tem um estilo que teria tudo para encaixar no basquete FIBA, mas acho que as chances dele são pequenas, visto que o Augusto tem muito crédito com o Magnano e tá numa fase melhor. Abraço!

  • Leo R.

    Creio que Varejão e Nenê tenham vagas garantidas na seleção. A terceira vaga creio que ficaria entre ele e Faverani, com vantagem ao Augusto pelo comprometimento que demostrou com a seleção, além de seu concorrente ter passado por uma grave lesão a pouco tempo. Mesmo os dois merecendo a vaga, acho difícil os 4 irem. De qualquer forma, Augusto Lima ainda é novo, ainda terá mais oportunidades. Mas uma coisa é clara, precisa melhorar seu basquete no Real Madrid se almeja chegar a NBA

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados