logo lance
undo
Nacionais
Internacionais
Leste
Hawks
Celtics
Nets
Hornets
Bulls
Cavaliers
Pistons
Pacers
Heat
Bucks
Knicks
Magic
76ers
Raptors
Wizards
Oeste
Mavericks
Nuggets
Warriors
Rockets
Clippers
Lakers
Grizzlies
Timberwolves
Pelicans
Thunder
Suns
Blazers
Kings
Spurs
Jazz
Postado em 26 jun 2016 às 17:15
Milos Teodosic: “Qualidade da NBA caiu muito nos últimos dez anos”

Apesar de “crítica”, armador sérvio admite ainda ter sonho de jogar na liga norte-americana

Compartilhe nosso conteúdo!
Envie por email!
Compartilhe no Google+ Google +
Tweet esse post! Twitter
Compartilhar no Facebook! Facebook
Por Ricardo Stabolito Jr.

Milos Teodosic é um dos melhores armadores em atividade no basquete europeu. O craque do CSKA Moscou conquistou o título da Euroliga e foi eleito para o quinteto ideal da competição pelo segundo consecutivo na última temporada. Basicamente, ele já ganhou tudo o que é possível no velho continente e não esconde que atuar na NBA ainda é um sonho. Um sonho que até pode ter se tornado mais “atingível” nos últimos anos, mas não está disposto a perseguir a qualquer custo.

“Admitam ou não, todos os jogadores têm o desejo de fazer parte da NBA. Eu acho que a qualidade da NBA caiu muito nos últimos cinco ou dez anos, mas ainda é a melhor liga de basquete do planeta. E ainda gostaria de tentar atuar lá. Mas, claro, não em qualquer situação. Se eu deixasse a Europa e fosse para a NBA, seria só em um cenário em que tivesse certeza de que jogaria com regularidade”, afirmou o astro sérvio, em entrevista ao informativo VICE.

Questionado sobre os times em que gostaria de atuar na NBA, Teodosic citou duas franquias em especial: o San Antonio Spurs, pelo estilo de jogo, e o Utah Jazz, pela amizade e admiração que tem com o técnico Quin Snyder. Na última edição da Euroliga, ele teve médias de 16.1 pontos e 5.7 assistências em quase 27 minutos de ação por noite, com quase 43% de aproveitamento nos arremessos de longa distância.

O torcedor brasileiro poderá ver Teodosic em agosto, no Rio de Janeiro. O armador deverá estar na seleção sérvia que vai disputar o qualificatório mundial, em casa e como favorito, por uma vaga nas Olimpíadas.

  • Bruno Carvalho Costa

    Quin Snyder tem uma reputação muito boa. não é de hoje que vem sendo elogiado por jogadores de vários times no qual ele trabalhou, Paul Millsap,George Hill,Demarre Carroll e agora o Teodosic,vem ser Feliz no Jazzão Milos!!

  • Edílson

    Caiu tanto que um dos melhores armadores FIBA é receoso em vir e não entrar na rotação. Ele proprio disse isso, Precisa dizer mais alguma coisa?

    • Junior Andrade

      Hahahaha o peixe morre pela boca

    • Tássio Marcel Hoffmann Coelho

      eu ia comentar bem isso. O cara se contradiz sozinho.

    • Jahlin Habei

      É simplesmente pq o Felicio -que nem draftado foi- joga bons minutos, e outros que foram draftados em posições altíssimas(1°inclusive) não são bem aproveitados. A NBA é uma bagunça… Shelvin Mack , Shane Larkin e Steve Blake devem jogar mais do que ele.

    • Felipe ASM

      Drazen Petrovic em sua primeira temporada de NBA jogou apenas 12,6 minutos por jogo, preciso dizer mais alguma coisa? Uma coisa não está ligada a outra, você pode discordar da opinião dele quanto ao decréscimo de qualidade na liga, mas dizer que ele não jogaria por falta de qualidade é uma avaliação muito ingênua, muitos fatores influenciam na relevância dos jogadores, em suas respectivas franquias.

      • Doug

        Bem lembrado…Petrovic nesse time dos Warriors de hj destruiria…uma pena ter ido tão cedo…era à frente de seu tempo…

    • Michel Moral

      O nível técnico da NBA caiu sim nos últimos anos. Não precisa ser melhor do que os jogadores que lá atuam para dizer isso.

      Tanto que os Gasol têm jogado o basquete de garrafão mais eficiente da liga.

      Compare tecnicamente os jogadores de hoje com dez anos atrás, repito TECNICAMENTE.

      Olha o nível técnico dos SG da NBA há dez anos mais ou menos: McGrady, Kobe, Iverson, Ray Allen, Wade. Com todo o respeito, mas pelo que fez até hoje (e pegue o que cada um dos nomes que citei fez ou fazia com seus 26 anos), eu não ouso colocar o Jimmy Butler, que é considerado, no mínimo top5 SG da liga, em comparação com esses caras.

      Você teria talvez uma crescente do Klay Thompson e, talvez (mas bem de longe), um James Harden, hoje como grandes nomes da posição.

      Se você fizer o mesmo raciocínio com os homens de garrafão, você vai ter vontade de jogar dominó!!!

      Na armação sim eu vejo novos conceitos surgindo como lideranças. Acho que a NBA nunca esteve tão bem servida como está hoje, em termos de quantidade e qualidade.

  • Leonard

    Como joga bola esse Teodosic, sempre quis ver ele em ação na NBA!

  • Fernando

    Se for para NBA, vai esquentar mais banco que o Huertas. Acompanho a liga desde 1999 – 2000, claro que antes tinha os SUPER ASTROS, Jordan, Iverson, Shaq, Kobe, (ainda) Duncan e outros deuses do jogo; mas creio que o jogo vem evoluindo cada vez mais, sem sombras de dúvidas, tudo mais dinâmico e versátil. Certeza que esse sérvio deu essa entrevista mamado de vodka.

  • BetoMavs

    Eu discordo a liga continua mais forte do que nunca, na posição de PG então, nem sem fala, talvez seja a geração mais talentosa da história da liga.

  • Kleber

    Teria vaga fácil no Knicks. Sempre quis esse cara, controla bem demais o jogo.

    • Fernando

      Até o zé boquinha tem vaga no knicks de hj kkkk

  • Marcelo Desoxi

    Ai quando vem pra liga não consegue fazer nem 4 pts per 36 minutos, e ainda passa vergonha na defesa.

  • Fernando

    Sim, caiu porque deixou estrangeiros como esse cara vir para a NBA.
    Esse cara eu vi jogar e é só air ball.

    • Leonard

      Que jogo tu assistiu? kkkkkkkk Se o título não tivesse ficado nas mãos dos EUA, o melhor jogador do mundial seguramente seria Teodosic, tanto que ficou no quinteto ideal.

    • André Gomes

      loooooooooooooooool…

  • LP

    Discordo pra mim o nível ta subindo em relação a 5,10 anos atras, os times eram bem mais fracos até pq os drafts tavam vindo fracos(1st picks como Bargnani e Bogut) tanto que chegavam nas finais times não tão fortes como o Orlando do D12, Cavs de 2007 sem contar o na minha opnião (polêmica) Lakers bicampeão e Dallas de 2011, creio que hoje estes times não passariam por OKC GSW e Spurs(Kobe e Dirk são monstros mas acho que aqueles times não aguentariam os melhores de hoje).

  • Elber Sampaio

    Varia muito e é relativo.

    Hoje o que mais se ve são PG de alto nivel, isso sobra na liga. Porem SG e C tao muito abaixo em comparação a outros tempos. E na verdade, existem mt PG aew com características de SG (olá West e Irving) tb, e PF chutando de 3pts e jogando mais no perimetro. Entao embolou mt, atualmente tende a nao ter mais uma posição especifica em quadra.

    • Mas os cinco conceitos de posição (PG, SG, SF, PF, C) caíram faz bastante tempo. Hoje na liga se monta um quinteto titular (e até elenco com $$$) apenas pelas caracteristicas dos jogadores. Eu digo pelo que aconteceu na franquia que mais acompanho.

      Wolves ia de Rubio a Pekovic até 2014 (era um time bem distribuído, mas bastante desequilibrado). E hoje o elenco já segue um tendência e tem um perfil homogêneo e criterioso com as caracteristicas de cada jogador, se o Towns vai ser PF ou C isso não faz diferença desde que ele cumpra suas funções na quadra. Tanto que em 2016 ele fez dupla desde Garnett até o Wiggins lá no frontcourt.

  • Thiago Legori

    Pra mim o Teodosic é o melhor jogador fora da NBA. Em relação a opiniao dele, discordo, só acho que o estilo de jogo mudou

  • pedro barroso

    Invejoso, só pq nao joga na NBA. é exatamente o contrário: hoje temos a melhor NBA da história

    • Caseh

      Menos, beeem menos…

    • Thiago Legori

      Menos, beeem menos…(2)

    • Douglas Vinicius

      Menos, beeem menos…(3)

  • AlexS.F.

    Se caiu pq ta com medo de vir pra NBA e nao ter espaço???

    • Leonard

      Porque isso é natural, os armadores do basquete europeu geralmente jogam em um estilo mais cadenciado, não tão rápido quanto o basquete da NBA. Huertas é um bom exemplo (apesar de ser brasileiro ), de titular do Barcelona veio para o penúltimo colocado da liga brigar por espaço na rotação. Não os estou comparando, Teodosic é muito mais jogador que Huertas, mas seria um caso parecido.

      • Fernando

        Sejamos francos, basquete europeu da sono d+, em relação com a NBA, parecem que estão jogando em câmera lenta cara, muito soft.

        • Douglas Vinicius

          o basquete europeu é puramente técnico algo que falta as vezes em muitos jogadores que atuam na NBA e querem saber apenas de força física
          óbvio que não estou dizendo que o europeu é melhor, longe disso, mas que ele possui características que falta um pouco em alguns jogadores da NBA

  • Paulo Monteiro

    Ótimo jogador,mas essa declaração foi infeliz. Se tem um nível tão ruim é estranho ele não estar lá,a posição dele é uma das mais concorridas da nba. Tem espaço em alguns times,mas não vai ser assim que ele vai ganhar atenção das equipes da nba.

  • Teodosic joga demais! Mas acho que se ele só gostaria de ir pra NBA pra atuar com regularidade, é melhor então que fique no CSKA mesmo, o auge dele pra mim foi entre 2012 e 2014, mas ele ainda mantém excelente forma e o estilo de jogo mais propício pro basquete europeu mesmo onde ele é titular incontestável, na NBA possivelmente ele ia sair do banco e talvez não conseguisse render tanto…

    • Bjelica fez seu primeiro ano, vamos dar uma chance pra ele. Estamos apostando muito no seu crescimento como stretch four.

      • Eu estava gostando da primeira metade da temporada dele, mas nos últimos meses da temporada, ele foi bem pouco utilizado e esquecido, inclusive perdendo espaço até para o Adrian Payne na rotação dos lobos…

  • Lucas Ottoni

    Falou bobagem. Discordo frontalmente. Se o nível caiu, pq ele não vem logo pra NBA? Com certeza, irá jogar com regularidade… afff.

    • Vince Mendes

      como bobagem? nao se compara o nivel que era na decada de 90 e começo dos anos 2000, até essa epoca tinham pelo menos uns 30 jogadores fora de serie hoje esse numero nem chega a 10, os times sao bem mais fracos, hj tem 4 equipes fortes msm (Cavs, Warriors, Spurs e OKC) de resto é tudo equipe que lutaria por Pick 5 de Draft nos anos 90

      • Lucas Ottoni

        Se o nível caiu, ele não deveria ter receio de vir pra NBA e jogar com regularidade. E outra: ele falou nos últimos 10 anos. Hoje a NBA tem muito mais talento do que em 2005, 2006. Isso é fora de questão. Ninguém falou em década de 90.

        • Jefferson Cavalcanti

          Vince é o sr Saudosismo.

        • Michel Moral

          A NBA pode até ter mais talento, mas que está enrustido está! rs rs rs porque eu não vejo os jogadores confirmarem as expectativas, pelo menos a maior parte.

          E não entendi qual a relação de ele ir para a NBA com a opinião que ele deu. Em nenhum momento ele se declarou superior ou melhor do que aquilo que existe no basquete hoje. Se ele assim o fizesse, daí sim as pessoas poderiam dizer “Ué, se você é melhor, por que não joga lá e prova então?”

          Há pouco tempo o Jared Dudley reclamou do individualismo de um jogador muito superior a ele. Por que ele é pior ele não tem direito de falar?

          Se for assim, nem nós teríamos direito de falar, nem você do seu jogador preferido, o Asik rs rs rs

    • André Gomes

      Não é tão fácil considerando todo o trabalho de transição. Isso não anula ou contradiz a opinião dele que o nível caiu.

      • Lucas Ottoni

        Há 10 anos atrás, os EUA não conseguiam nem ganhar o ouro olímpico, nem Mundial ganhavam. Hj o USA Team tem opções de todos os tipos. O time B dos caras é muito forte. Há 10 anos atrás, Dwight Howard era sinônimo de excelência em termos de pivô. Um cara com diversas limitações técnicas. Hoje temos um Marc Gasol, um DeMarcus Cousins, um Vucevic, um LaMarcus Aldridge… Fora os PFs de hoje. Há 10 anos, não tínhamos um Griffin, um Davis, um Tows, um Draymond Green, um Antetokounpo, um Love, etc… LeBron, Carmelo, Wade, estavam em início de carreira, hoje são feras consagradas. E armadores, comboguards, etc… eu nem preciso dizer. A NBA hoje tem uma safra espetacular de guards. Jogadores técnicos, velozes, cerebrais e atléticos. Tanto é que o Teodosic está com medo de vir pra NBA tomar coro dessa turma e sentar com a bunda no banco pra entregar Gatorade pra galera. Essa é a realidade. Como o nível caiu? Temos hoje Steph Curry, o melhor chutador da NBA de todos os tempos, que perdeu o bicampeonato para um Cavs que tem um dos 5 melhores jogadores de todos os tempos. E há vários times com jogadores de primeiro nível. Você vê um Kobe Bryant se despedindo metendo mais de 60 pontos, etc… Exemplos de excelência temos aos montes, pra esse cara vir e dizer que o nível caiu. Ah, qual é? Se caiu, vá pra NBA, jogue muita bola e tente aumentar o nível da liga, amigão. É o que tenho a dizer.

        E olha que eu sou saudosista, hein… Amo a NBA dos anos 80 e 90. Mas o cara vir dizer que de 10 anos pra cá o nível caiu? Absurdo. Discordo totalmente. A competitividade e o nível são muito maiores, na minha opinião.

        • André Gomes

          Eu concordo contigo. Também acho que o nível não caiu. Muito pelo contrário. Dá a impressão que o Teodosic falou isso jogando pro alto… não sei.
          Mas acho que essa questão de ir da Europa para os EUA vai muito além de medo. Só espero que se for vir, que não demore tanto.

  • Claudio R.

    Engraçado, caiu tanto o nivel e msm assim vc não consegue jogar lá… o que isso diz do seu basquete?… É mais um que fala demais e joga de menos.

  • A minha interpretação do que ele disse foi: Que nos últimos 5-10 anos o distanciamento entre os jogadores com nível mais elevado e aqueles que ficam lá só pra completar elenco diminuiu. E até certo ponto é verdade, Por exemplo o Indiana Pacers teve um revesamento entre Ian Mahinmi & Jordan Hill por que não havia uma unanimidade; Dallas Mavericks com Felton & Barea também;

    Só que do prestígio que Milos Teodosic tem na Europa estaria colocando em cheque ao fazer a transição nessa altura da carreira (principalmente pra quem vive apenas o mundo NBA) e sob a condição que deseja. A posição em que atua está muito competitiva na NBA e o ritmo de jogo é bem mais acelerado do que qualquer equipe da EuroLeague, se vier pra compor elenco daqui algumas temporadas será uma adição excelente e uma atitude correta. Pra NBA ele não é uma unanimidade!!!

  • JAMnba

    NUNCA OUVI FALAR, AVISEM A ELE.QUE ELE NAO E NEM.UM BODIROGA

  • Jahlin Habei

    Joga mto! Só não marca nada…

  • Doug

    O nível caiu sim, pelo menos pra mim, que assisto desde a década de 90…a quantidade de jogadores acima da média era maior e o jogo era mais pegado…agora, isso não quer dizer nada quanto à declaração dele…ele não se julgou melhor do q ninguém, pelo q li…tanto q sabe q é difícil p ele jogar na NBA…o fato de ele dizer q o nível da liga caiu, não necessariamente teria q implicar q ele devesse ou pudesse causar impacto nela…é só uma opinião dele e minha tb…a propósito, ele poderia ter uns bons minutinhos em qq time da liga…

    • Fernando

      Ok, realmente hj n tem tantos jogadores que fazem chover como antigamente, porém, a NBA n se resume a talentos individuais. O jogo evoluiu em si, está tudo mais rápido, não podem dar espaço para ninguém que já é cesta. Jogador como o Towns era inimaginavel nessa época, pivô com habilidade, velocidade e arremesso com nivel de PG de elite. Será que um Shaq ou Barkley fariam tanto sucesso assim na NBA atual? Entendeu meu ponto de vista?

      • Doug

        Entendi sim…mas, pra mim, isso não tem a ver propriamente com nível, mas estilo de jogo…em termos coletivos, de toda forma, sempre houve grandes times, em épocas distintas…eu digo no geral, um balanço da liga…claro que o jogo está mais rápido e o estilo do GSW, por exemplo, que privilegia o perímetro e a agilidade massivamente é, em parte, inovador e nas épocas atrás não era tão explorado, mas isso, por si só, não faz com que o nível seja maior hoje…até porque estamos pensando, basicamente, em um time…quando penso em aferir o nível, eu me refiro ao balanço da liga, no geral…claro que ainda temos grandes times e grandes jogadores…eu não digo que o nível hj é ruim, muito menos deixo de assistir, menosprezo ou deixo de gostar, mas se compararmos com outras épocas, caiu um pouco sim…é uma constatação que eu faço, em face do que já assisti…

      • Michel Moral

        Sim, mas o que o Teodosic questionou foi o nível técnico, ou seja, individualmente.

        Não sou daqueles que quer se enfiar numa máquina do tempo e que acham que só aquilo que viram era bom. Muito pelo contrário, com todas as melhorias e pioras que tivemos na NBA, prefiro assistir o basquete de hoje e em seu momento.

        • Doug

          Eu tb não sou desses, Michel…mas, não posso tb simplesmente esquecer do que meus olhos já viram…acho muito bacana a versatilidade de hj e o nível técnico de uma galera…aprecio sobremaneira o jogo do GSW…mas, o jogo de antigamente ainda vive…

  • Caseh

    Povo se morde por qualquer coisa, muitas vezes nem se dão ao trabalho de ler o conteúdo da matéria, e sim apenas o título. Vai dizer que o nível melhorou no período? Logicamente que não. Sinceridade tá virando defeito nesse mundo.

  • pacers

    Realmente caiu. Basta olhar os “all stars” de hoje em dia. Korver lowry teague derozan horford noah? Ahhhh saudade das estrelas dos anos 2000

  • Tiago

    Em síntese, concordo com alguns quando “o nível dos roles melhorou”. De fato os roles hoje são melhores. Mas a geração de estrelas está muito fraca, isso não tem como discurtir.

  • Fabrica de Vassilo

    É apenas a opinião dele. nego tem mania de inventar entrelinahs pra ler, como se ele quisesse dizer que se ele viesse faria mais bonito. O que ele quis dizer foi apenas o que ele disse. Eu discordo mas tudo bem.

  • Rafael Victor

    Tá certissimo, ele é um grande jogador, astro na Europa, ir pra NBA pra ficar esquentando banco pra zé-ruela cometedor de TOs, é melhor ficar onde está! E, apesar da volta do Exum, o Jazz precisa muito de um armador com a qualidade do Teodosic, poderiam tentar ele!

    • Anderson Tomás

      Falou tudo Rafa!

  • Anderson Tomás

    Milos Teodosic joga demais! Para os que têm falado “Pq vc não joga lá então?”, as vezes não é rentável financeiramente como no caso dele próprio, que ganha uma baba na Rússia, depois de uma carreira consolidada, é respeitado inclusive pelos caras da NBA que o conhecem bastante, trocar de franquia ( clube no seu caso).

    Temos vários casos de gente que jogou muita bola mas não passou pelo melhor basquete do mundo. Seria interessante interessante ele ir agora pra NBA pra não fazer como Huertas que já fisicamente em baixa , sabendo que o físico já não é forte do seu jogo.

    Falou nada demais…

© Copyright Jumper Brasil 2007-2017 - Todos os direitos reservados