logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 6 jun 2016 às 13:59
Prospecto do Draft 2016 – Paul Zipser

Ala alemão tem boas chances de ser selecionado na segunda rodada do recrutamento

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Gustavo Lima

Paul Zipser

Idade: 22 anos
País: Alemanha
Time: FC Bayern Munique (ALE)
Posição: ala
Altura: 6’8’’ (2.03m)

Médias na Liga Alemã (2015-16): 7.1 pontos, 3.6 rebotes, 1.4 assistência, 0.5 roubo de bola, 0.4 toco, 0.9 erro de ataque, 53.9% de aproveitamento nos arremessos de quadra, 43.6% de conversão nas bolas de três pontos, 80.7% de conversão nos lances livres, 18.1 minutos em quadra

Pontos fortes: Eleito o melhor jogador jovem da última temporada alemã, Zipser já acumula experiência na seleção principal do seu país (inclusive é titular). Ele é um ala dotado de sólidos atributos físico-atléticos (fluidez nos movimentos em quadra, força física, altura e  envergadura elogiáveis). Por causa de suas ferramentas físicas, ele é versátil nos dois lados da quadra. Zipser utiliza bem seu tamanho para pontuar sobre os marcadores mais baixos (tanto no garrafão quanto no perímetro). O ala tem uma mecânica consistente de chute e é um exímio arremessador de bolas de três pontos (letal no catch and shoot). Zipser tem um sólido primeiro passo, se movimenta bem sem a bola e utiliza sua impulsão para finalizar com enterradas. Zipser também tem bom entendimento e leitura de jogo. Com a bola nas mãos, ele é capaz de dar passes inteligentes após infiltrar defesas adversárias (drive and kick). Na defesa, Zipser utiliza bem seus atributos físico-atléticos (agilidade lateral impressiona) para ser um sólido marcador no um contra um (não desiste de acompanhar o adversário que infiltra no garrafão e ainda é eficiente na hora de contestar arremessos). Graças ao seu tamanho e força física, ele também é capaz de marcar jogadores da posição 4 (não foge do contato físico). Enfim, Zipser tem experiência entre os profissionais e as ferramentas necessárias para se tornar um role player na NBA, com carreira sólida na melhor liga de basquete do mundo. Potencial contribuidor em bolas de três e defesa.

Pontos fracos: Zipser tem um controle de bola apenas mediano e não muda de direção ou velocidade quando tenta as infiltrações no garrafão adversário, o que pode limitá-lo como finalizador na NBA. Tem dificuldade em pontuar nas situações de isolation e no pick and roll. Zipser também não cria espaço para arremesso após o drible (step backs) e tende a ter sua mecânica de arremesso quebrada quando pressionado. Apesar de ter sido eleito o melhor atleta jovem da última temporada alemã, Zipser teve pouco tempo de quadra no FC Bayern Munique (seu treinador, Svetislav Pesic, prefere dar mais espaço a veteranos). Ele já tem 22 anos e, mesmo assim, atuou apenas 18 minutos em média. Isso prejudicou seu crescimento como jogador, além de sua projeção no draft deste ano.

Comparação: Chandler Parsons (Dallas Mavericks)

Projeção: início da segunda rodada

Confira alguns lances de Paul Zipser

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados