logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 17 maio 2016 às 11:50
Previsão: Cleveland Cavaliers (1) x (2) Toronto Raptors

Cavs quer voltar à final, enquanto Raptors atinge melhor performance da franquia

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

Conferência Leste: Cleveland Cavaliers (1º) x Toronto Raptors (2º)

Confrontos na temporada: Toronto 2 x 1 Cleveland

25 NOV – Cavaliers 99 X 103 Raptors
04 JAN – Raptors 100 x 122 Cavaliers
28 FEV – Cavaliers 97 x 99 Raptors

Datas do confronto

17-05: Raptors x Cavaliers – 21h30 (em Cleveland)
19-05: Raptors x Cavaliers – 21h30 (em Cleveland)
21-05: Cavaliers x Raptors – 21h30 (em Toronto)
23-05: Cavaliers x Raptors – 21h30 (em Toronto)
25-05: Raptors x Cavaliers – 21h30 (em Cleveland)*
27-05: Cavaliers x Raptors – 21h30 (em Toronto)*
29-05: Raptors x Cavaliers – 21h30 (em Cleveland)*

*Se necessário
Horários de Brasília

Cleveland Cavaliers (57-25)

Playoffs: eliminou o Detroit Pistons na primeira rodada (quatro jogos) e, depois, o Atlanta Hawks na semifinal de conferência (quatro jogos)  
Maior sequência de vitórias:
 oito (entre 28 de outubro e 13 de novembro; entre 28 de dezembro e 13 de janeiro)
Maior sequência de derrotas:
 três (entre 01 e 05 de dezembro)

Time-base

Kyrie Irving (PG)
J.R. Smith (SG)
LeBron James (SF)
Kevin Love (PF)
Tristan Thompson (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Iman Shumpert (SG)
Matthew Dellavedova (PG)
Channing Frye (PF)
Richard Jefferson (SF)
Timofey Mozgov (C)

Técnico: Tyronn Lue

Líderes (temporada regular)

Pontos: LeBron James (25.3)
Rebotes:
 Kevin Love (9.9)
Assistências: 
LeBron James (6.8)
Roubos de bola: 
LeBron James (1.3)
Bloqueios: 
Timofey Mozgov (0.7)

Líderes (playoffs)

Pontos: Kyrie Irving (24.4)
Rebotes: Kevin Love (12.5)
Assistencias: LeBron James (7.3)
Roubos de bola: LeBron James (2.4)
Bloqueios: Tristan Thompson (1.0)

Toronto Raptors (56-26)

Playoffs: eliminou o Indiana Pacers na primeira rodada (sete jogos) e, depois, o Miami Heat na semifinal de conferência (sete jogos)
Maior sequência de vitórias: 11 (entre 06 de janeiro e 01 de fevereiro)
Maior sequência de derrotas: três em duas ocasiões (entre 06 e 10 de novembro e entre 15 e 18 de novembro)

Time-base

Kyle Lowry (PG)
DeMar DeRozan (SG)
DeMarre Carroll (SF)
Patrick Patterson (PF)
Jonas Valanciunas (C)

Reservas com mais tempo de quadra

Cory Joseph (PG)
Bismack Biyombo (C)
Terrence Ross (SF/SG)
James Johnson (SF/PF)
Norman Powell (SG/SF)

Técnico: Dwane Casey

Líderes (Temporada regular)

Pontos: DeMar DeRozan (23.5)
Rebotes: Jonas Valanciunas (9.1)
Assistências: Kyle Lowry (6.4)
Roubos de bola: Kyle Lowry (2.0)
Bloqueios: Bismack Biyombo (1.6)

Líderes (playoffs)

Pontos: DeMar DeRozan (20.0)
Rebotes: Jonas Valanciunas (12.1)
Assistências:
Kyle Lowry (6.7)
Roubos de bola: Kyle Lowry (1.9)
Bloqueios: Jonas Valanciunas (1.4)

Análise do confronto

Assim como na conferência Oeste, as finais do Leste não serão disputadas pelos times mais aguardados nesta fase. Acreditava-se em um confronto entre Cleveland Cavaliers e Miami Heat, mas mais que isso, LeBron James diante de Dwyane Wade. Pelo histórico, pela amizade e também pela superação era o sonho da mídia. No entanto, passou o Toronto Raptors, segundo colocado da temporada regular.

Antes de uma análise concreta, é bom lembrar que esta é a sexta vez consecutiva que James disputa uma final de conferência, a segunda pelo Cavs. Em sua primeira passagem pela equipe de Ohio, o camisa 23 já havia alcançado a marca em outras duas oportunidades: em 2006-07, quando perdeu na final para o San Antonio Spurs, e em 2008-09, brecado pelo Orlando Magic na final do Leste.

Por outro lado, o Raptors já alcançou o seu patamar máximo desde o início da franquia. O time canadense havia perdido na semifinal do Leste em 2000-01 para o Philadelphia 76ers, que por sua vez superou o Milwaukee Bucks nas finais de conferência.

A equipe do técnico Dwane Casey quebrou uma sequência indigesta de cinco eliminações seguidas na primeira rodada ao superar o Indiana Pacers em sete partidas. De cara, Casey optou por sacar o argentino Luis Scola do quinteto titular e o ala-pivô desapareceu da rotação principal, dando lugar a Patrick Patterson. Como se pouco sofrimento fosse bastante, na próxima fase, o Raptors também precisou de sete jogos para superar o Heat.

Enquanto o Raptors chega cansado às finais, o Cavaliers não pisa em quadra desde o dia 8 de maio. Ou seja, quando a bola laranja subir novamente, serão nove dias de treinamentos e tratamentos físicos aos seus atletas após “varrer” as séries diante do Detroit Pistons e Atlanta Hawks em apenas quatro embates. No total, o Cavs disputou oito jogos contra 14 do adversário nesses playoffs.

Contra o Hawks — primeiro colocado do Leste na temporada passada — a equipe de Ohio surpreendeu com um estilo de jogo pouco visto durante a fase regular. O número de arremessos de três chega a assustar até quem está acostumado a fazê-lo com frequência. Somente na semifinal, o Cavs converteu 77 chutes de longa distância em 152 tentativas (50.7% de aproveitamento). Para entender um pouco domínio do Cavaliers no quesito, durante toda a temporada, o Hawks permitiu somente 33.8% de acertos dos oponentes, quinta melhor marca da liga. Contra o Pistons, na primeira rodada, esse aproveitamento foi mais “modesto”, com 41.3%. O Golden State Warriors, líder absoluto em três pontos em 2015-16, converteu 35.6% diante do Portland Trail Blazers na semifinal do Oeste.

Enquanto os aproveitamentos nos arremessos de longa distância do Cavs preocupam o Raptors, o que o time sofreu foi com a própria baixa porcentagem de acertos nos playoffs, especialmente de seus astros Kyle Lowry e DeMar DeRozan. Juntos, acertaram somente 36% das tentativas de quadra e 26.8% em três pontos. Enfrentar perímetros com Paul George, Monta Ellis e George Hill, e depois, Dwyane Wade, ajudam a explicar um pouco dessa ineficiência.

Porém, o Raptors vai encarar atletas tão atléticos quanto a partir desta terça-feira. Iman Shumpert, mesmo saindo do banco de reservas, é o melhor defensor do Cavs nesta área. Até mais que LeBron, para se ter uma ideia. Kyrie Irving e J.R. Smith, no entanto, são apenas medianos quando fazemos uma comparação com os outros dois.

O maior receio de Casey, no entanto, é não poder contar com o pivô Jonas Valanciunas, o melhor jogador do time nos playoffs. Lesionado no tornozelo direito, o lituano destacou-se dos dois lados da quadra. Se não puder contar com ele, vai caber a Bismack Biyombo a função de substituto, algo já realizado durante a temporada e desde a última contusão. Enquanto Biyombo é apenas razoável no ataque, ele é capaz de dominar o garrafão defensivo sozinho no papel de intimidador.

Casey pode experimentar uma formação baixa por mais tempo do que nas séries anteriores. Tudo para tirar Tristan Thompson das segundas oportunidades que o ala-pivô dá ao Cavs em rebotes ofensivos. Nada menos que 40 dos 66 que ele pegou nos playoffs, foram no ataque. Assim, Cory Joseph e até mesmo Terrence Ross ganhariam mais minutos em quadra.

Acredita-se que DeMarre Carroll será o marcador de LeBron, enquanto Patterson cobrirá Kevin Love. As similaridades entre os dois primeiros existe na questão física. Embora Carroll esteja ainda recuperando-se de entorses no pulso e no tornozelo, o ala foi trazido a peso de ouro na última offseason — maior salário da equipe, com US$ 13.6 milhões em 2015-16 — para uma ocasião como essa. Tecnicamente, todavia, James é muito superior e sabe que se ficar refém apenas de suas infiltrações, ainda mais com um garrafão com Biyombo, ele pode ter dificuldades. Precisa, fundamentalmente, que seu arremesso de média distância caia logo no início, por questões de confiança.

Já nos casos de Patterson e Love, são dois atletas que rendem mais ofensivamente, em especial com a bola nas mãos atrás da linha de três. O ala-pivô do Cavs é conhecido por não ser tão aplicado do outro lado, mas apresentou uma defesa decente nas outras séries, sem comprometer muito, nem quando precisou marcar Paul Millsap.

No perímetro, um dilema para o Cavaliers. Kyrie Irving, assim como Love, rende mais no ataque. Lowry, como citado anteriormente, mostrou-se com um rendimento baixo, até quando o seu oponente foi Goran Dragic. Ao contrário do que é dito nas mídias sociais, entretanto, ele não falhou nos momentos decisivos e teve atuação de gala no jogo decisivo contra o Heat. DeRozan, seu companheiro de perímetro, vai encarar Smith e Shumpert. Pode até se dar bem, mas a tendência é que seja ainda mais pressionado.

Tyronn Lue possui pouca experiência como treinador principal, é fato. Mas é muito respeitado por seu trabalho anterior, quando era assistente. Com astros no elenco, é claro que fica mais fácil coordenar  — exceto em guerra de egos. Mas, por enquanto, faz um trabalho bom o suficiente para liderar o Cavs em duas varridas. Pode acontecer uma terceira consecutiva, porém o Raptors tem talento para tentar angariar ao menos uma vitória.

 

Palpite

Cleveland Cavaliers 4 x 1 Toronto Raptors

  • Antonio Felipe

    4 x 0 Toronto!

  • Lowry e Derozan vão ter que mostrar regularidade agora, pra que o Toronto tenha alguma chance, Cavs chegam embalados por duas varridas, o estilo de jogo mais que consolidado com LeBron e Irving armando o jogo e as bolas de 3 caindo em grande proporção, mas como uma hora esses arremessos podem não cair, acho que o Toronto leva um joguinho também, Cavs 4×1 Raptors…

  • DirkMito

    4×2 Toronto.

    • MDias

      vontade ou palpite?

  • Andre T.

    Vai ser mais complicado esse confronto, mesmo Toront vindo de duas séries longas acho q não vai ter varrida nesse confronto ,

  • Rafael Victor

    Cavaliers 4 X 0 Raptors! (Talvez o Raptors consiga ganhar um jogo)

    • Jefferson Jesus

      Vc tinha que criticar o Lebron pra criar treta com o Cleberson 23 kkkkkkkkkkk

  • Sid Payne- Dança muito

    Vai da Cavs, mas vou torcer pra ser no mínimo em 6 jogos…. se for 4×0 pqp, vão chegar muito descansados e pega um Okc estagnado

  • cleberson23

    4 X 1 Cavs. In LeBrão we trust.

  • Felipe Monteiro

    4×2 CavaJames

  • Elber Sampaio

    Só e somente se Lowry e DeRozan conseguirem repetir algo parecido na regular eles ganharão uns 2 jogos.

    Meu palpite é 4×1 tb.

  • Galvão – EL HEAT🔥 #305

    Esse Matchup é muito dificil para o Raptors, dada a maneira que o Cavs vem jogando nesses playoffs. Neste caso, sigo o relator! 4×1 Qévis.

  • Rodolfo Ribeiro #ThunderUp⚡

    Eu quero é que se exploda.
    4 x 3 pra alguém
    Leste não pode ter descanso

  • Junior Andrade

    Toronto em 7 jogos, e a final menos esperada vai rolar, Thunder vs Raptors.

  • indian ( ͡° ͜ʖ ͡°)

    4 x 2 Toronto!

  • DNT

    Raptors toma surra, como sempre prevejo DeRozan e Lowry apáticos em toda a série e os Cavs, comandados por James, acabando com esse timeco. Cavs 4 x 0 Raptors.

  • FelipeB.

    4 x 0 Cavs. Se o JV voltar bem, pode ser que ganhem um jogo apertado em casa. Sem ele, é quase injusto!

  • MELO

    Demarr Carroll marca O LEBRON JAMES …KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK .. O LEBRON VAI PRECISAR SO DE 3 QUARTOS O RESTO D JOGO DEIXA P RESERVAS Q TÁ D BOM TAMANHO

  • Gustavo

    4 x 0 Cavs, fora o baile

  • CeWylde

    4X0

  • Killer Crossover

    4 x 0 Cavs. Dependendo de como o Raptors venha talvez ganhem um jogo, mas a peça chave dessa série é o Irving mostrando ao Lowry quem realmente é all-star/titular nesse Leste !

  • THE BULLS23

    Time dos Cavs vão chegar na final sem perder uma partida sequer.

    O leste está muito chato e desigual. Passou da hora de acabar com este lance de conferência. Todos jogam contra todos ida e volta e depois fazem os offs.

    Enquanto as conferências(chatas pra caramba) não acabam, torço para que na proxima temporada bons jogadores venham para o leste. Durant seria um oponente de peso para Lebron.

  • JR

    Só digo isto: Toronto em 7 com buzzer beater do pipoca maior

    • Paulinho Sérgio

      Quem viver verá.

    • Antonio Felipe

      Qual dos dois é o pipoca maior? não consegui identificar nesses Offs!!

    • Diego Alexsander

      “Quem viver, verá”

  • – Tiago

    4 x 0 Cavs, talvez um 4 x 1

  • MDias

    4×0 ou 4×1 Cavs.

  • Albert Medeiros

    4×0 Cavs

  • Lucas00

    4×0 Cavs

  • Marcelo Desoxi

    Cavs 4 x 2 Toronto .

  • João Carlos

    Cavs 4×3 Toronto pra ter graça porra.

  • Gus Hansson

    A nba não quis incluir o Toronto na pesquisa aos fans sobre quem será o campeão da nba. Essa é a resposta do nosso prefeito.

    • Marcelo Desoxi

      Absurdo , não sabia disso.

      • Gus Hansson

        Falta de respeito com o país que inventou o basquete.

        • Diego Alexsander

          “A team that is now Golfing.”
          HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
          RINDO LITROS DISSO!
          Toronto vai surpreender.

  • 4×2 Toronto

  • Bruno Macedo

    4×0 cavs sem dó

  • eduardo almeida

    4×2 Toronto, roubando mando de quadra hoje ‘-‘

    • Ricardo M.

      hahahhaa esse entende bem

  • #JJ48

    4×1 Cavs

  • Elinho

    4×0 CAVS

  • Eduardo Muniz

    4×0 Cavs. Leste nem tem graça. Sério mesmo. Precisa tomar alguma providência para o próximo ano pq não tem competitividade alguma nesta conferência.

  • Gustavo Santos

    4×1 Cavs

  • Tiago

    4×0, Cavs e Golden na final

  • Guga

    Eu acredito, 4 a 3 toronto!!! Kkkkk zueira, acho muito dificil, mas espero pelo menos que tenha algum jogo legal nessa série, pq todas as séries do leste esse ano foram bem sem graça!

  • Diego Alexsander

    4×2 Raptors, fora o baile e várias lágrimas das Lebronzetes.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados