logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 29 abr 2016 às 15:00
Prospecto do Draft 2016 – Marquese Chriss

Ex-ala-pivô de Washington deverá ser uma das 20 primeiras escolhas do recrutamento

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

NCAA BASKETBALL: DEC 22 Seattle at Washington

Marquese Chriss

Idade: 18 anos
Universidade: Washington
Experiência: freshman
Posição: ala-pivô
Altura: 6’8.75’’ (2.05m)

Médias na temporada 2015-16: 13.8 pontos, 5.4 rebotes, 0.8 assistências, 0.9 roubos de bola, 1.6 tocos, 2.0 erros de ataque, 53.1% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 35% de conversão nas tentativas de longa distância e 68.5% de acerto nos lances livres em 24.9 minutos em quadra.

Pontos fortes: Chriss é dono de incrível condição atlética, com explosão, impulsão e velocidade ideais para atuar como ala-pivô entre os profissionais. Muito difícil de ser parado em transição, trata-se de um ótimo e explosivo finalizador em torno do aro e ameaça constante no pick and roll. Bom arremessador de longa distância, com mecânica em refinamento (ponto de lançamento baixo) e potencial para ser mais eficiente. Controle corporal e de bola suficiente para “agredir” jogadores mais lentos e atacar a cesta. Estatísticas “subestimam” sua habilidade como passador. Possui talento para ser um protetor de aro de elite na NBA: já é ótimo bloqueador de arremessos, compensando mediana envergadura com sua impulsão e explosão. Além disso, sua agilidade permite que tenha versatilidade para sair do garrafão e defender atletas de perímetro. Um dos prospectos mais jovens do draft (só fará 19 anos em julho) e joga basquete há apenas cinco anos.

Pontos fracos: atributos físicos nada mais do que adequados para um ala-pivô da NBA. Pode estar preso entre posições, uma vez que funcionou melhor marcando o perímetro do que o garrafão na NCAA. Aparenta inconstância em termos de esforço e dedicação em quadra. Índice de assistências por erros de ataque pífio. Costuma esquivar-se do jogo mais físico, alterando arremessos e dosando sua agressividade para evitar contato. Péssimo reboteiro defensivo, comprometido pela indisposição para o jogo físico e carência de fundamentos (posicionamento, box out). Teve seu tempo de quadra limitado pelo alto número de faltas, o que reflete latente falta de atenção e disciplina no lado defensivo da quadra. Até pela idade e inexperiência no basquete, trata-se de um jogador que carece de uma compreensão mais avançada da dinâmica do jogo e instintos mais aguçados. É um projeto em longo prazo e vai precisar de paciência por parte do time que escolhê-lo.

Comparação: Serge Ibaka (Oklahoma City Thunder)

Projeção: TOP 20

Confira alguns lances de Marquese Chriss

Legenda
– Freshman (primeiro ano universitário)

  • A comparação com S.Ibaka que achei meio estranha vendo pelo vídeo dos highlights do pirralho, parace ser um jogador tipo o Derrick Williams não? que a gente não sabe se é SF ou PF…Ibaka é um PF/C…

    • JoaoFJ

      Pelo small ball na liga ele vira PF mesmo

    • Ricardo Stabolito Junior

      Pela situação atual da liga, eu acho que ele é ala-pivô. Um ala-pivô versátil, claro: defende múltiplas posições, pode criar um pouco fora do garrafão. Mas, acima de tudo, ele é visto como um jovem super-atlético que bloqueia arremessos e chuta para três.

  • Sanliv

    Esse vem subindo demais nas projeções, o Draftexpress já coloca ele como a 3 escolha.

    • Yan Alves #Suns

      Suns devem estar de olho nele, Mcdounough costuma sempre ir nos mais jovens

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados