logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 1 maio 2016 às 14:53
“Nós temos uma chance”, garante Lillard sobre semifinais do Oeste

Mesmo sem Stephen Curry, campeão Warriors é considerado favoritíssimo contra o Blazers

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

O Portland Trail Blazers iniciou a temporada desencorajado pela saída de quatro titulares e análises que colocavam o time entre os prováveis últimos colocados do Oeste. Agora, a grande surpresa da liga foi muito além do que o mais otimista dos torcedores poderia imaginar. A equipe começará a disputa da série semifinal de conferência, contra o atual campeão Golden State Warriors, neste domingo. E, mais do que nunca, a ordem no elenco é seguir acreditando no improvável.

“Ninguém esperava que fôssemos chegar aos playoffs, mas agora estamos aqui. Por isso, eu sinto que tudo o que importa é nosso time manter-se junto. Como o técnico Stotts disse no começo da temporada, precisamos acreditar no processo. Tivemos os altos e baixos ao longo deste ano, mas aprendemos a crescer a partir deles e veja onde chegamos”, afirmou o reserva Allen Crabbe, terceiro principal cestinha da equipe na temporada regular.

O Blazers já era visto como azarão na primeira rodada dos playoffs, contra o Los Angeles Clippers, mas acabou “ajudado pelo destino”: o oponente perdeu suas duas principais referências após o quarto jogo da série. O jovem time novamente abrirá um confronto com poucas chances de classificação na opinião de analistas e nas bolsas de apostas. Para o ala-pivô Ed Davis, a equipe não pode ter vergonha de abraçar o rótulo de “franco atirador” nas semifinais.

“Nós não temos nada a perder. Todos esperam que sejamos varridos, então temos que dar tudo o que tivermos dentro de quadra e ver o que acontece. Sabemos que os únicos caras que realmente acreditam que possamos vencer são os 15 atletas em nosso elenco e nossa comissão técnica, mas vamos lutar até o fim. Realmente, no fim das contas, não temos nada a perder”, disse Davis, que é o terceiro maior reboteiro de Portland nos playoffs.

O destino, neste sentido, pode estar ao lado do Blazers mais uma vez: Stephen Curry será desfalque certo nos primeiros jogos da série por conta de uma lesão no joelho. Para o astro Damian Lillard, porém, a ausência importante não é o que vai dar esperança ao time de Portland. A classificação à final do Oeste virá porque, diferente do consenso geral, o elenco é capaz de derrotar os atuais campeões em sete partidas.

“Mesmo sem Stephen, eles são um time capaz de conquistar o título. Então, nós precisamos estar focados, competir juntos e seguir evoluindo nas coisas em que fazemos bem. Porque, sim, temos uma chance. Todos dirão que não temos, mas minha mensagem para cada um nesse grupo é que temos uma chance”, garantiu Lillard, sem permitir que seus companheiros deixem de acreditar no improvável.

  • Timmy21

    DAMIAN LILLARD esse é craque com letra maiúscula. Um cara humilde, batalhador, que tá nem ai pra fama e mercado grande e que só quer jogar seu basquete e trabalhar duro para ser cada vez melhor e tornar seus companheiros melhores. Esse é líder que lidera pelo exemplo, diferente de muitas pseudo estrelas que se acham Hall of fame, que nunca levaram seus times pra lugar nenhum e que não passam de jogadores de estatísticas vazias ( Kevin Love e Demarcus Couisins tão ai pra provar isso ).

    • Rodrigo Silva

      carmelo anthony tá ae pra issoo

      • Diego Alexsander

        Disse tudo…

    • Lucas Ottoni

      Exato. O Lillard com 4 anos de liga é muito mais líder que o Carmelo, que tem quase 15. E há outros exemplos tbm, como o do Kevin Love e o do Dwight Howard. Esse rapaz deveria receber um busto em Portland. Comanda como veterano um time que foi esfacelado na última offseason. Perdeu LaMarcus, Batum, Matthews, etc… E hoje é semifinalista do Oeste. Kramba!!!

    • Adriano Sato

      Sem contar que ele é clutch pra caralho. Não amarela. Decidiu já inúmeros jogos no estouro do cronômetro. Um típico cara que cresce em partidas difíceis. Não se abala com a pressão. Tem personalidade. Esse muleque joga muito!

  • Ramon

    Haha Lillard é o cara ! Nada é certo no esporte é com um cara como esse o Blazers tem mais é que acreditar mesmo , apesar das chances remotas .

  • Lucas Ottoni

    Se o Steph ficar fora da série inteira, eu até acredito que o Blazers possa surpreender. Mas ontem já começaram mal… rs.

    • Evandro

      Começaram mal pois parece q a Nba tem medo do pivozão Kaman!!!!!!!! O Portland eliminou o Clippers sexta a noite (o jogo terminou umas 22:30, 23:00 da costa oeste). No domingo as 15:30 (costa oeste), já estava jogando contra o Golden State. Enquanto isso o Atlanta eliminou o Boston na quinta e só ira jogar hoje. OKC fechou a serie na segunda e só foi jogar contra os Spurs no sábado. O Golden State mesmo sem o Curry é favorito, mas precisava disso??? Mas, vale lembrar q a maior derrota do Golden State na temporada foi para o Portland. Quase 35 pontos (time do Warriors completo).

      • Pois é, isso se deve ao fato do calendário nos playoffs ser apertado mesmo, e eles não podem deixar uma diferença grande de dias de uma semifinal ocorrer da outra da mesma conferência, OKC e San Antonio estavam classificados já há uns cinco dias, então aguardaram até o sábado e a outra semifinal na teoria não tem como começar 2 ou 3 dias depois, mas a primeira rodada da série de Blazers x Clippers ficou um pouco atrasada também, eles deveriam ter marcado os jogos um pouco antes

        • Gustavo Rocha

          Com certeza não foi justo isso para o Portland. Mas uma coisa vc tem que concordar. Se a NBA permitisse mais dias de descanso para eles, o que seria totalmente justo, ia ter MUITA gente dizendo que isso somente aconteceu por causa do Curry, pra ser possivel ele se recuperar e perder o mínimo de jogos dessa série.

          • Evandro

            Acho q um dia a mais de descanso não iria fazer nenhuma diferença. Poderia mto bem começar hj, junto com Cavs x Hawks. Tenho certeza q a Nba programa os playoffs imaginando/supondo q uma série vá até o sétimo jogo. E Blazers x Clippers terminou no sexto jogo. Assim, não teria problema algum em começar hj. E como disse antes, o jogo contra o Golden State ainda foi no começo da tarde de domingo.

  • Denyson

    Tem não namoral.

  • Gustavo Rocha

    Meu Palmeiras tbm tem chance de ganhar o campeonato brasileiro. Apesar de ser bem improvável, rsrs

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados