logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 4 abr 2016 às 00:59
Curry se destaca, e Warriors bate o Trail Blazers

Rodada também contou com vitórias de Magic, Jazz, Bulls, Celtics e Knicks

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Michel Zelazny

(41-37) Portland Trail Blazers x 136 Golden State Warriors (69-8)

No penúltimo domingo de ação da temporada regular da NBA, o Portland Trail Blazers foi a Oakland enfrentar o Golden State Warriors, que segue tentando superar o recorde do Chicago Bulls de 72 vitórias e dez derrotas atingido em 1995-96.

O jogo começou com uma rápida vantagem dos visitantes, que atingiram 10 a 4 após bandeja de Mason Plumlee. Contudo, o Warriors contou com a força de todos os seus jogadores para se recuperar no placar: as cinco primeiras cestas do time foram marcadas pelos cinco titulares, incluindo uma enterrada de Festus Ezeli, que retornou após ficar afastado por algumas semanas, e uma cesta de três de Stephen Curry, retomando a liderança do jogo em 12 a 10. Pelo lado de Portland, a motivação era mostrar que a equipe tinha condições de ser a primeira a vencer o Warriors duas vezes na temporada, e a ambição dos visitantes se tornou mais palpável após grande primeiro período do armador Damian Lillard, que fechou com 14 pontos e chegou a colocar o Blazers 11 pontos na frente. Quem também fechou com 14 pontos o quarto inicial foi Curry, que após nova cesta de três reduziu a diferença para seis pontos ao final dos doze minutos iniciais.

O segundo período começou com uma rápida reação do Warriors, que contou com quatro pontos do brasileiro Leandrinho Barbosa, forçando o técnico Terry Stotts a chamar tempo. O Blazers voltou a ficar na frente após segurar o adversário sem pontos por mais de três minutos. Mas bastaram quarenta segundos para duas bolas de três caírem e os anfitriões retomarem a liderança. A partir deste ponto, o jogo do Warriors passou a fluir melhor, e a equipe contou com a ajuda de seus alas Draymond Green e Harrison Barnes para fechar o quarto vencendo por 63 a 56.

Na volta do intervalo, o Warriors rapidamente atingiu uma vantagem de dois dígitos, mas Lillard conseguiu reduzir a diferença para apenas cinco após boas rotações defensivas pelo lado de Portland. Foi aí que Stephen Curry mostrou porque é o atual MVP e favorito para reconquistar o título na atual temporada: em menos de um minuto e meio, Curry obteve quatro tiros certeiros de longa distância. Portland até se mostrou muito efetivo no ataque, conseguindo estancar o dano causado pelos tiros do perímetro dos donos da casa e heroicamente mantendo a diferença razoavelmente controlada. Ela até voltou para os mesmos cinco pontos após bonita cesta de Gerald Henderson. Mas se Portland achou resposta para Curry, o mesmo não pode ser dito para Leandrinho Barbosa. O brasileiro marcou cinco pontos seguidos e liderou uma arrancada final do Warriors no período para colocar 14 pontos de frente.

O golpe atingiu o Trail Blazers, que não conseguiu reequilibrar as ações da partida no último quarto. A vantagem ficou acima de dez pontos durante toda a extensão do período, e após uma explosão ofensiva onde os mandantes fizeram 14 pontos em menos de dois minutos, a franquia de Portland jogou a toalha e colocou a rotação reserva em quadra. Ainda assim, o ritmo dos anfitriões continuou frenético, e a equipe terminou a partida com o maior número de pontos na temporada: 136, contra 111 de seu adversário.

Na busca do recorde, cabe ao Warriors ganhar no mínimo quatro de seus cinco jogos restantes. O próximo desafio é na terça-feira, quando a equipe recebe o Minnesota Timberwolves. Já o Blazers continua a jogar na Califórnia, enfrentando o Sacramento Kings também na terça-feira.

Destaques

Portland

Damian Lillard: 38 pontos e quatro assistências
C.J. McCollum: 18 pontos e três roubadas de bola
Maurice Harkless: 15 pontos e nove rebotes
Al-Farouq Aminu: dez pontos e seis rebotes
Gerald Henderson: dez pontos

Golden State

Stephen Curry: 39 pontos, 9-13 nos arremessos de três pontos, seis rebotes e sete assistências
Draymond Green: 22 pontos, dez rebotes e dez assistências
Klay Thompson: 21 pontos
Leandro Barbosa: 13 pontos e quatro rebotes
Harrison Barnes: dez pontos e cinco rebotes


(41-35) Memphis Grizzlies 107 x 119 Orlando Magic (32-44)

Destaques

Memphis

Matt Barnes: 24 pontos e cinco rebotes
Zach Randolph: 15 pontos, sete rebotes e sete assistências
Vince Carter: 13 pontos
JaMychal Green: 11 pontos e dez rebotes
Lance Stephenson: 11 pontos e quatro rebotes
Xavier Munford: dez pontos
Tony Allen: dez pontos

Orlando

Nikola Vucevic: 25 pontos e dez rebotes
Victor Oladipo: 22 pontos, sete rebotes e três roubadas de bola
Evan Fournier: 22 pontos
Aaron Gordon: 14 pontos e dez rebotes
Andrew Nicholson: dez pontos e seis rebotes


(38-38) Utah Jazz 101 x 86 Phoenix Suns (20-56)

Destaques

Utah

Gordon Hayward: 22 pontos, cinco rebotes e cinco assistências
Rodney Hood: 18 pontos e sete assistências
Derrick Favors: 17 pontos
Trey Lyles: 13 pontos
Rudy Gobert: 12 pontos e cinco rebotes

Phoenix

Mirza Teletovic: 24 pontos e seis rebotes
Tyson Chandler: 21 pontos e 18 rebotes
P.J. Tucker: 14 pontos e nove rebotes
Devin Booker: 14 pontos e sete assistências


(38-38) Chicago Bulls 102 x 98 Milwaukee Bucks (32-44)

Destaques

Chicago

Jimmy Butler: 25 pontos, 10-11 nos arremessos de quadra, cinco rebotes e oito assistências
Nikola Mirotic: 19 pontos e seis rebotes
Pau Gasol: 16 pontos, oito rebotes e oito assistências

Milwaukee

Giannis Antetokounmpo: 34 pontos, cinco rebotes e nove assistências
Jabari Parker: 24 pontos e 11 rebotes
Miles Plumlee: 11 pontos e oito rebotes
Greg Monroe: 11 pontos e cinco rebotes


(41-36) Indiana Pacers 92 x 87 New York Knicks (31-47)

Destaques

Indiana

Paul George: 20 pontos e nove rebotes
Rodney Stuckey: 17 pontos e quatro rebotes
Myles Turner: 12 pontos e seis rebotes
Ian Mahmini: dez pontos, oito rebotes e quatro assistências
George Hill: dez pontos e seis rebotes
C.J. Miles: dez pontos

New York

Sasha Vujacic: 21 pontos
Aaron Afflalo: 15 pontos e oito rebotes
Derrick Williams: 12 pontos e seis rebotes
Robin Lopez: dez pontos, 15 rebotes e seis tocos


(45-32) Boston Celtics 107 x 100 Los Angeles Lakers (16-60)

Destaques

Boston

Isaiah Thomas: 26 pontos, seis assistências
Jae Crowder: 22 pontos, cinco rebotes, quatro assistências, cinco roubadas
Evan Turner: 17 pontos, quatro rebotes, quatro assistências
Amir Johnson: dez pontos, 13 rebotes, quatro assistências

Los Angeles

Kobe Bryant: 34 pontos, quatro rebotes, três roubadas
Julius Randle: 20 pontos, dez rebotes
Jordan Clarkson: 17 pontos, cinco rebotes, três roubadas
Marcelinho Huertas: seis pontos, cinco assistências, três rebotes, 24 minutos

  • Ricardo Costa

    Sera que alguem n vai votar no Curry pra MVP?

    MVP com sobras

    • Fabrica de Vassilo

      Com ctz o Westbrook vai receber alguns poucos votos, e sempre tem pelo menos um que vota no LeBron todo ano.

    • matheus da silva dos santos

      Kawhi Leonard também vai ter alguns votinhos.

  • Elber Sampaio

    Kobe Bryant: 34 pontos, quatro rebotes, três roubadas

    O homi voltou 🙂

    • Alysson Alberto Elias

      Ele jogou bem mas não foi um grande desempenho, 11-28 nos arremessos.

      PS: sou torcedor do Lakers.

      • Juan Gabriel

        Esse é o normal do KB24 hahahah

        • Juan Gabriel

          (Espero apenas que detectem a zoeira)

      • Elber Sampaio

        “Year High” contra os Verdinhos já ta de bom tamanho.

  • Rafael Victor

    Celtcs teve dificuldade pra vencer o Lakers! Kobe teve uma grande atuação, mostrando pros cabaços e babões como se livrar da marcação, arremessar com duas mãos na cara e etc, porque sem marcação é fácil fazer 40 pontos, qualquer superestimado faz! hahaha!

    • Ricardo Costa

      Kobe aprendendo com curry

      • Fábio Blazers

        Espero que seja uma ironia…

        Ou começou a ver NBA no ano passado!!!

  • Diego J

    Galera. off topic:

    Alguém sabe se o League Pass, no pacote NBA TV (que dá direito a 10 jogos por semana, por $ 5,99) serve para os Playoffs também? ou é só an fase regular?

    não consegui esclarecer pelo site da NBA…

    • Sumiu!

      Não serve, só fase regular

  • É, falta pouco para acabar a temporada =(

  • indian

    Pacers ganhou do Knicks de novo

    Normal….! heheheheeh…

  • Lucas SEP

    Curry se destaca ? E a novidade kkkkkk

    Mvp novamente!

  • Entre Towns e Porzingis o pseudo-rookie Julius Randle vai recebendo pouco destaque mas tem jogado bem, sido consistente desde que retornou a titularidade, e fechar sua “primeira” temporada com um double-double de media não é nada mal.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados