logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 21 maio 2016 às 15:01
Pat Riley quer ver Wade “diferente” na próxima temporada

Astro acertou apenas sete arremessos de três na temporada regular

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Freitas

O astro Dwyane Wade jamais foi um grande arremessador de três. Em sua carreira, o camisa 3 acertou “apenas” 386 cestas em pouco mais de 850 jogos na carreira. Mas Pat Riley, presidente do Miami Heat, quer ver uma mudança drástica para a próxima temporada.

“Ele pode vir a ser um cara que acerte 40% ou 38% de três pontos”, disse Riley. “Eu não daria espaço a ele. Assim que começou a treinar com os nossos técnicos, aquele arremesso, se ele tivesse de fazer, seria normal. Isso seria uma grande parte de nosso jogo para o próximo ano porque ninguém acha que ele pode fazer”.

De fato, Wade converteu 52.2% de suas tentativas de longa distância nos playoffs, e foi uma de suas armas na série semifinal contra o Toronto Raptors. Ele acertou dez dos 20 chutes diante do time canadense.

O estilo de jogo de Wade sempre dependeu muito de suas condições físicas e pouco tentou mudar. O excesso de lesões nos últimos anos não foi suficiente para o ala-armador arriscar mais de três. Durante a temporada regular de 2015-16, ele acertou apenas sete das 44 tentativas (15.9% de aproveitamento).

  • Rafael

    Wade tem uma mecânica de arremesso muito boa. Para ser um arremessador de 3 confiável, precisa treinar e ter confiança no arremesso. Capacidade técnica ele tem.

  • Felipe Rodrigues

    Nunca entendi pq Wade não trabalha mais seu chute de 3 , melhorar esse fundamento seria otimo pra ele, com isso ele poderia diminuir as infiltrações e o contato com o adversário oq iria preservar mais seu corpo e manter sua produção ofensiva com bons numeros.

  • MarcoLakers #MambaDay

    Essa mudança já deveria ter sido feita anteriormente.

  • Galvão – EL HEAT🔥 #305

    Wade tem o problema de jogar o corpo para trás enquanto arremessa. E muitas vezes que ele arremessa de 3 dá pra notar que ele joga o corpo pra trás, aí não tem jeito, a bola fica curta. Até arremessos de 2 quando está desmarcado ele hesita um pouco, quando ele vai direto pro jump geralmente cai. Mas nós playoffs ficou visível que ele estava se corrigindo para arremessar esse tipo de bola, ele até era lento, parava, posicionava as pernas, abaixava a bola e olhava pra cesta, mas tava caindo. Tenho certeza que ele vai trabalhar isso nessas férias.

    • Michel Moral

      Muito bem observado.

      Quando ele recebe a bola, uma das primeiras coisas que ele faz ou gosta de fazer é virar de costas para a cesta. De fato o fade away é a principal arma ofensiva dele e convenhamos que é uma das jogadas quase que “imarcáveis”.

      Porém, o tio Pat está certo. Com a idade avançando, Wade precisa melhorar os arremessos de longe, afinal, logo o seu físico não será o mesmo para jogar próximo à cesta.

      Acho que o mandatário da equipe da Flórida quer preparar seu Franceies Player para ajudar de outra forma, quando o momento chegar.

    • Burnie … Wtf??

      Bem nessa… Se ele trabalhar isso, cada vez mais ser um jogador “abaixo do aro”, mais monstro no final da carreira ele será..

  • Se tivesse treinado isso desde sempre poderia ser TOP 10 da história do jogo. Uma pena ter se limitado ao jogo de garrafão e infiltrações.

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados