logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 18 maio 2016 às 12:39
Prospecto do Draft 2016 – Ben Bentil

Ex-ala-pivô de Providence deve ser escolhido ao final da primeira ou no início da segunda rodada

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

Ben Bentil

Idade: 21 anos
País: Estados Unidos
Universidade: Providence
Experiência: Sophomore
Posição: ala-pivô/pivô
Altura: 6’8.25’’ (2.03m)

Médias na temporada 2015-16: 21.1 pontos, 7.7 rebotes, 1.1 assistência, 0.9 roubada de bola, 1.0 toco, 1.9 desperdícios de bola, 46.2% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 32.9% de conversão em bolas de três pontos, 78.2% de aproveitamento nos lances livres, 34.2 minutos

Pontos fortes: Bentil é uma máquina de pontuar, tanto no garrafão quanto no perímetro, e foi um dos destaques do basquete universitário na última temporada. Grande finalizador ao redor da cesta com ambas as mãos e dotado de força física e envergadura privilegiadas, ele utiliza bem seu corpo no jogo de contato no garrafão. Ele também possui movimentos fluidos e um trabalho de pés elogiável. Suas mãos grandes o ajudam bastante no controle de bola (muito bom para um jogador da posição) e, claro, na hora de receber a bola no low post e finalizar através de um gancho sobre o ombro esquerdo ou de um arremesso no fundo de quadra. Bentil prefere encarar de frente seu marcador do que o jogo de costas para a cesta. Além disso, ele tem uma boa mecânica de arremesso e capacidade de chutar razoavelmente bem de média e longa distância. Na NBA, ele poderá ser utilizado como um stretch four (ala-pivô que espaça a quadra) ou como um pivô em formações mais baixas. Bentil se destacou nos treinamentos do Draft Combine, realizado na última semana, e sua projeção tende a subir até a realização do recrutamento. Pela sua versatilidade ofensiva, ele tem tudo para se dar bem na NBA.

Pontos fracos: não tem altura privilegiada para um jogador de garrafão e nem atributos atléticos que saltam aos olhos. Em Providence, Bentil foi utilizado basicamente como pivô. Se no ataque ele demonstra excelência, na defesa ele deixa a desejar. Como defensor, Bentil tem dificuldades em marcar jogadores mais altos, que gostam de jogar de costas para a cesta. Precisa ser mais agressivo nesse lado da quadra, já que tem força física, agilidade e envergadura para ao menos ser um marcador razoável. Além disso, o ala-pivô tem dificuldades em criar o próprio arremesso. Não tem um grande QI de basquete e sua visão de quadra é limitada. Às vezes, Bentil confia em excesso nos arremessos do perímetro e acaba se precipitando na escolha dos chutes.

Comparação: Paul Millsap (Atlanta Hawks) sem defesa

Projeção: entre as escolhas 27 e 40

Confira alguns lances de Ben Bentil

Legenda
– Sophomore (segundo ano universitário)

  • Raphael Cruz

    Li rumores de que o Thibs estaria interessado, Confesso que a idéia não me empolga muito, mas às vezes nas mãos do Thibão o cara aprende a defender na base do tapa!

  • JoaoFJ

    Steal do draft ta ai

  • France Williams

    queria no bullsao da massa como segunda escolha

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados