logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 9 maio 2016 às 16:38
Ex-Grizzlies, Dave Joerger é o novo técnico do Kings

Técnico fecha contrato de quatro temporadas com time de Sacramento

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Joerger-Feature

O Sacramento Kings já tem um novo treinador. A franquia confirmou ter chegado a um acordo com Dave Joerger na tarde desta segunda-feira, confirmando boatos que circulavam desde o final de semana. Segundo Adrian Wojnarowski, do site The Vertical, o contrato acertado entre as partes terá duração de quatro temporadas – a última delas, opção do time – e US$16 milhões em salários.

“Eu estou empolgado de dar as boas-vindas para Dave em nome da equipe. Ele é uma forte e passional liderança com um currículo provado de resultados, além de compartilhar nosso foco em criar uma cultura vitoriosa em longo prazo. Estamos ansiosos por seu brilhante futuro à frente do nosso time e para ter sua liderança em quadra”, declarou o gerente-geral Vlade Divac, por meio de nota oficial.

Joerger havia sido demitido pelo Memphis Grizzlies no sábado passado e, desde então, estava em negociações para ser o sucessor do experiente George Karl no comando da equipe californiana. Ele sempre foi apontado como uma das primeiras opções do Kings para o cargo e, na última semana, já buscava liberação do antigo time para ser entrevistado em Sacramento.

A mudança de ares vai trazer um considerável ganho financeiro para o treinador. Ele recebia aproximadamente US$1 milhão por ano em Memphis e Wojnarowski apurou que o pequeno salário (em comparação com outros profissionais da liga) teria sido um dos principais motivos para procurar a saída da equipe.

Oitavo técnico do Kings nos últimos oito anos, Joerger chega ao Kings depois de três temporadas bem sucedidas no comando do Grizzlies: conquistou 147 triunfos em 246 partidas e conduziu o time aos playoffs em todas as campanhas. A última classificação veio com contornos dramáticos: com um elenco cheio de lesões, ele quebrou um recorde da liga ao levar uma equipe que utilizou 28 atletas para a pós-temporada.

  • Thiago Pinto

    Quanto ele ganhava em Memphis?

    • Ricardo Stabolito Junior

      Até onde sei, se não houve reajuste em relação ao seu primeiro contrato, US$1 milhão anual. Menos do que assistentes por aí.

      • Thiago Pinto

        Então foi uma bela troca!

  • Junior Andrade

    Kings fazendo coisa de Kings, não pera…

  • Leo R.

    Em Memphis já tinha uma base sólida e seu esquema de jogo implantado, mas parecia certo que os Grizzlies naquele caminho nada iria conseguir, alem de no máximo uma vaga pra pós temporada, e a cada temporada suas estrelas mais envelhecidas. Acho que foi bom pra franquia e pro tecnico essa mudança, mas pensei que Dave iria buscar uma equipe no Leste, não necessariamente, mas por ser, hoje, mais acessível uma disputa de final e título. Bom para Sacramento. Para Joerger já não sei… Com a manutenção de suas estrelas e alguns reforços na offseason tem boas chances de playoffs. Queria vê-lo em NY, ou Vogel. Uma opção já foi Phil, acelera hahhah

  • Sid Payne- Dança muito

    Parabéns em Phil pqp, pega o Vogel nessa porra ou se aposenta… oeste ano que vem estara foda em, se pa só tem uns 4 times ”classificados” teremos 4 vagas em aberto…

  • Galvão – EL HEAT🔥 #305

    Foi corajoso!

    • Zack Batista

      Muuuuito!! rs

  • Zack Batista

    Qdo o mimadão do Cousins der o primeiro piti e, começar a fazer corpo mole na defesa, andar em quadra, xingar geral no vestiário, aí sim Dave sentirá muuuita saudade de treinar o Memphis novamente…hehe

    Quero está enganado…rs 🙂

    • Anibal Marchiori Chiabai

      Rapaz o cara treinava o Z. Randolph, Matt Barnes, Lance Stephenson, Chris Andersen… acho que ele está bem vacinado…kkkkkkkk

      Agora, grande movimento do Kings, se movimentar as peças certas na free agency vai dar trabalho na proxima temporada.

      • Zack Batista

        Barnes, Stephenson e Andersen eram recentes, acho q por isso pegou o beco, não tava aguentando mais o vestiário de tanto bad boys juntos..haha =D

        Já o bad boy de Sacramento é o mais parada dura para se lidar, pois é um bad boy MIMADÃO, diferente dos de Memphis…rsrs

      • Rodrigo An

        mas é bem diferente os de sacramento e os de memphis.
        Os de memphis davam trombada, tinham problemas extra quadra.. mas dentro se esforçavam até a ultima bola..
        já o mimadao do cousins, adorava dar seus chiliques e esquecia do jogo

  • Kings continua fazendo ótimas contratações. Resta saber se darão jeito no vestiário.

  • Marcelo Desoxi

    Ele terá um time com bons jogadores e pouco QI. Mas, se conseguir criar uma base como a do Memphis dará um up nesse time dos Kings.

  • Rodrigo Toledo

    Excelente escolha, afinal é alguém acostumado a treinar equipes com atletas problemáticos.

    Acho que a solução pro Kings é manter essa base e tentar fazer render na marra. Qualidade o time tem.

  • MarceloBulls

    Finalmente o Kings acertou, porque eu acho que todo mundo sabia (meno eles) que trazer o George Karl não iria funcionar. Espero que dê certo e que o Cousins permaneça lá.

  • Uncle Drew

    Eu achei uma boa.
    Joerger parece ser um cara que se enturma bem com a equipe, e com jogadores problemáticos ou de personalidade forte (Vince Carter, Lance Stephenson, Tony Allen, Birdman, Z-Bo, Matt Barnes).
    O problema é q a sensação do trabalho q ele fez em Memphis, foi meio piloto automático. Não fez muitas mudanças em relação ao q o Lionel Hollins já havia feito naquela equipe q chegou a 2ª rodada dos Playoffs eliminando o Spurs.
    Eu nem sei direito em q ele é bom, ou em quê ele é ruim… justamente por causa disso, Joerger não mudou mt a equipe (colocou a equipe no Small Ball nesta temporada, mas por alguns jogos por causa das lesões). Mas já se sabe q ele é bom de grupo, domou várias feras lá no Memphis.

    • Michel Moral

      Z-Bo, Tony Allen e Carter sempre contribuíram mais do que deram trabalho, durante toda a carreira. O mesmo não se pode dizer sobre Lance, Barnes e Birdman.

      Mas concordo com vc. Memphis já era o Memphis quando ele chegou. Agora ele vai pegar um Sacramento que é o mesmo que ninguém, sem identidade. Então, seu trabalho será posto à prova neste momento.

  • Denyson

    Knicks vai acabar com o Rambis.

  • Paulo OKC

    Sou mais treinar os prisioneiros e guerreiros de Memphis do que os talentosos e mimados do Kings

  • Thiago Legori

    E nada do Knicks fechar com novo técnico. Menos um no mercado…

  • Arthur B.

    Vai levar o Stephenson junto com ele pra deixar o time mais tranquilão.

  • Francis Dillari

    boa sorte com o cuzão do Cousins

  • Guilherme Prates

    Se o time não for pros playoffs ano que vem, pode mandar Cousins-Gay-Rondo pro vinagre e começar a reformulação. Acredito que a desculpa pro Kings acabou, né?!

  • DNT

    Boa contratação dos Kings, agora só precisa modelar o elenco com alguns bons reservas e um bom armador.

  • Jefferson Cavalcanti

    Enquanto o Kings tiver Cousins não existirá prosperidade em Sacramento. Já queimaram o Malone, o Karl que apesar de doido queria fazer a coisa certeza despachando o mimadão.

    Tentaria mandar o Pivo pro Celtics e pegar vários jovens, incluindo Smart e Crowder e as 3 escolhas de primeira rodada desse ano.

    • Felipe Rodrigues

      Smart, Crowder e mais 3 escolhas de primeira rodada??? Cousins não vale tudo isso.

      • Jefferson Cavalcanti

        Acho que a troca é válida pro Celtics, o time tem muitos novatos, falta até espaço no elenco. Obviamente oferta menos, caso Kings não aceite o celtics vai colocando suas escolhas na mesa. mas mesmo nesse cenário eu acho a troca boa pra ambos os times.

    • MarceloBulls

      Mas o Malone não caiu por culpa do Cousins. Tanto que já apareceu algumas notícias com o Cousins comentando sobre isso, que foi um erro e etc.

  • Pablo Leite

    Bom negócio para Kings e Joerger. Mesmo que ele tenha só uma temporada por lá, um ano de Kings vale por 4 dos Grizzlies, que perdeu muito por ser pão-duro.

  • Nilton Bitencourt

    Cousins e Mclemore por draft 16 e 23, Smart, Hunter, Sullinger e uma futura escolha de primeira rodada

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados