logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 21 maio 2016 às 13:35
Prospecto do Draft 2016 – Stephen Zimmerman

Ex-pivô de UNLV deverá ser escolhido na primeira rodada do próximo recrutamento

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

NCAA Basketball: New Mexico Highlands at UNLV

Stephen Zimmerman

Idade: 19 anos
Universidade: UNLV
Experiência: freshman
Posição: pivô
Altura: 6’11.75’’ (2.12m)

Médias na temporada 2015-16: 10.3 pontos, 8.8 rebotes, 0.8 assistências, 0.5 roubos de bola, 1.9 tocos, 2.1 erros de ataque, 46.3% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 25% de conversão nos tiros de três pontos e 63.6% de acerto nos lances livres em 26.3 minutos em quadra.

Pontos fortes: Zimmerman tem tamanho ideal para atuar como pivô e ala-pivô na NBA, com 2.12m de altura e 2.21m de envergadura. É dono de rara combinação de condição atlética, fluidez e coordenação para um jogador de sua posição. Apresenta muito potencial operando de costas para a cesta – e já possui um gancho confiável. Um dos melhores arremessadores de média distância deste draft, com promissoras perspectivas de estender seu alcance além da linha de três pontos profissional. Por sua mobilidade e melhora como chutador, ele tende a ser uma crescente e versátil ameaça no pick and roll/pick and pop. Suas 0.8 assistências por partida não fazem jus ao talento que exibe como passador no post e inteligência enxergando o jogo. Tem enorme potencial como protetor de aro e, embora ainda precisa de bastante aprimoramento defensivo, teve dois tocos por partida como freshman. Visto como um dos dez melhores prospectos de 2016 desde os 14 anos de idade.

Pontos fracos: Zimmerman não é um atleta explosivo e, embora não aparente ser tão magro, sofre pela falta de estrutura mais fortalecida na parte inferior do corpo (pernas, quadril). Teve um dos piores aproveitamentos entre pivôs finalizando em torno da cesta, evidenciando sua dificuldade enfrentando adversários mais físicos. Mostra problemas para estabelecer e “proteger” espaço próximo do garrafão. Faz tudo em quadra com a mão esquerda. Seu arremesso, embora consistente, é um pouco estranho: coloca a bola à esquerda da cabeça para lançar. Controle de bola muito alto, o que ajuda marcadores ágeis a desarmá-lo. Precisar aprimorar seus fundamentos nos rebotes. Além de força física, falta-lhe maior disciplina e atenção defensiva para que reduza a impulsividade e alcance seu potencial como protetor de aro. Não parece tão ágil assim ao sair do garrafão para defender oponentes no perímetro. Seu jogo ainda é muito baseado no “que pode fazer”, não no que faz.

Comparação: Raef LaFrentz (ex-Boston Celtics)

Projeção: 18ª a 35ª escolha geral

Confira alguns lances de Stephen Zimmerman

Legenda
– Freshman (primeiro ano universitário)

  • Po, top 10 desde os 14 anos de idade e na hora de explodir se torna final de rodada. Coitado.

  • Lucas Ottoni

    Dou o Asik por ele. Quem topa?… rs.

  • Diego Alexsander

    Bust ou steal?

  • luiz

    Parente do Ivan Zimmerman? Kkkkkkm

  • Charles

    Jewish man can’t jump, rss

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados