logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 23 abr 2016 às 01:08
Com 42 pontos de Isaiah Thomas, Celtics vence em casa e diminui vantagem do Hawks

Cavs e Spurs venceram fora de casa e estão a um triunfo das semifinais de conferência

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gabriel Farias

(2) Atlanta Hawks 103 x 111 Boston Celtics (1)

O Boston Celtics fez valer seu mando de quadra e venceu o Atlanta Hawks por 111 a 103, reduzindo a vantagem da franquia da Geórgia para apenas uma partida.

Com a inclusão do ala Jonas Jerebko no lugar do ala-pivô Jared Sullinger no quinteto titular, o Celtics iniciou a partida aproveitando os arremessos de longa distância. Após médias de 17% e 31% nos tiros para três pontos nos dois primeiros jogos, os mandantes acertaram quatro em sete tentativas nos quatro minutos iniciais e abriram uma vantagem de nove pontos. O pedido de tempo do técnico Mike Budenholzer não surtiu efeito e a equipe do Hawks terminou o primeiro quarto 17 pontos atrás do placar.

Com o baixo aproveitamento do Celtics no segundo período e a boa atuação do armador Dennis Schröder, o Hawks conseguiu diminuir a desvantagem para 12 pontos. O também armador Isaiah Thomas terminou o primeiro quarto com 19 pontos, marca superior aos 16 anotados em 30 minutos no jogo 2.

Os visitantes retornaram melhor do intervalo e conseguiram sua primeira liderança desde o primeiro minuto da partida após um lance livre de Schröder. A primeira metade do último quarto foi marcada pela supremacia dos ataques sobre as defesas. Ambas as equipes superaram os 60% aproveitamento, mantendo a diferença em uma posse de bola.

A partida mudou com a melhora defensiva do Celtics, que permitiu cinco pontos nos últimos cinco minutos do período decisivo. Enquanto a defesa fazia seu trabalho, Thomas continuou seu show particular no ataque e garantiu a vitória de sua equipe.

Promovidos ao time Jerebko e Evan Turner tiveram boas atuações pelo Celtics, enquanto a dupla de garrafão do Atlanta Hawks somou apenas 16 pontos na partida.

O quarto confronto entre as equipes será no próximo domingo, às 19h00, em Boston.

Destaques

Atlanta

Kent Bazemore: 20 pontos, oito rebotes e dois roubos de bola
Jeff Teague: 23 pontos e cinco assistências
Al Horford: Oito pontos, 13 rebotes, seis assistências, dois roubos de bola e quatro tocos
Paul Millsap: Oito pontos e dez rebotes
Kyle Korver: 17 pontos
Dennis Schröder: 20 pontos

Boston

Isaiah Thomas: 42 pontos e quatro rebotes
Evan Turner: 17 pontos, sete rebotes, cinco roubos de bola e cinco erros ofensivos
Jonas Jerebko: 11 pontos, 12 rebotes e quatro assistências
Amir Johnson: 15 pontos, sete rebotes e três tocos
Marcus Smart: 11 pontos, três rebotes, cinco assistências e dois tocos


(3) Cleveland Cavaliers 101 x 91 Detroit Pistons (0)

O Cleveland Cavaliers venceu o Detroit Pistons por 101 a 91 em Michigan e ficou a um triunfo da classificação para as semifinais da conferência Leste.

Assim como na partida da última quarta-feira, o Pistons tomou rapidamente a liderança no primeiro quarto com boas atuações do trio Reggie Jackson, Marcus Morris e Andre Drummond. Atrás por apenas três pontos, o Cavaliers contou com as vindas de Iman Shumpert e Matthew Dellavedova do banco de reservas para equilibrar a partida e ir para os vestiários com a vantagem. O segundo período teve sete empates e 13 mudanças de liderança no placar.

Na volta do intervalo, os visitantes permitiram uma reação do Pistons, mas voltaram a dominar o placar após pedido de tempo do técnico Tyronn Lue. A defesa do Cavs apareceu durante o último período, limitando o time da casa a 18 pontos com três erros ofensivos. A diferença chegou a cair para apenas dois pontos a favor do Cavaliers faltando quatro minutos para o final da partida, mas o Pistons só voltou a pontuar nos últimos 20 segundos de jogo, após ter sofrido mais oito pontos.

Apesar de ter roubado sete bolas e ter cometido apenas sete erros ofensivos, o Pistons sofreu com o aproveitamento de 26% em 23 tentativas para bolas de três pontos. O trio LeBron James, Kevin Love e Kyrie Irving ultrapassou os 60 pontos pela terceira vez na série.

A quarta partida do confronto entre as equipes será no próximo domingo, às 21h30, em Detroit.

Destaques

Cleveland

LeBron James: 20 pontos, 13 rebotes, sete assistências e cinco erros ofensivos
Kevin Love: 20 pontos e 12 rebotes
Kyrie Irving: 26 pontos e quatro assistências
Matthew Dellavedova: 12 pontos e cinco assistências
Tristan Thompson: Oito pontos, dez rebotes e dois tocos
J.R. Smith: Nove pontos, nove rebotes e três assistências

Detroit

Reggie Jackson: 13 pontos, 12 assistências, quatro rebotes e dois roubos de bola
Tobias Harris: 13 pontos, sete rebotes e quatro assistências
Andre Drummond: 17 pontos, sete rebotes e dois tocos
Marcus Morris: 16 pontos, três rebotes e três assistências
Kentavious Caldwell-Pope: 18 pontos, três rebotes e quatro roubos de bola


(3) San Antonio Spurs 96 x 87 Memphis Grizzlies (0)

Liderado pelo ala Kawhi Leonard, o San Antonio Spurs bateu o Memphis Grizzlies fora de casa e está a um triunfo das semifinais da conferência Oeste.

Após vitórias tranquilas do Spurs em San Antonio, muitos esperavam mais um passeio do time comandado pelo técnico Gregg Popovich sobre o Grizzlies. Assim como nas duas partidas anteriores, o primeiro quarto confirmava a expectativa com a vantagem de oito pontos para os visitantes. Porém, a defesa do Grizzlies apareceu no segundo período e permitiu que a equipe voltasse a liderança do placar pela primeira vez desde os minutos iniciais do jogo 1. Com boas atuações de Lance Stephenson e Xavier Munford, a diferença ficou em apenas um ponto para o Spurs na ida para os vestiários. Eficientes, Kawhi Leonard e Zach Randolph lideraram suas equipes nos primeiros 24 minutos com 14 e dez pontos respectivamente.

O equilíbrio quase inexistente durante os primeiros dois jogos se fez presente no terceiro quarto, com quatro empates e cinco mudanças de liderança. O Grizzlies anotou oito pontos originados de rebotes ofensivos, minimizando as boas atuações vindas do banco de reservas do Spurs. A equipe de San Antonio abriu o último período com uma sequência de nove pontos a dois nos primeiros cinco minutos. Apesar do pedido de tempo do técnico Dave Joerger, o Grizzlies não conseguiu parar o ataque liderado por Leonard e a derrota foi inevitável.

O quarto jogo do confronto entre as equipes será no próximo domingo, às 14h00, em Memphis.

Destaques

San Antonio

Kawhi Leonard: 32 pontos, sete rebotes, quatro roubos de bola e cinco tocos
LaMarcus Aldridge: 16 pontos e dez rebotes
Manu Ginobili: 11 pontos, cinco assistências e três rebotes
Danny Green: 11 pontos, quatro rebotes e três tocos

Memphis

Zach Randolph: 20 pontos e 11 rebotes
Matt Barnes: 17 pontos, 11 rebotes, quatro assistências e dois roubos de bola
Vince Carter: 11 pontos e oito rebotes
JaMychal Green: Dez pontos, quatro rebotes e dois tocos

  • Doug

    Celtas orgulhando a nação verde no TD…que time q se supera…Thomas fez jus ao nome e o sueco (por mais q nunca tenha colocado fé nele) foi fundamental…nos Cavs, o big 3 foi bem, com destaque p Irving…Detroit se ressente d um scorer mais confiável, na verdade, uma estrela, pois o time tem seu limite e o banco pouco acrescenta, porém a diferença hj foram as estrelas do Cavs…Morris tem jogado bem…as bolas de três matam esse time tb, pois o aproveitamento é horrível…de qq modo, Van Bigundy fez um grande trabalho até aqui…

    • Kyrie mais clutch que LeBron

      O Cavs vencendo a Série pega o Vencedor de Boston ou Atlanta… Cavs vs Heat só na Final, que seria épico kk

  • Uncle Drew

    And the Oscar goes to….. Marcus Smart!
    https://vine.co/v/iU7dIE2x90L

    • Hahahahahahahah
      Se NBA tivesse um “Flopper Awards” o “Smartinho da Vila” era favorito! rs

    • DamonHeat

      que força ein kkk levantar um gordo não é fácil.

    • Galvão – EL HEAT🔥 #305

      Flop do ano LOL

    • Alan Raczenski

      Ainda mais sendo o Korver, se fosse um Howard ou Drummond, dava até pra tentar dar esse migué ai haha

    • Vítor Hugo ⚡

      O Neymar da NBA …rs

    • Lembro que no pré-draft uma de suas habilidades era cavar faltas, mas nunca pensei que fosse algo assim ahahhaahhaha

    • Elber Sampaio

      De dar inveja em caras barbudos por aew hauhahuaahahauha

  • Kyrie mais clutch que LeBron

    Jogaços tanto o jogo do Cavs quanto do Boston, 2 séries muito boas

  • Rafael Victor

    Reggie Jackson jogando muito bem, armando o jogo, passando a bola, só que chega no final… Bateu forte a síndrome de super-herói, ai foi uma cagada atrás da outra, parecia o Westbrook de outros tempos (pré-transplante cerebral hahaha), acabou com todas aschances de o Pistons sair com a vitória! Agora acho que vai ser quase inevitável tomar a varrida no próximo jogo, talvez até possam adiar, mas a eliminação é certa! O Pistons é muito inexperiente em Playoffs, isso tá pesando!

    Spurs ganhou mais uma, provavelmente, vai varrer o Grizzlies, mas se não fosse o Kawhi… Que é um MOSNTRO na defesa e se tornou um GIGANTE no ataque, teriam perdido o jogo ontem! É preocupante o aproveitamento de FGs de alguns jogadores (Parker e Green, sobretudo), continuando assim o Spurs deve ter bem mais dificuldades do que se imagina pra conseguir bater o OKC na próxima rodada, caso consiga, porque a turma dos “Mídia Brothers” deve vim embalada!

    • Eduardo Muniz

      Reggie Jackson entregou a paçoca no final. Acho que falta um ala mais forte nos Pistons! O time é jovem e tem potencial. Talvez na próxima temporada venham mais fortes.

    • Rodolfo Ribeiro

      Westbrook ta rindo dele agora.kkkkkkkkkkkkkkk

    • sobre o Parker concordo ele foi muito mal ontem, mas com o Danny green já é perseguição hein kkkk (3-7 3 pt)

      • Rafael Victor

        HAHAHA! Não é perseguição, é que eu tô pensando mais pra frente! A defesa do Green continua excelente, mas não dá pra abrir mão dos arremessos de 3 dele, nesse quesito a temporada toda ele tá muito irregular, tomara que voltem a cair com mais frequência e de forma consistente, afinal de contas, já estamos nos Playoffs, já passou da hora disso voltar a acontecer!

    • Wellington Origuela

      4 a 3 Pistons? Kkkkkkkk

      • David Silva

        Pode aproveitar essa “classificação automática” pra finais, pq tá perto de acabar o reinado do LeFlop.

  • Rdrigo Cruz

    Que jogo do Thomas…
    E acho q ontem foi o típico jogo pra mostrar pro Drummond que é necessário
    melhorar nos FT… Se eu fosse jogador e tivesse q ficar todo jogo fora dos momentos
    decisivos por Hack, ficaria muito frustrado…

    Agora é torcer pra empatarmos Domingo!!!

    • Rodrigo Silva

      verdade.. foi triste.. e ele tava mto bem no jogo ontem

  • Geovane Gomes

    Kawhi jogou muito ontem. 5 blocks e 4 steals ainda nao descrevem o quanto ele defendeu. Além disso nao teve nenhum Turnover e nenhuma falta!!!!

    • Rodrigo Soares

      Como defende o menino Kawhi! É um monstro… E fez esses numeros sem esforço

    • Juan Gabriel

      Foda…ta bonito demais ver Kawhi jogando. O cara não para de evoluir. Poreeem, deu uma puta pena o Grizz não ter ganho esse jogo…os caras deram tudo que podiam e não podiam.

      • Geovane Gomes

        Pode crer!!!
        Eu nunca gostei do Stephenson nem do Barnes, mas depois que eles foram para o Grizz ficaram até gente boa e to curtindo o esforco deles, principalmente do Barnes.

  • A dificuldade do Celtics pontuar continua, quem desafogou o ataque foi o Thomas, e por melhor que seja a fase dele, é bem improvável que ele anote 40 pts em todos os jogos restantes da série.

  • Boston jogou com muita raça, que jogo foi esse! Muita correria, boas defesas e Thomas foi sensacional, o Celtics correu risco com aquela formação pois o Hawks ficou com o time mais alto e bem nos rebotes ofensivos, mas a raça dos verdes segurou bem a onda…

    ótimo jogo entre Grizzlies e Spurs, Kawhi arrasando e o memphis aguerrido e afunilando o jogo no garafão pra alegria do Spurs, falta um bom arremessador de perímetro ao memphis, várias vezes o T.Allen ficou sozinho após as dobras e não converteu os chutes, gostei do Diaw e do ginobili tbm, parker foi muito mal ontem errou muitos arremessos…

  • David Silva

    Pistons será varrido.E isso é resultado da falta de experiência, nervosismo e claro, talento inferior em relação ao Cavs.É complicado, mas vamos ser varridos pelo LeFlop de novo.Não que isso seja ruim de toda forma, pois a equipe de Michigan tem jogado realmente bem na maioria dos confrontos, tem orgulhado seus torcedores mostrando muita vontadade acima de tudo.
    Sobre o Drummond e seus lances livres, acho que vamos ter que esperar pelo Adam Silver e suas mudanças sobre o Hack.Se ele for ficar no banco nos momentos decisivos, não tem a menor possibilidade de ser chamado de Franchise player.

    • Pedro Ferreira

      Ele só prejudica o time,porque ele é o segundo melhor jogador do time mais nos momentos decisivos não pode jogar por pura preguiça de treinar FT

      • David Silva

        De acordo com SVG, ele treina.E tem um aproveitamento de 70% nos treinos.Já foi muito discutido isso aqui no Jumper, é mais do que apenas falta de treinamento.

        • Pedro Ferreira

          Então é psicológico só acerta quando não tem pressão

          • David Silva

            Exatamente.Passa muito por uma questão psicológica, além de adaptação a mecânica de chute(coisa que ele muda constantemente no decorrer dos jogos e isso só atrapalha).

    • Vítor Hugo ⚡

      Sinceramente? Vejo mais o Reggie Jackson como FP do que o Drummond. Jackson ainda comete muitos erros, sim. Porém, com um decorrente amadurecimento, vejo ele sendo o lider dessa equipe…

      • David Silva

        Realmente, talvez o Jackson tenha sido o nosso melhor jogador nesse ano, sobretudo pela queda de produção do Drummond na segunda parte da temporada.
        O talento que tem o Center é absurdo(e é por esse talento e potencial que credito ele com um possível FP), mas esse problema com FT’s tem prejudicado em muitos aspectos do seu jogo, desde uma forçada tomada de decisão, afim de não receber a falta, até isso de ter que ficar no banco em crunch time.
        A verdade, é que talvez essa equipe não tenha uma verdadeira estrela.

        • Michel Moral

          Acho que o Pistons precisa de um SF ou PF top. Os “prata da casa” são o futuro da franquia, mas para já elevar o nível da franquia precisa de uma peça diferenciada.

          Dependendo do insucesso do Hawks na próxima offseason, nas renovações de Horford e Teague, a franquia deve partir para o tank e investir nos jovens, como o Schroder.

          Penso que o Millsap seria um aditivo espetacular.

          Ainda que eu e a maioria das pessoas veja potencial no Tobias Harris, acho ele se mostrou um jogador mediano caro. Eu tentaria uma troca.

          • David Silva

            A franquia vai apostar no desenvolvimento de jogadores como Drummond e Jackson, antes de tudo.Seria espetacular um PF/SF top pra próxima temporada, mas sendo realista, dificilmente o Pistons consegue.Não sei se tem muito a oferecer, tanto por uma troca, quanto por um acerto com FA.

            Acredito que mais do que conseguir esse jogador, Detroit precisa reforçar seu banco, isso é obrigação de seus GM’s.Precisamos de um shooter realmente consistente e bons backups para o RJ e as Alas.Se esse reforço acontecer da forma ideal, a equipe dará um passo MUITO importante.

            Quanto ao Harris, acho melhor esperar até a próxima temporada e ver como ele se desenvolve no decorrer dela, mais acostumado
            a jogar com seus companheiros, e com um verão inteiro para melhorar seu jogo dentro do esquema de Van Gundy.

            VLW!

    • indian!?

      Chora Boy!

  • Pedro Ferreira

    Stanley Johnson o mlk folgado tem talento,tem tudo pra dar alegrias aos torcedores de detroit com o Jackson,pq se depende do Drummond num vai rola nada ele não pode joga nos finais do jogos

  • David Silva

    Realmente, talvez o Jackson seja o nosso melhor jogador no ano, sobretudo pela queda de produção do Drummond na segunda parte da temporada.Jackson tem evoluir MUITO, mas MUITO mesmo, ele as vezes abusa de coisas em que claramente não é bom!

  • Danilo Veroneze

    e lindamteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

  • Elber Sampaio

    Hawks: 25.0% – 3 Pointers

    Pistons: 26.1% – 3 Pointers

    Grizzlies: 22.2% – 3 Pointers

    Claro que basquete não se resume a isso, porém, ultimamente não vejo nenhuma equipe conseguir compensar um perimetro falho na partida de outra forma e ainda sair com a vitoria.

    • JoaoFJ

      Heat consegue kkk

  • Melo

    MARTIALLL

  • Michel Moral

    Meio tardio, mas tá valendo.

    Gostaria de enaltecer os jogadores do Memphis. Serão varridos pelo time mais regular das ultimas duas décadas e penso que a franquia do Tennessee é a segunda franquia mais regular dos últimos 10 anos.

    Eu fico emocionado de ver caras como Carter e Z-Boo liderarem a equipe com dignidade e competitividade, mesmo já não tendo mais condições físicas para isso.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados