logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 6 maio 2016 às 12:19
Prospecto do Draft 2016 – Demetrius Jackson

Ex-armador de Notre Dame deverá ser uma escolha TOP 20 no recrutamento deste ano

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

Demetrius Jackson

Idade: 21 anos
País: Estados Unidos
Universidade: Notre Dame
Experiência: Junior
Posição: armador
Altura: 6’1.75’’ (1.87m)

Médias na temporada 2015-16: 15.9 pontos, 3.4 rebotes, 5.0 assistências, 1.2 roubo de bola, 0.3 toco, 2.2 erros de ataque, 45.1% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 33.1% de aproveitamento nas bolas de três pontos, 81.3% de conversão nos lances livres, 36.0 minutos em quadra

Pontos fortes: Jackson é um armador que chama a atenção por causa de seus atributos físico-atléticos de elite (força física, agilidade, explosão e impulsão). Essas ferramentas ajudam o jogador a ser efetivo nos dois lados da quadra. No ataque, ele é um sólido passador e ótimo no jogo de transição. Possui um alto QI de basquete, cuida bem da bola e não compromete na tomada de decisões. Além disso, Jackson adora atacar a cesta, tem um primeiro passo muito rápido, ótimo drible, não foge do contato físico na área pintada e finaliza bem. Aliás, ele aproveita bem os bloqueios e é excelente na criação e na finalização de jogadas em situações de pick and roll.  Por ter uma sólida mecânica de arremesso (elevação espetacular), seu aproveitamento no lance livre ser acima de 80%, e já que não deverá ter tanta responsabilidade em pontuar na liga, a expectativa é de que Jackson seja um arremessador ao menos razoável entre os profissionais. Na outra extremidade, ele é um grande defensor no um contra um. Combina agilidade lateral, mãos rápidas e força para dificultar ao máximo a vida do adversário com a bola. Enfim, Jackson tem as ferramentas necessárias e o corpo pronto para encarar o nível profissional e se estabelecer na NBA.

Pontos fracos: Jackson não é tão eficiente em meia quadra quanto no jogo de transição, o que pode lhe trazer problemas na NBA. Por ser muito rápido, ele tende a não controlar o ritmo do jogo. No nível profissional, ele precisa ser capaz de operar em um ritmo mais cadenciado quando a situação de jogo exigir. Jackson não é um armador alto para os padrões do nível profissional. Isso limita sua visão de quadra, e poderá ser um problema na hora de contestar arremessos de jogadores mais altos da posição. Apesar de ser um ótimo defensor no um contra um, ele às vezes perde o foco na marcação do jogador que está sem a bola. Outro ponto fraco de Jackson é a inconsistência nos chutes de média e longa distância. Sua seleção de arremessos em 2015/16 deixou a desejar. Ele regrediu nessa área (queda no aproveitamento dos arremessos de quadra de 50.8% para 45.1% e nos tiros de três pontos de 42.9% para 33.1%) quando passou a ter mais liberdade no ataque após a saída de Jerian Grant para a NBA. Em suma, ele passou a arremessar mais, mas “pior”.

Comparações: Eric Bledsoe (Phoenix Suns) e Jeff Teague (Atlanta Hawks)

Projeção: entre as escolhas 10 e 20

Confira alguns lances de Demetrius Jackson

Legenda
– Junior (terceiro ano universitário)

  • Muito bom jogador, o vi jogando por Notre Dame e gostei das suas atuações, que se tornaram bem visíveis pelo fato do time não ser tão bom em volta dele, e tem boa técnica, pontua bem, arremessa, é um jogador que pode ser um bom 6th man futuramente na NBA ou se desenvolver bem a defesa ser até titular quem sabe…

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados